Se o Bebê não Chorar na Hora do Parto

Publicado em: 13/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 4,490 |

 Quando ele estava no útero, o oxigênio foi obtido através da placenta. Depois que ele nasce o bebê precisa chorar para abrir a cavidade do sistema de respiração e inspirar o oxigênio.

O choro do bebê é uma reação do processo de transformação que ela esta experimentando.

 Quando ele ainda estava no útero, ele sentia conforto, proteção e calor no útero escuro. Depois que ele nasce ele senti o ar frio e ver a luz. Esta mudança fará com que o seu bebê chore, como forma de se adaptar ao novo ambiente.

Mas nem todos os bebês choram depois que nascem. Uma das causas é que eles nasceram em uma condição prematura. O nascimento prematuro é o processo de parto que é feito antes da idade de gravidez normal (37 semanas) ou 3 semanas mais cedo do que a situação normal.    

• Antes do processo do parto

Algumas condições da mamãe antes do processo de nascimento, pode ser a causa do bebê não conseguir tomar um fôlego ou não possa chorar. São essas as condições:

1. Mãe sofre de Diabetes Melitus

2. A mãe tem quadril pequeno

3. Houve sangramento anteparto (sangramento antes de dar o processo de nascimento)

4. A Mãe sofre de anemia ou outras doenças.

5. A cor da água da membrana fetal é verde.

6. A água da membrana fetal é misturada com mecônio.

•   No processo de parto

Para o bebê pode ser difícil respirar ou chorar depois que ele nasce, porque ele nasceu de cabeça para baixo. A pressão do corpo do bebê para o umbigo, a forma anormal do útero, os bebês gêmeos e o tumor no útero podem perturbar o sistema respiratório do bebê.

As maneiras de lidar

Se o bebê não chora e também sofre de apneia, o médico deve fazer uma ação rápida como:

1.Manter o bebê aquecido por secagem, e cobri-lo com um cobertor.

2.Coloque a cabeça do bebê em um lugar certo e limpe o caminho da respiração do muco, limpe o sangue e a água da membrana fetal (às vezes misturada com mekonium)..

3.Faça uma massagem ou dê uma batidinha leve para estimular o sistema respiratório.

E esses procedimentos são de grande importância, porque se o bebé sofre de uma desordem de respiração, o fornecimento de oxigénio para outra parte do corpo pode ser perturbado.

Se a asfixia for ignorada, pode influenciar outra função do corpo, como cérebro, coração, vasos sanguíneos, rins e outros órgãos vitais. A perturbação no órgão do corpo pode aparecer após 12-24 horas do processo do parto. O principal órgão afetado é o cérebro.

A falta de suprimento de oxigênio pode causar o inchaço no cérebro do bebê. Se este processo não é tratado de uma forma correta,  haverá a diminuição do volume do cérebro (atrofia), o tamanho do cérebro será menor do que o tamanho normal. Se chama microcefalia. Além disso, o cérebro pode ser como um mingau (leucomalácia periventricular), principalmente se asfixia acontecer no bebê prematuro que tem cardiopatia.

Outro efeito que pode acontecer se o bebê não chorar espontaneamente depois que ela nasceu, é o sangramento no seu cérebro chamado hidrocefalia. Se houver sangramento no cérebro, o bebê pode sofrer de paralisia plástica (rígido). Esta paralisia pode influenciar os órgãos do corpo de dois movimentos ou para o órgão de quatro movimentos do corpo.

Outros órgãos que podem ser influenciadas por causa da falta de oxigénio são o coração, rim, pulmões, fígado, o sistema de síntese, o sistema de circulação sanguínea, e da medula espinhal. A perturbação do coração e do sistema de circulação de sangue é geralmente associada pela redução da pressão arterial e da insuficiência cardíaca.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/bebes-artigos/se-o-bebe-nao-chorar-na-hora-do-parto-5737672.html

    Palavras-chave do artigo:

    choro do bebe

    ,

    choro do bebe no parto

    ,

    choro do bebe quando nasce

    Comentar sobre o artigo

    Ricardo Miguel

    Guia super completo com muitas dicas de como cuidar do seu bebé recem-nascido. Saiba com o alimentar, como cuidar dele, como reagir perante várias situações e muito mais.

    Por: Ricardo Miguell Lar e Família> Bebêsl 31/03/2014 lAcessos: 54
    Renato Dias Martino

    O ser humano necessita criar nomes, conceitos, para descrever os processos internos que percebe. Manifestações interiores que trazem consigo sentimentos e emoções manifestados nas relações interpessoais e, é claro, do eu para o eu mesmo.

    Por: Renato Dias Martinol Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 15/12/2010 lAcessos: 142

    Existem 40 milhões de cegos no mundo e pelo menos metade poderia estar enxergando se tivesse recebido socorro imediato

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 18/03/2013 lAcessos: 75
    Betinha Cordeiro Fernandes (Elizabeth)

    Trata-se de texto científico direcionado a profissionais que trabalham com crianças e adolescentes em várias áreas da saúde, com finalidade de facilitar a abordagem integral à saúde desses pacientes.

    Por: Betinha Cordeiro Fernandes (Elizabeth)l Educação> Ensino Superiorl 05/07/2009 lAcessos: 6,284 lComentário: 1
    Barbara Sarkis

    ma das grandes dúvidas das mães que estão amamentando e voltarão ao trabalho é como farão para dar continuidade ao aleitamento materno. Bem, a grande dica aqui é determinação, além de programação. Como assim?

    Por: Barbara Sarkisl Lar e Família> Bebêsl 11/11/2014
    Barbara Sarkis

    Eu não sei se foi só aqui em casa, mas Dudu sempre comeu de boquinha fechada, morria de orgulho, até que de um tempo para cá, para o meu total desespero, ele passou a comer de boca aberta. Me consolem e digam que também por aí isso acontece ou já aconteceu, por favor. Fato é que, eu não suporto quem come de boca aberta, afinal, ninguém precisa ver o que o outro está comendo, então, o post de hoje é como ensinar o seu filho (no caso o meu também) a comer de boca fechada.

    Por: Barbara Sarkisl Lar e Família> Bebêsl 11/11/2014 lAcessos: 11

    Muitos pais podem acabar por ficar bastante apreensivos com relação aos presentes que os seus filhos ganham, afinal, acaba por ser comum que o padrinho dê uma arma, assim como também que o vizinho de algo que você não julga ser educativo.

    Por: anamarial Lar e Família> Bebêsl 03/09/2014 lAcessos: 12
    Marina Dutra Xavier Breithaupt

    Maneira segura de usar NoseFrida Baby, sem prejudicar o bebê! Todas as dicas no texto prático e objetivo!!!

    Por: Marina Dutra Xavier Breithauptl Lar e Família> Bebêsl 15/08/2014 lAcessos: 19

    Comprar roupas para crianças não é uma tarefa tão fácil. Para isso, os pais precisam ter muita responsabilidade, já que os filhos crescem rapidamente. Este artigo fala a respeito disso.

    Por: Silvial Lar e Família> Bebêsl 12/08/2014 lAcessos: 11

    Algo que podemos notar com uma determinada facilidade, é o fato de que há uma grande quantidade de pais que acabam por não entender muito bem sobre como funcionam os brinquedos educativos, ou até mesmo quais deveriam ser os brinquedos que devem oferecer para os seus filhos.

    Por: anamarial Lar e Família> Bebêsl 08/08/2014

    A nova linha de baba eletrônica analógicas da Philips Avent oferece som extremamente nítido com controle de volume, luzes que acendem com a reprodução do som e luzes indicadoras de conexão e bateria fraca, para você saber do que o bebê precisa!

    Por: Bruno Maruganl Lar e Família> Bebêsl 07/08/2014

    Os fantoches podem ser considerados como brinquedos bastante importante, assim como também interessante não apenas para as crianças.

    Por: anamarial Lar e Família> Bebêsl 23/07/2014 lAcessos: 27
    Cegonha Encantada

    A alimentação do bebê após os seis meses de idades deve incluir fontes de vitaminas e minerais: verduras descascadas, cozidas e amassadas; grãos, legumes e óleos; peixe, ovos, frango e derivados do leite.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Bebêsl 10/04/2012 lAcessos: 170
    Cegonha Encantada

    Ao decidir ter um filho, o casal deve procurar um médico para fazer exames necessários e formar um histórico médico, informando antecedentes que sejam importantes nas famílias dos dois – existem doenças genéticas (transmitidas de uma geração a outra) que têm de ser consideradas.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 10/04/2012 lAcessos: 309
    Cegonha Encantada

    Para as mamães que não sabem puerpério é um nome que foi dado a fase ao período pós-parto que a mulher passa por transformações físicas e psicológicas, com tendência a ir voltando ao estado da mulher antes da gravidez.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 10/04/2012 lAcessos: 808
    Cegonha Encantada

    Em outros tempos, a gravidez quando ocorria em mulheres com mais de 35 anos de idade, era vista como "acidente" e encarada com preconceito. Hoje, com a mulher participando mais ativamente do mercado de trabalho e tendo objetivos profissionais como meta, é normal que espere para ter filhos depois de conquistada uma certa estabilidade financeira.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 10/04/2012 lAcessos: 299
    Cegonha Encantada

    Numa situação emergencial, hospitais e maternidades não podem recusar a um atendimento do parto. Além disso, a gestante não pode ser transferida para outro local antes de ser examinada e de houver garantia de que haja tempo e vaga para ser feita uma transferência.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 10/04/2012 lAcessos: 123
    Cegonha Encantada

    No momento que você vai dar à luz, você deve ser bastante cuidadosa com os sinais do parto. Um dos sinais é a contração no útero que vai empurrar o bebê para fora.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 13/03/2012 lAcessos: 1,035
    Cegonha Encantada

    O que é aconselhamento genético? Todos os casais embarcam em uma jornada fascinante de paternidade com a ilusão de ter uma criança normal e saudável.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 13/03/2012 lAcessos: 108
    Cegonha Encantada

    A pele e gravidez Durante a gravidez, a maioria das mulheres fica com medo de possíveis alterações, tais como dor nas costas ou estrias.

    Por: Cegonha Encantadal Lar e Família> Gravidezl 13/03/2012 lAcessos: 81
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast