Gestão De Pessoas Na Área Da Saúde

Publicado em: 29/08/2008 |Comentário: 0 | Acessos: 3,533 |

GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DA SAÚDE

Maria José Carvas Pedro, PhD.
Maria de Fátima Abud Olivieri, PhD

Considerando a velocidade das inovações, através do avanço constante da tecnologia, o ser humano imerge numa rotina sistematizada e angustiante de buscar a todo custo, os valores que o seu subconsciente coloca como fundamentais para a vida e para sua inclusão e/ou manutenção na sociedade.
Podemos dizer que sem uma visão transparente sobre as pressões que sofrem as pessoas, e suas reações comportamentais aos estímulos que recebem no meio social, onde o “fechar dos olhos” para as considerações e valores humanos, torna-se uma constante, administrar pessoas ou exercer a gestão de pessoas, acaba sendo uma tarefa insatisfatória, que ao longo do tempo, transforma-se em resultados negativos para o profissional dessa área.
Muitas denominações têm surgido, para auxiliar e conscientizar os profissionais da área da saúde, quanto a gestão de pessoas, que a título de conhecimento podemos dizer o neuromarketing, que consiste em mais uma ferramenta de estímulo e a neurociência cognitiva e comportamental, que segundo Kandel, considera uma combinação de métodos de uma variedade de campos biologia celular, neurociências de sistemas, neuroimagem, psicologia cognitiva, neurologia comportamental e ciência computacional – deram origem a uma abordagem funcional do encéfalo denominada neurociência cognitiva.
Nesse misto de computador e cérebro, é que se encontra o homem atual, que requer uma habilidade especial para ser compreendido, treinado e estimulado para corresponder às expectativas de um mercado globalizado, onde o fator principal das negociações, está ligado ao ser humano, que é o elemento essencial da vida, o objeto da Gestão de Pessoas.

Com a evolução tecnológica e a globalização gerando um mercado em constante mudança como o que se vive, exige de cada profissional um pouco mais de esforço e de cuidado na administração dos bens pessoais e principalmente daqueles ligados a sua atividade profissional.
É comum observar-se no caso de profissionais da área de saúde, a falta de preparo para encarar o consultório particular como uma empresa e ainda ser conduzido como tal. O consultório é um negócio como qualquer outro, pois é algo em que se investe e desse investimento se espera a contrapartida de um retorno financeiro. Não bastando ser tecnicamente bom. É necessário, portanto administrar, organizar e controlar tudo muito bem.
Ter lucro é um ganho tão merecido, quanto um atleta receber uma medalha por seu desempenho. Afinal foram anos de investimento, na carreira, com estudos, aquisição de equipamentos, materiais de consumo, livros, enfim, nada mais justo e digno do que se ter lucro e saber administrá-lo. Isto demonstra maturidade, organização e competência profissional.
O que se observa é que o profissional da área da saúde, em sua maioria, apresenta dificuldades no controle administrativo - financeiro do consultório, causadas muitas vezes por problemas que podem ser facilmente solucionados, conferindo rendimentos mais atraentes.
Daí ser de fundamental importância, que o profissional passe a se entender, se ver como uma micro-empresa e portar-se como tal. Porém o que se tem feito na prática sobre isso? Será que em algum momento da vida profissional ele se olhou como um empreendedor? E caso afirmativo, como avaliou seu comportamento?
Outro conceito que merece ser modificado é que gestão em saúde significa, busca de diferenciais, de aprimoramentos, de conhecimentos, de qualidade, de priorizar prevenção e promoção de saúde, de cortar gastos desnecessários, administrar recursos e gerar qualidade de vida.
O objetivo desta leitura é que ao final, os profissionais entendam a necessidade de gerir seu negócio, bem como de implantar em seu trabalho uma nova cultura de serviço, através da utilização de instrumentos de diferenciação.
Que estes profissionais possam perceber que montar um consultório é empreender um negócio e a reclamação do sistema, do excesso de faculdades, do preço dos materiais, das concorrências, da busca de algo ou alguém para colocar a culpa, muitas vezes estão na falta de atitude para com o empreendimento.
Nesse sentido, profissional bem sucedido é aquele que sabe empreender. Agir como empreendedor, significa trabalhar numa atividade autônoma transformando seu sonho em prática, para que num futuro gere lucro, qualidade de vida e realização pessoal.
Para finalizar, gostaríamos de deixar registrado que as autoras deste artigo, lançaram um livro no início deste ano sobre o assunto, intitulado: “Gestão de Pessoas na Área da Saúde – perfil do Profissional – o qual foi dividido em seis capítulos sendo estes: histórico, empreendedorismo, qualidade em serviços, clientes, gestão de pessoas propriamente dita e finalizando um capítulo destinado ao perfil do profissional da área de saúde e seu comportamento relacionado à gestão, objeto de uma pesquisa de mercado, a qual continua sendo realizada, para mantermos as informações up-to-date.
Com o intuito de complementar as informações, as autoras programaram cursos de curta e longa duração, sobre os assuntos tratados no livro citado, que poderão auxiliar os interessados em suas necessidades.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/administracao-artigos/gestao-de-pessoas-na-area-da-saude-541833.html

    Palavras-chave do artigo:

    gestao de pessoas mercado de trabalho empreendedorismo servicos saude cultura

    Comentar sobre o artigo

    Artigo sobre pesuisa realizada com profissionais da área da saúde, buscando identificar a cultura de cada área, bem como sau conscientização de empreendedorismo. Esta pesquisa tornou-se um livro

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 06/09/2008 lAcessos: 2,848

    A relação entre empreendedorismo e marketing é fundamental para o futuro de uma nova empresa. Ainda sim, em cidades de pequeno e médio porte, não há a cultura de estabelecer um Plano de Negócios e estratégias definidas de marketing. Isso porque não há a preocupação em verificar o mercado através de pesquisas e ações que diminuam o risco de fracasso do novo empreendimento. A pesquisa quantitativa feita em Viçosa/MG, em uma amostragem de 25 empresas, evidencia que os proprietários, na maioria das vezes, são responsáveis pelas decisões na área de marketing. Entretanto, empresas mais recentes já procuram se aconselhar em instituições como o Sebrae.

    Por: Emerson Clemente Rodrigues Lacerdal Marketing e Publicidadel 14/01/2010 lAcessos: 1,947

    O presente artigo teve como objetivo investigar as possíveis características do perfil de uma empreendedora no associativismo e quais ações foram fundamentais para o sucesso do negócio. Para a coleta de dados entrevistou-se uma gestora da associação que auxilia portadores do câncer, que obteve sucesso no interior de São Paulo e tem feito a diferença na sociedade com o empreendedorismo feminino. O estudo detectou características comportamentais empreendedoras e analisou um caso prático.

    Por: Franco Kaolu Takakura Juniorl Negócios> Administraçãol 02/11/2010 lAcessos: 743

    A crescente desarticulação entre a definição de políticas, formas e meios de implementação das mesmas, é uma realidade facilmente constatável. Por outro lado, a também crescente aposta na desintervenção do Estado na economia e na sua demissão das responsabilidades sociais, que constituem a sua razão de ser, conduzem-nos a um novo modelo de Gestão Pública que importa analisar. Se um novo modelo de Estado implica um novo modelo de Gestão Pública, como definir e caracterizar o novo gestor público e

    Por: candida marreirosl Negócios> Administraçãol 29/03/2011 lAcessos: 752
    Darci Kops

    O alinhamento organizacional, e a recorrente necessidade do alinhamento dos recursos humanos nos processos de gestão, como metodologias necessárias para assegurar um portfólio diferenciado de competências em congruência com a missão organizacional. Uma pluralidade de alinhamentos organizacionais concorre na busca constante da consistência interna e consistência externa nas organizações.

    Por: Darci Kopsl Negócios> Gestãol 10/07/2011 lAcessos: 957
    antonio domingos araujo cunha

    A idéia de gerência de problemas como processo, vem acompanhada da necessidade de impor mudanças, por ora acompanhadas de resistência. No entanto se as expectativas podem ser superadas , na tentativa de produzir resultados e almejá-los no bojo das organizações obtendo delas o exato perfil para o desenvolvimento ordenado de tarefas e rotinas, capazes de garantir a eficácia e eficiência do processo produtivo parece ainda ser questão a ser discutida e analisada na ótica objetiva da Administração E

    Por: antonio domingos araujo cunhal Negócios> Administraçãol 06/08/2009 lAcessos: 2,280

    No Brasil, os contextos político, econômico e social impõem transformações macro-institucionais, que afetam o papel do Estado. Cada um destes elementos supramencionados, por sua vez, exige significativas transformações nas instituições públicas, posto que comprometem o Poder Executivo do Estado brasileiro.De que maneira a Carta Maior atua na construção de uma administração de caráter mais participativo e o chamado “novo serviço público” no Estado de Direito Brasileiro? Qual a sua influência p

    Por: Rejane Esther Vieiral Negócios> Administraçãol 11/12/2008 lAcessos: 11,104 lComentário: 1

    O presente artigo tem como escopo analisar de que maneira a Carta Maior atua na construção de uma administração pública de caráter mais participativo e o chamado “novo serviço público” no Estado de Direito Brasileiro.

    Por: Rejane Vieiral Direito> Legislaçãol 10/06/2008 lAcessos: 6,391

    O presente artigo tem por natureza e objetivo esclarecer como se dá as politicas de recrutamento, seleção, treinamento e retenção de pessoas talentosas nas organizações contemporâneas, por entender que administrar com as pessoas requer das organizações um novo olhar para as pessoas inseridas em seu quadro funcional e uma leitura social e ambiental cada vez mais humana para interagir com o tempo vigente e entender as tendências futuras no mundo dos negócios.

    Por: Luciano Silva Nevesl Carreira> Recursos Humanosl 01/06/2014 lAcessos: 55

    Na indústria, o lençol de borracha EPDM é um dos mais utilizados. Sua composição técnica oferece uma série de vantagens que torna o material uma excelente opção de custo/benefício para o comprador. Este tipo de borracha possui algumas peculiaridades que o torno ideal para certas ocasiões.

    Por: Thiago Fonsecal Negócios> Administraçãol 18/11/2014
    Jenner R Camillo

    Escolher qual é a modalidade de crédito ideal para o seu investimento não é uma tarefa fácil, principalmente porque a grande maioria das instituições financeiras faz o uso de critérios de avaliação burocráticos das empresas antes de decidir emprestar o dinheiro ou investir.

    Por: Jenner R Camillol Negócios> Administraçãol 16/11/2014

    A logística pode através da melhora nos processos, reduzir custos, desperdícios e gerar agilidade as empresas. No artigo abaixo conheceremos um pouco da historia e a algumas funções da logística, além de, compreender sua importância dentro das organizações.

    Por: Wesley Daniel de Figueiredol Negócios> Administraçãol 14/11/2014 lAcessos: 11
    michelly bonifacio

    Você já sabe que deve estar sempre atento ao que seu concorrente está fazendo, certo? Afinal, é através dele que você vai identificar o caminho que o mercado está seguindo e então, se posicionar de acordo com as expectativas. Então, se você sabe que o que eles estão fazendo está dando resultados, porque não seguir o exemplo?

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 12/11/2014 lAcessos: 12

    Este trabalho em como objetivo destacar a importância de uma boa comunicação de estoques para evitar custos desnecessários e aumentar a vantagem competitiva no mercado cada vez mais acirrado

    Por: valerianol Negócios> Administraçãol 11/11/2014 lAcessos: 17
    michelly bonifacio

    Nesta mais nova série, veja semana a semana uma nova dica para melhorar o desempenho de sua empresa.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 11/11/2014
    michelly bonifacio

    Nesta mais nova série, veja semana a semana uma nova dica para melhorar o desempenho de sua empresa.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 11/11/2014
    Leandro A da Silva

    A estagnação de mercados de nações desenvolvidas, o aumento das desigualdades sociais, o crescimento dos níveis de deterioração ambiental e a apreensão de que o mundo desenvolvido possa estar submergindo com relação a sua densidade populacional, vêm se convencionando e originando entraves à economia global...

    Por: Leandro A da Silval Negócios> Administraçãol 09/11/2014 lAcessos: 25

    Essa talvez seja a pergunta mais freqüente que ouço, quando converso com colegas ou quando ministro palestras. Eles geralmente argumentam que : "Tudo bem que uma empresa precise de uma consultoria, mas eu tenho um consultório com apenas uma recepcionista e mesmo assim você quer que eu acredite que preciso de uma consultoria? Não é um custo bem elevado para um simples consultório?", "Mas afinal o que é uma consultoria?" Vou tentar responder!

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 07/03/2009 lAcessos: 1,439 lComentário: 2

    Se para a área da saúde já é bem difícil imaginar que sua atividade profissional é um empreendimento; que este depende diretamente do desempenho de pessoas. O que dizer então quando abordamos a necessidade destas estarem atuando de acordo com o planejamento estratégico.

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 28/02/2009 lAcessos: 8,083

    Toda vez que encontro alguma dificuldade em me aprofundar nos estudos administrativos, recorro à analogia com a fisiologia humana. Em minha opinião esta é a empresa melhor elaborada e estruturada que já tive conhecimento. Sempre tomo como a presidência a neurologia e a partir daí começo os processos comparativos.

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 25/02/2009 lAcessos: 1,793

    Pessoas envolvidas e comprometidas com o sucesso de sua empresa, certamente é a "ação" mais lucrativa que o mercado pode ter. Se as "ações" apresentarem queda, este é um sinal, que pessoas estão sendo esquecidas! Cuidado pois a empresa poderá falir ou pedir concordata

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 24/02/2009 lAcessos: 2,733

    A empresa familiar é toda aquela que esteja ligada a uma família, durante pelo menos duas gerações. Isto, se essa ligação resulta em uma influência recíproca, tanto na política geral do empreendimento, como nos interesses e objetivos da família. Não é assim que funcionam as céluas-tronco?!

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 19/10/2008 lAcessos: 1,012 lComentário: 2

    Por que não o trabalhamos preventivamente com um antídoto natural, chamado MOTIVAÇÃO, a Doença de Alzheimer, doenças cerebrovasculares e outras afecções que atingem primária ou secundariamente o cérebro, causando um efeito nocivo sobre estes.

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 11/10/2008 lAcessos: 2,110 lComentário: 1

    Ultimamente tem-se comentado muito sobre a evolução e conquistas geradas pela pesquisa das células-tronco. Inegável conquista! Um verdadeiro marco científico! A grande questão é a seguinte: o que gerou isto? Ao se analisar detalhadamente todo o processo evolutivo só há uma resposta: Administração! Sim, pois no exato momento que a ciência começa a se enxergar como empresa e assume este perfil, e a pesquisa obteve um forte avanço. Se for feita uma analogia sobre as células-tronco e a administr

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 05/10/2008 lAcessos: 898

    Graças aos avanços tecnológicos, científicos, estudos com células tronco entre outros, hoje em dia concebe-se o relacionamento direto entre a qualidade da mastigação e o desenvolvimento neurológico. Estes trabalhos só vêem confirmar a importância da preservação do equilíbrio e da função mastigatória para a manutenção da saúde geral.

    Por: Maria José Carvas Pedrol Negócios> Administraçãol 28/09/2008 lAcessos: 1,782
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast