A matéria bruta

21/05/2012 • Por • 536 Acessos

       Ao Espírito, centelha imortal ativa, foi concedido por DEUS, para maior aprendizado o governo de um corpo de carne, onde diversas vidas infinitesimais se movimentam, pois nada fica na ociosidade no Universo do PAI Celestial.

       Aí alguém diz: Aprender o quê? Tudo: Por que nasce, por que vive, por que sofre, por que chora, por que um dia deixará no cemitério a vestimenta temporária e seguirá mais leve à dimensão espiritual, sua verdadeira morada, e, depois, o tomará novamente para crescer e fazer crescer as diminutas vidas que o constituem. Duvida? Se não fosse laboratório de aprendizado os médicos não estudariam nele.                            

 

                              A matéria bruta

 

O açoite é para o cavalo, o freio para o jumento, e a vara para as costas dos tolos.

       Provérbios de Salomão, cap. 26:3.

 

Para sustentar a matéria bruta

Que reside no corpo humano,

O Homem mata seu irmão

E, sem nenhum escrúpulo,

Vegeta nesse exdrúxulo,

Modo de sobreviver.

 

O corpo denso,

Precisa para o sustento,

De substâncias vivas;

Que terminam "mortas",

Quando ficam expostas,

Na mesa do Homem.

 

Ele quer a Vida,

Implora por ela;

Mas continua matando,

O Sentido da Vida.

 

Isso é comer com os olhos,

Que é o maior dos sentidos;

Pois comanda os devidos,

Sentidos naturais.

 

Ninguém precisa viver para comer,

Para poder viver.

 

A Vida já existe,

Em toda profusão;

Em cada Ser Humano,

Há Vida em extensão.

 

O seu corpo já tem,

Vida como ninguém:

Minerais, vegetais e animais,

Aí residem também.

 

É um universo pequeno,

Onde o Espírito,

Seu comandante supremo,

Deve pegar as rédeas,

Desse conjunto celular,

E aprender a governar,

Além dos sentidos,

Que ainda estão inibidos,

E se apresentam em cinco,

Para, depois, além do instinto,

Se alargar.

IRENE BALTAR

http://poemasemusicalidade.blogspot.com

Perfil do Autor

ADRASTIA ABNARA

Escritora, compositora, poetisa e cantora. http://poemasemusicalidade.blogspot.com/