SISTEMAS DE CONTROLE DE CUSTOS DE EMPRESAS METALÚRGICAS

Publicado em: 26/08/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 708 |


aço.jpg

Trabalhei em algumas empresas metalúrgicas e observei que os sistemas de custos da maioria pouco contribuíam para uma gestão efetiva dos custos. Alias, meu primeiro emprego foi numa empresa metalúrgica, onde a área de custos era considerada uma das áreas mais nobres da empresa, depois de uns 2 anos trabalhando na empresa e com 17 anos de idade fui convidado a integrar a área de custos. Foram cerca de 5 anos de trabalho intenso e de aprendizado e com 22 anos de idade já contava com boa experiência, isso propiciou me candidatar e ser escolhido para um cargo de Analista Sênior, e posteriormente com 23 anos de idade assumi a função de Chefe de Departamento dessa mesma empresa que era uma multinacional de renome, também metalúrgica.

Posteriormente tive contato e oportunidade de gerenciar outros sistemas de custos de empresas metalúrgicas por mais de 10 anos, isso me rendeu importante experiência e também possibilitou verificar o quanto a teoria está distante da realidade e da necessidade que vivemos nas empresas.

Felizmente na maioria das empresas por onde passei a área de custos não respondia diretamente à Contabilidade, ou seja, o Contador não era quem coordenava diretamente o departamento de custos. Essa é a primeira idéia que defendo, ou seja, não deixem que a área de custos seja uma subárea do departamento de contabilidade. Recomendo que hajam departamentos distintos, ou seja: uma Contabilidade Geral e um Departamento de Custos.

Um departamento de custos eficiente evita muitos desperdícios. Profissionais de custos precisam se envolver com o chão de fábrica e conhecerem muito bem os processos, assim, poderão controlar a produtividade e efetividade na utilização dos fatores de produção. Não se controlam custos por trás de uma mesa, é necessário ir ao local onde os processos são executados. Admiro a capacidade de alguns catedráticos que são capazes de orientar como controlar processos que eles nunca conheceram diretamente. Desta forma, boa parte do meu tempo como profissional de custos era tomado no chão de fábrica, observando e conhecendo os processos que tinha que controlar.


Destaco a seguir algumas características observadas nos custos da empresas metalúrgicas:

Matérias Primas

Numa empresa química quando falta um material a produção pára, numa empresa metalúrgica quando falta um aço de um determinado diâmetro, o responsável pelo PCP tende a utilizar o diâmetro maior gerando perdas imensas, exemplo: se para a fabricação de uma determinada peça é requerido um material de 2 polegadas ( peso aproximado: cerca de 16 kg por metro ) e o material indicado falta e se utiliza no lugar um material de 3 polegadas ( peso de 36 kg por metro ), gera-se uma perda de 125% de matéria prima, fora o custo envolvido para desbastar o material adicional. Esse tipo de problema acontece com freqüência nas empresas metalúrgicas, podendo gerar perdas imensas. Como identificar essas perdas? Sistemas de custos precisam mostrar consumos teóricos das matérias primas, no caso se o consumo fosse de um metro de aço, o consumo seria de 16 kg. Em paralelo aos consumos teóricos deve-se mostrar o consumo real ( no caso 36 kg ), bem como as variações ocorridas, no caso 20 kilos, ou 125%. Vejam que é uma matemática simples.


Performance dos equipamentos de produção

Outro importante elemento que precisa ser controlado diz respeito à performance dos equipamentos de produção. Os custos de processo são altamente afetados pela performance dos equipamentos de produção. Pessoas que trabalham com custos precisam conhecer as capacidades nominais dos equipamentos e acompanhar a capacidade efetiva que é atingida durante a produção diária. Custos de processo são apenas conseqüências de diversos fatores. Departamentos de custos eficazes colocam foco no controle das causas. Sistemas contábeis não alcançam compreensão do que realmente afeta e gera variações nos custos dos processos. Assim, produtividade, capacidade nominal versus capacidade efetiva, índices diversos indicadores de produtividade e eficácia devem ser medidos sistematicamente, e de preferência estarem disponíveis através de murais, painéis e sistemas integrados.

Qualidade dos registros de produção

A má qualidade nos registros que envolvem produção, movimentação de materiais, cadastros e outros elementos, destroem a qualidade dos custos apurados. Os registros devem ocorrer como nos bancos. Você consegue retirar dinheiro num banco e o cheque ser registrado depois? Pois é, nas industrias é normal utilizar um certo material e deixar para dar a baixa depois, ou nunca! Com qual incidência o extrato de sua conta bancária está errado? No meu extrato nunca ocorrem erros! Muitos erros ocorrem nos registros que afetam custos nas empresas, e tais erros não deveriam ocorrer. Empresas devem perseguir nível de ERRO igual a ZERO. Por trás de erros freqüentes e persistentes sempre existem problemas maiores. Em alguns casos a responsabilidade por uma área como Almoxarifado está subordinada a um responsável por Produção que não hesita em atropelar o sistema e autorizar que se retirem matérias do almoxarifado em caráter de urgência, deixando registro para serem efetuados depois. Dados errados nos cadastros e registros incorretos nos sistemas integrados também são grandes fontes de geração de divergências. Um bom sistema de inventário rotativo sob responsabilidade da área contábil, de auditoria ou custos deve comprovar níveis mínimos de diferenças de estoque. Ocorrendo divergência significativa deve-se avaliar muito bem a causa e tomar medidas corretivas eficientes, um sistema de abertura de ações corretivas formais é altamente recomendável.

Conclusão

Concluo que as área de custos da empresas metalúrgicas são essenciais para a adequada utilização dos fatores de produção: materiais e equipamentos de produção.

Profissionais de custos não podem ficar escondidos atrás de uma mesa de trabalho e não conhecerem, estruturas, produtos e processos do que tentam controlar, mas dificilmente conseguem quando não vão ao chão de fábrica.

Economias com salários de bons profissionais e outras reduções de custos, podem gerar perdas muitas vezes maiores posteriormente, em função da falta dos controles e ações necessários.

Deve-se ser rigoroso na perseguição de eficiência elevada, e na obtenção de variações mínimas, bem como é essencial ter pouca tolerância com erros persistentes.

Se necessário recorra a uma consultoria de profissional experiente, cuidado com quem contrata!
profariovaldo@hotmail.com

http://blogdoprofessorari.blogspot.com

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/administracao-artigos/sistemas-de-controle-de-custos-de-empresas-metalurgicas-3134414.html

    Palavras-chave do artigo:

    metalurgicas

    ,

    gestao estrategica de custos

    ,

    custos

    Comentar sobre o artigo

    Alisson Lopes

    O objetivo deste artigo é analisar como a gestão do clima organizacional pode impactar nas negociações sindicais de forma positiva. Além disso, traçar os desdobramentos e resultados alcançados dentro de uma organização que possui a gestão do clima organizacional como estratégia de negócio.

    Por: Alisson Lopesl Carreira> Recursos Humanosl 24/01/2012 lAcessos: 3,032

    Este trabalho apresenta conceitos sobre a logística ambiental, composto do Ambiental, cujo conjunto de ações buscam melhorias no processo, nas pessoas, mas principalmente num mundo melhor e sustentável.

    Por: FERNANDO ANTONIO DA SILVAl Educação> Ensino Superiorl 08/12/2011 lAcessos: 855

    De acordo com dados referentes à atual manejo de resíduos sólidos, o Município de Lima Campos coleta: ≈ 128 t/mês ou ≈ 1.536 t/ano, com uma produção diária de lixo de ≈ 4,26 t/dia. O objetivo principal do Projeto é preservar o ambiente da poluição, mudar os hábitos na disposição e acondicionamento do lixo a partir da fonte geradora e criar postos de trabalho para a mão-de-obra com baixa qualificação.

    Por: BRITO SOBRINHO, J. C. C.l Ciênciasl 06/12/2010 lAcessos: 2,142 lComentário: 1

    Almoxarifado é o local destinado à guarda e conservação de materiais, em recinto coberto ou não, adequado à sua natureza, tendo a função de destinar espaços onde permanecerá cada item aguardando a necessidade do seu uso, ficando sua localização, equipamentos e disposição interna acondicionados à política geral de estoques da empresa.

    Por: Sergio Lopes de Souza Juniorl Negócios> Administraçãol 29/04/2009 lAcessos: 310,095 lComentário: 196
    michelly bonifacio

    Ninguém tem tempo para perder, certo? Fica a Dica então para otimizar seu tempo e não perder o foco.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 01/10/2014
    Danilo

    Este artigo apresenta um estudo de caso realizado no município de São Simão GO no período de abril a junho de 2014, cujo objetivo é fazer um levantamento da situação turística do município e apresentar suas forças, fraquezas, ameaças e oportunidades através da análise Swot. Desta forma constatou-se que o município tem um enorme potencial turístico, no entanto mal aproveitado e a partir das constatações, foi sugerido ao gestor possíveis soluções para o desenvolvimento econômico e social.

    Por: Danilol Negócios> Administraçãol 29/09/2014

    Nos dias de hoje, podemos verificar que a maioria das pessoas estão dando preferência para morar em condomínios, sendo que esta poderia ser considerada como uma forma mais segura.

    Por: anamarial Negócios> Administraçãol 26/09/2014
    michelly bonifacio

    Manter uma empresa funcionando bem e gerando lucro não é uma tarefa fácil. Por isso, segue algumas dicas para acertar o alvo na hora de administrar. Para administrar um Website e/ ou Loja Virtual é preciso aplicar o SEO e implementar um Sistema ERP.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 24/09/2014
    michelly bonifacio

    A maioria das pequenas e médias empresas nasce de empreendedores que trabalharam por muitos anos em determinado segmento, e, portanto, obterão conhecimento e domínio do negócio. Mas, quando o assunto é Finanças, falta o conhecimento necessário. A isso, chamamos de o famoso calcanhar de Aquiles. Para gerenciar as financias, o melhor é implementar um Sistema ERP Integrado.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 24/09/2014
    michelly bonifacio

    Cada dia que se passa, mais e mais as empresas percebem que o dinheiro que o que antes considerado como gasto é, na verdade, um investimento que gera resultados e otimização de tempo e sendo assim, trocam seus intermináveis relatórios em Excel para Sistemas de ERP,

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 24/09/2014
    michelly bonifacio

    Todo mundo sabe que a escolha de um fornecedor é uma tarefa difícil. Por isso, preparamos uma lista com 6 Erros que você não pode cometer na hora de escolher um fornecedor. Vale lembrar que para uma boa administração dos compradores, é aconselhável que se implante um Sistema ERP Integrado.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 19/09/2014
    michelly bonifacio

    Quando falamos de controlar estoque, muitas pessoas acreditam que isso é de outro mundo, afinal se até mesmo empresas grandes caem, como vamos conseguir, certo? Errado! O controle de estoque pode ser por muitas vezes excessivo, mas não é nada fora deste mundo. Desde que se seja perfeccionista, meticuloso e anancástico, é relativamente simples e para isso, preparamos você 6 dicas para não perder o controle do estoque.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Administraçãol 18/09/2014 lAcessos: 11
    Ari Lopes

    Empresas sem ética, ou que praticam uma ética apenas de fachada fazem qualquer coisa para atingirem seus objetivos, sendo o lucro a qualquer custo o principal deles. Um segundo grupo é formado pelos funcionários e eles quanto menos ética tiverem, mais precisarão de códigos de conduta, auditorias frequentes e monitoração permanente.

    Por: Ari Lopesl Negócios> Gestãol 04/08/2011 lAcessos: 163
    Ari Lopes

    O feed back nas organizações não pode ficar somente para a época de avaliação de desempenho anual, mas deve ser constante. Feed backs formais podem ocorrer nas reuniões ou em seções curtas de revisão de metas e objetivos. Feed backs informais podem ocorrer no dia a dia, no caso feed backs positivos podem ser efetuados em publico. Os negativos sempre de forma privada e tomando o caso para melhoria, crescimento e incentivo à execução dos ajustes necessários.

    Por: Ari Lopesl Negócios> Gestãol 29/04/2011 lAcessos: 103
    Ari Lopes

    Neste artigo é abordada a realidade dos custos em empresas de consumo. O autor gerenciou custos de marcas como Knorr, Helmanns, SBP, Maizena, Cremogema, Jimmy, Super Bonder, Tenaz, Pritt, Durepoxi, Cascola, Cascorez, Superflex, Loctite e outras.

    Por: Ari Lopesl Negócios> Administraçãol 26/08/2010 lAcessos: 672
    Ari Lopes

    O autêntico líder necessita estudar, entender e praticar algumas competências essenciais. Esse artigo aborda DOZE COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS PARA A GESTÃO DE PESSOAS.

    Por: Ari Lopesl Negócios> Gestãol 26/08/2010 lAcessos: 1,065
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast