Perda***

Publicado em: 08/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 26 |

Estou numa fase de transição, (não estamos todos?!) e estou ainda a tentar compreender o que isto significa para mim. Sempre ocorre um período destes, ocorrem perdas. Não é verdade?

É um momento que devemos acabar, ou deitar fora o que já não nos interessa e nos impede de evoluir. Não acredito que esta mudança seja uma coisa má, mas sim boa.

No entanto, a espectativa é sempre algo que nos destabiliza trazendo-nos instabilidade à nossa vida, independentemente de quem somos, ou do que fazemos na vida. A nossa vida é como se fosse uma casa que construímos aos poucos, conforme os conhecimentos e materiais que adquirimos. Se é uma construção forte e inabalável, não sabes ao certo. Só com um abalo forte é que podemos testá-la. Quando ocorre um abanão, as áreas mais frágeis ficam afectadas e muitas caiem. ´O que devemos fazer com as zonas danificadas, é procurar os erros e as faltas que se cometeram e seguidamente concertar tudo, reconstruir o que foi destruído e torna-lo mais forte.

Com a nossa vida, acontece a mesma. Somos testados a toda a hora para ver se aquele sector já está bem estruturado e depois somos apanhadas de surpresa, porque aquilo volta a cair e nós não entendemos o porquê. Mas também, muitas vezes não percebemos as coisas por pura e simples casmurrice, nós vemos as coisas só que fingimos não ver para não tomarmos uma decisão. Pois sempre que surge uma mudança, surge também uma posição e decisão a tomar.

Em certas situações, fazemos resistência face às mudanças porque bem no fundo estamos a adiar. Estamos a fugir. Temos um imenso medo de perder algo que conquistamos com tanta luta.

Porque temos tanto medo de perder?

Porque o que conquistamos dá-nos segurança, conforto e alegria, faz-nos sentir bem. Entao é ai que acabamos por cometer um grave erro, tornamos o que conquistamos como certo, como um bem adquirido e ai descuidamo-nos… Só ficamos a absorver o que nos querem e podem dar, e depois, deixamos de nos esforçar por retribuir o amor que recebemos e é por sermos tão egocêntricos, tão egoístas que a grande energia universal nos puxa o tapete e nós caímos com a cara no chão. Espalhamo-nos ao comprido e a grande voz diz: "─ Vá, agora sacode a poeira e levanta-te. Monta o cavalo e anda."

E nós obedecemos claro, mas não completa e nem imediatamente. Nós levantamo-nos do chão sim, mas ao invés de montarmos o cavalo, caminhamos a seu lado e questionamos o porquê daquela queda. Andamos quilómetros, milhas a pé se for necessário até compreendermos o porquê. Chegamos a atravessar desertos áridos, em busca de uma resposta que só nós podemos responder e que se encontra no nosso coração. É atravessando o imenso deserto que apuramos os nossos ouvidos e nos predispomos a ouvir o coração. E ele então fala connosco, mas indirectamente, através dos nossos sonhos. Por isso, devemos estar atentos aos sonhos que temos, porque essa é a linguagem do coração. Então, decifrado o enigma voltamos a montar o cavalo e percebemos que o final do deserto está já aqui e então conseguimos atingir as nossas metas.

Nada na vida é eterno, nem mesmo a tristeza. Às vezes perdemos para voltar a ganhar depois.

Que deste dia em diante, sejamos um pouco mais sábios e tenhamos aprendido a lição para que estas perdas não se voltem repetir no futuro.

Cris Henriques

Barreiro, 17 de Janeiro de 2012

Contactem-me pelo Blog:

http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

Twitter:

http://twitter.com/crishenriques75

Facebook:

http://www.facebook.com/CrisHenriquesFlores/

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/auto-ajuda-artigos/perda-5725347.html

    Palavras-chave do artigo:

    perda

    ,

    amor

    ,

    crise afetiva

    Comentar sobre o artigo

    Os vínculos se iniciam logo após o nascimento. O primeiro e mais importante vínculo é com a mãe, um apego saudável leva à formação de vínculos também saudáveis, já um apego doentio leva à dependência emocional. Durante toda a vida, o vínculo afetivo inicial entre pais e filhos influenciará a capacidade de cada um se vincular afetivamente aos outros, seja de forma saudável ou prejudicial, se tornando o caminho das relações humanas.

    Por: Albertol Psicologia&Auto-Ajudal 28/11/2012 lAcessos: 65
    Nathália Alves de Oliveira

    O texto discute conceitos fundamentais para a aplicação da afetividade na escola entre professor-aluno e toda a equipe escolar. Demonstra a compreensão da dimensão afetiva e sua relevância no desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. A primeira parte analisa o processo ensino-aprendizagem como unidade, na qual a relação interpessoal professor-aluno é fator determinante. A segunda identifica o papel do professor na relação de troca com seus alunos de forma que valorize a afetividade ...''

    Por: Nathália Alves de Oliveiral Educação> Educação Infantill 08/02/2012 lAcessos: 2,836
    Valéria Fátima da Rocha

    Reflexão sobre a Depressão, indústria farmacêutica, doença e saúde, como lidar com a doença assumindo as responsabilidades pela própria "cura" - o que cada um tem que se perguntar: Qual é a minha parcela de responsabilidade? Até quando ficarei no papel de vítima das circunstâncias? Qual é a recompensa para me manter em tal situação? Boa leitura!

    Por: Valéria Fátima da Rochal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/09/2010 lAcessos: 450

    Trata-se de um texto que produzi para orientar minhas reflexões no 2♂ Painel - Família e Educação Cidadã, no XX ENCONTRO ESTADUAL DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, realizado em fortaleza/Ce. Tema: Escola, Família e Educação Cidadã. Período: 16 a 18/09/2009 2º Painel: Família e Educação Cidadã.

    Por: Francisca Francineide Cândidol Educaçãol 08/12/2009 lAcessos: 2,106 lComentário: 2
    claudio hideyo assato

    O Objetivo deste texto será : no primeiro momento , procurar um melhor entendimento do que é o Estresse e quais são os fatores a ele relacionados. Em um segundo momento será associar O estresse e a vida moderna.

    Por: claudio hideyo assatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 20/08/2009 lAcessos: 2,605 lComentário: 2
    Hellen Bessa de Oliveira

    A sociedade contemporânea apresenta um aumento crescente da população idosa, por isso, é de grande relevância um estudo sobre a velhice e família visualizando o convívio familiar da pessoa idosa, observando como a família se apresenta neste processo, compreendendo os aspectos socioeconômicos que incidem na qualidade de vida da pessoa idosa. Este trabalho proporciona uma análise e reflexão a respeito dos indicativos que possam contribuir para a construção do conhecimento profissional.

    Por: Hellen Bessa de Oliveiral Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 30/05/2013 lAcessos: 169

    A sociedade mudou e com ela evoluiu o conceito de família. Aquela família convencional, em que maridos e mulheres viviam juntos até que a morte os separasse, ainda é forte, mas está perdendo terreno numa velocidade assombrosa.Neste artigo procura-se compreender como as pessoas lidam com o fim da sociedade conjugal, e a interligação do direito e a psicanálise neste processo, que abrange o antes, ou seja, a possibilidade de rompimento, o durante e o depois desse rompimento.

    Por: Cláudia Mara Almeida Rabelol Direito> Doutrinal 08/02/2011 lAcessos: 350

    Pressupostos Teóricos, Vocábulo e Estágios dos três melhores pensadores: Piaget; Wygotsky; Wallon e suas respctivas explicações.

    Por: Lourdes de França Ramosl Psicologia&Auto-Ajudal 03/02/2009 lAcessos: 1,178 lComentário: 1

    Trabalhando com alunos do 1° ano A do Ensino Médio, do período matutino, durante o terceiro bimestre de 2009, ficou clara a necessidade de um trabalho sobre as drogas voltado a pesquisa, interpretação de dados matemáticos, associados com a ferramenta laboratório de informática. Assim é dever do professor uma vez detectado a necessidade, planejar suas aulas de modo a garantir aos alunos o debate e a inquietação sobre o tema proposto.

    Por: KELLY CRISTINA CEZAR DIASl Educação> Ensino Superiorl 09/07/2012 lAcessos: 1,283
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Em meio aos cenários de pânico e acontecimentos dramáticos de sofrimentos, a compaixão e a solidariedade vão aos poucos ficando frágeis, pois se avolumam as condições de emergência como pobreza, doenças, catástrofes. Semeia-se o medo da insegurança e da incerteza cuja origem se desconhece, e com o medo sobrevém o ódio.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 16/09/2014

    Este artigo fala sobre os fatores que influenciam as dificuldades de aprendizagem, buscando compreender a interferência do sistema escolar, familiar e socioeconômico nos problemas de aprendizagem. A importância de pesquisar tal assunto estar em aprofundar o conhecimento sobre as dificuldades de aprendizagem, assim como ampliar a visão a partir da literatura sobre o tema, proporcionando entendimento das representações e compreensão sobre os problemas de aprendizagem.

    Por: Daniel Soaresl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 26/08/2014 lAcessos: 22

    Quando a Luz da Verdade resplandece na Alma do Ser Humano a sua meta é a ascensão no Bem, causando a morte de tudo o que é ruim.

    Por: ADRASTIA ABNARAl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 26/08/2014
    Escritorcampos

    Como adicionar o sonho à vida real "Sonhar é viver" A ciência afirma ser o sonho produto da imaginação inconsciente, o esoterismo se apega aos ícones e suas coincidências. A religião o tem como profecia das divindades.

    Por: Escritorcamposl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 15/08/2014

    É incrível a capacidade que o ser humano tem de humilhar o outro. Prepotência ? Orgulho? Arrogância? As palavras daquele que humilha se revestem do mesmo peso dos adjetivos acima. São ásperas, cheias de ódio e mesquinharia. Não acrescentam, não elevam, não dignificam. Desqualifica, destrói, ameaça a integridade moral, dilacera a alma daquele que se sente humilhado.

    Por: Renata Barcelosl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 13/08/2014

    De acordo com a visão de mundo as pessoas podem ser pessimistas,realistas e otimistas.

    Por: Eder Lima Affonsol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 06/08/2014 lAcessos: 18
    Lilian Bendilatti

    Esses exercícios podem ser usados para aquecer um grupo para realização de uma atividade, curso ou treinamento ou para nós mesmos exercitarmos nossa concentração.

    Por: Lilian Bendilattil Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 05/08/2014 lAcessos: 13
    Pedro Rêgo

    Um dos grandes erros que muitas vezes cometemos é quando acreditamos na falsa verdade de que qualquer projeto pessoal ou profissional que idealizemos com objetivo de se tornar um sucesso, é necessário iniciar grande ou ter um grande suporte por trás, seja moral ou financeiro.

    Por: Pedro Rêgol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 25/07/2014 lAcessos: 16
    Cris Henriques

    Viver no presente trás muitos benefícios à nossa vida e à nossa saúde, no entanto nem sempre conseguimos isso devido à nossa ânsia e insatisfação natural de sermos seres pensantes, seres humanos.

    Por: Cris Henriquesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 08/03/2012 lAcessos: 81
    Cris Henriques

    O passado em termos de tempo, as regressões a vidas passadas e o motivo pelo qual não nos lembramos. Fazer ou não fazer regressões? Eis a questão! Conheça os benefícios e os possíveis malefícios de fazer uma regressão.

    Por: Cris Henriquesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 08/03/2012 lAcessos: 60
    Cris Henriques

    Associação de sentimentos profundos, como o Amor e as Saudades com a informática que amo conhecer, descobrir e aprender. É uma crónica poetica mas meio humoristica, para amenizar o sentimento forte que é sentir saudades de quem se ama e de quem se está distante por situações inevitáveis da vida...

    Por: Cris Henriquesl Literatura> Crônicasl 08/03/2012 lAcessos: 34
    Cris Henriques

    Este texto fala da minha experiência pessoal em relação ao meu encontro face ao caminho espiritual e de como é importante recorrermos aos métodos da Auto-Ajuda, da PNL - Programação Neuro Linguística para recuperarmos das crises que passamos na vida, neste caso as crises nos relacionamentos amorosos.

    Por: Cris Henriquesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 08/03/2012 lAcessos: 102
    Cris Henriques

    Na mediática Rede Social Facebook, existem diversos aplicativos, aplicações, anúncios publicitários de grandes empresas e dos seus produtos, jogos, criação de páginas, notas, etc., mas também existe o popular botão "Gosto" nos mais vastos idiomas do mundo. Este botão serve efetivamente para marcarmos os conteúdos de que gostamos que podem ser os conteúdos dos nossos amigos e familiares, etc. Mas e se não gostarmos? Este artigo sugere a criação de um novo botão, o "Não Gosto".

    Por: Cris Henriquesl Internetl 08/03/2012 lAcessos: 53
    Cris Henriques

    Este texto é uma análise ao futuro, que se baseia nos meus estudos relacionados com espiritualidade e esoterismo, mas também com a minha vivência espiritual.

    Por: Cris Henriquesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 07/03/2012 lAcessos: 54
    Cris Henriques

    Como se deve amar uma mulher? Neste artigo tento realçar as características das mulheres, valorizando a sua sensibilidade e seu caracter.

    Por: Cris Henriquesl Relacionamentos> Relações Amorosasl 07/03/2012 lAcessos: 116
    Cris Henriques

    A vida desde o nosso nascimento até ao momento do desencarne, vista de forma poetica e espiritual.

    Por: Cris Henriquesl Literatura> Crônicasl 07/03/2012 lAcessos: 45
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast