Convites de casamento produzidos pelos próprios noivos

31/05/2012 • Por • 407 Acessos

Fazer o teu próprio convite não representa realizá-lo de qualquer jeito. Primeiro, é necessário constatar se um convite mais simples combinará com o modelo de matrimônio o qual irá ser realizado. Se o teu casamento for discreto, um convite deste tipo será o ideal.

Outro item a ficar de olho vem a ser o papel, que precisa ser de qualidade. Os mais usados estão sendo o couchê como também o vergê, nas colorações creme, branco e marfim. Porém, antes de adquirir o papel, faça o experimento em papel sufite pra visualizar como vai ficar.

Outra sugestão vem a ser utilizar colorações claras, já que são mais simples para a impressão. A média do valor dos papéis é por volta de R$14 um pacote.

Contudo, o que deve ser gravado no convite, vai alterar segundo o tipo do convite. Para aqueles que forem casar no civil, não é feito um convite de fato, mas é denominado de "participação do casamento". Pra este tipo de comunicação, o convite modesto é o ideal e em tamanho inferior a um convite mais clássico. Para esse é preciso apenas a data da realização do casório, nome e endereço do casal.

Outras informações são fundamentais em um convite de casamento: nome dos noivos, data do casório no civil, religioso, lugar da cerimônia, etc. Outras informações da mesma forma estão sendo comumentes vistos em convites, tais como frases significativas para os noivos. O que não vem a ser aconselhado é inserir o site em que se encontra a lista de presentes. Esta informação chega a ficar deselegante em um convite. Entretanto, se você não abre mão de inserir tal notícia, prefira incorporar em anexo realizado com papel bem reduzido.


Ainda é bem provável incrementar tal convite para casamento, através de fitinhas firmando um envelope, lacres e inclusive ramos secos.

Há vários sites na web especializados em casamento que apresentam downloads apresentando modelos de convites e até adornos fofos, iguais a desenhos de noivinhos. Portanto, há muitas possibilidades acessíveis. É só pôr a criatividade pra fora que é viável produzir um belo convite.

Perfil do Autor

Prof. Agusto Nogueira

Este artigo foi escrito por um freela que também escreve posts sempre que possível. Para conhecer um pouco mais sobre ele, acesse seu blog.