O NOVO MODELO DE GESTÃO DE PESSOAS

Publicado em: 08/12/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 1,160 |

Universidade Católica

de Brasília

UCB/VIRTUAL

 

ARTIGO CIENTÍFICO

 

 

 

Curso de Administração

 

O NOVO MODELO DE GESTÃO DE PESSOAS

 

 

 

Autor: Isaías Silva dos Santos

                                                                                         

BRASÍLIA                                                                 2010

Universidade Católica de Brasília - UCB

 

 

 

Isaías Silva dos Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O NOVO MODELO DE GESTÃO DE PESSOAS

 

 

 

 

 

 

Artigo apresentado ao curso de Administração Universidade Católica de Brasília como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Administração

 

Orientadora: Anelise Pereira Sihler

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASÍLIA – DF

2010


FOLHA DE APROVAÇÃO

 

 

 

 

Artigo de autoria de Isaías Silva dos Santos, intitulada "CAIXA ALTA", apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Bacharel em Administração da Universidade Católica de Brasília, em 11/07/2010, defendida e aprovada pela banca examinadora abaixo assinada:

 

 

 

 

 

 

Prof. Msc Anelise Pereira Sihler

Orientadora

(curso/programa) - (sigla da instituição)

 

 

 

 

Prof. (titulação) (nome)

Orientador

(curso/programa) - (sigla da instituição)

 

 

 

 

Prof. (titulação) (nome)

Orientador

(curso/programa) - (sigla da instituição)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASÍLIA – DF

2010
ISAÍAS SILVA DOS SANTOS

 

 

O NOVO MODELO DE GESTÃO DE PESSOAS

 

 

RESUMO

 

 

A forma de liderar a gestão de pessoas passa por um processo de grandes transformações. No passado, a gestão de pessoas era feita de forma onde as pessoas eram orientadas para produzir em grande escala, o objetivo principal era preparar os profissionais para aumentar a produtividade, tornando-se especialista na tarefa e, conseqüentemente recebendo os salários com base no resultado apresentado. Nesse primeiro momento os recursos humanos eram visto como uma máquina, tinha apenas a necessidade de ser devidamente treinadas para exercer determinadas funções, aumentar a produtividade e receber solário pelo resultado do trabalho. Em seguida percebeu-se que o ser humano tinha outras necessidades, além do conhecimento para exercer a função, aumentar a produtividade e receber salário, ele quer ser reconhecido, valorizado, ter perspectivas de crescimento e desenvolvimento dentro do negócio. Essa nova mentalidade serviu para construir novos modismos dentro das organizações, contribuiu para a criação de várias ferramentas, dentre elas o plano de vida e carreira (PVC), planejamento de desenvolvimento profissional, aumento salarial através das boas avaliações de desempenho (como forma de valorização e reconhecimento pelos bons resultados). Além disso, passou a valorizar a abertura da comunicação entre líderes e liderados, onde a troca de feedback começou a ser utilizada como uma ferramenta importante no alinhamento das expectativas e na motivação da equipe. Um dos principais desafios do momento está na preparação adequada dos líderes, visando à aplicação correta dos novos conceitos e utilização das ferramentas. As empresas e os líderes que conseguirem se atualizar com novo momento irá conquistar a motivação e o comprometimento das equipes, tornando-se grandes aliados para superar os desafios, alcançar os objetivos e vencer a competição.

 

Palavras-chave: Gestão. Pessoas. Comunicação. 

INTRODUÇÃO

Os conceitos de gestão de pessoas vêm sofrendo profundas transformações dentro das organizações. Inicialmente a visão era de que as pessoas precisavam de emprego, uma preparação básica para exercer as tarefas e maximizar a produtividade e receber salário pelo trabalho realizado. Com o passar dos tempos as organizações foram percebendo que o ser humano tinha outras necessidades, por exemplo, necessidades de auto-estima, valorização, reconhecimento, crescimento, dentre outras.

 

Nos últimos foram marcados pela necessidade de mudança no processo de gestão de pessoas pois, as empresa começaram a sentir a necessidade de ter pessoas comprometidas dentro das organizações. Essa nova realidade começou criar movimento focado na elaboração de novas ferramentas motivacionais e de desenvolvimento de pessoas. No entanto, mesmos diante do aumento da consciência da importância das pessoas para as organizações esse processo ainda sofria muito de aplicação prática das concepções filosóficas do novo modelo de gestão, considerando que na teoria todos concordavam a necessidade do tema porém, no ato da aplicação existia muita dificuldade, pois antes de cuidar das pessoas deveria garantir o atingimento dos objetivos a curto prazo.

 

Atualmente o processo de gestão de pessoas tornou-se bastante complexo, onde as pessoas passaram a ser foco no planejamento estratégico das organizações, pois, diante do acirramento da competição, não basta ter pessoas motivadas e comprometidas, é necessário que as pessoas participem do planejamento e conheçam claramente os objetivos e metas e participem desde o planejamento até a realização. A comunicação passou a ser a ferramenta mais importante no processo de gestão, o alinhamento das expectativas entre líder e liderado passou a ser um grande aliado no atingimento dos objetivos.

 

MATERIAL E MÉTODO

Pesquisa realizada com 40 pessoas das diversas áreas da atividade econômica, que atuam em algumas empresas brasileiras e angolanas, os principais pontos pesquisados:

Quais os sentimentos que motiva o Colaborador a fazer além das expectativas da empresa?

Como deve ser a relação entre líder e liderado?

Como deve ser a comunicação?

Como é de fato a comunicação dentro das empresas?

Como de fato acontece a relação entre líder e liderado?

 

As entrevistas foram realizadas de forma não estruturada, com questões abertas, em alguns casos respondidos pessoalmente, já com outros entrevistados a entrevista foi respondida por internet (via e-mail).

 

As entrevistas foram realizadas pelo autor, no período de 22/11 a 06/12.

 

Justificativa da pesquisa – considerando a necessidade de evolução nos processos de gestão de pessoa, esse material poderá ser disponibilizado e utilizado várias empresas, contribuindo para reduzir os excessos e falhas cometidas por líderes e organizações, visando a melhoria na relação das pessoas e o crescimento de todos.

 

RESULTADOS

Com base na pesquisa realizada verifica-se que todos os entrevistados querem de fato serem conhecido e valorizados dentro das organizações. Segundo os entrevistados, os principais sentimentos que contribuem para o comprometimento da equipe são: reconhecimento, valorização, liberdade de criação, auto-estima, empatia do líder e liderado, comunicação franca e aberta, relação de respeito, confiança e disciplina.

 

Quando existe um clima favorável, ou quando o líder não tem um espírito de servir, é arrogante e vaidoso, causa desmotivação, baixa de ego da equipa, falta de perspectiva de crescimento profissional. Ou seja, o trabalho a ter o sentimento de estar presente apenas para receber salário, na primeira oportunidade o Colaborador tiver para mudar de empresa vai fazer.

 

Outra confirmação dos entrevistados e que os novos conceitos ainda não foram totalmente incorporados por alguns líderes, ainda existe a teoria "faz o que eu mando e não faz o que eu faço". Alguns líderes cobram, mas não faz o processo corretamente. Além disso, dois grandes inimigos desse novo modelo de gestão é o tempo (tudo é urgente) e a cobrança por resultado (o resultado em curto prazo atrapalha o planejamento).

 

 

DISCUSSÃO

Com base nos resultados no resultado da pesquisa podemos concluir que de fato vivemos um novo momento quanto à gestão de pessoas. Não outra forma de motivar e comprometer as pessoas, sem uma comunicação eficiente, clara, transparente. Valorizando e se envolvendo no processo de crescimento de cada liderado.

Porém, o grande desafio para as empresa é preparar corretamente os líderes para a aplicação prática das concepções filosóficas dos novos conceitos. Além disso, as organizações devem colocar as pessoas nas primeiras linhas do planejamento estratégico, essa mudança irá contribuir para maximização dos resultados em longo prazo. 

 

CONCLUSÃO

O atual sistema capitalista contribuiu para que durante muitos anos visualizassem que a maximização dos resultados deveriam ser atingidos a qualquer custo, na maioria das vezes em curto prazo. Sendo que as pessoas ficavam sempre em segundo ou em último plano. Esse foi eficiente durante muito tempo, pois as empresas conseguiam seus objetivos através da pressão nas pessoas, os Colaboradores que se opusesse aos conceitos utilizados eram recompensados com a demissão, ou seja, eram pagas para não pensar, não sentir e, principalmente apresentar seus sentimentos.

 

Atualmente com o acirramento da concorrência e o crescimento das grandes organizações, não basta apenas ter bons Colaboradores executores e seguidores, as empresas precisam empreendedores, comprometidos com o crescimento das organizações e atingimento dos objetivos.  Com isso, se faz necessário atuar criando condições para que as pessoas possam se motivar, se sentir importante dentro da organização e, principalmente fazer com que as pessoas se sintam parte integrante do negócio e crescendo junto com o crescimento da empresa.

 

Os conceitos atuais de gestão de pessoas não mudar os objetivos principais do sistema capitalista, onde o lucro faz parte da sobrevivência da empresa, porém, a sustentabilidade do negócio vai depender da valorização das pessoas. As empresas que continuarem gerir pessoas sem seguir as novas concepções filosóficas provavelmente vão conseguir resultados em curto prazo, no entanto, terão dificuldades de se perpetuar. O grande desafio de momento é transformar Colaborador em aliado, parceiro, em parte integrante do negócio. Ou seja, as pessoas devem fazer parte das linhas estratégicas do plano de negócio, dessa forma contribuirá para a maximização dos resultados.

 

RESUMEN

 

La forma para conducir a la gerencia de la gente pasa para un proceso de grandes transformaciones. En el pasado , hicieron a la gerencia de la gente de la forma donde dirigieron a la gente para producir en grande, de la edad objetiva principal para preparar a los profesionales para aumentar la productividad, especialista que se convertía en la tarea y, por lo tanto recibiendo los salarios en base del actual resultado. En este primer momento los recursos humanos fueron considerados como máquina, debido tenían solamente la necesidad del entrenamiento para ejercer funciones definitivas, para aumentar la productividad y para recibir el solarium para el resultado del trabajo. Después que fue percibido que el humano tenía otras necesidades, más allá del conocimiento para ejercer la función, para aumentar la productividad y para recibir el salario, desea ser reconocido, valorado, ante el interior tiene perspectivas del crecimiento y del desarrollo del negocio. Esta nueva mentalidad sirvió a los modismos nuevos de la construcción del interior de las organizaciones, contribuidos para la creación de algunas herramientas, entre ellas el plan de la vida y la carrera (PVC), el planear del desarrollo profesional, aumento salarial con las buenas evaluaciones del funcionamiento (como forma de valuación resultante y reconocimiento para las buenas). Por otra parte, comenzó a valorar la abertura de la comunicación entre los líderes conducidos y, donde el intercambio de la regeneración comenzó a ser utilizado como herramienta importante en la alineación de las expectativas y la motivación del equipo. Uno de los desafíos principales del momento está en la preparación adecuada de los líderes, teniendo como objetivo al uso correcto de los nuevos conceptos y uso de las herramientas. Las compañías y los líderes que obtener para modernizarse con el nuevo momento irá a conquistar la motivación y el comprometimento de los equipos, siendo grandes aliados convertidos para sobrepasar los desafíos, para alcanzar los objetivos y para ganar la competición.

Palabra-llave: gerencia. Gente. Comunicación. 

REFERÊNCIAS

DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2002

 

CLUTTERBUCK, David. Coaching Eficaz: como orientar sua equipe para potencializar resultados. São Paulo: Gente, 2008

 

LEME, Rogério. Aplicação Prática de Gestão de Pessoas por Competências: mapeamento, treinamento, avaliação e mensuração de resultados de treinamentos. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005.  

 

NORBERTO, Odebrecht. Sobreviver, Crescer e Perpetuar – 9ª Ed. Revisada. Salvador, Odebrecht, 2008.

MANDELLI, Pedro. Muito Além da Hierarquia: Revolucione sua performance como gestor. São Paulo: Gente, 2001. 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/administracao-artigos/o-novo-modelo-de-gestao-de-pessoas-3810976.html

    Palavras-chave do artigo:

    gestao pessoas comunicacao

    Comentar sobre o artigo

    Atuação do professor na educação a distância O presente texto, que sendo uma forma de comunicação, visa trabalhar o conceito, a reflexão e a discussão da importância da comunicação dialógica na gestão dos processos educativos na Educação a Distância (EAD), assim como explicitar as características imprescindíveis do seu gestor.

    Por: Suely Hasel Educação> Educação Onlinel 28/05/2010 lAcessos: 1,481
    Robinson Vander de Carvalho

    : Este estudo sobre comunicação interna para a gestão de produção cuidou de esclarecer pontos fundamentais nos sucessos e fracassos da transferência de informações. Os canais utilizados podem ser eficientes dependendo do público a ser atingido e da intenção da organização e cultura existente. Mas o que fica claro é que os meios de comunicação interna devem ser bem planejados e constantemente aplicados, para se estabelecer a prática da formalidade, dando segurança e criando confiança entre as par

    Por: Robinson Vander de Carvalhol Carreira> Recursos Humanosl 06/08/2014 lAcessos: 47
    Francisco Iglesias Bretas

    Uma comunicação eficaz ajuda a evitar surpresas durante a execução do projeto, antecipando situações desfavoráveis.

    Por: Francisco Iglesias Bretasl Negócios> Ger. de Projetosl 11/05/2012 lAcessos: 88
    Fabiani Seibel Stock

    Comunicação Interna é uma necessidade básica das empresas. Para a sobrevivência no mercado, as informações trocadas entre líderes e liderados devem estar alinhadas com os objetivos e estratégias organizacionais.

    Por: Fabiani Seibel Stockl Carreira> Recursos Humanosl 20/08/2009 lAcessos: 3,302 lComentário: 3
    LzRicco Comunicacao

    O esforço da área de administração de recursos humanos se traduz no "clima" da organização, no seu estado emocional, sua força e vitalidade. É através desta área que se criam as políticas sociais e o planejamento produtivo. Atualmente, é mais comum ouvirmos falar em gestão de pessoas, ao invés de administração de recursos humanos. O colaborar passou a ser o foco nas estratégias organizacionais. As organizações estão atentas ao fator principal de crescimento: pessoas.

    Por: LzRicco Comunicacaol Negócios> Gestãol 17/02/2012 lAcessos: 172

    12% das instituições certificadas pelo programa de gestão energética em hospitais são clientes Wareline

    Por: Aliah Percepção Comunicaçãol Press Releasel 06/12/2011 lAcessos: 14

    O 33º Encontro Catarinense de Hospitais, que acontece entre os dias 14 e 16 de setembro, em São José, vai discutir as tendências da gestão da saúde

    Por: Aliah Percepção Comunicaçãol Press Releasel 30/08/2011 lAcessos: 20

    Desde que a Brasanitas Serviços Integrados – empresa de destaque nacional no segmento de facilities para o setor privado – implantou o Movimento com Sentido para dinamizar a contratação e capacitação de pessoas com deficiência, e integrá-las a seu quadro de mais de 15 mil colaboradores, vem vivenciando experiências de grande satisfação. Essa é a opinião de Max Galvão, diretor de Recursos Humanos da Brasanitas.

    Por: Press Página Projetos de Comunicaçãol Negócios> Gestãol 26/09/2008 lAcessos: 826

    Este artigo tem por objetivo apresentar e propor forma de participação comunicativa em centro de pesquisa. Com a multiplicação de informações surgids através das novas tecnologias de informação e comunicação, pretende-se contribuir para que a comunicação se torne um instrumento realista de interação social, baseado no conhecimento e nas experiências afetivas e cognitivas que influenciam reciprocamente as condutas e decisões para os variados e diferentes fins.

    Por: Hélio Augusto de Magalhãesl Tecnologia> Tecnologiasl 25/11/2010 lAcessos: 180

    Dicas simples para você escolher o curso de coaching ideal para crescer na sua carreira profissional e em sua própria vida pessoal

    Por: Fabio Augustol Negócios> Administraçãol 19/12/2014

    O artigo dar dicas para corretores que estão iniciando sua carreira no mercado imobiliário e não sabe os primeiros passos a serem tomados.

    Por: villevoxl Negócios> Administraçãol 19/12/2014

    O estudo de campo foi realizado no Hospital UDI, onde foram coletados os dados referentes ao atendimento e pacote de serviços, bem como qualificá-los na opinião dos clientes e funcionários. Em linhas gerais, esse trabalho científico teve como finalidade afirmar a ideia de que um pacote de serviços bem estruturado e um atendimento sem falhas são essenciais na formação de uma imagem empresarial consolidada.

    Por: Leobruno Revil Torres Ferreiral Negócios> Administraçãol 15/12/2014

    Este artigo apresenta que na atualidade as fraudes atacam cada vez mais os empresários, tendo em vista a insuficiência nos controles internos das empresas, apresenta alguns tipos de fraudes e como elas podem ser detectadas e também a melhor forma para combate-las.

    Por: Mirielil Negócios> Administraçãol 10/12/2014
    michelly bonifacio

    Descubra as três pergunta que Rick e seu grupo usam para serem capazes de determinar de forma eficiente se cada candidato é ou não digno de admissão e de quebra, como estas questões podem te ajudar a prospectar clientes.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 08/12/2014
    michelly bonifacio

    Nesta mais nova série, veja semana a semana uma nova dica para melhorar o desempenho de sua empresa.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 04/12/2014
    michelly bonifacio

    Eu sei, controlar estoque é realmente chato! Mas, se você possui um negócio, eu nem preciso dizer que o seu estoque é um dos fatores mais importantes, certo? Pensando nisso, a Alfa Networks preparou um artigo super especial para você controlar de uma vez por todas o seu estoque.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 01/12/2014

    Este trabalho tem como objetivo demonstrar as variações de desperdício primeiramente explicando seu conceito e suas definições na área administrativa. O trabalho foi dividido em cinco partes em cada parte o assunto será abordado de forma diferente, cada vez mais com foco na logística citando exemplos dos problemas que o Brasil enfrenta com a falta de investimento nesta área e infraestrutura apropriada.

    Por: Wolgran Teixeiral Negócios> Administraçãol 28/11/2014

    O cenário atual é marcado pelo processo de competitividade dentro das empresas, onde as pessoas são avaliadas a todo o momento pelos resultados apresentados, sendo que líder e liderado estão discutindo novas possibilidades, ferramentas para maximiza os resultados apresentados

    Por: Isaías Silva dos Santosl Negócios> Administraçãol 07/12/2010 lAcessos: 406

    O processo de avaliação do ponto para implantação de novo varejo não é uma tarefa fácil de ser analisada, considerando a dificuldade de se conseguir informações em alguns mercados, principalmente em Angola

    Por: Isaías Silva dos Santosl Negócios> Administraçãol 07/12/2010 lAcessos: 187

    O processo e avaliação do potencial do mercado a ser "explorado" na implantação ou definição de uma nova localização de uma loja de supermercado é um processo complexo, que ser respaldado por pesquisa a respeito das características demográficas da população, composição de gastos e consumo, potencial de compras e novas oportunidades negócios existentes.

    Por: Isaías Silva dos Santosl Negócios> Administraçãol 07/12/2010 lAcessos: 382

    O processo de definição de sortimento de um supermercado de ser elaborado com base nos hábitos de consumo da população, na classe social predominante e no conhecimento da concorrência

    Por: Isaías Silva dos Santosl Negócios> Administraçãol 06/12/2010 lAcessos: 221

    O processo de formação de pessoas é bastante complexo e difícil, pois normalmente os Lideres responsáveis pela transmissão do conhecimento, sente-se inseguros em passar os seus conhecimentos e em seguida perder o seu posto

    Por: Isaías Silva dos Santosl Negócios> Administraçãol 06/12/2010 lAcessos: 923

    O processo de definição da localização de uma nova loja de supermercado deve ser iniciado pela definição do formato de loja, esse processo deve estar na base da estratégia do novo negócio, pois, irá direcionar outras etapas importantes para tornar o novo empreendimento rentável (sortimento, localização, análise e avaliação do ponto, ambiente interno, mercado consumidor, dentre outros).

    Por: Isaías Silva dos Santosl Educação> Ensino Superiorl 05/12/2010 lAcessos: 205
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast