O Hominal

Publicado em: 17/09/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 552 |

O HOMINAL

O ser humano foi nominado de hominal para diferenciá-lo no reino animal. Por ser dotado de inteligência e livre-arbítrio, herdou por natureza o instinto, que é quase exclusivo dos animais irracionais. O hominal quando age pelo instinto arrepende-se de imediato, pois sua ação foi deletéria, e fora dos padrões humanos. Além desse velho hábito herdado, o ser humano é dotado do livre-arbítrio. Ele pode agir tanto pelo bem como pelo mal.

A decisão é puramente sua. Sendo o homem o produto do meio, ele se insere num ambiente auspicioso e salutar e com certeza será um homem de bem, mas se sua psicosfera for indolente se imantará no mal. A inteligência tem que ser bem avaliada e conduzida, pois com todo tesouro a ele destinado poderá haver o mau uso e a derivação tomará outra direção, fazendo com que ele ingresse no rol da imperfeição, transformando-se em escuso da sociedade.

O homem traz gravado em sua consciência vários aspectos do que foi no passado, de vez em quando quer colocá-los em prática, mesmo sabendo que sua ação daninha será direcionada a seus semelhantes. Como se estuda a história dos nossos antepassados? Pelos vestígios deixados por eles. Dos mais antigos aos chamados hominídeos. Pela história os hominídeos mais antigos que pisaram o solo terrestre são os Australopithecus e Homo habilis, esses seres somente foram encontrados em solos do continente africano.

Os pithecanthropus surgiram tanto no continente africano como no asiático. Os materiais de estudos dos arqueólogos são fósseis, pedaços de instrumentos, as formas de moradias, hábitos alimentares, vestimentas entre outros. O homem se caracterizava pela sua forma de viver, visto que a característica principal era a formação de grupos humanos. A comunicação entre eles era precária e na maioria das vezes rudimentar.

Gritavam, pulavam, faziam gestos, pois ainda não conseguiam ter uma língua para se comunicar e os sons estridentes eram comuns entre eles. O Homo sapiens neanderthalensis ou homem de Neanderthal surgiram na África, na Ásia e na Europa conhecida como o velho continente. Pelos aspectos inseridos e estudados aqui tiramos a conclusão de que o primeiro homem tenda surgido no grande continente africano.


Porém, como os estudiosos chegaram à conclusão de que seres humanos surgiram na Ásia e na Europa, podemos deduzir que a raça humana se originou de várias sementes. Quem nasce no continente africano tem uma postura diferente de quem nasce na Europa e na Ásia. Fica então a dúvida de como surgiram às diferentes raças humanas. Fala-se em grandes conflitos entre habitantes de uma mesma região para garantir seu território e sua sobrevivência. Nesta época a violência já fazia parte da imaginação humana, o poder da dominação pela força.

De choque em choque alguns grupos tenderam a exterminação, enquanto outros sobreviveram e mesmo aqueles considerados fugitivos foram a busca de novos espaços para viver. É a sina humana da dominação que se esticou até os dias atuais. A Terra passou por cataclismos (grande inundação, dilúvio. (Na Geologia - Grande revolução por que passaria a Terra, que lhe modificaria a superfície, qualquer que fosse a causa primordial).

Desastre e principalmente grande revolução alterou profundamente a organização de um estado, de uma sociedade. Palavra de origem grega vem de Kataklysmos. Aconteceu no ambiente terreno fortes chuvas, aumento substancial da temperatura, degelos, secas, enchentes alterando de forma consubstancial o ambiente da Terra e do planeta. Estes fatos segundo pesquisadores aconteceram entre 100000 a. C. e 10000 a.C., na calmaria ou estabilização climática, novos ambientes surgiram.

A forma atual da Terra vem desses cataclismos. A história do hominal é rica em detalhes bem como a dificuldade se estabelece pelo período em que ele mudava de feição e comportamento. Novos modos de vida surgiram. O Australopithecus tinha grande semelhança com os chipanzés atuais, o seu cérebro era um pouco maior do que os demais primatas, uma postura pouco ereta se deslocava usando com frequência os braços, por isso a habilidade em usar as mãos e construir instrumentos de defesas com ossos e pedras. A vida para eles ficava mais fácil a coleta de frutos para o sustento não tinha grau de dificuldade. O Neanderthal seus vestígios foram encontrados na Alemanha e supunha-se que os mesmos tenham vividos entre 200mil e 50 mil anos atrás. Seu aspecto já era muito diferente apresentando semelhanças do homem atual.

Nos primeiros fósseis foram encontrados restos de lanças e outros utensílios. Esses materiais fizeram com que os estudiosos afirmassem que eles eram grandes caçadores. Os vestígios do homem mais moderno foram encontrados no berço da civilização humana, na França. Data prevista de 40 mil anos atrás. A característica principal era a altura, visto que chegavam a medir 1, 80 metros de atura, com cabeça alongada e ossos bem delineados. Outros aspectos corporais: tinham testa alta, longa, dentes pequenos, e o queixo se elevava acima do que está em volta, e mais alto.

Sobressaindo-se as (feições proeminentes); salientes e era superior, notável, pelo poder, riqueza, inteligência, cultura, moral, já se afigurava uma grande transformação, esses predicados nominados aqui equivalem ao ilustre e preeminente. O homem moderno domina a linguagem e o fogo. A palavra proeminente é derivação latina de proeminens, entis. O homem se sobressaiu suplantou os outros animais pelo uso da inteligência, mesmo que em períodos anteriores ela estava ainda em formação. Pelo que denotamos, a presença do homem em diversos lugares, tais como Alemanha, França,  África e Ásia, haveremos de concluir que de certa forma pelos estudos, eles surgiram de modo diferenciado não como explicita algumas religiões, visto que o brotamento aconteceu em diversas regiões do planeta Terra. A conclusão final pode ser avaliada por estudiosos no assunto, mas se inserirmos a religião na formação humana a confusão estará formada e um grande nó será construído e para se desfazer esse nó será tarefa difícil e quem sabe incapaz e impossível. Pensem nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ciencia-artigos/o-hominal-1243102.html

    Palavras-chave do artigo:

    ancestrais

    ,

    brutais

    ,

    atuais

    Comentar sobre o artigo

    Marcos Eli da Silva

    Nos dias atuas as redes de saneamento em perímetros urbanos por serem subterrâneas, e pouco visíveis aos olhos da população, são colocadas em segundo plano. Existem inúmeros cronogramas para pavimentação de ruas e avenidas, sem nenhuma rede de saneamento, muito menos de águas pluviais. Entretanto obras de saneamento com o tempo tornam-se indispensáveis para a população e vão gerar custos adicionais, ao serem realizadas melhoram o espaço urbano e a qualidade de vida das populações.

    Por: Marcos Eli da Silval Educação> Ciêncial 13/01/2015 lAcessos: 15
    Marcos Eli da Silva

    RESUMO A degradação do meio ambiente é um fator que contribui para as alterações nos ecossistemas e ameaça a vida de espécies da fauna a e flora no planeta. Normalmente associa-se esse problema à ação do homem sobre a natureza. Para corrigir os estragos causados pela ação humana, os órgãos públicos costumam gastar centenas de bilhões de reais todo ano para recuperar áreas degradas por empreendimentos relacionados á mineração.

    Por: Marcos Eli da Silval Educação> Ciêncial 12/01/2015 lAcessos: 11

    O presente texto fala sobre as diferentes classes de escolarização, assim como as dificuldades de ensinos, de aprendizados e as mudanças ao longo do tempo que a educação no país está sofrendo; também fala sobre as reformulações necessárias para melhorias no campo da educação, e desvalorização financeira e social do magistério.

    Por: Reginaldo Posol Educação> Ciêncial 16/12/2014 lAcessos: 18

    O projeto surgiu da necessidade de entendermos melhor sobre a cultura indígena Paresi. Em língua Portuguesa foram trabalhados durante o ano letivo os clássicos da literatura brasileira do autor José de Alencar. Os livros foram Iracema, O Guarani e Ubirajara Em geografia foram trabalhados os impacto que houve na cultura com a globalização . Envolvemos os alunos do 3º G para visitarmos a aldeia Paresi e pudemos constatar as mudanças que houve ao logo dos anos.

    Por: Sortineide Navarro Segural Educação> Ciêncial 05/12/2014

    Espera-se que este projeto possa contribuir para formação de cidadãos mais conscientes, e esperando que todos os segmentos sociais, governo, escola e comunidade possam empenhar na modificação de modelos sociais para que um homem novo possa emergir, mais autentico e integrado com os valores sociais.

    Por: SUELY CARDOSO FURLANl Educação> Ciêncial 03/12/2014 lAcessos: 19
    Andréia Camargo Fleck

    O artigo visa apresentar um breve relato sobre a realização da IV mostra de Ciência e Tecnologia realizada na Escola Estadual João Nepomuceno de Medeiros Mallet no município de nova xavantina – MT, onde foram oferecidos aos alunos palestras e oficinas com o Tema: Ser Humano, Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento social, os trabalhos foram confeccionados pelos alunos de acordo com a oficina escolhida e apresentados numa exposição no dia 19 de novembro de 2014. Andreia Camargo Fleck

    Por: Andréia Camargo Fleckl Educação> Ciêncial 29/11/2014 lAcessos: 14
    Teresa Coutinho

    A palavra tempo pode referir-se a um período do definido com maior ou menor precisão, desde pouco tempo, que significa de breve duração, até o tempo dos faraós, que foi há três mil anos; pode igualmente designar uma duração contínua indefinida, tal como está expresso nos dicionários, no âmbito de qual todos os acontecimentos tiveram lugar, estão a ter lugar e irão ter lugar.

    Por: Teresa Coutinhol Educação> Ciêncial 29/11/2014 lAcessos: 14
    Eros Bazan

    Promover a interdisciplinaridade e a busca e troca de conhecimentos entre participantes da Feira no sentido de estimular o interesse pelo estudo das Ciências, da Cultura e das Artes; Incentivar a participação e a construção de em eventos de natureza cientifica; Motivar e envolver todos os alunos na realização de métodos experimentais e busca de respostas de todos os fenômenos naturais; Envolver os estudantes em atividades participativas, de natureza conceitual, reflexiva e prática.

    Por: Eros Bazanl Educação> Ciêncial 25/11/2014

    Numa esplendorosa noite de lua cheia, vislumbrei o céu estrelado que nos convidava para uma bela noitada de amor. Olhei para o belo e delicado semblante de meu amor, pisquei os olhos, mas ela sem entender de que se tratava perguntou-me em tom suave, o que eu estaria almejando. Pensei em dizer-lhe que desejaria unir nossos corações naquela noite de luar convidativa para uma sessão de afagos e carinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 19/02/2015

    Dentre os muitos escândalos surgidos no governo do Partido dos trabalhadores (PT), desde sua inserção na presidência da República, que os escândalos não param, pois assim que se chega ao fim uma investigação, começa outra. Mensalão, Propinoduto, Petrolão, BNDES e vem mais um o Eletrolão. São tantos escândalos que a Polícia Federal não terá condições de averiguar todos, visto que a demora em apontar nomes pode ser considerado o ponto fraco das investigações

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 19/02/2015

    Dizem alguns historiadores que uma grande maioria das festas cristãs tem um cunho pagão. Quem faz as afirmações baseia nas tradições dos povos antigos, pois os rituais eram mágicos religiosos e os religiosos usavam essa artimanha para controlar certos e determinados fatores que poderiam representar reveses em suas vidas. Com o passar do tempo tudo muda, no entanto, os desvios foram se sucedendo e nos dia de hoje esses rituais aparecem muito deturpados, nas mais diversas festividades cristãs.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    Segundo o dito popular amor de carnaval desaparece na fumaça. É igual a dor de cabeça, quando tomamos um comprimido, ela normalmente passa. Na vida tudo passa e o tempo se encarrega disso. Ao assistirmos os belos desfiles de carnaval pelo Brasil afora, denotamos que momentos de prazer se misturam a momentos dolorosos. Enquanto nosso País passa por momentos difíceis, o povo se esbalda, enche o papo de cachaça, cerveja e outras bebidas malfazejas.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    A palavra cidadania é a qualidade ou estado de cidadão. Já cidadão é o indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado, ou no desempenho de seus deveres para com este. Habitante de uma cidade, indivíduo, sujeito, homem, mas naturalmente um hominal de conduta ilibada. Cidadão do mundo é o homem que põe os interesses da humanidade acima da pátria; cidadão do Universo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 14/02/2015

    Meu amigo você continua a não me entender. Você afirma que foram criados todos esses órgãos, mas os mesmos não funcionam. Por que o chefão da quadrilha (O Barba está solto?) não teve coragem de dar um depoimento para amenizar a situação dos seus companheiros de partido. Ficou ausente o tempo todo. O que adianta criar órgãos que os próprios petistas não obedecem? Eu nada tenho contra ou a favor do governo Fernando Henrique.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 10/02/2015

    O poder da palavra está na força do coração. A palavra simboliza a educação, a ética e a sabedoria… O poder da palavra está na vida e na dedicação. A palavra fortalece o poder e a sua força não negaria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/02/2015

    Na minha vida compartilhei alegrias e tristezas, assim como nos céus brilham as estrelas, umas mais cintilantes, outras menos. Nos jardins brilham as flores e as rosas vertem perfumes, umas mais outras menos, mas são nos menores frascos que encontramos os melhores perfumes. Ouvi alguém afirmar: "No céu escolhi uma estrela de uma bela constelação, no jardim escolhi uma flor, para ser o meu grande amor e embelezar o meu coração".

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 04/02/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast