Organização: Sistema Sociocultural Estabelecido

Publicado em: 03/03/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 7,596 |

"Organização é um tipo de associação em que os indivíduos - em número tal que contatos pessoais se tornam difíceis de ocorrer- se dedicam a tarefas complexas e estão entre si relacionados por um consciente e sistemático estabelecimento e consecução de objetivos, mutuamente aceitos."

Podemos dizer que vivemos numa sociedade eminentemente organizacional. Nas sociedades complexas, em todas as etapas da vida, desde o nascimento até a morte, depende das organizações, é controlado por organizações e nelas passa a maior parte de seu tempo. Por outro lado, a sociedade contemporânea, altamente complexa, de grandes e sofisticados sistemas organizacionais, atribui um alto valor à racionalidade, à competência e á eficácia. E são as organizações, dentro desse campo social, as formas mais racionais e eficazes que se conhece de agrupamento social. Com o desenvolvimento da sociedade, a organização também alcançou um grande desenvolvimento e passou a ter um caráter de instituição social.

Segundo Malinowski, a organização é mais do que um agrupamento de pessoas ou de pequenos grupos. Dentro deste contexto, analisamos algumas características de organizações.

  • 1- divisão de trabalho, do poder e das responsabilidades de comunicação, divisão essa que não é obra de casualidade nem obedece a um esquema tradicional, senão que tem sido deliberadamente planejada, para favorecer a realização de fins específicos.
  • 2- Presença de um ou mais centros de poder que controlam os esforços concentrados da organização e os dirige ate seus fins; estes centros de poder, ademais, revisam continuamente a atuação da organização e remodelam sua estrutura, onde se tornar necessário, para aumentar sua eficiência.
  • 3- Substituição de pessoal, isto é, que as pessoas que não satisfazem possam ser dispensadas e suas tarefas atribuídas a outras. A organização pode também mudar seu pessoal através da transferência e promoção.

                                                                                                               ANTONIO CURY

Philip Selznick que a simples criação de uma estrutura formal não determinará a criação ou sobrevivência de uma organização. É indispensável que a organização tenha sido originada pelas necessidades de  coletividade. Assim como as pessoas, as organizações têm um caráter próprio que as distingue das demais, isto é, elas desenvolvem uma identidade própria. Esse caráter se desenvolve da mesma maneira pela qual evolui o caráter dos indivíduos. Quanto maior o numero de interações pessoais e de grupos, mais acentuado o caráter da organização. 

Neste contexto a palavra organização pode de certa forma atribuir-lhe um caráter sistêmico, onde as partes que a compõem são elemento chave no funcionamento e desenvolvimento da mesma. Uma organização é um sistema integrado de subsistemas interdependentes e intercambiáveis. E por um lado, as organizações são vistas como agrupamentos de indivíduos construídos ou reconstruídos que possuem objetivos específicos e com o poder de construir um ambiente onde cada indivíduo que compõe esse sistema pode realizar os seus objetivos pessoais e profissionais. E o grau de participação dos envolvidos demonstra o nível da organização. E numa perspectiva sociocultural, pode se afirmar que uma organização é caracterizada pelo conjunto de papéis inter-relacionados a partir de redes de comunicação. A comunicação entre membros de uma organização esta ligada a pirâmide hierárquica, com a função de facilitar a troca de informações entre todos os membros da mesma.

Uma organização deve funcionar como um sistema vivo que existe num ambiente mais amplo do qual depende em termos de satisfação das suas várias necessidades e os seus profissionais devem funcionar como os órgãos que, em conjunto, trabalham para que a organização cumpra com os seus objetivos.

Uma organização deve assentar nos seguintes pilares: a racionalidade, como a disposição lógica dos elementos da organização; a flexibilidade, como a capacidade de adaptar-se às necessidades; a permeabilidade ou abertura em relação ao espaço exterior e a coletividade  para fazer frente ao individualismo, criado pela fragmentação de espaços, horários e mecanismos de colaboração. E podemos analisar um outro fator importante dentro de uma organização que está ligado à coletividade, a troca de informações. O clima organizacional:

____________________________________________________________________________________________________________

Refere-se ao ambiente interno que existe entre os participantes da empresa. Está intimamente relacionado com o grau de motivação de seus participantes. O termo clima organizacional refere-se especificamente às propriedades motivacionais do ambiente organizacional, ou seja, aqueles aspectos internos da empresa que levam à provocação de diferentes espécies de motivação nos seus participantes. Em termos mais práticos, o clima organizacional depende das condições econômicas da empresa, do estilo de liderança utilizada, das políticas e valores existentes, da estrutura organizacional, das características das pessoas que participam da empresa, da natureza do negocio (ramo de atividade da empresa) e do estagio de vida da empresa.

____________________________________________________________________________________________________________

CULTURA ORGANIZACIONAL

A essência da cultura de uma empresa é expressa pela maneira como ela faz seus negócios, a maneira como ela trata seus clientes e funcionários, o grau de autonomia ou liberdade que existe em suas unidades ou escritórios e o grau de lealdade expresso por seus funcionários com relação à empresa. A cultura organizacional representa as percepções dos dirigentes e funcionários da organização e reflete a mentalidade que predomina na organização.  Por esta razão, ela condiciona a administração das pessoas. Em outras palavras, a cultura organizacional representa as normas informais e não escritas que orientam o comportamento dos membros de uma organização no dia-a-dia e que direcionam suas ações para o alcance dos objetivos organizacionais. No fundo, é a cultura que define a missão e provoca o nascimento e o estabelecimento dos objetivos da organização.  A cultura precisa ser alinhada juntamente com outros aspectos das decisões e ações da organização como planejamento, organização, direção e controle para que se possa melhor conhecer a organização.

"A cultura compreende um conjunto de propriedades do ambiente de trabalho, percebidas pelos empregados, constituindo-se numa das forças importantes que influenciam o comportamento. Compreende além das normas formais, também o conjunto de regras não escritas, que condicionam as atitudes tomadas pelas pessoas dentro da organização: por este motivo, o processo de mudança é muito difícil, exigindo cuidado e tempo. Para se obter uma mudança duradoura, não se tenta mudar pessoas, mas as restrições organizacionais que operam sobre elas. A cultura da organização envolve um conjunto de pressupostos psicossociais como normas, valores, recompensas e poder, sendo atributo intrínseco a organização."

É importante ressaltar que não são intercombináveis os conceitos de cultura e clima organizacional. O clima não aponta os modos institucionalizados de agir e de pensar. O clima mapea o ambiente interno que varia segundo a motivação dos agentes. Aprende suas reações imediatas, suas satisfações e suas insatisfações pessoais: desenha um retrato dos problemas que a situação do trabalho, a identificação como a organização e a perspectiva de carreira eventualmente provocam na cultura organizacional constituem sistemas de referencias simbólicas e molda as ações de seus membros segundo um determinado figurino. Ao servir de elo entre o passado e o presente, contribuem para a permanência e a coesão da organização. E diante das exigências que o ambiente externo provoca, formam conjunto de soluções relativas à sobrevivência, à manutenção e ao crescimento da organização.

O clima e a cultura contribuem de maneira satisfatória para compreender o estagio no qual a organização se situa.

Em suma, uma organização é um sistema socialmente estabelecido pelo conjunto de valores expressos pelos indivíduos que dela fazem parte, sendo assinalados e transmitidos sucessivamente pelos mesmos, daí a importância e a responsabilidade diante de outros, das novas gerações.

Organização: papéis profissionais.

Existe um papel profissional para cada elemento de uma organização. O papel profissional diz o que cada trabalhador deve fazer, como agir e como deve realizar suas funções administrativas. E abordamos nesse contexto, a tomada de decisões que é o núcleo da responsabilidade administrativa. O administrador deve continuamente decidir o que fazer, quem deve fazer, quando, onde e muitas vezes, como fazer. Seja ao estabelecer objetivos ou alocar recursos ou resolver problemas que surgem pelo caminho, o administrador deve ponderar o efeito da decisão de hoje sobre as oportunidades de amanhã. Decidir é optar ou selecionar dentre varias alternativas de cursos de ação aquela que pareça mais adequada.

O papel profissional facilita o desenvolvimento da interdependência dos diversos setores, a partir do relacionamento entre os membros de repartições diferentes. O seu surgimento esta ligado diretamente a estrutura hierárquica de uma organização dando suporte à mesma mantendo o ritmo do funcionamento organizacional que é representado pelo conjunto de subsistemas interdependentes e interatuantes que compõem a organização. Como exemplo de interdependência dos papéis profissionais, podemos analisar o papel do gerente e o papel do subordinado. Essa interdependência mostra que uma influência do gerente sob o subordinado.

A dinâmica das relações interpessoais

Inicia-se a partir do desempenho de papéis profissionais que mantêm relações com o sistema sociocultural do qual a organização faz parte. Os papéis sociais, e em especial, os papéis profissionais, constituem-se a partir das interações sociais presentes no ambiente de trabalho, considerando os níveis hierárquicos e os métodos de comunicação entre membros da estrutura hierárquica e o como subordinados são influenciados por gerentes. Gerentes devem ter a habilidade de influenciar pessoas para que trabalhem entusiasmadas visando atingir objetivos comuns, inspirando confiança por meio de força de caráter. Quando falamos em comunicação interpessoal, podemos pensar em pontes. Criar pontes entre as partes de baixo da estrutura hierárquica com o topo da mesma. Quanto mais pontes são criadas dentro de uma organização, criam-se mais formas de se comunicar, mais formas de diminuir a falta de comunicação.

Organização: missão, objetivos, metas e finalidades organizacionais.

A finalidade de uma organização representa os propósitos a serem atingidos através de objetivos criados com a intenção de conseguir grandes resultados. Em síntese, os objetivos refletem tendências determinadas por fatores específicos aos projetos que se vão caracterizando no contexto organizacional.

A missão é uma declaração ampla e duradoura de propósitos que individualiza a organização e distingue o seu negócio impondo a delimitação de suas atividades dentro do espaço que deseja ocupar em relação às oportunidades de negócios. É, em essência, o propósito da organização. É a razão de ser da empresa.
Serve de elemento básico orientador na definição do Planejamento Estratégico e tem caráter permanente.

Objetivos
Intenções assertivas na busca por algo de valor; de resultados positivos de progresso, vantagens e melhorias, onde a situação futura almejada seja melhor do que a situação presente. É um propósito ou alvo desejado e perseguido pela entidade visando uma situação melhor. Os objetivos organizacionais englobam tendências e perspectivas a serem atingidas em determinado período de tempo.

E destacando nesse contexto, a importância que o planejamento assume como ferramenta gerencial, possibilitando antever possíveis obstáculos, a partir da previsão e da fixação dos objetivos e metas. As metas referem-se à identificação e à compreensão dos meios necessários para o alcance dos objetivos organizacionais inicialmente definidos. E do ponto de vista sobre objetivos e metas organizacionais, nota-se que ambos se encontram de forma direta ou indireta vinculados às finalidades organizacionais.

 

____________________________________________________________________________________________________________

BIBIOGRAFIA

CURI, Antonio; Organização e Métodos - uma empresa comportamental. 1º Edição Ed. Atlas A.S.; São Paulo-SP 1981.

 

 

Autores

Esio Rocha/Yuri Guminiak/Maxmillian Lopes

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/administracao-artigos/organizacao-sistema-sociocultural-estabelecido-799273.html

    Palavras-chave do artigo:

    organizacao

    ,

    clima

    ,

    cultura organizacional

    Comentar sobre o artigo

    A cultura organizacional pode ser definida como um conjunto de hábitos, crenças, normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas em uma organização que tem como principal objetivo alinhar os valores organizacionais as estratégias do negócio. Assim, o objetivo desta pesquisa é conhecer a cultura organizacional por meio dos valores e das práticas segundo a percepção dos colaboradores de uma empresa de geração de energia elétrica.

    Por: ANA CAROLINA SANTOS GOMESl Negócios> Gestãol 07/08/2012 lAcessos: 373
    Laize M. de Miranda L Sobrinha

    Este trabalho de pesquisa tem como objetivo mostrar como o clima e cultura organizacional influênciam direta e indiretamente no comportamento, na motivação na produtividade do trabalho e também na satisfação das pessoas envolvidas com a organização. Pois grandes empresas cada vez mais percebem que o progresso o desenvolvimento se tornam muito mais eficazes através dos esforços combinados e da cooperação de cada membro da empresa.

    Por: Laize M. de Miranda L Sobrinhal Negóciosl 27/11/2009 lAcessos: 3,281
    Priscyla Caldas

    Um pouco da relação de dois temas tão importantes em uma organização

    Por: Priscyla Caldasl Negócios> Gestãol 05/08/2010 lAcessos: 416
    Fabiani Seibel Stock

    A cultura de uma empresa irá influenciar diversos processos, incluindo o recrutamento e seleção de pessoas adequadas aos valores da empresa, tomadas de decisão, clima organizacional, estilos de liderança e meios de comunicação interna.

    Por: Fabiani Seibel Stockl Carreira> Recursos Humanosl 04/09/2010 lAcessos: 756
    Alexandre Arrenius Elias

    É um assunto relevante para o setor varejista, especialmente das grandes lojas, onde exige-se maiores cuidados com o ambiente de trabalho. E quando falamos em ambiente, não podemos deixar de observar a necessidade da cultura certa!

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Negócios> Gestãol 11/07/2011 lAcessos: 344
    Darci Kops

    O alinhamento organizacional, e a recorrente necessidade do alinhamento dos recursos humanos nos processos de gestão, como metodologias necessárias para assegurar um portfólio diferenciado de competências em congruência com a missão organizacional. Uma pluralidade de alinhamentos organizacionais concorre na busca constante da consistência interna e consistência externa nas organizações.

    Por: Darci Kopsl Negócios> Gestãol 10/07/2011 lAcessos: 967
    Alisson Lopes

    O objetivo deste artigo é analisar como a gestão do clima organizacional pode impactar nas negociações sindicais de forma positiva. Além disso, traçar os desdobramentos e resultados alcançados dentro de uma organização que possui a gestão do clima organizacional como estratégia de negócio.

    Por: Alisson Lopesl Carreira> Recursos Humanosl 24/01/2012 lAcessos: 3,260

    O presente texto enfatiza o estudo da cultura organizacional como elemento de alinhamento de identidade individual e organizacional através do interacionismo simbólico; ampliando no horizonte de estudos da teoria organizacional, a perspectiva de análise de processos gerenciais capazes de promover formas profícuas de gestão capazes de garantir maior competitividade às organizações na atualidade.

    Por: Donil Negócios> Administraçãol 29/06/2012 lAcessos: 545
    Juliana Ulguim

    Neste artigo foram analisadas questões sobre as etapas do Comportamento Organizacional e Marketing Pessoal. A estrutura social do comportamento organizacional e suas reflexões, a importância de valores, atitudes e características pessoais do colaborador. Aborda também a influência dos mecanismos de controle do comportamento dos colaboradores para a organização atingir seus objetivos.

    Por: Juliana Ulguiml Negócios> Administraçãol 28/10/2012 lAcessos: 111

    Dicas simples para você escolher o curso de coaching ideal para crescer na sua carreira profissional e em sua própria vida pessoal

    Por: Fabio Augustol Negócios> Administraçãol 19/12/2014

    O artigo dar dicas para corretores que estão iniciando sua carreira no mercado imobiliário e não sabe os primeiros passos a serem tomados.

    Por: villevoxl Negócios> Administraçãol 19/12/2014

    O estudo de campo foi realizado no Hospital UDI, onde foram coletados os dados referentes ao atendimento e pacote de serviços, bem como qualificá-los na opinião dos clientes e funcionários. Em linhas gerais, esse trabalho científico teve como finalidade afirmar a ideia de que um pacote de serviços bem estruturado e um atendimento sem falhas são essenciais na formação de uma imagem empresarial consolidada.

    Por: Leobruno Revil Torres Ferreiral Negócios> Administraçãol 15/12/2014

    Este artigo apresenta que na atualidade as fraudes atacam cada vez mais os empresários, tendo em vista a insuficiência nos controles internos das empresas, apresenta alguns tipos de fraudes e como elas podem ser detectadas e também a melhor forma para combate-las.

    Por: Mirielil Negócios> Administraçãol 10/12/2014
    michelly bonifacio

    Descubra as três pergunta que Rick e seu grupo usam para serem capazes de determinar de forma eficiente se cada candidato é ou não digno de admissão e de quebra, como estas questões podem te ajudar a prospectar clientes.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 08/12/2014
    michelly bonifacio

    Nesta mais nova série, veja semana a semana uma nova dica para melhorar o desempenho de sua empresa.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 04/12/2014
    michelly bonifacio

    Eu sei, controlar estoque é realmente chato! Mas, se você possui um negócio, eu nem preciso dizer que o seu estoque é um dos fatores mais importantes, certo? Pensando nisso, a Alfa Networks preparou um artigo super especial para você controlar de uma vez por todas o seu estoque.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 01/12/2014

    Este trabalho tem como objetivo demonstrar as variações de desperdício primeiramente explicando seu conceito e suas definições na área administrativa. O trabalho foi dividido em cinco partes em cada parte o assunto será abordado de forma diferente, cada vez mais com foco na logística citando exemplos dos problemas que o Brasil enfrenta com a falta de investimento nesta área e infraestrutura apropriada.

    Por: Wolgran Teixeiral Negócios> Administraçãol 28/11/2014

    Este breve artigo visa apontar possíveis problemas que podem vir a ocorrer em destinos turísticos devido à ação de um determinado grupo de turistas – mesocêntrico – que não respeitam de muitas formas o meio que visitam, e, portanto não preservam tal lugar, deixando vestígios de sua presença. Ao mesmo tempo, esse trabalho visa demonstrar o quão importante é preservar um destino turístico, e trabalhar de maneira que o destino não corra riscos de degradação, tanto quanto o risco de perder turistas.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 29/09/2010 lAcessos: 924

    O assunto, sustentabilidade do turismo necessita investir em práticas que diminuem os impactos sócio-ambientais. Partindo desse ponto, reconhece-se que o Ecoturismo contribui para a conservação do patrimônio natural e cultural e inclui as comunidades tradicionais locais e contribui para o desenvolvimento econômico da região e visa o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida. O Ecoturismo é uma atividade de caráter ligado a preservação e conservação.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 17/05/2010 lAcessos: 399 lComentário: 1

    Este trabalho tem o caráter de divulgar os eventos realizados no Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro e ao mesmo tempo visa expor a importância do mesmo.

    Por: Esio Rocha Santosl Arte& Entretenimentol 03/03/2009 lAcessos: 1,665 lComentário: 2

    O presente trabalho visa expor a atividade turística, o patrimônio cultural e natural do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros no Estado de Goiás.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 01/03/2009 lAcessos: 5,008 lComentário: 1

    Pontos positivos e negativos do Teatro Goiânia que é uma referência turistíca e também faz parte do acervo arquitetônico Art déco.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 01/03/2009 lAcessos: 2,825 lComentário: 1

    O presente trabalho conta a história do festival de cerveja mais famoso do mundo conhecido como OKTOBERFEST.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 01/03/2009 lAcessos: 4,620 lComentário: 3

    O seguinte artigo foi escrito de acordo com uma entrevista realizada com os funcionários do Museu de Artes de Goiânia.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viageml 01/03/2009 lAcessos: 1,125

    Artigo sobre a cidade de Sâo Luís do Maranhao realizada em julho de 2007. Viagem realizada de mochilão, saindo do trevo norte da cidade de Rialma-Go. 53 horas foi o tempo gasto rodando de caminhão até São Luís do Maranhão.

    Por: Esio Rocha Santosl Turismo e Viagem> Dicas de Viageml 28/02/2009 lAcessos: 1,548 lComentário: 1

    Comments on this article

    0
    Petersom Franco 05/03/2009
    Como administrador de empresas, gostei dos pontos abordados no artigo, principalmente no tocante a explançao sobre o que é para o autor a Organizaçao e Cultura Organizacional, explicando de forma clara importancia deste seguimento em uma sociedade cada vez mais individualista, competitiva e coorporativa.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast