VOCÊ ESTÁ SENDO TRAÍDA? (tem coragem de fazer um teste?)

Publicado em: 15/10/2010 |Comentário: 19 | Acessos: 16,587 |

Se incluirmos a infidelidade conjugal como um crime, então a regra aqui também é valida: não existe um crime perfeito. Pode até ser que os investigadores, sejam eles detetives particulares contratados ou as próprias esposas traídas  para apanhar o marido infiel, não consigam a prova cabal do crime, mas posso assegurar que ele pode ser descoberto, se forem conduzidas as observações e pesquisas apropriadas.

Neste capítulo você encontrará novos e velhos truques e macetes empregados por detetives e por mulheres experientes em várias partes do mundo para:

• Observar detalhes aparentemente insignificantes no comportamento do marido infiel;
• Analisar todo tipo de desculpa usada por ele;
• Perceber os sinais indicativos de uma traição iminente;
• Detectar vestígios de uma recente traição;
• Descobrir se ele já foi ou está sendo infiel no atual momento da relação;
• Flagrá-lo de forma incontestável;

Mas, antes de adentrarmos este capítulo vamos ter uma conversa franca a respeito da necessidade de descobrir se o seu marido está ou não sendo infiel. Sem querer assustá-la, fique certa de que a possibilidade disso já ter acontecido, estar acontecendo ou vir a acontecer é muito grande. Apenas um em cada 100 relacionamentos conjugais escapa dessa quase sempre dolorosa situação.

Primeiro tente responder a esta pergunta para si mesma: Para que quero descobrir se o meu marido está sendo infiel?

Fiz esta mesma pergunta para centenas de mulheres casadas e estas foram algumas das respostas mais freqüentemente registradas:

"Quero descobrir se vivo uma relação verdadeira ou mentirosa. Não pretendo continuar vivendo como uma completa idiota". (M.J. – 32  –  casada a 6 anos)

"Acho que vai ser terrível se descobrir que estou sendo traída por meu marido. Mas será melhor saber da verdade que viver a vida inteira enganada". (K.S –27 –  casada a 4 anos)

"Se descobrir que estou sendo traída vou pedir o divórcio imediatamente. Quero viver ao lado de alguém que me respeite e ame exclusivamente a mim. Jamais aceitarei que meu homem tenha outras."(J.B. – 36 – casada a 9 anos)

"Quero ter a chance de fazer alguma coisa para salvar a integridade do meu casamento. Quero ao menos saber onde estou errando. Talvez eu ainda possa remediar a situação". (P.H. –  40 – casada a 16 anos)

"Se descobrir que o meu marido está me traindo, vou pagá-lo com a mesma moeda: presenteá-lo com um belo par de chifres". (A. R. – 25 – casada a 3 anos)

"Nem consigo imaginar o que farei se souber que meu marido tem ou teve outra. Acho que o mataria com as próprias mãos ou lhe daria o desprezo para sempre." (R.M – 37 – casada a 17 anos)

"Quero saber se vai valer a pena continuar dando a ele o meu amor, minha dedicação e minha fidelidade." (T.M. – 39 – casada a 13 anos)

"Meu desejo em saber se realmente meu marido me é fiel, é porque quero continuar acreditando nele, como acreditei um dia na sua integridade e honestidade. ( J.O. – 45 – casada a 24 anos)

"Quero tirar da minha mente as dúvidas que tenho. Se ele realmente for sincero para comigo, vai ser recompensado ainda mais. No entanto, se estiver me traindo, vai se arrepender para o resto da vida". (G.L. – 51 – casada a 32 anos)

"Dizem que a maioria dos homens não presta. No meu eu confio. Seria capaz de enfiar as mãos no fogo por ele. Saber se ele é fiel ou não, só vai confirmar o que sinto ser a verdade." ( S.F. – 38 – casada a 15 anos)

Todos os relatos mostram as diversas razões pelas quais muitas mulheres querem saber se estão sendo ou não traídas por seus maridos. Você pode ter  razões iguais ou diferentes.  No entanto, em todos os casos pode-se se perceber que está em jogo a questão de valores preciosos tais como: honestidade, sinceridade, integridade.

Mesmo aquelas que se mostraram mais confiantes, pareciam sentir lá no fundo, um medo inexplicável, o receio de que talvez seus homens não fossem tão fiéis como gostariam que fossem.


A infidelidade conjugal está intimamente associada a outros tipos de traições brutais que vêm ocorrendo na história da humanidade. Judas traiu Jesus. Brutus traiu Julio César. Silvério do Reis  traiu  Tiradentes. Raras seriam as mulheres que  poderiam aceitar  que seus maridos estivessem mantendo relações sentimentais ou sexuais com outras, sem considerar isso uma traição infame e abominável. Essa tradição vem sendo perpetuada por gerações e gerações.

Assim, esteja certa de que por mais autocontrole que você julgue ter, vai se sentir muito mal quando souber que seu marido lhe vem sendo infiel. Seu mundo sentimental poderá vir literalmente abaixo. Você se sentirá uma completa idiota, tanto quanto as mulheres da minha pesquisa declararam nos relatos que você acabou de ler ainda há pouco. Você se sentirá um lixo, um trapo humano. Sua raiva poderá ser tanta, que você desejará agredir, matar, destruir a vida do seu marido. Esse mesmo homem que você sempre tratou com carinho e desvelo. Esse mesmo ser que você jurou um dia amar para sempre.

Como se não bastasse toda a sua angústia, ódio e desejo de vingança, sua vida familiar vai se desestruturar em muitos outros aspectos. Se  você é  independente,   menos mal.  Vai ser difícil no entanto,  superar a humilhação imposta pelos familiares, amigos e até desconhecidos que parecem sentir uma pontinha de regozijo, especialmente se você alardeava aos quatro ventos que seu marido  jamais lhe trairia.

Mas, será mesmo que algo que a Mãe Natureza tão caprichosa fez, precisa ser encarado num nível tão mesquinho? Porque aceitamos que os animais ditos irracionais (mas são incapazes de matar por pura vingança e ainda preservam instintivamente o meio ambiente, melhor que os humanos ditos racionais) copulem com liberdade entre si, mas os animais-homens (e mulheres) não deveriam, só por conta de uma promessa ao pé do altar?

Será que as mulheres sempre mais sensíveis à Natureza, não podem dar o primeiro passo na compreensão e tratamento desta verdadeira síndrome da compulsão sexual masculina? Tudo isso é o que tentaremos fazer neste livro.

Se tiver filhos, neste caso as coisas, ficam ainda mais tumultuadas. Você terá pela frente ação de divórcio,  requerimento de pensão alimentícia, pedido de tutela e outras questões legais que vão lhe aborrecer ainda mais.

Durante muito tempo você vai oscilar entre o sentimento de culpa e frustração. Vai achar que poderia ter sido uma melhor amante, uma mãe mais dedicada, mais atenciosa e  tudo mais que parece não ter sido bastante para ele.

Mas ainda não acabou. Passada a raiva (que pode levar dias, meses ou anos) você continuará sem entender o que levou o seu marido a lhe ser infiel. Tentará em vão descobrir se existirá na face do planeta algum homem capaz de lhe amar exclusivamente. Capaz de resistir aos encantos de outras mulheres, porque você será a única, a eleita por ele dentre todas as demais do planeta. O pior é que você realmente nunca saberá.

A despeito de serem traídas por seus esposos, muitas são as mulheres que confessaram que teria sido melhor que nunca viessem saber dessas infidelidades conjugais. Elas dizem ainda que não tinham do que se queixar da vida a dois. Que seus maridos lhe eram atenciosos, bons pais, cumpridores dos seus deveres e que  eram até mesmo amantes ardorosos... apesar de terem sido infiéis por muitos anos.

Isso pode significar que ao fim de tudo, o que conta mesmo é o modo como a relação conjugal se desenvolveu entre você e seu marido ao longo dos anos. O importante foi tê-lo curtindo junto o bebê ainda em gestação e todo aquele carinho recebido da parte dele até o último instante do nascimento do primeiro filho e dos demais. Foi ter tido a inseparável companhia dele nos momentos mais importantes da sua vida.

Aquelas mulheres que foram amadas profundamente, demonstraram mais resignação com a descoberta da infidelidade dos seus maridos. Muito embora sofressem com esse fato, se sentiam de algum modo confortadas em saber que a "outra" talvez não tivesse recebido tanto carinho e amor. Certamente a outra ficou apenas com as migalhas. O restolho do que o marido lhes pode precariamente oferecer.

Também percebi durante minhas longas conversas com clientes em terapia, que muitas foram capazes de perdoar seus maridos, depois da descoberta. Justificavam-se afirmando que não iriam jogar fora todos os anos compartilhados juntos. Muitas levavam em conta a questão dos filhos que eram realmente amados pelos pais e que sofreriam com a separação do casal. Diziam não querer estender o sofrimento aos pobres inocentes.

Algumas mulheres chegaram mesmo a afirmar que embora fosse terrível ter descoberto a infidelidade dos seus maridos, tinham consciência de que não havia mesmo jeito a dar. Todos os homens eram iguais. Assim, que continuassem com suas "safadezas" se isso lhes convinham. Elas no entanto continuariam mantendo sua dignidade e usufruindo o que lhes fosse possível.

Lamentavelmente as páginas policiais estão diariamente sendo preenchidas com crimes chamados passionais. Ou seja, movidos pela paixão. Nem é preciso lembrar que 30% da população carcerária feminina são de mulheres que agrediram ou mataram seus companheiros ao descobrirem a traição.

Será que a privação da liberdade deve ser um castigo adicional a uma mulher que foi traída e que perdeu o controle emocional, agredindo ou matando o traidor? Não creio que nenhuma mulher merece isso. E não pense que criminosas passionais são um privilégio das camadas mais baixas da população. Na verdade, um número muito alto de mulheres da classe média e média-alta estão entres as prisioneiras das casas de detenção no mundo inteiro.

Voltemos à questão do questionário. Você quer mesmo saber se o seu marido lhe está sendo ou já foi infiel? Está preparada para enfrentar qualquer que seja o desfecho desta descoberta? Lembre-se que depois disso, talvez você nunca mais seja a mesma pessoa. Talvez nunca venha mais acreditar no amor, na fidelidade e na sinceridade dos homens. Quem sabe perderá muito do romantismo que adoça a sua existência e a faz pertencer a classe privilegiada de seres chamados de "sexo feminino".

A escolha é sua. Pode parar aqui mesmo e passar para outro capítulo que trata da prevenção da infidelidade masculina ou prosseguir na leitura deste capítulo que poderá transformar sua vida num verdadeiro inferno.

Posso lhe assegurar que o teste que você fará agora é competente em 99% para determinar as possibilidades de seu marido ter sido, estar sendo ou vir a ser infiel. Repeti o teste milhares de vezes e os resultados não deixam dúvida. Pronta para começar ou quer desistir dessa  que pode ser uma grande bobagem?

Minha última advertência é:

OAUTOR NÃO SE RESPONSABILIZA POR QUAISQUER FATOS QUE VENHAM OCORRER DERIVADOS DA APLICAÇÃO DESTE TESTE. AINDA QUE OS RESULTADOS POSSAM PREVER UMA MARGEM SEGURA DE ACUIDADE, NÃO PROVAM POR SI MESMOS, QUALQUER ATO DE INFIDELIDADE COMETIDA OU  A VIR SER COMETIDA POR QUEM QUER QUE SEJA. DEVE SER CONSIDERADO AQUI COMO PASSATEMPO PARA SER PRATICADO ENTRE OS CASAIS QUE DESEJAM APRIMORAR O CONHECIMENTO MÚTUO E ASSIM CONQUISTAREM UM MAIOR NÍVEL DE INTIMIDADE E PRAZER A DOIS.

Se concorda intimamente com tudo isso,  pegue uma caixa com lenços de papel, um copo de água fresca, uma calculadora, sente-se confortavelmente,  faça uma oração com fé e comece agora.

(Extraído do livro SOMENTE PARA MULHERES ESPECIAIS - Como evitar a infidelidade masculina - Mathias Gonzalez) o livro pode ser adquirido no site:

                                    www.somenteparamulheres.com.br/


- EM FUNÇÃO DO CARÁTER DELICADO DESTE TESTE, EU SÓ PODEREI ENVIÁ-LO ÀS LEITORAS QUE SOLICITAREM POR EMAIL: mathiasgonzalez2005@yahoo.com.br -

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 30 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/auto-ajuda-artigos/voce-esta-sendo-traida-tem-coragem-de-fazer-um-teste-3482477.html

    Palavras-chave do artigo:

    traicao

    ,

    infidelidade

    ,

    sexo

    Comentar sobre o artigo

    Sueli Nascimento

    É preciso encarar o fato de que, muitas vezes, a pessoa permite a traição e até colabora para que isso ocorra.

    Por: Sueli Nascimentol Relacionamentos> Relações Amorosasl 20/03/2010 lAcessos: 764
    Mari

    Relato de uma grande traição sofrida por uma mulher que amava e confiava. (Ultima Parte)

    Por: Maril Relacionamentos> Relações Amorosasl 08/01/2010 lAcessos: 2,102
    Mari

    Relato de uma grande traição sofrida por uma mulher que amava e confiava.

    Por: Maril Relacionamentos> Relações Amorosasl 08/01/2010 lAcessos: 1,776
    Pimenta para Maiores

    Para alguns sexo virtual não deixa de ser comparada a uma revista ou filme pornografico , mas qual a linha que separa isso de uma traição ?

    Por: Pimenta para Maioresl Relacionamentos> Sexualidadel 05/07/2011 lAcessos: 264
    Sueli Nascimento

    Este artigo aborda o tema a partir de outro foco: é hora de exorcizar do fantasma da traição. Se o relacionamento morreu é hora de enterrá-lo, sacudir a poeira e dar a volta por cima.

    Por: Sueli Nascimentol Relacionamentos> Relações Amorosasl 28/09/2010 lAcessos: 751

    Pra inicio de conversa é preciso saber que tanto os homens quanto as mulheres traem.porém os homens são mais frequentes. Por isso vou falar deles. Porque os homens traem? ..Você já parou pra se perguntar porque em um casamento onde no ato cerimonial o casal jurou fidelidade um ao outro ocorrem a infidelidade por parte de um dos cônjuges ??...pois é;a infidelidade não deveria acontecer, mas infelizmente acontecem e muito, grande parte mulheres se perguntam,porque meu marido me trai...?

    Por: ELIVALDO BARROS MOREIRAl Lar e Família> Casamentol 16/07/2014 lAcessos: 23
    Sueli Nascimento

    Outro prejuízo experimentado quando somos traídos é passar a atribuir valor negativo a todo e qualquer relacionamento em que nos envolvermos, agindo no futuro da mesma maneira que agiram conosco.

    Por: Sueli Nascimentol Relacionamentos> Relações Amorosasl 31/07/2009 lAcessos: 17,974 lComentário: 21
    Sueli Nascimento

    A traição influencia negativamente a autoestima e o valor que a pessoa dá a si mesma. Além disso, gera o medo de novos relacionamentos e a pessoa fica presa no círculo vicioso: solidão-escolhas ruins-relacionamentos insatisfatórios-mais solidão.

    Por: Sueli Nascimentol Relacionamentos> Relações Amorosasl 02/02/2011 lAcessos: 511

    O presente artigo visa discutir, no âmbito da Responsabilidade Civil, o dever de fidelidade recíproca entre os cônjuges, expresso em lei. Após uma análise do conceito de casamento, instituição contratual, parte-se para a observação do seu dever de fidelidade e a necessária diferenciação entre traição e adultério, aquela abrangendo este. Por fim, há a justificada defesa da responsabilização do cônjuge infiel, pelo dano moral causado ao cônjuge traído, e sua possível reparação.

    Por: ANA ELISA DA SILVAl Direito> Doutrinal 30/05/2010 lAcessos: 3,549
    Sandro de Menezes Azevedo

    Com o passar dos anos, a mulher vem adquirindo uma postura jamais imaginada por ela mesma. Conflitos existenciais e de identidade, a levam a um mundo inconsequente e frio, abolindo princípios uma vez admirados na História...

    Por: Sandro de Menezes Azevedol Relacionamentosl 15/04/2009 lAcessos: 1,005 lComentário: 1
    Tatiane de Oliveira

    Popularmente existe uma crença que saber ouvir é uma habilidade a ser desenvolvida e utilizada exclusivamente por psicólogos, líderes religiosos, conselheiros... De fato, a escuta é fundamental para o fazer profissional do psicólogo e para os outros exemplos acima citados também; mas recentemente em uma análise que fiz em um determinado círculo social que frequentava, notei como às pessoas estão ansiosas e carentes por falar, mas indiferentes ou insensíveis ao ouvir o outro.

    Por: Tatiane de Oliveiral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 20/10/2014

    Muitas pessoas se acham pouco atraentes em termos de simpatia, ou dizem ter poucos amigos. Mas tudo é uma questão de mudar a própria concepção e visão das atitudes que se tem. Nesse artigo, mostro que é possível ser agradável a atrair a atenção dos outros, de maneira simples, sincera e com resultados imediatos. Experimente colocar em prática.

    Por: Josemar Barbosa Ferraril Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 17/10/2014
    Egon Griesang

    A chuva traz uma simbologia de lavar o que está sujo para recomeçar com nova vida, novas forças. Quantas vezes precisamos que isso aconteça conosco? Praticamente todos os dias! Encontre forças para recomeçar e ser feliz!

    Por: Egon Griesangl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 16/10/2014
    Edison Candido Gonçalves

    "Chegamos a incrivel marca de 07 bilhões de habitantes no planeta. Neste cenário, a luta para conquistar um lugar ao sol torna-se cada vez mais acirrada. Não basta ser apenas humano. É preciso muito mais. Ser uma super máquina com mil habilidades para vencer toda sorte de competição. E tudo isso com um preço altíssimo. Desgate físico e emocional, doenças psicossomáticas, estress,frustação, pressão acima do que se pode suportar .

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 13/10/2014 lAcessos: 11

    A pesquisa teve como objetivo propor para adolescentes de 14 a 17 anos, uma breve orientação para a profissionalização, em busca de auxilia-los no desenvolvimento do processo de escolhas, na descoberta de suas habilidades e possíveis vocações e também levar informações sobre o possível acesso dos adolescentes da associação Proreavi em uma universidade, cursos profissionalizantes, técnicos entre outros, através de dinâmicas, questionários e estudos dirigidos com os mesmos.

    Por: Guilherme Beraldo Cesáriol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 09/10/2014
    Edison Candido Gonçalves

    Vencer na vida todo mundo quer. Alcançar prestígio, reconhecimento pessoal e profissional, ter dinheiro sobrando etc. Enfim, eu quero, você quer e tudo isto é tudo muito natural,normal eu diria. Há uma minoria que diz não se importar com nada disso. Chegam ao cúmulo de afirmar que dinheiro não é importante. Contraditoriamente, essas pessoas são as mesmas que reclamam do preço dos alimentos que não param de subir, das tarifas de água, luz etc.

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 09/10/2014
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Estamos decaindo num sistema rígido, perdendo o sentimento humano. Séculos se passaram sem que houvesse grandes preocupações com o preparo da população, principalmente nos países que permaneceram na condição de colônias. A liberdade é fundamental. Empresas e governos precisam definir claramente suas funções no objetivo da melhora geral.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 07/10/2014
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Em meio aos cenários de pânico e acontecimentos dramáticos de sofrimentos, a compaixão e a solidariedade vão aos poucos ficando frágeis, pois se avolumam as condições de emergência como pobreza, doenças, catástrofes. Semeia-se o medo da insegurança e da incerteza cuja origem se desconhece, e com o medo sobrevém o ódio.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 16/09/2014
    Mathias Gonzalez

    Há quem acredite que foi que foi o adolescente de 13 anos chamado Marcelo que matou os parentes na noite de domingo, dia 4 de agosto de 2013 ou na madrugada de segunda-feira. Segundo as investigações até o dia de hoje (09/08) o menino teria dopado os familiares, fuzilado todos eles e depois pegado o carro da mãe e dirigido até a escola, passado a madrugada dentro do veículo, frequentado as aulas de manhã e voltado de carona para casa e se após isso, se matado. Simples assim.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 09/08/2013 lAcessos: 15
    Mathias Gonzalez

    Todos os dias, assistimos pelo noticiário da TV, gravações de imagens de assassinatos brutais e impiedosos, estupros de menores e outros crimes hediondos. A Constituição Brasileira é a favor da PENA DE MORTE só em casos de guerra declarada ou traição de brasileiro à Pátria. Os marginais já declararam guerra a sociedade, aos pais de família, aos contribuintes, às crianças e aos idosos inocentes. Os criminosos estão traindo diariamente a nossa confiança e se apropriando do nosso patrimônio.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 01/07/2013 lAcessos: 62
    Mathias Gonzalez

    Acordei hoje com vontade de fazer perguntas. Depois dessa euforia nacional com a inauguração dos estádios monumentais... Após essas manifestações públicas em todo o país e até no exterior em solidariedade aos protestos contra o aumento das passagens de ônibus, decidi fazer algumas perguntas a mim mesmo e a você.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 21/06/2013 lAcessos: 28
    Mathias Gonzalez

    Aproveito a onda de manifestações para ratificar minha solidariedade ao povo brasileiro que está acordando de um grande sono. Estou esperando a data da GRANDE MARCHA SOBRE BRASÍLIA que levará 5 milhões de pessoas para a capital federal (sede das maiores corrupções e falcatruas cometidas nesse país). Nesse dia vestirei minha camisa verde-amarela, levarei minha bandeirinha do Brasil e terei orgulho outra vez de ser brasileiro. Conto com você para ajudar a encher a ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 21/06/2013 lAcessos: 24
    Mathias Gonzalez

    Este meu texto é só um desabafo diante de uma indignação. Pessoas de bem, pessoas que buscam a paz e amor, não podem se calar diante de indivíduos sem escrúpulos, como esse tal pastor e deputado In-Feliciano, que se apropria de um microfone dentro de uma igreja cheia de gente ávida por novidade e um milagre, mas que acabam sendo "lavados mentalmente" pela lábia vulgar, pelo engodo da manipulação verbal que o tal indivíduo emprega diante da platéia.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 12/04/2013 lAcessos: 24
    Mathias Gonzalez

    Você sentiu uma pontinha de medo e apreensão? Pois se não ficou, deveria. Esta manchete poderá ser estampada nos principais jornais do mundo caso os organizadores dos maiores eventos desportivos do mundo, não fiscalizarem de modo adequado e eficiente as obras onde milhões de pessoas irão assistir os jogos da Copa do Mundo e dos Jogos da XXXI Olimpíada. Conhece a expressão "cantei essa pedra?". Este artigo é só um recado aos governantes.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedadel 29/03/2013 lAcessos: 40
    Mathias Gonzalez

    Este domingo, 27 de janeiro de 2013, amanheceu sombrio para centenas de famílias no Rio Grande do Sul. Uma festa de estudantes universitários, que deveria servir para diversão e lazer, foi o tumulo para centenas deles. Uma tragédia anunciada.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 28/01/2013 lAcessos: 17
    Mathias Gonzalez

    Meu nome não importa. Estou escrevendo este relato para servir de alerta a todos que vivem neste mundo achando que terão outra chance ou terão outro dia para fazer as coisas certas, para viver o que tanto desejam, para dizer o que tanto gostariam ou mesmo para usufruir da felicidade que tanto almejam.

    Por: Mathias Gonzalezl Relacionamentos> Amizadel 28/01/2013 lAcessos: 90

    Comments on this article

    10
    josi 10/11/2011
    como saber se meu marido me trai tire essa duvida minha por favor, estou precisando de uma ajuda com urgencia se tiver o que fazer e como reagir.
    13
    camila 26/09/2011
    gostaria de fazer o teste!
    4
    Viviane 22/08/2011
    Gostaria do teste para saber se sou traída, de acordo com matéria publicada dia 15/10/2010, no artigonal. Grata!
    2
    Mathias Gonzalez 27/06/2011
    PREZADA LEITORA - EU SÓ PODEREI RESPONDER PARA QUEM ME ENVIAR UM EMAIL DIRETAMENTE PARA: mathiasgonzalez2005@yahoo.com.br
    Por aqui não é possível deixar respostas pessoais. Grato.
    5
    andreza 26/06/2011
    eu queria uma ajuda por que meu marido saio do en prego efoi pra um estado de ferente com um meis eufui tambem e quando eu chegei en goiania eu encontre emu dus nosu lensou com batan rosa e ñ e amiaco de usa e quando foi hoje eu vi uma foto dele com uma marca no pescoso o que que eu faso
    2
    val 05/06/2011
    acho que fui traida a dois anos meu marido nega mas mesmo assim tenho quase certeza ele trabalha como coordenador em uma escola essa pessoa que eusuponho que ele tenha saido ´seria uma aluna.
    1
    Mathias Gonzalez 07/05/2011
    Prezadas Leitoras: para que eu possa responder às suas perguntas é necessário enviar um email. Grato
    0
    darileide 26/04/2011
    me ajude meu marido tem outr,quero descobrir para dar a volta por cima
    5
    loise 25/04/2011
    oi td bom
    0
    LOISE 25/04/2011
    SERA Q OU TRAIDA
    1
    ariane 10/04/2011
    gostaria de saber
    3
    orlangea monteiro 08/04/2011
    quero saber se estou sendo traida por meu marido
    -1
    cleudiane carvalho da silva 30/03/2011
    acho que meu esposo está me traindo , pois está muito diferente em casa , já disse pra ele que se ele quizesse ir embora não teria problema , mais ele dissse que me ama . mais não acredito em nada que eleme diz .

    bjos
    2
    sheilla moura neto 28/03/2011
    acho q meu marido esta me traindo.
    3
    andressa caseiro 28/03/2011
    EU DESCOBRI QUE MEU MARIDO ESTAVA ME TRAINDO E METI O PAU NELE FASSA ISSO VOCE TAMBEM...
    4
    Fabiana 10/03/2011
    Estou sendo traída virtualmente meu esposo fica na net vendo pornografias e ate se mas-turba aqui por favor me ajude estou enfrentando uma prova muito triste e humilhante
    0
    gracyelle rodrigues 11/02/2011
    Eu não gostaria de me sentir traida ,mas meu relacionamento e complicado pois tenho um marido de 33 anos e eu tenho 19 pra 20. ele tem um filho de 12 anos e ex mulher mãe dele... comecei com ele a 7 meses atras ,agora nós moramos juntos, eu ele e meu entiado no comerço foi bom ,ainda e bom mas ele ta diferente e que to sem tomar injeção ai não sei que posso engravidar..ai ta meipo frio . no meio do relacionamento um amigo meu me disse que ele ia dar uma matada na ex dele a jaque que no caso e (sexo) .e disse que ia lá sempe esse meu amigo gostava de mim e sempre quis ficar comigo ,mas não ficamos,eu entrei np o assunto com ele ai ele disse que não tinha feito nada, disvirtuou .e agora to casada,mas não consigo confiar nele e horrivel que faço???além dele não me passar segurança nenhuma.
    0
    Polianna Tavares 15/12/2010
    Quer saber p não me sentir tão culpada, das vezes que eu tbm o trai
    2
    Lilyane 22/11/2010
    boa noite.meu comentario é grande,mas precisava desabafar...preciso muito saber se estou sendo enganada,namoro a 4 anos.tenho 20 anos e meu namorado 29 anos, e a 4 meses meu namorado começou faculdade e um dia sem querer ele discou meu numero,e ouvi toda uma conversa onde ele elogiava demais uma colega da sala,usou termos bem pornograficos q os homens conversam entre si.fiquei chocada e estava decidida a terminar com ele,mas veio com a desculpa q estava comentando um caso de um amigo e sempre querendo jogar a culpa pra cima de mim.como a ligação cortava as vezes, não ouvi a palavra EU,mas não acreditei em nada do que ele disse...ele não tem paciencia pra me ouvir falar nestes assuntos,diz q sou louca,q ñ tem tempo pra me trair e não quer mais dialogar..ñ tem paciencia nem mesmo pra me ouvir falar q estou sentindo dor,pq sinto muitas dores no corpo,mas ele acha q é frescura e o pior nunca me elogia quando estou bonita e sempre faz comentarios sobre meu peso...e agora começou a dizer q quando eu envelhecer ninguem vai me aguentar pq estou muito chata.mas não entendo,pq eu não o privo de nada,deixo ele ate ver jogo com os amigos em outra cidade...bom preciso de uma ajuda ou so mesmo uma opinião.obrigado!!!
    8
    luane 22/11/2010
    Acho que traição é um assunto muito delicado!Para mimnão tem perdão ainda mais se for com uma das suas ''Best Friends''
    É uma dor inesplicavel......
    Me diga o que fazer se eu sempre desconfiei dele mas nunca dela??
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast