História da internet no Brasil e no mundo

Publicado em: 31/07/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 3,138 |

Muitas pessoas tem dúvidas sobre a história da internet.

A Internet nasceu praticamente sem querer. Foi desenvolvida nos tempos remotos da Guerra Fria com o nome de ArphaNet para manter a comunicação das bases militares dos Estados Unidos, mesmo que o Pentágono fosse riscado do mapa por um ataque nuclear.

Quando a ameaça da Guerra Fria passou, ArphaNet tornou-se tão inútil que os militares já não a consideravam tão importante para mantê-la sob a sua guarda. Foi assim permitido o acesso aos cientistas que, mais tarde, cederam a rede para as universidades as quais, sucessivamente, passaram-na para as universidades de outros países, permitindo que pesquisadores domésticos a acessarem, até que mais de 5 milhões de pessoas já estavam conectadas com a rede e, para cada nascimento, mais 4 se conectavam com a imensa teia da comunicação mundial.

Nos dias de hoje, não é mais um luxo ou simples questão de opção uma pessoa utilizar e dominar o manuseio e serviços disponíveis na Internet, pois é considerada o maior sistema de comunicação desenvolvido pelo homem.

Com o surgimento da World Wide Web, esse meio foi enriquecido. O conteúdo da rede ficou mais atraente com a possibilidade de incorporar imagens e sons. Um novo sistema de localização de arquivos criou um ambiente em que cada informação tem um endereço único e pode ser encontrada por qualquer usuário da rede.

Há muitos sites hoje em como site de jogos de aventura, entre outros tipos de sites.

Em síntese, a Internet é um conjunto de redes de computadores interligadas que tem em comum um conjunto de protocolos e serviços, de uma forma que os usuários conectados possam usufruir de serviços de informação e comunicação de alcance mundial.

No Brasil, os primeiros embriões de rede surgiram em 1988 e ligavam universidades do Brasil a instituições nos Estados Unidos. No mesmo ano, o Ibase começou a testar o AlterNex, o primeiro serviço brasileiro de Internet não-acadêmica e não-governamental. Inicialmente o AlterNex era restrito aos membros do Ibase e associados e só em 1992 foi aberto ao público.

Em 1989, o Ministério da Ciência e Tecnologia lança um projeto pioneiro, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Existente ainda hoje, a RNP é uma organização de interesse público cuja principal missão é operar uma rede acadêmica de alcance nacional. Quando foi lançada, a organização tinha o objetivo de capacitar recursos humanos de alta tecnologia e difundir a tecnologia Internet através da implantação do primeiro backbone nacional.

O backbone funciona como uma espinha dorsal, é a infra-estrutura que conecta todos os pontos de uma rede. O primeiro backbone brasileiro foi inaugurado em 1991, destinado exclusivamente à comunidade acadêmica.  Jogos ação. Mais tarde, em 1995, o governo resolveu abrir o backbone e fornecer conectividade a provedores de acesso comerciais. A partir dessa decisão, surgiu uma discussão sobre o papel da RNP como uma rede estritamente acadêmica com acesso livre para acadêmicos e taxada para todos os outros consumidores. Com o crescimento da Internet comercial, a RNP voltou novamente a atenção para a comunidade científica.

A partir de 1997, iniciou-se uma nova fase na Internet brasileira. O aumento de acessos a rede e a necessidade de uma infra-estrutura mais veloz e segura levou a investimentos em novas tecnologias. Entretanto, devido a carência de uma infra-estrutura de fibra óptica que cobrisse todo o território nacional, primeiramente, optou-se pela criação de redes locais de alta velocidade, aproveitando a estrutura de algumas regiões metropolitanas. Como parte desses investimentos, em 2000, foi implantado o backbone RNP2 com o objetivo de interligar todo o país em uma rede de alta tecnologia. Atualmente, o RNP2 conecta os 27 estados brasileiros e interliga mais de 300 instituições de ensino superior e de pesquisa no país, como o INMETRO e suas sedes regionais.

Outro avanço alcançado pela RNP ocorreu em 2002. Nesse ano, o então presidente da república transformou a RNP em uma organização social. Com isso ela passa a ter maior autonomia administrativa para executar as tarefas e o poder público ganha meios de controle mais eficazes para avaliar e cobrar os resultados. Como objetivos dessa transformação estão o fornecimento de serviços de infra-estrutura de redes IP avançadas, a implantação e a avaliação de novas tecnologias de rede, a disseminação dessas tecnologias e a capacitação de recursos humanos na área de segurança de redes, gerência e roteamento.

A partir de 2005, a comunicação entre os Pontos de Presença (PoPs) da rede começou a ser ampliada com o uso de tecnologia óptica, o que elevou a capacidade de operação a 11 Gbps.

A base instalada de computadores no Brasil atinge 40 milhões, de acordo com pesquisa da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas. O número, que inclui computadores em empresas e residencias, representa um crescimento de 25% sobre a base registrada no mesmo período do ano passado.

acesse o site site: www.jogosdara.com.br

Creditos para Kellen Crstina Bogo e Wikpedia.

Como Funciona a Internet

Uma das dúvidas mais freqüentes sobre a Internet é: quem controla seu funcionamento? É inconcebível para a maioria das pessoas que nenhum grupo ou organização controle essa ampla rede mundial. A verdade é que não há nenhum gerenciamento centralizado para a Internet. Pelo contrário, é uma reunião de milhares de redes e organizações individuais, cada uma delas é administrada e sustentada por seu próprio usuário. Cada rede colabora com outras redes para dirigir o tráfego da Internet, de modo que as informações possam percorrê-las. Juntas, todas essas redes e organizações formam o mundo conectado da Internet. Para que redes e computadores cooperem desse modo, entretanto, é necessário que haja um acordo geral sobre alguns itens como procedimentos na Internet e padrões para protocolos. Esses procedimentos e padrões encontram-se em RFCs (requests for comment ou solicitações para comentários) sobre os quais os usuários e organizações estão de acordo.

Diversos grupos orientam o crescimento da Internet ajudando a estabelecer padrões e orientando as pessoas sobre a maneira adequada de usar a Internet. Talvez o mais importante seja a Internet Society, um grupo privado sem fins lucrativos. A Internet Society suporta o trabalho da Internet Activities Board (IAB), a qual controla muitas das emissões por trás das cenas e arquitetura da Internet. A Internet Engineering Task Force da IAB é responsável pela supervisão do envolvimento dos protocolos TCP/IP da Internet. A Internet Research Task Force da IAB trabalha na tecnologia da rede. A IAB também é responsável pela designação de endereços IP da rede através de Internet Assigned Numbers Authority. Além disso, dirige a Internet Registry (Central de Registros da Internet), que controla o Domain Name System (Sistema de Nomes de Domínio) e trata da associação de nomes de referência a endereços IP World Wide Web Consortium (W3 Consortium, Consórcio da Teia Mundial) desenvolve padrões para a evolução da parte de crescimento mais rápido da Internet, a Teia Mundial (World Wide Web). Um consórcio da indústria, controlado pelo Laboratory for Computer Science no Massachusetts Institute of Technology, colabora com organizações por todo o mundo, como o CERN, os originadores da Teia. Ele serve como um depósito de informações sobre a Teia para desenvolvedores e usuários; implementa padrões da Teia e realiza protótipos, e usa aplicações exemplo para demonstrar nova tecnologia.

Enquanto essas organizações são importantes como um tipo de "cola" para manter a Internet unida, no coração da Internet estão redes locais individuais. Essas redes podem ser encontradas em empresas privadas, universidades, agências governamentais e serviços comerciais. São fundadas separadamente uma das outras através de várias formas, como taxas de usuários, suporte de associados, impostos e doações.

As redes são conectadas de vários modos. Para fins de eficiência, as redes locais unem-se em consórcios conhecidos como redes regionais. Uma variedades de linhas arrendadas conectam redes regionais e locais.

As linhas arrendadas que conectam redes podem ser tão simples como uma única linha telefônica ou tão complexas com um cabo de fibra ótica com enlaces de microondas e transmissões de satélite.

Backbones (alicerces) - linhas de capacidade extremamente alta - transportam grandes quantidades tráfego da Internet. Esses backbones são sustentados por agências governamentais e por corporações privadas. Alguns backbones são mantidos pela National Science Foundation.

Como a Internet é uma organização livre, nenhum grupo a controla ou a mantém economicamente. Pelo contrário, muitas organizações privadas, universidades e agências governamentais sustentam ou controlam parte dela. Todos trabalham juntos, numa aliança organizada, livre e democrática. Organizações privadas, variando desde redes domésticas até serviços comerciais e provedores privados da Internet que vendem acesso à Internet.

O governo federal sustenta alguns backbones de alta velocidade que transportam o tráfego da Internet pelo país e pelo mundo, através de agências como o National Science Foundation. O vBNS extremamente rápido (very high-speed Backbone Network Services), por exemplo, fornece uma infra-estrutura de alta velocidade para a comunidade da pesquisa e educação unindo centros de supercomputadores e que possivelmente, também fornecerá um backbone para aplicações comerciais.

Redes regionais fornecem e mantêm acesso dentro de uma área geográfica. Redes regionais podem consistir de pequenas redes e organizações dentro da área que se uniram para oferecer um serviço melhor.

Os Centros de Informações em Rede (Network Information Centers), ou NICs, ajudam as organizações a utilizar a Internet. O InterNIC, uma organização mantida pela National Science Foundation, auxilia os NICs em seu trabalho.

O Internet Registry registra os endereços e conexões entre endereços e nomes de referências. Os nomes de referências são nomes fornecidos às redes conectadas à Internet.

A Internet Society é uma organização privada, sem fins lucrativos, que elabora recomendações tecnológicas e de arquitetura pertinentes à Internet, como sobre como os protocolos TCP/IP e outros protocolos da Internet devem funcionar. Esse órgão orienta a direção da Internet e seu crescimento.

Os provedores de serviços da Internet vendem conexões mensais à Internet para as pessoas. Eles controlam seus próprios segmentos da Internet e também podem fornecer conexões de longa distância chamadas backbones. As companhias telefônicas também podem fornecer conexões de longa distância à Internet.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/blogs-artigos/historia-da-internet-no-brasil-e-no-mundo-2939532.html

    Palavras-chave do artigo:

    internet

    ,

    historia da internet

    ,

    telecomunicacoes

    Comentar sobre o artigo

    O presente trabalho tem como propósito apresentar um estudo através de uma análise bibliográfica sobre a incorporação das tecnologias da informação e da comunicação na educação básica. Apontando algumas reflexões e discussões acerca do uso das tecnologias no cotidiano e nas práticas pedagógicas dos professores de educação básica.

    Por: Patricia Coelhol Educação> Educação Onlinel 24/08/2010 lAcessos: 4,571 lComentário: 1
    Lucileno Matos

    Este artigo tem como objetivo geral "Analisar as condições socioeconômicas do município de Imbituba". O trabalho fez uso da pesquisa bibliográfica e se enquadra como pesquisa básica com abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Como resultado, a pesquisa apontou a importância do desenvolvimento econômico para Imbituba, e que, para a análise da economia de um País, Estado ou Município, há a necessidade da adoção de indicadores: populacionais; sociais; econômicos; e infraestrutura.

    Por: Lucileno Matosl Educação> Educação Onlinel 14/08/2014 lAcessos: 31

    O artigo pretende discutir a reestruturação do Sistema Capitalista pós- quebra dos acordos de Bretton Woods, suas relações com a reforma neoliberal iniciada nos anos 1980 e implementada no Brasil a partir da década de 1990. Aborda as reações da sociedade civil, pelo efetivo atendimento de demandas universais listadas na Constituição de 1988 no Brasil, e pela regulamentação legal de novos anseios sociais.

    Por: João Carlos Peixel Notícias & Sociedade> Polítical 02/08/2011 lAcessos: 728

    No Brasil,a tecnologia está bem avançada, talvez devido a scarsos recursos financeiros ou até mesmo por não saber usá-la,a Internet ainda é usada por poucos,considerando-se que temos uma população numerosa,isto ainda é um previlégio para poucos devido aos autos custos das Companhias que oferecem os serviços .Mas pouco a pouco estamos tendo a consciência de quanto benefício pode nos trazer esta maravilhosa ferramenta.

    Por: Alexandra Meirelesl Internetl 19/11/2012 lAcessos: 97
    Adilson Duque Estrada

    RESUMO A Guerra do Contestado poderia ser analisada por diversas vertentes , a questão da exclusão da mão de obra dos chamados caboclos, seria uma delas, onde a contratação de funcionários vindo do exterior causa uma ruptura que culminará em um conflito que se estendem durante anos, e esta questão de valorização da mão de obra exterior, analisando esta problemática, é notavel que, isso perdura até os dias atuais , exclusão da mão de obra menos qualificada, e o desenteresse em qualifica-los.

    Por: Adilson Duque Estradal Educação> Educação Onlinel 16/03/2011 lAcessos: 727

    A sociedade em rede de Castells se faz presente em nosso dia a dia, transformando nossos relacionamentos pessoais em relacionamentos virtuais, relegando a segundo plano a essência do ser humano, a interação. Diante desta nova perspectiva que se configura, este artigo analisa os impactos causados pelas tecnologias da comunicação e informação nos relacionamentos interpessoais dentro das organizações, bem como o papel da comunicação interna como agente transformador dessas relações.

    Por: Évelim Wroblewskil Negócios> Administraçãol 07/08/2013 lAcessos: 129
    Wellington Antonio Doninelli Pereira

    Uma narrativa sem capítulos ou parágrafos, o resultado das frequencias cerebrais das pessoas biochipadas estarem sobrepostas por frequencias de inteligênica artificial, um fenômeno novo, desconhecido dos modernistas, que experimentaram todas as formas de discurso, exceto o DIRETO DISCURSO LIVRE, porque naquela época as pessoas não tinham o cérebro hackeado por micro-ondas.

    Por: Wellington Antonio Doninelli Pereiral Literatural 19/04/2009 lAcessos: 638 lComentário: 3
    Elizabete Rosa

    Este artigo apresenta um estudo sobre as Tecnologias da Informação no Ensino de História e Geografia. A sociedade do século XIX está inserida num contexto em que as novas tecnologias da informação se fazem presentes no cotidiano das pessoas. Entender que a preparação do aluno para exercer direitos e cumprir deveres nesse contexto, implica na formação adequada desse indivíduo, fazendo uso do que lhe seja disponível em termos de tecnologias.

    Por: Elizabete Rosal Educação> Ensino Superiorl 29/12/2011 lAcessos: 535

    Queríamos dar uma conotação sobre os Mórmons mostrando alguns aspectos sobre Joseph Smith, fundador e profeta dos mórmons. Sua luta, seus esforços para encontrar um local para seus seguidores se estabelecerem, enquanto esperava o retorno do Mestre Jesus novamente a terra, principalmente na América do Norte. Há 177 anos, os mórmons desenvolvem um trabalho de treinamento de jovens missionários com intuito de conversão por todo mundo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 20/03/2010 lAcessos: 395
    Aparecido da Cruz

    A comunicação é parte importantíssima para o sucesso de qualquer que seja o empreendimento, fazendo parte do conteúdo de mais de cinquenta cursos profissionalizantes. Em se tratando das áreas de segurança e proteção, mostra-se a comunicação (quando produzida de maneira eficaz) de vital importância ao bom andamento das atividades, bem como o sucesso operacional. Mostrando-se ainda, aliada principal nas centenas de situações críticas e desvios encontrados em nossas atividades diariamente ou em situações de urgência e emergência. Neste comentário e nas folhas seguintes iremos nos resumir aos meios de comunicação utilizados pelos profissionais de segurança, exemplos: HT, Nextel, Telefones Fixos e Móveis e Equipamentos Anexos. No entanto o assunto é vasto e abrangente, não sendo este comentário, por mais privilegiado que seja capaz de esgotá-lo dada as dimensões a ele atribuidas.

    Por: Aparecido da Cruzl Tecnologia> Tecnologiasl 29/12/2008 lAcessos: 1,704
    Omalukodapizza Tianerd

    Uma maneira simples e rapida para você começar seu proprio negocio, investindo apenas tempo

    Por: Omalukodapizza Tianerdl Internet> Blogsl 13/10/2014

    Arquivos em pdf são bem vistos por sua fidelidade ao código fonte e por preservar a qualidade do documento original para a impressão. Antes de aprender como criar documentos em pdf veja mais algumas características desse formato mundialmente popular:

    Por: Claudio Martinsl Internet> Blogsl 02/10/2014
    Edmundo França

    Aprenda como criar um blog profissional, sua importancia para a empresa, dicas que precisam ser observadas antes de criar um blog, como criar um blog com sucesso e essencial para aumentar a renda e ter liberdade financeira

    Por: Edmundo Françal Internet> Blogsl 27/09/2014 lAcessos: 15

    Criar conta no Google carrega consigo a vantagem de que com apenas uma conta você tem acesso a todos os outros serviços disponibilizados pelo Google. O que quero dizer com isso é que ao criar uma conta no Gmail com o mesmo email e senha é possível acessar o blogspot, o Google adwords, o youtube e assim por diante.

    Por: Claudio Martinsl Internet> Blogsl 26/09/2014 lAcessos: 17
    Ulisses Costa

    Você tem um Blog ou um Site e após escrever os seus artigos sempre vem aquela pergunta: "Como Divulgar meu Blog ?". Neste Artigo trago para você as melhores Dicas de como Divulgar os seus Artigos e ter uma chuva de visitantes.

    Por: Ulisses Costal Internet> Blogsl 26/09/2014 lAcessos: 16
    Hugo Boarotto II

    Neste Artigo explico-te o que é Empower Network e as suas diferenças para outros negócios ver mais em http://en.hugoboarotto.com/blog/afinal-o-que-é-a-empower-network--1

    Por: Hugo Boarotto IIl Internet> Blogsl 22/09/2014

    Uma notícia e uma manchete envolvente nunca pode ser ignorado por um leitor ávido. Cativante manchetes e histórias contribui para taxas de conversão maior e melhor base de clientes para as empresas. Em todo o mundo, as empresas têm uma série de plataformas de blogs. Como se reduz às palavras que são ditas ou escritas, discutimos como as marcas usam palavras a seu favor.

    Por: Yourhostl Internet> Blogsl 22/09/2014
    José Guimarães

    Artigo focado em comentários que deixam o blogueiro desanimado, triste, sem vontade até para escrever mais artigos. O que você acha de comentários escritos por pessoas do tipo fake, escritos para humilhar o dono do blog ou as pessoas que escrevem e publicam artigos em blogs?

    Por: José Guimarãesl Internet> Blogsl 19/09/2014

    O Jogos Dara ém um novo site de jogos gratis em flash da internet brasileira, que aos poucos está vindo com tudo.

    Por: Rodrigol Internet> Blogsl 30/07/2010 lAcessos: 195
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast