O desafio de conviver com as diferenças - Parte 2

Publicado em: 25/11/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 547 |

O ser humano é um ser social e como tal necessita ser relacionar com outros seres humanos para que venha se desenvolver como pessoa. Mas essa convivência nem sempre é harmoniosa e pacifica, haja vista que não existe uma pessoa igual à outra, todas as pessoas são diferentes, e essas diferenças quase sempre geram conflitos.

É certo que o desafio de conviver com as diferenças é uma tarefa árdua, mas precisa ser encarada como uma necessidade humana, pois ao respeitar o próximo, certamente abriremos espaços para que as nossas diferenças também sejam respeitadas.

As diferenças estão em todo lugar e são de todos os aspectos religiosos, econômicos, étnicos, sexuais, gostos, hobby e etc...     

Para sabermos conviver com as diferenças, primeiramente devemos saber respeitá-las e aceita-las, e entendermos que cada ser humano traz consigo uma historia de vida que o torna um ser único cheio de individualidades, somente dessa forma saberemos conviver com essas individualidades, entendo que a outra pessoa é diferente de mim e tem o direito como ser humano único que é de ser diferente, e que eu tenho o dever de respeitar essas diferenças.

Bom seria se as pessoas aprendessem a respeitar os seus semelhantes como eles realmente são, independentemente de cor, raça, religião, sexo...

As diferenças existem em todos os âmbitos da vida, porém com flexibilidade e respeito é possível sim alcançar um bom convívio com outro. Devemos aprender a lidar com as diferenças, pois essa aprendizagem é essencial para se viver em uma sociedade.

Todos os homens são iguais na essência, mas diferentes na sua forma de expressão e de ver e viver a vida. Devemos fazer a nossa parte respeitando as pessoas, independente da cor, da classe social e do credo religioso. É só pensando desta forma que certamente construiremos um mundo melhor sem preconceitos, fraterno e cada vez mais harmonioso...

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/auto-ajuda-artigos/o-desafio-de-conviver-com-as-diferencas-parte-2-5429154.html

    Palavras-chave do artigo:

    diferencas

    Comentar sobre o artigo

    Na contemporaneidade, as questões referentes a inclusão têm ocupado um lugar de destaque, principalmente no cenário educacional. Assim, pode-se pensar nas articulações da modernidade, que ao traçar a identidade do sujeito pedagógico como estável buscam a demarcação da diferença, de modo que esta possa ser capturada e pensada em relação a certos padrões de normalidade. Busca-se discutir o delineamento dos processos de inclusão e exclusão ao posicionarem a diferença no espaço da diversidade.

    Por: Juliane Marschall Morgensternl Educaçãol 03/03/2010 lAcessos: 780
    Rodrigo Ramos

    Neste artigo você terá acesso a ideias inovadoras sobre como agir dentro das instituições grupais, visando a melhor qualidade de vida entre seus integrantes. Boa leitura!

    Por: Rodrigo Ramosl Negócios> Gestãol 25/02/2010 lAcessos: 316

    Podemos responder filosoficamente dizendo que a Diferença é o inominável, restando-nos apenas saber que ela existe, ou seja, Diferença é um conceito em construção. Também podemos ser práticos e dizer que a Diferença é tudo aquilo que não é igual, porém a igualdade é subjetiva, pois nem sempre o igual é igual, e o diferente é totalmente diferente.Mas, o que nós torna iguais ou diferentes? Seria a Cultura?

    Por: Edevânio Francisconi Arcenol Educação> Ensino Superiorl 26/06/2010 lAcessos: 805
    Antonio Carlos Brites Ortega

    Este trabalho tem como precípua finalidade demonstrar como as relações comerciais internacionais foram se desenvolvendo ao longo dos anos, enfatizando que um país não sobrevive sem que tenha que manter laços comerciais com outros países. Demonstra, ainda, com alguns exemplos como as diferenças culturais podem interferir, às vezes de forma negativa, nas relações comerciais internacionais. Entretanto, tais diferenças podem ser um fato positivo, desde que os negociantes saibam lidar com elas. Enfat

    Por: Antonio Carlos Brites Ortegal Educação> Ensino Superiorl 10/11/2009 lAcessos: 3,786
    Gerson Mori

    A priori, é provável que antemão pudéssemos concluir que, no caso em tela, o adquirente optante pelo Simples Nacional, deveria recolher o diferencial de 14% (quatorze por cento), correspondente a diferença entre as alíquotas de 4% (interestadual) e 18% (interna, em geral). Mas, temo que a questão mereça melhor análise, uma vez que o disposto no RICMS/2000/SP, aprovado pelo Decreto nº 45.490/2000, avançou em suas diretrizes.

    Por: Gerson Moril Direito> Direito Tributáriol 14/02/2013 lAcessos: 156
    Flavio Andrade

    Vivemos em um mundo onde a globalização toma conta de nossas vidas, atentamos para um crescimento da padronização e uniformização sócio-culturais. De certo, há interesses econômicos e políticos que forçam uma homogeneização, normatização, estabilização de valores políticos, sociais, econômicos e culturais. Todavia, há também diferenças de gostos, culturas, modos de falar e entender continuam a marcar a diferença no mundo todo gerando dúvidas e ao mesmo tempo rejeições.

    Por: Flavio Andradel Educaçãol 24/02/2010 lAcessos: 2,809
    Adriano Martins Pinheiro

    Nesse artigo abordaremos a igualdade salarial, conhecida como equiparação salarial. Esse direito protege o trabalhador de discriminação e diferenças salariais injustas, proporcionando a ele o direito de receber toda a diferença nos anos que trabalhou com salário inferior ao devido.

    Por: Adriano Martins Pinheirol Direito> Doutrinal 04/12/2008 lAcessos: 3,138 lComentário: 2
    Ser Diamante Mmn

    Para se obter sucesso não basta ser diferente, mas sim, fazer a diferença! Muitos se contentam em viver na mediocridade. O profissional de sucesso tem atitudes que o diferenciam e que fazem a diferença por onde passa.

    Por: Ser Diamante Mmnl Negócios> Negócio de Casal 26/08/2011 lAcessos: 87
    Cleuber Roggia

    No viés que introduzo e que, na verdade, é muito mais do que um viés, algo me fascina e me cativa a cada dia, a cada momento e a cada vez que me dou conta, dentro do cotidiano maluco da atual barbárie social: o intervalo entre uma diferença (um diferente) e outra (e outro, ou o outro). Esse intervalo que destaco, este espaço que escrevo e que busco enxergar, é o menos, muito menos notado pelo sujeito.

    Por: Cleuber Roggial Saúde e Bem Estarl 16/07/2011 lAcessos: 91
    Janaína Nogueira

    As pedras são importantes para a construção civil, sua variedade de tipos proporciona muitas aplicações, tanto em áreas internas como em áreas externas, seja estrutura da casa, como piso ou mesmo como aspecto decorativo. O mármore e o granito têm papel de destaque nas casas, em pias, balcões, soleiras, etc. Mas antes de escolher qual pedra vai utilizar é importante entender quais as diferenças entre o mármore e o granito, só assim poderá saber qual a melhor opção para o que precisa e ter certeza

    Por: Janaína Nogueiral Casa & Jardiml 25/06/2014 lAcessos: 42
    Angélica Silva

    Sigmund Freud foi um dos pais da psicologia moderna e o inventor da terapia do "sente no sofá e me fale sobre os seus problemas". Freud acertou bastante, mas ninguém – nem mesmo ele – acerta sempre. Uma de suas ideias era a de que os pais desempenham um papel determinante na formação das personalidades e saúde emocional de seus filhos. Essa ideia persiste até hoje.

    Por: Angélica Silval Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 15/01/2015
    Angélica Silva

    Precisamos aprender a não esperarmos das pessoas aquilo que elas não conseguem nos dar. Acabamos percebendo, depois de vários tombos, que somos nós mesmos quem nos ferimos. Nunca foram as pessoas. Elas, na realidade, nunca me prometeram nada. Nós é que esperávamos mais delas.

    Por: Angélica Silval Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 15/01/2015
    José Guimarães

    Artigo focado na prática de viver feliz e com alegria. Isto é, ter alegria por estar vivo e ser abençoado pelo Senhor Deus, Criador dos céus e da Terra. Viver com alegria é viver feliz. Não importa que você esteja doente, seja alegre assim mesmo. Mostre às pessoas que você é feliz.

    Por: José Guimarãesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 07/01/2015

    Viver pode ser difícil mas na verdade, é mais que isto, é desafiador. O interessante de como sabemos e mesmo assim, esquecemos.

    Por: Priscila Pereira de Oliveiral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 06/01/2015 lAcessos: 17

    Início de mais um ano, e o que muda em nossa vida? Permanecemos morando no mesmo lugar, com os mesmos amigos, mesmo emprego, tudo igual, mas o que muda é que temos mais 365 dias pela frente para sermos desafiados. Temos o dever com nós mesmos se procurar sermos melhor, fazer sempre o melhor em qualquer tarefa que nos for direcionada. Temos o desafio de aprender com nossos erros, erradicar sentimentos inúteis, procurar ser feliz independente da situação... Nesse novo ano, decidi virar algumas pá

    Por: Josianel Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 03/01/2015
    Jonilson Santos

    Comece a sua contagem progressiva. Não espere pelo Novo Ano para começar a fazer de sua vida o que você deseja. Aja agora. Lembre-se o tempo não anda para trás ou espera por nós. O tempo é sempre progressivo e nós devemos ser, também.

    Por: Jonilson Santosl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 29/12/2014
    Marcelo Castilho

    Fé um conceito universal ou a sua definição depende de cada religião? Ou será que depende de pessoa para pessoa?

    Por: Marcelo Castilhol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 28/12/2014 lAcessos: 12
    Jonilson Santos

    O Estresse afeta as áreas de nossa vida pelo qual o limite é atingido. Estas áreas podem ser afetadas de forma isolada ou combinada, mas em geral a solução dos problemas causados pelo estresse requer uma ação reparatória em todas as áreas atingidas.

    Por: Jonilson Santosl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 22/12/2014
    Gleyson Castro

    O que nos faz vencedores é nunca desistirmos de nossos ideais. Às vezes recomeçar é preciso. Quantas vezes, diante dos problemas, pensamos em desistir, em deixar de lado o sonho e se conformar com a realidade momentânea, não é mesmo? Pois é exatamente aí que nós nos enganamos e desperdiçamos boa parte de um tempo que é precioso: a vida!

    Por: Gleyson Castrol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 01/07/2011 lAcessos: 171
    Gleyson Castro

    É necessário que cada um de nós tenha anseios, metas pessoais a cumprir, pois se nós não tivermos sonhos, dificilmente conseguiremos superar as adversidades da vida.

    Por: Gleyson Castrol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 30/06/2011 lAcessos: 229
    Gleyson Castro

    Nos últimos tempos, estamos sendo tomados por uma série de acontecimentos que tem nos deixado atônitos. Todos os dias somos cooptados abruptamente por uma onda de violência, que nos deixa impotentes frente a esta triste realidade que estamos vivenciando.

    Por: Gleyson Castrol Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/05/2010 lAcessos: 247 lComentário: 1
    Gleyson Castro

    Na nossa vida temos um desafio gigantesco que é conviver com pessoas diferentes, e o diferente sempre gera estranismo o que por sua vez produz conflitos, precisamos vencer este desafio se quisermos ser pessoas bem sucedidas e felizes...

    Por: Gleyson Castrol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 28/04/2010 lAcessos: 16,003 lComentário: 2
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast