Como superar uma grande decepção

Publicado em: 23/02/2011 | Acessos: 1,959 |

Para ajudar a passar por isso primeiro precisamos entender exatamente o que é e como funciona essa processo. Vamos imaginar uma pessoa que esteja tentando fazer uma grande mudança na direção da própria saúde ou prosperidade. Se durante esse processo ela tiver uma experiência infeliz, de quanta fé vai precisar para superar sua decepção e continuar dizendo "Sei que isso vai dar certo pra mim", mesmo que ainda não tenha funcionado?

Existe muitas formas de decepção, cabe a nós nos esforçar para perdoar e viver plenamente. Mas O que é decepção?

Frustração de uma expectativa, surpresa, desilusão…

Porque nos decepcionamos?
Ou porque criamos expectativas altas demais ou somos exigentes demais e exigimos dos outros, coisas que nem nós mesmos conseguimos fazer.

O que a decepção faz conosco?

Torna-nos pessoas amargas, duras e insensíveis. E os motivos que a levam a se decepcionar são diversos: pode ser uma traição, alguém que tratou com falsidade, alguém que não cumpriu sua palavra, alguém de alguma forma o tenha enganado, pode ser um amor perdido, pode ser a frustração de um projeto, enfim pode ser por qualquer coisa que te atinja principalmente num momento de expectativas e sensibilidade.

Como superar?

Eu não posso afirmar mas depois de pensar bem concluí que não podemos ignorar os fatos e fingir que a decepção não aconteceu. Não podemos fingir que estamos alegres quando na verdade estamos muito tristes. Não quero dizer aqui que perdoar é fácil. Mas sim o que temos que fazer (mesmo sem vontade). Porque Deus disse que devemos perdoar sempre, devemos amar o próximo como a nós mesmos e se erramos não podemos viver com culpa, não é verdade? Temos que trabalhar isso, com fé e confiança em Deus, e encontrar uma forma de trabalhar isso dentro de nós, nos livrar da culpa se erramos e perdoar se alguém nos magoa e decepciona.

O que fazer para vencer decepção?

Entenda que:
Todo mundo tem defeitos ou falhas... (I João 1:8) "Se dizermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos e a verdade não está em nós"
Estamos todos (ou quase todos) de alguma forma sempre querendo o melhor ou mudar ou até mesmo fazer o bem a nós mesmos ou ao próximo...
As pessoas se frustram como você... (Lucas 18:13)

Trabalhando isso dentro de você você saberá que é capaz de perdoar 70 X 7 vezes por dia... (Lucas 17:4, Mateus 18:21). Se você, eventualmente, descobre que não é capaz disso. Você precisa dar um tempo, se acalmar, se distrair e depois se perguntar novamente, é um trabalho continuo que você muito provavelmente não vai conseguir se não tiver fé e humildade. Trabalhe o perdão dentro de você das mesma maneira que você se alimentar todos os dias quando tem fome ou bebe água quando tem sede! O perdão é uma dádiva divina e se você consegue perdoar, saiba que você está no caminho certo!

Davi foi um homem que experimentou de perto a dor da decepção: No salmo 55:4,12-14 ele comenta a respeito:
"Estremece-me no peito o coração, terrores de morte me salteiam. Com efeito não é inimigo o que me afronta; se o fosse, eu o suportaria, nem é o que me odeia que se exalta contra mim, pois dele eu me esconderia, mas és tu, homem meu igual, meu companheiro e meu íntimo amigo. Juntos andávamos, juntos nos entretínhamos e íamos com a multidão à casa de Deus".
Uma pessoa decepcionada, desiludida, pode alojar dentro de si feridas que não cicatrizam, amarguras, tornando-a isolada, pois acaba tendo dificuldade de confiar novamente em alguém.

Por isso é tão importante você ter calma e não entrar em desespero porque uma decepção você pode carregar pela vida inteira. E se você carrega algo ruim consigo aquilo fatalmente lhe causará muito mal. É como um câncer que dia após dia vai se enraizando no seu ser, de alguma forma você precisa se curar disso, precisa se livrar desse peso, para poder respirar, para poder viver plenamente!

Onde estiver o ser humano haverá riscos de desilusão. Mas precisamos entender que, por maior que seja a nossa dor, não é ou foi maior do que aquela que Jesus enfrentou ao se ver sozinho e abandonado por aqueles que por muito tempo haviam caminhado com Ele.
Ele não firmou os olhos na decepção. Ele amou aqueles homens com seus defeitos, aceitou-os com suas fraquezas. Talvez neste momento você esteja profundamente magoada com alguém, e por causa disso se vê sem esperança, sem ânimo, sem vontade de perdoar, mas quero lhe dizer que esse é o momento de aprender com Jesus.

Podemos superar a decepção. Basta enfrentá-la com confiança, superar a dificuldade nos espelhando no exemplo deixado por Jesus. Você não precisa ir numa igreja para conseguir entender isso, apenas lembre-se de exemplo que é Jesus e de alguma forma isso vai te ajudar. Me ajudou e vai ajudar você também!

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/auto-ajuda-artigos/como-superar-uma-grande-decepcao-4294442.html

    Palavras-chave do artigo:

    decepcao

    ,

    jesus

    ,

    cristo

    Comentar sobre o artigo

    Ivan Guedes

    Uma das características das narrativas evangélicas do Novo Testamento é a maneira com que Jesus atende a todos que dele se aproximam. Como neste caso em particular, ainda que estivesse exausto pelo longo dia que tivera, Jesus pacientemente atende a todas aquelas pessoas que deslocaram-se de longe, apenas para estar junto dele.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 15/03/2012 lAcessos: 59

    Todos os cristãos devem conhecer esta passagem. Depois que os discípulos voltaram do evangelismo, foram ter com Jesus, e atravessaram o mar juntos. Porém uma numerosa multidão O seguiu, pois viram tantos milagres que Ele fizeram, e como famintos, não se afastavam da Fonte dos Milagres.

    Por: Jânio Santos de Oliveiral Religião & Esoterismo> Meditaçãol 21/02/2013 lAcessos: 184
    Werkson Azeredo

    RESUMO Na visão Paulina o nascimento de Cristo ocorreu em momento oportuno "Plenitude dos tempos" que viria a favorecer a propagação da Fé cristã, porém Jesus foi uma figura controversa em seu contexto amado pelas massas, mas em constante conflito com os líderes Judaicos o que culminará na sua crucificação e morte de Jesus, evento relatado nos quatro evangelhos (Mt. 27.45-56; Mc. 15.33-41; Jo 19.28-30), contudo Jesus Ressuscita provando ser o messias, ressuscitando vencera a morte, sendo agora c

    Por: Werkson Azeredol Religião & Esoterismo> Religiãol 20/07/2014 lAcessos: 31

    As vezes encontramos pessoas super-espirituais que fingem nunca sentir solidão e nem ter necessidade de amigos humanos, pois a companhia de Cristo lhes satisfaz em todas as necessidades. A amizade humana, contudo, é uma provisão amorosa de Deus. Foi o próprio Deus que disse, no inicio: "não é bom que o homem esteja só" (Gn 2:18). Ainda que maravilhoso, a presença de Jesus a cada novo dia e a perspectiva de sua volta no ultimo dia não substituem as amizades humanas.

    Por: Misael Ferreira de Oliveiral Religião & Esoterismo> Religiãol 18/06/2010 lAcessos: 669
    carlos martins

    OS ANARQUISTAS DO UNIVERSO (TEXTOS BÍBLICOS: HEBREUS 10:25; ROMANOS 13:1; 1PEDRO 2:11-17; 2 PEDRO 2: 4-22.) Podemos dizer que a Anti-Filosofia também é uma Filosofia, tal como. esse Movimento sem Igreja, é uma Igreja, apenas usam uma Retória Sofista para enganar os menos esclarecidos.

    Por: carlos martinsl Religião & Esoterismo> Religiãol 17/05/2011 lAcessos: 71
    Prof. JV de Miranda Leão Neto

    Numa situação em que Jesus usou de extremo reducionismo para se deixar alcançar pelo ouvinte menos qualificado, está a prova que a mente humana tende a adotar cegamente a dualidade.

    Por: Prof. JV de Miranda Leão Netol Religião & Esoterismo> Evangelhol 27/12/2010 lAcessos: 122

    Este artigo fala da importancia de buscarmos em DEUS a verdadeira resposta para um ano novo feliz e abencoado,estudar a Biblia e aplicar seus ensinamentos produzem dias felizes.

    Por: Julio Nerisl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/01/2010 lAcessos: 131
    Rogerio Fernando Cozer

    Este artigo tem a intenção de mostrar o quanto a espiritualidade pode ajudar no combate a depressão.

    Por: Rogerio Fernando Cozerl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 11/11/2011 lAcessos: 365
    Leticia Carrijo

    A angústia começa quando nascemos na separação da mãe com o filho. A Angústia é uma reação do indivíduo, ele sempre está relacionado com uma situação de traumas, sendo de origem internas (insatisfação, culpa, carência afetiva, agressividade reprimida) ou externa (decepção, susto) sem que consiga controla-la. A angústia surge então como um meio de defesa desses traumas.

    Por: Leticia Carrijol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 01/02/2010 lAcessos: 1,470 lComentário: 1
    Tatiane de Oliveira

    Popularmente existe uma crença que saber ouvir é uma habilidade a ser desenvolvida e utilizada exclusivamente por psicólogos, líderes religiosos, conselheiros... De fato, a escuta é fundamental para o fazer profissional do psicólogo e para os outros exemplos acima citados também; mas recentemente em uma análise que fiz em um determinado círculo social que frequentava, notei como às pessoas estão ansiosas e carentes por falar, mas indiferentes ou insensíveis ao ouvir o outro.

    Por: Tatiane de Oliveiral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 20/10/2014

    Muitas pessoas se acham pouco atraentes em termos de simpatia, ou dizem ter poucos amigos. Mas tudo é uma questão de mudar a própria concepção e visão das atitudes que se tem. Nesse artigo, mostro que é possível ser agradável a atrair a atenção dos outros, de maneira simples, sincera e com resultados imediatos. Experimente colocar em prática.

    Por: Josemar Barbosa Ferraril Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 17/10/2014
    Egon Griesang

    A chuva traz uma simbologia de lavar o que está sujo para recomeçar com nova vida, novas forças. Quantas vezes precisamos que isso aconteça conosco? Praticamente todos os dias! Encontre forças para recomeçar e ser feliz!

    Por: Egon Griesangl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 16/10/2014
    Edison Candido Gonçalves

    "Chegamos a incrivel marca de 07 bilhões de habitantes no planeta. Neste cenário, a luta para conquistar um lugar ao sol torna-se cada vez mais acirrada. Não basta ser apenas humano. É preciso muito mais. Ser uma super máquina com mil habilidades para vencer toda sorte de competição. E tudo isso com um preço altíssimo. Desgate físico e emocional, doenças psicossomáticas, estress,frustação, pressão acima do que se pode suportar .

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 13/10/2014 lAcessos: 11

    A pesquisa teve como objetivo propor para adolescentes de 14 a 17 anos, uma breve orientação para a profissionalização, em busca de auxilia-los no desenvolvimento do processo de escolhas, na descoberta de suas habilidades e possíveis vocações e também levar informações sobre o possível acesso dos adolescentes da associação Proreavi em uma universidade, cursos profissionalizantes, técnicos entre outros, através de dinâmicas, questionários e estudos dirigidos com os mesmos.

    Por: Guilherme Beraldo Cesáriol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 09/10/2014
    Edison Candido Gonçalves

    Vencer na vida todo mundo quer. Alcançar prestígio, reconhecimento pessoal e profissional, ter dinheiro sobrando etc. Enfim, eu quero, você quer e tudo isto é tudo muito natural,normal eu diria. Há uma minoria que diz não se importar com nada disso. Chegam ao cúmulo de afirmar que dinheiro não é importante. Contraditoriamente, essas pessoas são as mesmas que reclamam do preço dos alimentos que não param de subir, das tarifas de água, luz etc.

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 09/10/2014 lAcessos: 12
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Estamos decaindo num sistema rígido, perdendo o sentimento humano. Séculos se passaram sem que houvesse grandes preocupações com o preparo da população, principalmente nos países que permaneceram na condição de colônias. A liberdade é fundamental. Empresas e governos precisam definir claramente suas funções no objetivo da melhora geral.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 07/10/2014
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Em meio aos cenários de pânico e acontecimentos dramáticos de sofrimentos, a compaixão e a solidariedade vão aos poucos ficando frágeis, pois se avolumam as condições de emergência como pobreza, doenças, catástrofes. Semeia-se o medo da insegurança e da incerteza cuja origem se desconhece, e com o medo sobrevém o ódio.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 16/09/2014
    Mariah Rafaela Silva

    Cara na boa, nem quero causar polêmica mas não posso deixar de comentar! Tá então, tipo, vou começar bem pelo início e assim será de fácil compreensão para vocês.

    Por: Mariah Rafaela Silval Beleza> Modal 08/02/2011 lAcessos: 187
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast