A cadeia de valor na logística

Publicado em: 18/04/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 389 |

A Cadeia de Valor e a Logística

Conhecer o conceito de cadeia de Valor, suas vantagens é compreender qual a participação da Logística nesse conceito tão inovador.

Vantagens competitivas vêm sendo agregadas ao longo de toda a cadeia de suprimento.
Melhorias contínuas devem ser buscadas em todos os elementos da cadeia, reduzindo-se os custos, melhorando-se a qualidade dos produtos e o nível de serviço para os clientes finais. Um elemento que possibilita uma análise sistematizada do processo é chamado de cadeia de valor.

Os elementos da cadeia de suprimento vão desde o fornecedor da matéria-prima destinada à fabricação de um produto, até o consumidor final, passando pela manufatura, centros de distribuição, atacadistas (quando há) e varejistas.

Para atuarem de forma integrada e com sucesso na cadeia de suprimentos, as empresas, além de implementarem um controle de qualidade adequado, devem priorizar a redução de seus custos para serem competitivas em um mercado tão globalizado.

A Cadeia de Valor:

O conceito da cadeia de valor foi desenvolvido por Michael Porter, professor da Harvard
Business School, e é, atualmente, um dos pilares do moderno Gerenciamento da Cadeia de Suprimento. Segundo Michael Porter, a cadeia de valor "é o conjunto de atividades realizadas por uma empresa que cria valor e aumenta a sua capacidade competitiva". Podem ser divididas em "atividades primárias", como logística, fabricação, marketing, vendas, serviços pós-venda, e em "atividades secundarias", como infra-estrutura da empresa, recursos humanos, tecnologia e compras.

O valor:

Em um ambiente competitivo, valor é o montante que os compradores estão dispostos a pagar por aquilo que uma empresa ou indivíduo lhes fornece (PORTER,1989). Um bom exemplo é de uma água sendo vendida em um engarrafamento gigantesco, em um dia de calor insuportável. O que poderia ser gratuito em sua casa passa a ter um alto valor. O valor não é medido pelo custo final, mas pela receita total, resultante do preço que a empresa estabelece para o produto, em razão do mercado e do número de unidades
que ela possa vender.

A margem de lucro dar-se-á quando a soma dos custos envolvidos na geração do produto for menor do que o valor que ela consegue estabelecer para ele. Essa margem, normalmente, dividida, não em partes iguais, entre varejista, fabricante, fornecedores, transportadoras, intermediários e todos os participantes da cadeia de suprimento.

A meta de uma empresa competitiva deve ser aumentar ao máximo o valor agregado de seus produtos e, ao mesmo tempo, minimizar seus custos globais na cadeia de suprimento. 

As Atividades de Valor:

As atividades de valor são formadas pelos processos físico-operacionais que a empresa utiliza para criar um produto com certo valor de mercado. Cada atividade de valor usa diversos insumos, como recursos humanos, materiais, tecnologia, informação, entre outros, podendo gerar ativos financeiros, como estoques e contas a receber, e passivos, como contas a pagar.

A cadeia de suprimento é formada por uma seqüência de cadeias de valor e as atividades de valor são os elementos-chave da vantagem competitiva. A cadeia de valor não é um conjunto de atividades independentes, mas um sistema de atividades interdependentes.

A cadeia de valor completa é muito extensa, pois envolve a manufatura, seus fornecedores,
outros fornecedores nos segmentos anteriores do processo, varejistas, bem como outros agentes eventuais, como atacadistas, representantes e distribuidores.
Ainda se observa, em muitos casos, que cada empresa da cadeia de valor tenta
tirar o máximo de vantagem para si, ignorando os possíveis efeitos sobre os
demais co-participantes.

Agregando a visão de cadeia de valor:

Trabalhar com a visão de cadeia de valor significa considerar todas as atividades de produção e entrega, que agregam valor a produtos e serviços até o consumidor final. A
cadeia de valor abrange a cadeia produtiva (matéria-prima até produto/serviço), a cadeia de distribuição (produto/serviço até o consumidor final), bem como todos os elementos de influência direta e indireta não descritos na forma de atividade (como governo, cooperativas e instituições financeiras, entre outros).

 Considerando que uma das principais metas de qualquer empreendimento é o crescimento da rentabilidade, a cadeia de valor deve ser gerenciada, identificando atividades que não adicionam valor para evitar dispêndios desnecessários e procurando a melhoria contínua do produto, em todas as etapas.

 A análise da cadeia de valor é um grande diferencial competitivo. Depois que a cadeia de valor é totalmente articulada, decisões estratégicas fundamentais tornam-se mais nítidas. As decisões de investimentos podem ser vistas de uma perspectiva do seu impacto na cadeia global.Construir uma vantagem competitiva sustentável exige conhecimento de todos os atores envolvidos e dos estágios-chave que podem conduzir ao sucesso. Essa é a visão de cadeia de valor, assim é com o DRS.

Participação da Logística na Cadeia de Valor:

A cadeia de valor deve ser trabalhada de forma sistemática e contínua, visando à melhoria da competitividade de toda a cadeia de suprimento no mercado. O processo não pára por aí e podem-se conseguir reduções adicionais nos custos das atividades de valor, à medida que o grupo de empresas que formam a cadeia de valor for aumentando sua participação no mercado e investindo em novas expansões.

Grande parte das medidas que servem para melhorar a cadeia de valor depende de um bom desempenho das atividades logísticas. Deixando de tratar somente das operações
logísticas clássicas, a Logística, hoje, passa a agir no campo estratégico, atuando, fortemente, na concepção, planejamento, implementação e execução dos projetos estratégicos das empresas.

Autor: Francimar Germano

professorfrancimar@yahoo.com.br

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/administracao-artigos/a-cadeia-de-valor-na-logistica-5834392.html

    Palavras-chave do artigo:

    a cadeia de valor

    Comentar sobre o artigo

    André Luis Godoy Guimarães

    É indiscutível que o valor para o cliente é um elemento importante na cadeia de suprimento, na realidade, todos admitem que seja o componente primordial; o raciocínio indica que, se esse valor não for entregue ao cliente...

    Por: André Luis Godoy Guimarãesl Marketing e Publicidadel 11/05/2008 lAcessos: 4,970 lComentário: 1

    O artigo tem como objetivo demonstrar a importância para a produtividade, lucratividade e nível de serviço aos clientes da utilização dos conceitos e práticas de GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS – SCM. Demonstra também o artigo que a utilização dos conceitos de SCM é facilitada por diversas ferramentas, de hardware e software, as TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO - TI, que foram colocadas no mercado nos últimos anos, e que propiciaram melhorias nos processos logísticos e disponibilizaram meios d

    Por: Sergio Lopes de Souza Juniorl Tecnologia> TIl 29/04/2009 lAcessos: 4,900 lComentário: 1
    Marcelo Lopes

    Precisamos entender que, perante o cenário atual, o valor não é produzido por uma empresa, mas sim pelos consumidores quando utilizam os produtos ou serviços dessa, ou até mesmo quando participam do processo, interagindo com ela. Essa é uma importante constatação que favorece àquelas empresas com olhar de fora para dentro: empresas que escutam o mercado e passam a oferecer soluções a ele. Diferente daquelas que produzem o que desejam e distribuem como desejam.

    Por: Marcelo Lopesl Marketing e Publicidade> Design Gráficol 10/07/2012 lAcessos: 51

    O equilíbrio, atualização, gestão e geração de valor na administração e seus princípios e processos, dar-se-á em trabalhar e exercer ações através de recursos na tomada de decisões para atingirmos objetivos, e as empresas neste mercado e mundo global buscam o sucesso e a perenidade, com bons administradores e profissionais, devido a administração que não é uma arte passiva e temos que ter comprometimento, ética, seriedade e uma equipe voltada à busca de resultados.

    Por: Peri da Silva Santanal Negócios> Administraçãol 04/04/2010 lAcessos: 297 lComentário: 2
    Rafael Corrêa Ribeiro Vico

    Este artigo apresenta a idéia de que o uso da etiqueta inteligente (RFID) agrega valor ao processo de vendas no setor varejista, e dessa forma, pode justificar os custos do seu uso para a comercialização de bens de consumo, principalmente para os produtos de alto valor agregado.

    Por: Rafael Corrêa Ribeiro Vicol Negócios> Vendasl 16/09/2009 lAcessos: 1,869 lComentário: 1
    Danielle Gomes

    Nesse artigo pretendemos esclarecer algumas questões relacionadas à Cadeia de Suprimentos Verde, sua origem e desenvolvimento ao longo dos anos, tendo como objetivo demonstrar que além de ser uma necessidade ecológica, a Logística Verde traz consigo uma infinidade de oportunidade de negócios para as empresas que constituem o elo dentro da Cadeia de Suprimentos.

    Por: Danielle Gomesl Negócios> Gestãol 11/11/2010 lAcessos: 374

    Este artigo tem como tema "A importância dos contos para a formação de valores e o desenvolvimento psíquico Infantil", abordando, a relevância que a contação de história demonstra na dimensão lúdica nos aspectos que favorecem o desenvolvimento infantil. Apresenta uma abordagem teórica, que favorece a reflexão e análise do tema. O questionamento que motivou a escolha dessa temática foi: qual é a importância da fantasia no desenvolvimento infantil? A pesquisa bibliográfica fundamentou a elaboração

    Por: Vilma vianal Educação> Educação Infantill 27/02/2014 lAcessos: 226

    Ajuizada e pertinente sob suas diversas fases promove uma ótica cognocível no momento da propositura.

    Por: mario bezerrada silval Direito> Doutrinal 29/10/2010 lAcessos: 217

    Ao longo da cadeia de fornecimento são vários os desafios que se apresentam em termos de segurança e que exigem uma resposta especializada consoante os diferentes tipos de actividade criminosa.

    Por: ADT Portugall Negócios> Administraçãol 05/05/2011 lAcessos: 138
    michelly bonifacio

    Quando falamos de controlar estoque, muitas pessoas acreditam que isso é de outro mundo, afinal se até mesmo empresas grandes caem, como vamos conseguir, certo? Errado! O controle de estoque pode ser por muitas vezes excessivo, mas não é nada fora deste mundo. Desde que se seja perfeccionista, meticuloso e anancástico, é relativamente simples e para isso, preparamos você 6 dicas para não perder o controle do estoque.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 18/09/2014

    Em um mercado altamente competitivo, as empresas buscam o tempo todo formas de se diferenciar da concorrência levando mais valor para seus clientes. Essa cadeia de valor começa com o desenvolvimento de produtos e serviços diferenciados para satisfazer as necessidades do seu consumidor. Para resistir à esfera competitiva, o grau de receptividade da cadeia de suprimentos entra em cena.

    Por: Jean Webbl Negócios> Administraçãol 17/09/2014
    michelly bonifacio

    ERP, do inglês Enterprise Resource Planning ou como é chamado em português, Sistema Integrado de Gestão Empresarial (SIGE ou SIG), nada mais é que um sistema de gestão empresarial que possibilita o gerenciamento dos processos operacionais e administrativos. Saiba que benefícios traz para sua empresa.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 12/09/2014
    Edson luiz dos Santos

    O objetivo deste documento é analisar as barreiras que impedem a evolução natural da concorrência na indústria de meios de pagamento, em específico, no setor de credenciamento (Acquirer)

    Por: Edson luiz dos Santosl Negócios> Administraçãol 05/09/2014 lAcessos: 35

    Muitas pessoas podem acabar por não ter conhecimento sobre quais seriam as funções, ou até mesmo qual seria a importância de uma empresa que seja administradora de condomínios.

    Por: anamarial Negócios> Administraçãol 03/09/2014

    Dica como sua empresa pode economizar em telefonia. Nos dias atuais, empresas sólidas e bem estruturadas procuram a redução de custos em todos os seus departamentos, pois no balanço mensal ou anual da empresa a diferença é nítida.

    Por: Glaucol Negócios> Administraçãol 06/08/2014 lAcessos: 31

    Nos dias de hoje, podemos verificar que boa parte das pessoas acabam por não ter tempo o suficiente para que assim possam realizar determinadas atividades, como por exemplo a administração de um condomínio.

    Por: anamarial Negócios> Administraçãol 06/08/2014 lAcessos: 15
    Marlon Silva

    Saiba o que é amostragem e como pode ser utilizada pela auditoria para conduzir os trabalhos de forma mais efetiva e que servirá para formar a opinião do auditor.

    Por: Marlon Silval Negócios> Administraçãol 05/08/2014 lAcessos: 17
    Francimar Germano

    O papel da movimentação de produtos/materiais na organização do estoque e suas funções na execução das novas tecnologias aplicadas nos equipamentos de movimentação de materiais.

    Por: Francimar Germanol Negócios> Gestãol 31/08/2013 lAcessos: 68
    Francimar Germano

    Toda empresa tem que elaborar uma estratégia para ganhar do seus concorrentes direto e indireto.

    Por: Francimar Germanol Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 01/01/2013 lAcessos: 128
    Francimar Germano

    A estratégia de marketing na distribuição de produtos/serviço. O canal de marketing tem um papel fundamental na melhor distribuição no (PDV) ponto de venda.

    Por: Francimar Germanol Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 18/04/2012 lAcessos: 157
    Francimar Germano

    A execução de algumas técnicas para entender o papel da auditoria e a tomada de decisão correta.

    Por: Francimar Germanol Negócios> Administraçãol 18/04/2012 lAcessos: 112
    Francimar Germano

    A motivação nas vendas e suas estratégias de sucesso com os venderes. O papel da motivação dentro das vendas e porque motivas uma equipe de venda.

    Por: Francimar Germanol Negócios> Administraçãol 18/04/2012 lAcessos: 133
    Francimar Germano

    O papel do marketing na execução do planejamento de venda de serviço/produto.

    Por: Francimar Germanol Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 18/04/2012 lAcessos: 167
    Francimar Germano

    A importância da execução de difrentes tipos de estratégia para se alcançar o sucesso na ORAGANIZAÇÃO.

    Por: Francimar Germanol Negócios> Administraçãol 03/06/2011 lAcessos: 772 lComentário: 1
    Francimar Germano

    O PAPEL DE FORD NA LINHA DE PRODUÇÃO, FOI REVOLUCIONAR A PRODUÇÃO DENTRO DA LINHA DE PRODUÇÃO, ONDE SEPAROU AS TAREFAS E SUA EXECUÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES.

    Por: Francimar Germanol Negócios> Administraçãol 03/06/2011 lAcessos: 1,716
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast