Jornada Cultural da Escola Professora Margarida Pires Leal

31/08/2010 • Por • 378 Acessos

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO

SEDUC – SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

ESCOLA CE PROFª MARGARIDA PIRES LEAL

PROFESSORA ELABORADORA DO PROJETO:

 MARCIA AMELIA GASPAR MATOS

PROFESSORES COLABORADORES:

ANA LOURDES DE SOUZA, ELIZANIRA SILVA REIS, ETELVINA PRAZERES, ILKA VANESSA, JÚLIO CÉSAR, MEIRANE DINIZ, MARCO ANDRÉ VIANA, ROSE MARY DINIZ, MARIA DA GLÓRIA, SAMUEL FALCÃO, JORGE CÉSAR, GISÉLIA COSTA, FÁBIA ARAÚJO, VICENTA MARTINEZ, FRANCISCO GALDINO, FRANCISCO SALES, VITÓRIA, WANDERSON, MARCELO, RAILSON, ANA JÚLIA, ANTÔNIO CARLOS, MICHELLE, ALVANITA, GEORGE E MARCIA MATOS.

PROJETO:

JORNADA CULTURAL DA ESCOLA PROFª MARGARIDA PIRES LEAL

 

1.0 Objetivo Geral

Proporcionar aos nossos alunos uma maneira descontraída e socializada de aquisição de conhecimentos oriundos de diversas oficinas, inauguração da rádio escola e apresentações culturais.

2.0 Objetivos Específicos

  • Despertar o interesse pelo saber, aprender e conhecer;
  • Incentivar a socialização de conhecimentos;
  • Buscar o gosto pelos estudos;
  • Valorizar a cultura;
  • Incentivar a utilização da rádio escola como instrumento pedagógico.

3.0 Justificativa

Quando a aprendizagem acontece de forma prazerosa o conhecimento é internalizado pelo educando, ou seja, ele aprende de fato. A cultura é importante para o funcionamento do grupo, e o aprendizado cultural é indispensável para que cada indivíduo se adapte ao seu grupo. Entretanto, é de extrema importância que cada um também aprenda a contribuir para a sua cultura, criando idéias, objetos, ferramentas, colaborando no desenvolvimento de várias linguagens, enfim, mantendo sua cultura viva e adequada às necessidades do grupo. Do mesmo modo, é preciso aprender a interpretar a arte, seja ela um filme, uma peça teatral, um espetáculo de música, dança, circo, artes visuais, performance, uma vez que a arte é um dos modos humanos de atribuir significados ao mundo. Aprende-se arte convivendo com obras de arte, seja na escola, em museus, em casa, no cotidiano de cada um. A freqüentação, como é chamada essa convivência com as obras de arte, ajuda a construir um certo "vocabulário" de estilos, de artistas, épocas, linguagens, suportes. Aprende-se arte por meio do fazer artístico, explorando linguagens e materiais, o que nos faz compreender melhor as dificuldades e as soluções encontradas pelos artistas. A convivência com a arte nos mostra soluções variadas para cada um desses problemas.

Pensando em tudo isso, propomos um dia diferente, uma jornada cultural, onde os nossos alunos e a comunidade usufruam de oficinas que proporcionam momentos de reflexão que mudam o olhar para este aluno, e dele, para com sua dificuldade de aprendizagem. Ele exterioriza seus medos, suas dificuldades de uma forma sutil, sem agredir suas emoções e nos possibilita obter uma visão a qual dentro de sala de aula não conseguimos enxergar. A importância de uma Educação mais abrangente faz com que procuremos novas saídas para suprir as carências encontradas nas intuições de ensino. Propor atividades criativas como uma das saídas viáveis para uma maior integração entre as áreas a fins e para desenvolver valências esquecidas na aprendizagem...

Pensamos então em promover a socialização entre os alunos; ampliação do universo conceitual e o vocabulário dos alunos; valorizar os aspectos positivos da programação radiofônica, aplicando- os em sala de aula. Considerar o conhecimento prévio dos alunos e acima de tudo proporcionar um aprendizado prazeroso, contextualizado e significativo.

4.0 Público a ser envolvido (Série/ano)

O presente projeto será realizado com as turmas do 1˚, 2˚ e 3˚ ano do ensino médio da Escola Professora Margarida Pires Leal dos turnos matutino e vespertino, localizada no bairro da Alemanha em São Luís – MA.

5.0 Metodologia

Na jornada cultural será oferecido almoço para alunos, professores e oficineiros. Começaremos com a inauguração da rádio escola do CE Professora Margarida Pires Leal que tem como objetivos principais motivar o uso da rádio na vida escolar, mostrando sua importância no processo educativo, uma vez que este é uma ferramenta importante no processo ensino aprendizagem. Levando em consideração os conhecimentos prévios dos alunos, bem como, despertar nos alunos a consciência critica das informações recebidas e desenvolver a percepção auditiva, a concentração, a linguagem, a socialização e a imaginação dos mesmos.

Logo após a inauguração, a rádio será utilizada durante toda a virada cultural com informes, concurso de locutores e concurso de conhecimentos gerais com as referidas premiações aos alunos vencedores.

Dando continuidade aos trabalhos, as oficinas irão começar ao mesmo tempo e os alunos poderão escolher até duas oficinas para participar, sendo uma no turno matutino e a outra no turno vespertino. Vamos ter as seguintes oficinas:

- Oficina de dança de rua que tem como objetivo principal mostrar que é possível promover a inclusão social por meio da cultura — no caso, a dança e a expressão corporal, além de oferecer uma nova oportunidade de lazer e aprendizado;

- Oficina de forró que tem como objetivo principal repassar os passos do forró. Também é uma excelente forma de exercício físico, interação e inclusão social, além é claro de engrandecer a dança e a música difundindo nosso Forró e a Cultura Brasileira;

- Oficina de Percussão que busca desenvolver a criatividade musical que existe em cada pessoa;

- Oficina de Capoeira com objetivo de ensinar disciplina, coragem perante a vida e harmonia na convivência dentro da comunidade;

- Oficina da Beleza com o objetivo de despertar o interesse dos adolescentes para este ofício incentivando o interesse dos mesmos a fazerem cursos na área para aumentar a renda familiar e a melhorar a qualidade de vida de suas famílias;

-Oficina de Karatê com o objetivo de trabalhar o autocontrole, desenvolvendo uma política de prevenção à violência que busca melhorar a convivência escolar e familiar.

-Oficina de Xadrez que busca mostrar o jogo como uma alternativa a ser empregada em sala de aula, estimulando à concentração, a atenção, a paciência, a superação de desafios e o respeito ao adversário.

Vamos ter também campeonato de queimado nas modalidades feminino e masculino com premiações às equipes vencedoras, se vira nos 30 com a participação de alunos que conseguem fazer algo interessante em trinta segundos e para o encerramento terão as demonstrações do que foi criado, confeccionado e aprendido nas oficinas e apresentações culturais dos alunos do 3˚ano com teatros, músicas, corais e performance nas línguas inglesa e espanhola.

6.0 Período de realização

O projeto será realizado no dia 28 de agosto do ano letivo de 2010, das 09:00 às 16:00 horas.

 

7.0 Materiais necessários

- Pratos, talheres e copos descartáveis;

- Resma de papel, 2 litros de cola, pincéis variados, papel cartão, cartolinas, papel camurça, cola de isopor, folhas de isopor;

- Caixa de som, DVD, som, vídeo e extensões, data show, cinco tabuleiros de xadrez, cinco mesas grandes.

8.0 Resultados Esperados

.A desinibição dos nossos alunos;

.O aprendizado prazeroso;

.O estímulo à socialização dos conhecimentos;

 .Aprender um ofício e melhorar a renda e consequentemente a qualidade de vida.