Projeto De Construção De Hortas

Publicado em: 07/04/2008 |Comentário: 1 | Acessos: 3,096 |

PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE HORTAS

‘’HORTAS’’O exemplo Começa na escola.

João do Rozario Lima


SERINGUEIRAS- RONDÔNIA-2008.

INTRODUÇÃO

Este projeto foi baseado no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), criado em 1954, é o mais antigo programa social do Governo Federal na área da educação. Até em 1993, era totalmente centralizada: União fazia a aquisição, o controle de qualidade e a distribuição dos gêneros alimentícios para o preparo da merenda. Com isso a distribuição era prejudicada de diversas formas pela distância e pela diversidade geográfica e cultural do país. Com todo este estorvo o problema só se agrava, dava-se preferência à compra de produtos não-perecíveis, semi-elaborados e formulados. Além do alto custo desse tipo de alimento, havia entraves burocráticos, acidentes rodoviários e extravios de carga durante o transporte, que contribuíam ainda mais para atrasar a entrega.

Foi em 1994 o sistema começou a ser descentralizado, em um processo que se consolidou em 1988, agilizando a compra e contribuindo para melhoria da qualidade dos alimentos utilizados. Agora, o FNDE transfere os recursos diretamente para as Entidades Executoras (estados, Distrito Federal e municípios), normaliza e acompanha a execução do Programa. As Entidades Executoras foram criadas para utilizar 70% dos recursos financeiros na aquisição de produtos básicos, com prioridade para os que são semi-elaboradas e in natura. Com isso torna-se possível a compra de alimentos possíveis na própria localidade, contribuindo para desenvolvimento comercial social da região. A meta é de oferecer a merenda em todos os duzentos dias de efetivo trabalho escolar.

O cardápio, elaborado por uma nutricionista, deve respeitar os hábitos alimentares locais e suprir no mínimo 15% das necessidades diárias dos alunos.

Para prosseguir esta renovação foi criado em cada Entidade Executora o Conselho de Alimentação Escolar (CAE). Trata-se de um colegiado composto por representantes dos poderes Executivo e Legislativo, pais, professores e outros segmentos da sociedade civil. Isso faz com que todos participam do programa das prestações de contas e, além disso, envolvam sociedade civil na distribuição da merenda em sua comunidade. Os resultados são a compra de produtos melhores a preços menores, bem como a redução de gastos com transporte e de riscos de contaminação e deterioração da merenda por problemas de armazenamento.

E sendo visto o programa que atende gratuitamente todo o universo de alunos do ensino fundamental.

OBJETIVO GERAL

Incentivar as crianças e a comunidade a construir hortas.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS



Estimular a construção de hortas nas casas dos alunos e nas comunidades procurando envolve-los neste contexto.


Estimular a interação professor-aluno e mudanças práticas de atitudes e a formação de novos hábitos com responsabilidade a adquirir novos conhecimentos com a aprendizagem através da prática do dia-a-dia.

Oferecer aos professores e alunos um eficiente instrumento para a formação de consciência ambiental e alimentar.

JUSTIFICATIVA

O projeto “HORTA” O EXEMPLO COMEÇA NA ESCOLA, consiste na implantação de construção de hortas nas escolas por professores, alunos, funcionários e comunidade, para promover a interação de conhecimento entre os mesmos da prática de conhecimentos que já possuem, além disso, adquirir novos conhecimentos na prática.

Deverá ser uma escola em que todos os professores farão parte da monitoração deste trabalho.

A sensibilização dos alunos para o projeto será feita pelos professores das próprias unidades escolares, prevendo-se a exibição de vídeos sobre a importância da alimentação para a saúde, a importância das vitaminas que contém as verduras para a nossa vida alimentar.

A educação do paladar é o nosso forte, permeia a vida inteira (pp.20).

E muita mediação substitui a família na responsabilidade de dar às crianças os primeiros definidores conceitos sobre educação do alimento (Horta, pp83).

Para melhor entende-se a riqueza do alimento basta olhá-lo, entendê-lo, explicar aos alunos como é feito, deixar que vejam como se faz, permitir que dêem uma “mãozinha”, tudo isto pode ajudar a remover barreiras de preconceitos e fazer com que a criança coma de tudo (Horta, pp84).

Isso faz com que se abrange diverso projeto simples, mas que supram necessidades para uma vida mais saudável e propicia a permitir-se a experimentarem pratos diferentes do nosso cotidiano. Entre eles pode ser mungunzá, com milho e leite de castanha, pão de milho, suco com as casca de abacaxi, chás de plantas medicinais, sopa de maxixe, mingau de jerimum, chá quentes com abóbora, croquete de carne com macaxeira, pirarucu salgado, tacacá, tucupi e jambo entre tantas outras comidas e temperos desconhecidas no resto do Brasil. É necessários muitos respeito e amor para cozinhar e uma boa mão para o tempero.

A educação se faz também na escola onde tudo o que se aprende, ouve ou vivencia torna a criança de hoje, um adulto mais sereno e responsável por saber como adquiriu essa conquista em experiências enriquecedoras que poderá prosseguir esses ensinamentos para as demais pessoas no seu convívio.



A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS



Neste projeto, os alunos podem atuar como responsáveis pela seleção das espécies a serem cultivadas, pela obtenção de mudas e sementes e pela semeadura, plantio e cuidado com a horta.Eles podem também realizar a colheita, a higienização e o preparo dos alimentos, com a supervisão dos adultos.



A PARTICIPAÇÃO DO (A) DIRETOR (A)



O diretor (ou diretora) tem uma participação fundamental nesse projeto, pois você será responsável pela supervisão do mesmo, coordenando as decisões tomadas pela equipe pedagógica. Sua participação será importante também na resolução dos problemas que surgirem, realizando o contato com especialistas e outros profissionais que possam colaborar com o projeto.

A PARTICIPAÇÃO DOS PROFESSORES E DOS FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA:



Os professores podem atuar auxiliando e orientando os alunos no desenvolvimento e manutenção da horta. Eles podem também elaborar estratégias para tratar dos conteúdos das diferentes áreas no contexto deste projeto, lembrando-se de que ele não se restringe à área de ciências.

As merendeiras da escola podem participar da higienização e do preparo dos alimentos, além de auxiliar os alunos a escolher e preparar receitas gostosas que tenham, entre seus ingredientes, os alimentos cultivados na horta.

MATERIAL

1 – Uma carriola

2 – Duas enxadas

3 – Dois enxadões

4 – Um rastelo

5 – Adubo orgânico

6 – Inseticida para matar insetos

7 – Cavadeira de duas bocas

8 – Sementes

9 – Quatro regadores

PROCEDIMENTOS



O projeto não tem um tempo de duração que possa ser pré-estabelecido. Afinal. Uma vez montada a horta, é possível prever que, a cada ano, as turmas continuarão com o plantio dos alimentos. A horta acabará se tornando um patrimônio da escola. Por outro lado à participação dos alunos neste projeto precisa ser muito bem planejado. A cada inicio de ano letivo, é preciso prever quem plantará o que e quando.

As turmas de educação infantil, 1ª e 2ª séries cultivem temperos, ervas e plantas com partes comestíveis grandes e coloridas de crescimento rápido e de fácil cultivo (alface e rabanete, por exemplo);

As de 3ª, 4ª e 5ª séries cultivem cenoura, beterraba, couve-manteiga e outros alimentos que tenham de ser inicialmente planejados em uma sementeira.

As turmas de 6ª à 9ª séries decidam o que cultivar em conjunto com os professores das áreas de ciências, matemática, língua portuguesa etc, considerando os conteúdos que estão sendo trabalhados em sala de aula e os projeto em desenvolvimentos.

REFERENCIA BIBLIOGRAÁFICA

ESCOLAS, ESPAÇOS E PESSOAS, Idéias práticas para aprimorar a escola. equipe de elaboração CEDAC

VAMOS COMER. Educação Alimentar no Currículo Escolar.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ciencia-artigos/projeto-de-construcao-de-hortas-380903.html

    Palavras-chave do artigo:

    vitaminas

    ,

    saude e alimentacao

    Comentar sobre o artigo

    Ricardo Miguel

    Hoje vamos apresentar 10 alimentos super importantes, que lhe vão dar saúde e ajudar a perder ou ganhar peso. Saiba as propriedades destes 10 alimentos que não pode deixar de consumir.

    Por: Ricardo Miguell Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 26/09/2012 lAcessos: 161

    Na prática de qualquer tipo de atividade física, todo atleta deve ficar atento à sua alimentação. Se ela não for adequada, poderá prejudicar no desempenho do esportista e acabar acarretando problemas mais sérios.

    Por: Carlos Eduardo Vianna Motal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 07/03/2012 lAcessos: 298

    Todos nós sabemos da importância das vitaminas para a nossa saúde, mas será que realmente damos a devida importância para o consumo da mesma? Você, por exemplo, saberia dizer se está a consumir vitamina D em quantidade suficiente para suas necessidades diárias? Sabia que muitas pessoas apresentam algum grau de anemia e muitas deles nem mesmo sabem disso?

    Por: Christiano Lima Santosl Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 27/01/2013 lAcessos: 34

    Falou em emagrecer e já vem logo a sua cabeça: dieta, exercício físico e esforço. E então você até desiste de querer emagrecer.Para se chegar ao corpo desejado, na maioria das vezes, realmente é necessário percorrer esse caminho. Mas se você parar para pensar, depois do primeiro passo, os exercícios e a dieta passam a ser um hábito e depois de um tempo vão até te fazer falta, se você parar de fazer.

    Por: MundoDaDietal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 24/07/2012 lAcessos: 83
    Saúde Mais Estilo

    Folhas verdes e vegetais crucíferos são os principais componentes de uma dieta saudável. Frutos culinários coloridas comuns são: maçãs, peras, morangos, laranjas, bananas, uvas, melões canários, melancia, melão, abacaxi e manga.

    Por: Saúde Mais Estilol Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 01/02/2015 lAcessos: 18
    E-lens Lentes de Contato

    É importante cuidar bem da saúde dos olhos. Há vários fatores que influenciam e ajudam a manter os olhos saudáveis. Confira algumas dicas.

    Por: E-lens Lentes de Contatol Saúde e Bem Estarl 26/07/2012 lAcessos: 59
    Carina de Oliveira

    As vitaminas são fundamentais pra nossa saúde e não pode faltar na nossa DIETA, elas são necessárias para o bom funcionamento do nosso corpo e estão presentes em diversos alimentos principalmente nas frutas e verduras, hoje não iremos falar diretamente sobre vitaminas e sim sobre os males que a falta dela pode causar no nosso organismo. Claro que você já sabe onde as vitaminas são encontradas e para absorvê-las nada melhor do que uma alimentação saudável...

    Por: Carina de Oliveiral Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 08/08/2014 lAcessos: 13

    Além do fator diabetes, crianças e adolescentes também enfrentam o perigo da obesidade. Pesquisa realizada pela ABESO - Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade, revela que 80% desse público permanece obeso na vida adulta. A infância é o melhor período para a formação dos hábitos alimentares. Cabe aos pais e, muitas vezes, aos educadores escolares, a responsabilidade de acompanhar e auxiliar as crianças na escolha dos alimentos.

    Por: Izaara Carvalho Alvarengal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 17/09/2008 lAcessos: 4,033

    Atualmente, a busca pela saúde e qualidade de vida está no auge. Afinal, o estresse do dia-a-dia e a mídia sufocam, não só a mente como também todo o organismo. Apresento agora alguns alimentos que contribuem muito para uma vida saudável.

    Por: Izaara Carvalho Alvarengal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 17/02/2009 lAcessos: 1,287 lComentário: 1

    Entre as décadas de 80 e 90 o consumo de ovos foi banido dos ditos “cardápios saudáveis”, devido à disseminação de notícias que afirmavam que seu consumo teria uma forte relação com o aumento das chances de desenvolvimento de doenças isquêmicas do coração. Deve-se, no entanto, ressaltar que as doenças do coração não estão relacionadas somente aos hábitos alimentares, mas também ao sedentarismo, hábito de fumar, história familiar, diabete, obesidade e hipertensão.

    Por: Izaara Carvalho Alvarengal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 03/11/2008 lAcessos: 48,349 lComentário: 3
    Artur Livônio

    Detalhamento dos vários períodos históricos educacionais, evidenciando suas características e influências. Como a época em que os Jesuítas chegaram no Brasil e o que vieram fazer aqui, até os dias atuais. Com ênfase nas tantas críticas que o escritor, Dermeval Saviani, fez sobre cada período pedagógico da história educacional brasileira.

    Por: Artur Livôniol Educação> Ciêncial 24/03/2015
    Fernando Corrêa manarim

    Analisando a Lenda de Sessa fica claro que o xadrez foi criado principalmente como instrumento para auxiliar os praticantes a encontrar respostas para seus dilemas existenciais, dúvidas, angústias, confirmações, etc. Enfim que a competição é apenas um reflexo do que ocorre em nossas vidas, sempre muito competitiva e de difícil conquistas.

    Por: Fernando Corrêa manariml Educação> Ciêncial 19/03/2015
    Benedicto Ismael Camargo Dutra

    Ultimamente, o uso cada vez mais intenso do cérebro frontal, e o seu correspondente fortalecimento, tem levado à desativação progressiva da parte emocional do cérebro que é receptora dos lampejos intuitivos captados pelo cerebelo.

    Por: Benedicto Ismael Camargo Dutral Educação> Ciêncial 13/03/2015

    Este artigo aborda uma pesquisa internacional, realizada por especialistas, sobre os aspectos cognitivos de pessoas que integram a terceira ou melhor idade, com seu comportamento típico e todas as dificuldades de aprendizado da Matemática. O estudo retrata também problemas enfrentados, por todos eles no cotidiano, junto das empresas e demais entidades, que não vêm se preparando adequadamente para receber nos próximos anos, cerca de 64 milhões de idosos que entrarão nesta faixa de idade

    Por: Luiz Carlos Vivanl Educação> Ciêncial 05/03/2015 lAcessos: 11
    Carlos Meine Morais

    existem pequena praticas que podem fazer diferença para toda a vida, quando adquiridas quando criança simplificam muitos processos e nunca são abandonadas. o que não impede de adquirirmos novos habitos, mesmo não sendo mais criança..

    Por: Carlos Meine Moraisl Educação> Ciêncial 05/03/2015 lAcessos: 11
    Marcos Eli da Silva

    Nos dias atuas as redes de saneamento em perímetros urbanos por serem subterrâneas, e pouco visíveis aos olhos da população, são colocadas em segundo plano. Existem inúmeros cronogramas para pavimentação de ruas e avenidas, sem nenhuma rede de saneamento, muito menos de águas pluviais. Entretanto obras de saneamento com o tempo tornam-se indispensáveis para a população e vão gerar custos adicionais, ao serem realizadas melhoram o espaço urbano e a qualidade de vida das populações.

    Por: Marcos Eli da Silval Educação> Ciêncial 13/01/2015 lAcessos: 18
    Marcos Eli da Silva

    RESUMO A degradação do meio ambiente é um fator que contribui para as alterações nos ecossistemas e ameaça a vida de espécies da fauna a e flora no planeta. Normalmente associa-se esse problema à ação do homem sobre a natureza. Para corrigir os estragos causados pela ação humana, os órgãos públicos costumam gastar centenas de bilhões de reais todo ano para recuperar áreas degradas por empreendimentos relacionados á mineração.

    Por: Marcos Eli da Silval Educação> Ciêncial 12/01/2015 lAcessos: 15

    O presente texto fala sobre as diferentes classes de escolarização, assim como as dificuldades de ensinos, de aprendizados e as mudanças ao longo do tempo que a educação no país está sofrendo; também fala sobre as reformulações necessárias para melhorias no campo da educação, e desvalorização financeira e social do magistério.

    Por: Reginaldo Posol Educação> Ciêncial 16/12/2014 lAcessos: 20

    Estes escritos tem objetivo de despertar o desejo pela leitura e a interpretação de texto.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 06/04/2011 lAcessos: 497

    Alguns comentários que retrata algo sobre a educação, a fome e a injustiças do nosso pais e dos demais paises menos favorecidos.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 04/04/2011 lAcessos: 3,294

    Estes poucos escritos religiosos em forma de teatro tem o objetivo de resgatar algo sobre o diluvio e a arca de No´pe.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 13/06/2010 lAcessos: 1,519 lComentário: 1

    Este simples poema retrata como os filhos devem cultivar o amor a suas mães.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 04/05/2010 lAcessos: 727

    Estes escritos retratam o nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 20/12/2009 lAcessos: 841 lComentário: 1

    Este pequeno conto tem o objetivo de alertar a juventude sobre a realidade em que vivem.

    Por: João do Rozario Limal Educação> Educação Infantill 10/10/2009 lAcessos: 3,744 lComentário: 2

    Pequena peça de teatro que retrata contos de fadas e a raridade da união da familia.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 02/09/2009 lAcessos: 614 lComentário: 1

    Pequena peça de teatro voltado para a emotivação e resgate dos sonhos de cada ser neste planeta.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 30/08/2009 lAcessos: 18,319 lComentário: 8

    Comments on this article

    0
    silmara 14/09/2010
    muito bom seu projeto ,vou usar como exemplo para o meu !!! parabens!!!!!!!!!!!!!!
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast