Evolução Da Camera Fotografica

Publicado em: 07/06/2009 |Comentário: 22 | Acessos: 58,390 |

Hoje todos podem ter uma câmera digital, seja um modelo simples ou embutida no telefone celular. Você sabe como as câmeras nasceram? E como elas se tornaram digitais? Vamos conhecer um pouco a história da câmera fotográfica digital neste artigo .

O início
A fotografia em si não é uma invenção, mas sim a união de várias descobertas e invenções. A primeira delas foi a câmara escura, em que a sua descoberta é atribuída ao filósofo Aristóteles (384-332 a.C.). Ela permitia visualizar eclipses solares sem prejudicar os olhos, através de um pequeno furo na câmara.

 

O furo permitia a passagem de luz e a formação de imagens dentro dela, sendo que a nitidez da imagem formada dependia do tamanho do furo: quanto menor o furo, mais nítida era a imagem. O efeito colateral era o escurecimento da imagem formada, pois um furo menor permite passar menos luz.

 

 

Novas idéias foram sendo adicionadas à câmara escura, como as lentes (para permitir que furos grandes pudessem produzir fotos nítidas) e o diafragma (para variar o tamanho do furo usado juntamente com as lentes). O aperfeiçoamento das câmaras escuras permitia que qualquer imagem fosse refletida perfeitamente num papel, e essa idéia foi muito usada por artistas, mas para fixar as imagens no papel, foi necessária a ajuda da química.

 

Sim, nós temos fotos!
Principalmente por acidente, químicos foram descobrindo como alguns compostos de prata reagem à luz, mas foi Thomas Wedgwood o primeiro a usar o nitrato de prata juntamente com a câmara escura para fixar imagens em couro.

A primeira foto de fato foi feita por Joseph Nicéphore Niépce, usando uma placa de estanho com betume branco e a deixando por oito horas numa câmara escura voltada para o quintal de sua casa. O processo foi chamado de 'heliografia', pois usava a luz solar.

 

 

Outro químico, Louis Jacques Mandé Daguerre, aperfeiçoou a heliografia, substituindo compostos químicos e descobrindo que o tempo de revelação diminuiria para minutos usando-se vapor de mercúrio e tiossulfato de sódio. Willian Henry Fox-Talbot, cientista inglês, usou o processo de Daguerre para aperfeiçoar suas próprias experiências com a câmara escura - criando os termos 'fotografia', 'negativo' e 'positivo'.

 

As descobertas de Frederick Scott Archer foram fundamentais para a popularização da fotografia, pois nenhuma delas foi patenteada. Ele basicamente criou o processo de revelação de fotos e o antecessor do filme fotográfico, permitindo imagens muito mais nítidas do que as feitas até então. 

As máquinas fotográficas
Toda a química envolvida na vida de um fotógrafo começou a ser simplificada com a criação de placas secas com uma espécie de gelatina que já traziam os compostos químicos necessários para uma fotografia. Com a criação do celulóide, por Alexander Parkes em 1861, os últimos problemas visíveis nas placas secas (fragilidade e peso) foram resolvidos.

George Eastman, fundador da empresa Eastman Kodak Company, usou a idéia para criar um filme de nitrato de celulose (o celulóide usado na época) que era colocado em uma máquina fotográfica.

 

A cada foto, o filme era enrolado num carretel, e no final do processo, o filme era enviado para a fábrica, onde era revelado. O funcionamento do equipamento (Kodak n.1, lançado em 1888) é a descrição exata de como funciona uma câmera fotográfica tradicional. E o slogan "Você aperta o botão e nós fazemos o resto" mostra que a fotografia podia agora ser feita por qualquer pessoa, sem conhecimentos de química.

 

 

Os primórdios da fotografia digital
O conceito de fotografia digital apareceu juntamente com a guerra fria e a corrida espacial. Afinal de contas, como fotos do espaço e do país rival poderiam ser tiradas a milhares de quilômetros de altura se o filme não pudesse ser trazido à Terra para ser revelado? 

A primeira tentativa de se criar uma câmera digital foi apenas em 1975, por Steven Sasson, da Kodak. Usando o novíssimo chip CDD de detecção de imagens, desenvolvido pela Fairchild Semiconductor em 1973, o protótipo pesava mais de 3 quilos, gravava imagens em preto e branco, tinha uma resolução de 0.01 megapixels (10 mil pixels) e precisava de 23 segundos para capturar uma imagem. Obviamente, o dispositivo era apenas um protótipo.

 

A primeira câmera eletrônica portátil (como os aparelhos de hoje) surgiu em 1981. A Sony Mavica não pode ser considerada uma ‘câmera digital’, pois não captava imagens estáticas, mas gravava vídeos (como filmadoras) e salvava apenas alguns frames (que, de fato, são fotos). A qualidade de imagem pode ser considerada igual à das televisões da época.

 

A comercialização das câmeras digitais começou apenas em 1986, com a Canon RC-701. O preço absurdo da época (cerca de US$ 20 mil) e a baixa qualidade das imagens geradas, em comparação com câmeras tradicionais, restringiram o público alvo dos produtos.

 

Vários modelos de câmeras eletrônicas foram lançados nos anos seguintes, mas duas merecem destaque: a Canon RC-250 Xapshot, cujo kit completo custava US$ 1.500 foi a primeira com preço acessível ao consumidor médio. Já a Nikon QV-1000C, com venda de apenas algumas centenas de unidades, era voltada para profissionais, e foi a primeira câmera eletrônica cuja qualidade de imagem era igual às câmeras tradicionais.

 

 

A chegada das verdadeiras câmeras digitais
Provavelmente a primeira câmera realmente digital, gravando imagens como arquivos reconhecidos no computador foi a Fuji DS-1P em 1988, com 16 MB de memória interna. Não há, porém, registros de comercialização deste modelo.

 

Logo, a primeira câmera digital lançada comercialmente foi a Dycam Model 1, em 1990, com capacidade de se conectar a um PC ou um Mac para transmitir as fotos.

 

Em 1991, a Kodak lança a DCS-100, que custava US$ 13 mil. Ela foi a primeira câmera digital profissional a usar o sistema SLR, que utiliza espelhos e uma única lente para garantir que o que o fotógrafo está vendo realmente será fotografado. Usando o corpo de uma câmera da Nikon, ela tinha uma resolução de 1,3 MP.

 

 

Nos anos seguintes, vários modelos de câmeras digitais foram lançados, trazendo inovações facilmente vistas hoje em dia, como a Fuji DS-200F em 1993 (primeira com memória flash embutida), a Apple Quick Take 100 em 1994 (primeira câmera digital colorida com preço inferior a US$ 1000), a Nikon Zoom 7000 QD em 1994 (primeira com função de estabilização de imagens), a Casio QV-10 em 1995 (primeira câmera com visor de cristal líquido) e a Ricoh RDC-1 em 1995 (primeira que permita gravar fotos e vídeos).

 

 

 

Megapixels para todos!
Todas as câmeras digitais mostradas até agora apresentam baixa resolução de imagens. A resolução é baseada no sensor CCD (ou CMOS) usado no equipamento para converter os fótons (unidade básica da luz) em imagem. De forma básica, o sensor é formado por milhões de 'alvos' que contam a quantidade recebida de fótons - isto significa que, quanto maior a quantidade de 'alvos', maior a resolução da foto, pois mais fótons foram percebidos.

Outros fatores também interferem diretamente na resolução, como qualidade das lentes usadas e tamanho físico do próprio sensor.

As resoluções mais comuns das câmeras digitais são:
- 0.01 MP (resolução de 320 x 240 pixels)
- 0.3 MP (resolução de 640 x 480 pixels)
- 1.3 MP (resolução de 1280 x 1024 pixels) - resolução ideal para fotos de até 10 x 15 cms
- 2.0 MP (resolução de 1600 x 1200 pixels) - resolução ideal para fotos de até 13 x 18 cms
- 3.0 MP (resolução de 2048 x 1536 pixels) - resolução ideal para fotos de até 15 x 21 cms
- 4.0 MP (resolução de 2272 x 1704 pixels) - resolução ideal para fotos de até 20 x 25 cms
- 5.0 MP (resolução de 2560 x 1920 pixels) - resolução ideal para fotos de até 24 x 30 cms
- 6.0 MP (resolução de 2816 x 2112 pixels) - resolução ideal para fotos de até 28 x 35 cms
- 7.0 MP (resolução de 3072 x 2304 pixels)
- 8.0 MP (resolução de 3264 x 2448 pixels)

A partir de 1997, as câmeras digitais domésticas começavam a apresentar resoluções superiores a 1.0 MP, e as câmeras profissionais evoluíam a passos largos. Exemplo: a Nikon D1, de 1999, apresentava resolução de 2.74 MP, custava menos de US$ 6 mil e era a primeira do gênero feita por apenas um fabricante.

 

Pode-se considerar o período entre 2001 e 2003 como a verdadeira época de popularização das câmeras digitais: em 2001 surgiu no Japão o primeiro telefone celular com câmera digital embutida (Sharp J-SH04). Em 2003, foi lançada a primeira câmera digital com qualidade profissional voltada para consumidores: a Canon EOS 300D, com resolução de 6.0 MP e custo de US$ 900.

 

 

Hoje, percebemos que a maioria das câmeras domésticas apresenta resolução até mesmo superior às necessidades dos usuários, os telefones celulares com câmeras têm resolução comparável com câmeras digitais de 'berço' (como o Nokia N96) e até mesmo câmeras com recursos profissionais para consumidores domésticos desafiam filmadoras (como a nova Nikon D90, com 12.2 MP e capacidade de gravar vídeos em HDTV).

viste o site:

www.asafefotos.com.br 

 

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 13 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/arteentretenimento-artigos/evolucao-da-camera-fotografica-958133.html

    Palavras-chave do artigo:

    evolucao da camera fotografica

    Comentar sobre o artigo

    As câmeras fotográficas passaram por grande evolução desde seu surgimento. Novas funcionalidades fizeram com que as câmeras digitais atuais se tornassem quase profissionais podendo ser manipuladas por amadores.

    Por: Felipe Ferreiral Tecnologia> Tecnologiasl 30/06/2010 lAcessos: 1,074
    Fábio Santos

    Câmeras Digitais - Conheça a história das Câmeras Digitais e sua evolução com relação as Câmeras Fotográficas de antigamente.

    Por: Fábio Santosl Tecnologia> Tecnologiasl 17/08/2010 lAcessos: 1,516

    Há muito tempo atrás, quando era necessário comprar um rolo de filmes para tirar fotografias. O número de fotos era limitado e se você desejasse tirar quantas fotos tivesse vontade, você teria que carregar muitos rolos de filmes. E fora que você não tinha como visualizar na hora a foto, ainda tinha que mandar o rolo em uma loja e esperar ser revelada para ai sim ver como ela ficou.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Internet> Comércio Eletrônicol 26/04/2011 lAcessos: 1,255

    Dia 2 de setembro se comemora o dia do Repórter Fotográfico. Conheça mais sobre essa profissão que nos traz as imagens que vemos nos jornais e nas revistas.

    Por: Felipe Ferreiral Carreira> Gestão de Carreiral 02/09/2010 lAcessos: 177

    Celulares - Você conhece a história do telefone celular? Saiba Mais sobre como surgiu o celular e quais são as gerações dos celulares! Confira!

    Por: Gabi Batistal Tecnologia> Telefonia e Celularl 14/04/2011 lAcessos: 273

    Verificação da responsabilidade civil da Google em caso de violação do direito de imagem e privacidade no sítio eletrônico Orkut.

    Por: ANTONIO AURELIO DE SOUZA VIANAl Direito> Doutrinal 09/08/2010 lAcessos: 909

    Esta pesquisa objetiva mostrar através de dados obtidos por imagens do ano de 2006 do satélite CBERS-2, a situação da degradação da cobertura vegetal às margens do curso (faixa de 200 m a partir do curso principal) Médio do Rio Itapecuru. Constatou-se que dos 15.182 ha da faixa em estudo, 3.233 ha, ou seja, 21,3% do total da área estão sendo de alguma maneira degradados, ou seja, seu manto de cobertura natural está, de alguma forma sendo agredido.

    Por: BRITO SOBRINHO, J. C. C.l Ciênciasl 03/12/2010 lAcessos: 818
    Epcentro

    Mais um ano chegou e com ele muitas novidades, agora está para ser lançada a televisão que descarta o uso dos óculos 3D. E o que dizer do garfo que vibra quando você esta comendo rápido demais?

    Por: Epcentrol Tecnologial 06/02/2013
    FELLIPE KNOPP

    Relação entre imagem, suposta imparcialidade e sobredeterminação - estética da ocultação

    Por: FELLIPE KNOPPl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2009 lAcessos: 490

    Dicas de de roles culturais e gastronômicos sem gastar muito! Confira nossas dicas em nossa página no facebook: https://www.facebook.com/eaioquetemprahoje

    Por: eaioquetemprahojel Arte& Entretenimentol 28/09/2014
    Tiago

    Jaz momentos de alegria e júbilo, uma tarde com os amigos, um jantar com a família, um encontro romântico, cinema e programas de TV, jogos eletrônicos,etc. Tanta coisa para nos entretermos há algo mais fora de nossa realidade que esquecemos?

    Por: Tiagol Arte& Entretenimentol 10/09/2014

    Porque se preocupar com quem vai fazer a sua filmagem de casamento? Como escolher um bom profissional? Confira algumas dicas neste artigo!

    Por: Bernardol Arte& Entretenimentol 08/08/2014

    As pulseiras de identificação podem ajudar você a controlar a consumação em um evento. Saiba como as pulseiras de identificação podem ser utilizadas.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Arte& Entretenimentol 25/07/2014 lAcessos: 14

    A produção de eventos requer dedicação e disciplina dos organizadores. Para facilitar sua vida , separamos as etapas essenciais da produção de eventos.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Arte& Entretenimentol 23/07/2014

    Uma minuciosa análise da Arte e do Belo iniciando-se na era primitiva até os dias atuais, passando por Design Automobilístico, Estética e muito mais. Vale a pena conferir este artigo na íntegra!

    Por: David Asherl Arte& Entretenimentol 28/06/2014 lAcessos: 12

    Sites onde você vai fazer todas as montagens de fotos que desejar, sua montagem de fotos online e grátis em apenas um minuto. E não só isso você pode salvar sua fotomontagem no seu computador ou enviar para Twitter, Google+ e Facebook. Comece agora a transformar as suas fotos.

    Por: Brunol Arte& Entretenimentol 11/06/2014 lAcessos: 30
    Janaína Nogueira

    No dia 03 de junho entrou em cartaz o espetáculo teatral "Amor imperfeito", a obra tem o personagem principal inspirado em um dos maiores cirurgiões plásticos do país, o Dr. Alan Landecker.

    Por: Janaína Nogueiral Arte& Entretenimentol 10/06/2014 lAcessos: 11

    Comments on this article

    -2
    Carlos De Souza 08/08/2011
    Gosteiiii.............muito legal esse tema que foi abordado,,nós estudantes estamos contentes pois nos ajudou e muito com os trabalhos escolares!!!!!!!!!!!!!
    -2
    william 01/05/2011
    ta faltando informação nisso ae, tem outras marcas que foram de grande importancia para os aparelho que temos hojes
    -3
    Sérgio 17/03/2011
    Com um pouco de estudo de resolução limitada por difração, função de transferência de modulação, interpolação em sensores bayer e aberração cromática, você perceberia que as câmeras point-and-shoot não tem uma acuidade tão alta quanto você afirma em "Hoje, percebemos que a maioria das câmeras domésticas apresenta resolução até mesmo superior às necessidades dos usuários". As câmeras com sensores de 7,6mm não tem informação além do necessário para uma impressão de 15 x 10cm, muitas vezes nem chegam a isso, mesmo que a imagem RAW, inacessível na maioria das point-and-shoot, receba uma série enorme de processamentos para corrigir problemas ópticos. Essas câmeras tem lentes baratas com MTF apenas a níveis aceitáveis, sofrem muito efeito de difração (12MP em 43mm² é algo um tanto quanto desnecessário, só serve pra corrigir problemas de aliasing, já que essas câmeras não tem um processador bom pra calcular algorítimos de anti-aliasing mais complexos em pouco tempo) além de ser matematicamente impossível utilizar mais de 70% dos pixels de um sensor bayer gerar informações da escala de cinza por conta de limites de interpolação. Não preciso nem comentar sobre as câmeras de celular.
    -3
    Alberto 03/03/2011
    Bom dia gostaria de sabem mais sobre a câmera Fotográfica Nikon D3100, vou fazer uma viagem, e gostaria de uma câmera de porte profissional, mais de fácil uso, poderia ser essa?...ou me poderia me indicar uma melhor na mesma faixa de preço, não sou profissional!... segui o link com os preços em um comparador: http://www.shoppydoo.com.br/precos-cameras_digitais-nikon_d3100.html;
    de já agradeço
    -3
    Luma 15/02/2011
    muito interessante ñ imaginava que as cÂmaras tivessem toda esta historia imagina que fosse algo como o cel recente obrigada por existir estes sites excepcional
    -3
    Alexandra Barreto 14/02/2011
    Tanto a máquina como a fotografia em si evoluiram muito. A fotografia é um meio de comunicação incrivel e com ela a arte de fotografar coisas lindas como a paisagem. Com a máquina podemos captar tudo o que queremos e por isso é que a arte da fotografia é universal e comtemporânea. Com a fotografia podemos expressar o que sentimos e o que a sociedade nos transmite. A fotografia é uma arte, e a arte é para ser aproveitada ao máximo por todos.
    -3
    Erik 30/12/2010
    Legal. Comprei uma camera fuji de 14mp ,2gb e filmadora em HD (1280x720) por menos de 280 reais !
    -1
    bruna 08/10/2010
    aé bom sim ajuda
    muitooo!!!
    -3
    poliana 31/08/2010
    realmente as maquinas fotograficas evoluiram ao longo da historia e hoje podemos ter varias utilidades em apenas uma unica camera digital
    -1
    quem nao é nao se esconde... 25/08/2010
    ...ki bom...
    ...aprenda com os hackers...
    ...noobs...
    ...xXwnlXx...
    -2
    vinicius guedes 29/06/2010
    li td e gostei muito mas qnd xeguei ao final e ñ axei a fonte fkei mto chateado pois é preciso pra um trabalho de faculdd
    -1
    Adriele 06/06/2010
    Legal...Curti muito esse site e me ajudou no trabalho!
    -2
    David 19/05/2010
    As informações são boas mas infelizmente quem as colocou não citou a fonte da pesquisa, sendo essencial para um trabalho de faculdade.
    2
    brenda wingrid 06/05/2010
    esse site me ajudou muito no trabalho pra escola!!!
    brigadão
    1
    Ana Paula 18/04/2010
    Gosteii Muitoo'
    Foi muito últil para o meu trabalho...
    ^^
    -3
    mirian 15/04/2010
    gostei muito foi muito util para meu aprendizado
    1
    Robson Vieira de Deus 07/04/2010
    Eu adorei essas informações, me ajudaram muito no meu trabalho!
    0
    igor 09/03/2010
    massa
    -1
    victor 04/03/2010
    incrivel a esplicação é inacreditavel parabens
    2
    Junior 01/03/2010
    gente eu gostaria de saber qual foi a primeira fotografia realmente nitida da historia,quando eu falo nitida quero dizer que posso descobrir o que é a imagem no primeiro olhar mas as primeiras fotos exigem um esforço pra descobrir o que é.
    -6
    vitoria-pi 16/09/2009
    esse site é demais pois nele posso fazer pesquizas
    2
    bruna 03/09/2009
    esse sity é muito bom ,pois ensina a saber as coisa como era antes e como é agora..
    e as pessoas passam a sabe como era ante e como é agora

    eu gostei muitoo desse sity..

    bjs nota 10
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast