Caracteristicas Do Conhecimento Cientifico - Etapa Para A Escrita De Monografia Ou Tcc

28/11/2009 • Por • 5,702 Acessos

A palavra ciência não teve sempre o mesmo significado que lhe atribuímos hoje. Aristóteles afirmava que ciência concernia ao necessário e ao externo.

Platão via na ciência o mais alto grau do conhecimento. Na Idade Média a verdade suprema é de ordem religiosa. Para alguns autores na linguagem teológica, ciência designa o conhecimento que Deus tem do mundo. O mais alto nível de conhecimento o da realidade suprema. Este conhecimento é de ordem ontológica e teológica.

Este artigo foi realizado pela equipe de ciencia em artigos da Monografia

A Revolução Mecanicista do século XVII mostra um atendimento particular pelos métodos e passos científicos do pensamento. Fala-se de um deslocamento do interesse da metafísica para a Teoria do Conhecimento. Já nesta época Wolf, um pensador, definia a ciência: "Como o uso de demonstrar o que se afirma, isto é de deduzir de princípios verdadeiros e imutáveis pela via da conseqüência legítima" A epistemologia suprimiu a Deus, foi um dos fenômenos importantes do século XVIII.

Como principais características ou fatores do conhecimento científico temos:

a.- refere-se a um mesmo tema ou objeto de estudo

b.- toda ciência é um sistema.

c.- a ciência é coerente

d.- a ciência é metódica.

Em resumo , a ciência é um conjunto amplo, sistemático e coerente de conhecimentos sobre um objeto, obtido graças ao emprego de um método apropriado. Observe-se que não pretendemos que o conhecimento, por contraste com o ordinário, tecnológico ou filosófico, seja verdadeiro. Certamente o é com freqüência e sempre tenta sê-lo mais e mais. Mas a veracidade é um objetivo, não caracteriza o método científico de maneira tão inequívoca como o modo, medir ou método pelo qual a investigação propõe problemas e põe a prova as soluções propostas. Este é um dos objetivos de cada monografia elaborada por nossa empresa de monografias

Para que uma porção de saber mereça ser chamado científico, não basta – nem sequer é necessário- que seja verdadeiro. Devemos saber, ao contrário, como chegamos a saber, ou a presumir, que o enunciado em questão é verdadeiro: devemos ser capazes de enumerar as operações pelas quais é verificável de uma maneira objetiva ao menos em princípio. Quem não deseje que exista comprobabilidade do conhecimento deve abster-se de chamar cientifica a suas próprias crenças...

Como o assinala Mario Bungue: enquanto os animais inferiores só estão no mundo, o homem trata de entendê-lo; e sobre a base de sua inteligência imperfeita mas perfectível do mundo, o homem tenta assenhorar-se dele para fazê-lo mais confortável. Neste processo, constrói um mundo artificial: esse crescente corpo de idéias chamado ciência, que pode caracterizar-se como conhecimento racional, sistemático, exato, comprovável e portanto viável.

Por meio da pesquisa científica, o homem atingiu uma reconstrução conceitual do mundo que é cada vez mais ampla, profunda e exata. A ciência como atividade, como pesquisa, pertence à vida social; quanto se aplica ao melhoramento de nosso meio natural e artificial, à invenção e manufatura de bens materiais e culturais, a ciência se converte em tecnologia.

No entanto a ciência aparece como a mais deslumbrante e assombrosa das estrelas da cultura quando se converte em um bem por si mesma, isto é como um sistema estabelecido provisoriamente (conhecimento científico), atividade produtora de novas idéias (pesquisa científica).

Perfil do Autor

Luis Carlos Silva

Luis Carlos é professor da equipe de Monografia de base para monografias e TCC Monografias de auxilio para TCC Monografia de auxilio AD...