Prioridades E Qualidade De Vida

10/10/2008 • Por • 14,681 Acessos

"Preste atenção em seus pensamentos porque eles se tornarão palavras. Preste atenção em suas palavras porque elas se tornarão atitudes. Preste atenção em suas atitudes porque elas se tornarão hábitos. Preste atenção a seus hábitos porque eles se tornarão seu caráter e preste atenção em seu caráter porque ele se tornará o seu destino!"

Esta reflexão é central para a qualidade de vida. Qualidade de vida é uma responsabilidade individual. Compreender isso é essencial!

Claro que o conjunto das escolhas das outras pessoas interfere na sua qualidade de vida, assim como suas escolhas interferem na qualidade de vida delas. Interferem, não determinam!

O que determina a sua qualidade de vida são suas prioridades. As suas prioridades, não as dos outros!

Nenhuma empresa é responsável pela qualidade de vida de seus funcionários. Ela é responsável por oferecer as melhores condições para que cada funcionário tenha a melhor qualidade de vida possível no trabalho. Qualidade de vida no trabalho não equivale, e nem poderia, à qualidade de vida como um todo, mas considerando que passamos uma grande parte do dia em atividades profissionais, descuidar deste aspecto da qualidade de vida é grave!

Ainda mais importantes que as escolhas que a empresa faz e que impactam sobre sua qualidade de vida, são as escolhas que você faz sobre como vai reagir às particularidades do cotidiano no trabalho.

Você não tem como controlar o que a vida vai colocar a sua frente a cada dia, mas tem como controlar (aprender e transformar) suas reações diante dos fatos. Quando Sartre escreveu "o inferno são os outros" ele estava ironizando a característica humana de culpar e transferir responsabilidade, egoisticamente, para os outros sobre aspectos que cabem de maneira intransferível a cada indivíduo.

Se emprestarmos o princípio da Melhoria Contínua da Qualidade Total "todo trabalho pode e deve ser melhorado" para a nossa vida como um todo, estaremos tomando uma decisão muito sábia.

Qualidade de vida é um conceito e um estado dinâmico, não estático!

Qualidade de vida significa harmonia e bem estar nos aspectos mentais, físicos e espirituais que envolvem nossa vida em todas as esferas: afetiva, profissional, relacional, etc.

Cada área de nossas vidas precisa possuir metas e prioridades bem definidas. O que mais afeta a qualidade de vida das pessoas é a perda de energia que se reflete em perda de entusiasmo, motivação, prazer, produtividade.

Sempre que você notar que o nível de sua qualidade de vida caiu, pergunte-se: Quais estão sendo as minhas reais prioridades?

Eu digo prioridades reais, não as que você diz possuir, mas aquelas que você vivencia de fato.

Se você diz que saúde é uma prioridade, observe o que de concreto você está fazendo por ela. Seus hábitos são saudáveis? Mais saudáveis que no trimestre passado?

Se sua prioridade é ampliar seu conhecimento em determinada área, quanto do seu tempo você vem dedicando a isso? Com que freqüência, determinação e produtividade?

Em geral as pessoas declaram como prioridades coisas que não tratam desta maneira e continuam sempre queixosas sobre a sua baixa qualidade de vida.

Qualidade de vida é um conjunto de escolhas pertinentes a cada indivíduo e contempla as particularidades de cada indivíduo. Cada um de nós possui limites de esforço diferentes, energia disponível diferente, capacidade de adaptação diferente, crenças e valores diferentes.             Sua qualidade de vida depende essencialmente de quem você é de fato. Por isso, pessoas que não se dedicaram a se conhecer melhor apresentam sempre pior qualidade de vida. Se você não sabe definir bem a si mesmo, não definirá bem suas prioridades!

Nada nos faz perder mais energia que a indecisão e o desconhecimento de nossas prioridades. Pessoas aprisionadas nestas circunstâncias fazem foco no trabalho, quando o momento é de prioridade familiar. Querem viajar com a família quando o momento é de priorizar os negócios. São pessoas que estão sempre ausentes de onde deveriam estar. Estas pessoas não estão em casa nem quando voltam para casa, e quando estão no trabalho preocupam-se em não estar em casa...

Eu chamo isso de a neurose da indecisão e da falta de prioridade!

Mude suas prioridades e você mudará sua vida como um todo!

Permita-me algumas sugestões:

1) Aprenda a respirar, em geral respiramos muito mal.
2) Procure uma nutricionista funcional e reeduque sua alimentação.
3) Mexa-se! No mínimo uma caminhada todos os dias, mesmo que seja na esteira.
4) Dedique tempo de qualidade às pessoas que você ama.
5) Dez minutos por dia de Sol sem filtro solar. Mais tempo que isso: filtro solar.
6) Tome bastante água, comece ao levantar.
7)  Alongue-se, alongamento é a base do equilíbrio físico.
8)  Aprenda a meditar.
9)  Cultive o hábito da oração.
10) Priorize a evolução e a prática do Bem.

Somos todos responsáveis pelas prioridades que fazemos, e, como disse Aristóteles: "Nos tornamos aquilo que repetidamente fazemos".
O que você anda fazendo de si?
Acredite: obter sucesso é plenamente compatível com uma vida saudável e feliz, basta aprender a estar em um lugar de cada vez e viver intensamente esta oportunidade!

Acompanhe as novidades no Twitter: www.twitter.com/carloshilsdorf

Perfil do Autor

Carlos Hilsdorf

Considerado pelo mercado empresarial um dos 10 maiores palestrantes da atualidade. Economista, Pós-Graduado em Marketing pela FGV, autor,...