A evolução do consumidor

Publicado em: 04/10/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 864 |

Um consumidor é todo individuo com possibilidades e habilidades de consumir ou adquirir um determinado item. Todos os indivíduos possuem necessidade de consumo para sobrevivência e para satisfação pessoal e social, dessa forma cabe ao marketing desenvolver e moldar esse individuo que no momento é apenas um consumidor em um cliente lucrativo e fiel.

Segundo o Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, "Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produtos ou serviços como destinatário final. Equipara-se a consumidor a coletividade de pessoas, ainda que indetermináveis, que haja intervindo nas relações de consumo".

Todo grande cliente um dia foi apenas um simples consumidor ou comprador.

O perfil dos consumidores mudou drasticamente nos últimos anos e essa mudança não para. Diante desse cenário é preciso inovar, colocar produtos diferentes, estimular a presenças deles nas lojas e atender muito bem, porque se ele não for bem tratado, não volta e espalha para dezenas de pessoas o ocorrido.

Poderão ver ao longo desse livro e saberão traduzir perfeitamente o que pregam os especialistas de que é mais lucrativo e você economiza tempo e dinheiro mantendo seus clientes do que conquistar novos clientes.

Uma das ferramentas do marketing é estreitar as relações entre empresas e consumidores para que esses venham a se tornem futuros clientes e não mais apenas consumidores. Para que essa transformação ocorra e que esse consumidor se torne um cliente, existe um esforço muito grande do marketing atuando nos bastidores. Há ainda nos dias de hoje muita propaganda enganosa e falsas mensagens publicitárias. Com essas ocorrências o consumidor fica mais 'esperto' e menos suscetível às mensagens de publicidade e propaganda.

Uma empresa não tem apenas uma função de gerar lucros. Gerar lucros sem dúvida é uma premissa básica, porem não se trata da primeira. Ninguém gostaria abrir uma empresa ou um negócio que esse não gerasse lucros, porem sem o quesito principal que são os consumidores e clientes a rentabilidade não vai aparecer.

Dessa forma a chave para a obtenção de lucro são os clientes, sem clientes não temos lucro, certo? Então por que ainda muitas empresas não se voltaram para uma administração para atender as necessidades e desejos de seus clientes?

De um lado as empresas querem vender e obter lucro com a venda, de outro temos os consumidores com suas necessidades de aquisição e consumo. O equilíbrio para essa demanda é simples como descrito acima e funcional quando ass empresas respeitam os desejos e anseios dos consumidores. Empresas que não costumam prosperar são aquelas que procuram satisfazer somente suas necessidades, ou seja, a necessidade de ganho próprio.

O consumidor apresentou e continua mostrando uma enorme evolução nos últimos anos. Evolução essa que está dando muito trabalho para profissionais de marketing, empresários, prestadores de serviços, vendedores, enfim, aos profissionais que atuam na linha de frente oferecendo atendimento e serviços a esses consumidores.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/atendimento-ao-cliente-artigos/a-evolucao-do-consumidor-3401818.html

    Palavras-chave do artigo:

    consumidor

    ,

    evolucao

    ,

    marketing

    Comentar sobre o artigo

    Walter de Mendonça

    O presente ensaio busca identificar as publicações científicas na área de marketing do Enanpad no período de 1990 a 1997 com o objetivo de demonstrar a evolução do pensamento de marketing no Brasil no período estudado com base na quantidade de publicações, tipo de pesquisa realizada, o tema e o grau de inovação do tema. Foi realizada uma pesquisa do tipo desk research que identificou 159 trabalhos científicos apresentados no Enanpad envolvendo a área de marketing. Desses estudos foi possível con

    Por: Walter de Mendonçal Marketing e Publicidadel 05/08/2009 lAcessos: 1,679 lComentário: 3

    O presente estudo teve por objetivo analisar se o marketing ambiental pode ser decisivo no processo de escolha do consumidor final no ato da aquisição de produtos/serviços de alguma empresa que se utiliza dessas questões. Foram aplicados 266 questionários, distribuídos entre os dias 4 e 11 do mês de outubro de 2008. Os resultados demonstram o pouco conhecimento por parte dos entrevistados no que diz respeito a marketing ambiental e, conseqüentemente, não influenciando uma parcela significativa de consumidores. Os resultados evidenciam um vasto caminho a ser percorrido para atingir uma maior parcela da população. Uma das estratégias primordiais de ação seria o uso de propagandas atreladas a autorização (certificação) de órgãos ambientais, o que na percepção dos entrevistados soa como credibilidade.

    Por: Júlio César Carvalhol Marketing e Publicidadel 16/12/2008 lAcessos: 6,948 lComentário: 1

    Até pouco tempo atrás as organizações não tinham como prioridade os clientes em suas em suas necessidades e satisfações. A produção era o seu foco maior. Com o início da mentalidade marketing o cliente passa a ser o foco principal. A ênfase do relacionamento foi percebida como um instrumento fundamental para atração, retenção, fidelização de clientes. Este trabalho aborda os principais conceitos Marketing de Relacionamento, a visão dos principais autores sobre o tema ainda a realidade vivida po

    Por: Ertinhol Negócios> Administraçãol 24/11/2008 lAcessos: 6,689
    Enyo Mendes

    A forma de gerenciamento das academias de ginástica, as quais Toscano (2001) conceitua como centros de atividades físicas onde se prestam serviços de avaliação, prescrição e orientação de exercícios físicos, sob supervisão direta de profissionais de educação física, sofreu alterações ao longo dos tempos. Cada vez mais acirrada a concorrência, devido ao acelerado fenômeno da globalização, porém em alguns momentos podendo diferir de empresa para empresa seguindo os objetivos.

    Por: Enyo Mendesl Negócios> Gestãol 26/04/2009 lAcessos: 5,537 lComentário: 3
    Rogério Ferreira Leite

    Pretende este trabalho inserir o leitor no universo do Marketing de forma bastante sutil, não exigindo grandes conhecimentos. Busca mostrar as diversas facetas de um assunto que, à primeira vista, pode parecer cansativo e enfadonho, mas que no decorrer da leitura descobre-se interessante e envolvente, tanto para leigos quanto para expertos. Esse artifício foi utilizado para, juntamente com os fatos reais narrados, despertar o desejo de descobrir a novidade representada pelo "Efeito cata-vento". (PARTE 1)

    Por: Rogério Ferreira Leitel Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 15/07/2010 lAcessos: 1,511 lComentário: 1

    O artigo apresenta a relação dinâmica estabelecida entre duas áreas da comunicação: design gráfico e publicidade. O marketing, ao comunicar seus produtos e serviços, intensifica a divulgação do posicionamento e da imagem das empresas e procura melhor atender às necessidades e desejos de seu público. O estudo foi desenvolvido de acordo com o contexto no qual se desenvolve a comunicação de marketing e o favorecimento do mesmo para a exploração de novas possibilidades tecnológicas.

    Por: Leandro Steinmetz Almeidal Marketing e Publicidade> Design Gráficol 12/11/2008 lAcessos: 18,054
    Sarah Loyola de Andrade

    A temática central deste trabalho é a mudança de comportamento do consumidor brasileiro nos últimos 20 anos, acelerada e amparada pelo Código de Defesa do Consumidor. O principal objetivo é compreender esta evolução do mercado, a fim de que as empresas possam construir ações inovadoras de Marketing, pautadas nos princípios do Código, sobretudo, na ética e na confiança.

    Por: Sarah Loyola de Andradel Marketing e Publicidadel 06/12/2009 lAcessos: 1,452

    A escolha do tema abordado no presente artigo se procedeu a partir da observação da crescente da necessidade que as empresas possuem, atualmente, em captar novos clientes e da dificuldade em mantê-los como parceiros de seus negócios, sejam produtos ou serviços oferecidos. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo principal apresentar a verdadeira eficácia do marketing de relacionamento, como ferramenta estratégica empresarial, na obtenção melhores níveis de competitividade, demonstrando a sua importância também como forma de reter os clientes e/ou consumidores para as organizações. Este artigo pretende demonstrar a importância que o marketing de relacionamento possui para a melhoria dos resultados das organizações e da otimização de suas atividades.

    Por: Juliana Aguiar Portol Marketing e Publicidadel 01/12/2008 lAcessos: 2,250
    Tom Coelho

    Acompanhe os passos essenciais para a construção de um plano de marketing para sua organização.

    Por: Tom Coelhol Notícias & Sociedade> Cotidianol 28/06/2012 lAcessos: 85

    O atendimento é essencial para fidelizar e satisfazer clientes, por isso ele deve ser excelente.

    Por: contasl Negócios> Atendimento ao Clientel 17/12/2014

    Excelência em Comunicação no Atendimento ao Cliente - Parte 02, Comunicação verbal nos dias atuais.

    Por: Priscila Pereira de Oliveiral Negócios> Atendimento ao Clientel 14/12/2014
    michelly bonifacio

    Você já teve sua empresa criticada nas mídias sociais por conta de um mau atendimento ou quem sabe por algum problema com seu produto? É horrível, não? Então, se você já teve sua empresa criticada nas mídias sociais e quer evitar que isso aconteça novamente ou se simplesmente tem medo de que isso ocorra e quer se prevenir, não importa, este artigo foi feito especialmente para você. Veja agora mesmo 3 Dicas que vão ajudar a sua empresa a não ser Publicamente Criticada pelas Mídias Sociais.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Atendimento ao Clientel 11/12/2014

    Para manter um cliente, é necessário realizar algumas ações pontuais a fim de fidelizá-lo. Entretanto existem algumas ações que podem ser realizadas de maneira simples para que ocorra a fidelização completa.

    Por: Inrisel Negócios> Atendimento ao Clientel 03/12/2014

    A comunicação é fundamental em todos os pilares da vida, e quando fala-se em Atendimento ao Cliente é fundamental pois é preciso primeiro se conhecer para entender o cliente, a primeira parte do artigo é sobre AUTOCOMUNICAÇÃO.

    Por: Priscila Pereira de Oliveiral Negócios> Atendimento ao Clientel 29/11/2014 lAcessos: 17

    A cadeia de suprimentos para a indústria de tecnologia é extremamente volátil, já que envolve grandes desafios para as empresas do setor, como a rápida resposta à demanda, sazonalidade, melhoria contínua, otimização de custos, visibilidade em tempo real, lançamento de novos produtos em um curto período de tempo e a movimentação de itens para produtos com ciclo de vida curto.

    Por: Flávia Gaviolil Negócios> Atendimento ao Clientel 25/11/2014

    O atendimento ao cliente é um serviço de impacto e precisa de um grupo de pessoas hábeis para realizar o atendimento de uma empresa, contudo, não é sempre assim que funciona, gerando resultados improdutivos impedindo o progresso do negócio.

    Por: Adriano Bezerral Negócios> Atendimento ao Clientel 07/08/2014 lAcessos: 37
    Gerisval Alves Pessoa

    Vender não se trata de trocar o produto ou serviço por dinheiro do cliente. É a doação de si mesmo.

    Por: Gerisval Alves Pessoal Negócios> Atendimento ao Clientel 20/06/2014 lAcessos: 37
    Márcio Elídio Campi

    Dentro de uma transação entre clientes, empresas e fornecedores o que tem sido bastante explorado é a gestão colaborativa entre essas classes dentro do mercado em que atuam.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Administraçãol 05/12/2010 lAcessos: 350
    Márcio Elídio Campi

    Este artigo apresenta por meio de pesquisa aplicada as técnicas utilizadas sobre a análise do modo de governança da força de vendas e o plano de remuneração adotado nas empresas pesquisadas. São apresentadas questões relevantes que foram utilizadas para a pesquisa. Utilizou-se como referência conceitos e teorias relacionadas com processo de vendas, de contratação e remuneração, e ainda, foram apresentados os benefícios das técnicas de vendas utilizadas nesse segmento.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Vendasl 28/10/2010 lAcessos: 159
    Márcio Elídio Campi

    O dia das crianças se aproxima e com ele o mercado em geral se movimenta para atender esse consumidor cada vez mais exigente. As crianças de forma geral, buscam novidades e inovações tecnológicas nos produtos e para atender a essa demanda as indústrias necessitam se desdobrar para atender a essas necessidades.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Negócios Onlinel 09/10/2010 lAcessos: 73
    Márcio Elídio Campi

    A administração de forma geral evolui muito ao longo dos anos. A estratégia invadiu as mais diversas áreas internas e externas de empresas e dos meios empresariais e seus negócios. E não poderia ser diferente com a administração.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Administraçãol 07/10/2010 lAcessos: 578
    Márcio Elídio Campi

    O atendimento de hoje em dia passou a ser muito mais virtual do que pessoal. Os chamados "0 800" estão cada vez mais substituindo a presença humana nos atendimentos diários.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Atendimento ao Clientel 04/10/2010 lAcessos: 169
    Márcio Elídio Campi

    A grande maioria das empresas concentram seus esforços em vendas. Em outras palavras, toda sua artilharia está apontada até o momento em que a venda é fechada.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Vendasl 04/10/2010 lAcessos: 499
    Márcio Elídio Campi

    Este artigo apresenta por meio de estudo de caso e entrevista a importância do marketing de relacionamento no varejo dos Estados Unidos. São apresentadas questões colocadas a gerente responsável pela empresa estudada Nordstrom, bem como as estratégias adotadas pela empresa na pratica.

    Por: Márcio Elídio Campil Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 04/10/2010 lAcessos: 491
    Márcio Elídio Campi

    Vive-se em um ambiente globalizado onde as empresas e profissionais buscam no mercado um diferencial de forma a obter uma vantagem competitiva no segmento em que atuam. E não poderia ser diferente com os profissionais de vendas.

    Por: Márcio Elídio Campil Negócios> Vendasl 04/10/2010 lAcessos: 173
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast