Contabilidade Comercial

07/04/2010 • Por • 14,859 Acessos

                       INTRODUÇÃO

          A Contabilidade Comercial é o ramo da Contabilidade que mede o patrimônio comercial, ou seja, o conjunto de bens, direitos e obrigações do comerciante. O comerciante é toda pessoa física ou jurídica que aproxima vendedores e consumidores, levando-os a completar uma operação comercial. Os dados que são fornecidos pela empresa servirão de base para analise de futuras decisões.

          Também se observam alguns conceitos de Contabilidade comercial através de alguns autores como: FRANCO (1197, p.98) "destaca que a Contabilidade Comercial é a ciência que estuda os fenômenos ocorridos no patrimônio das entidades". Para ORRÚ (1190, p.58) "Contabilidade Comercial é a ciência que estuda e controla o patrimônio das empresas".

          A Contabilidade Comercial é exercida pelas pessoas que exploram atividades que objetivam o lucro e pode ser dividida em: Contabilidade Mercantil, Contabilidade Industrial e Contabilidade de serviços, onde são analisados tópicos importantes como noções de comércio, sociedades comerciais entre outras.

          As finalidades fundamentais da Contabilidade Comercial é procurar apresentar de forma ordenada, o histórico das atividades da empresa, a interpretação dos resultados, e através de relatórios produzirem as informações que se fizerem precisas para o atendimento das diferentes necessidades.         

 

                REVISÃO DE LITERATURA

 

1.    DEFINIÇÃO DE CONTABILIDADE COMERCIAL

 

          A Contabilidade Comercial é o instrumento que fornece o máximo de informações úteis para a tomada de decisões dentro e fora da empresa. Ela é muito antiga e sempre existiu para auxiliar as pessoas a controlar seus patrimônios e tomarem decisões. Todas as movimentações que houver no patrimônio de uma empresa são registradas pela Contabilidade Comercial, que, em seguida, resume os dados registrados em forma de relatórios e os entrega aos interessados em conhecer a situação da empresa.

          Esses interessados, através destes relatórios, analisam os resultados obtidos e tomam as decisões em relação aos fatos futuros.

          Segundo Gomes (2000, p.5):

 

Pode-se dizer que o conhecimento sobre os conceitos contábeis por parte das pessoas com formação em áreas não-relacionadas à Contabilidade é importante para: análise e interpretação de dados financeiros; planejamento e controle do patrimônio (pessoal ou empresarial); cooperação, coordenação e comunicação com outras áreas da empresa.

 

          O estudo da Contabilidade é importante para que se possa entender os conceitos contábeis para uma análise ampla sobre o que diz respeito a dados financeiros, planejamento e controle de uma empresa.

 

2.    PATRIMÔNIO

 

          Patrimônio de uma empresa são os bens, direitos e obrigações que uma empresa possui.

 

          Para Ribeiro (1999) o patrimônio é o conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa, física ou jurídica, que possam ser avaliados em dinheiro.

 

          O contabilista pode controlar o dinheiro, os imóveis, as mercadorias, as contas a receber, as dívidas e demais bens, direitos e obrigações avaliáveis de maneira econômica. Entretanto, ele não se ocupará das relações familiares ou de amizade, do caráter, da dignidade, da liberdade e de outros valores que não se traduzam em dinheiro.

 

          Ainda segundo Ribeiro (1999) patrimônio é composto de elementos positivos e negativos. Os bens e direitos representam o aspecto positivo patrimonial. As obrigações, o aspecto negativo. Ainda que as dívidas superem os bens e direitos, o patrimônio existe.

 

          Ferreira (2006) cita que o patrimônio pode ser considerado do ponto de vista estático ou dinâmico: a) estático, a Contabilidade estuda, controla, expõe e analisa os elementos que compõem o patrimônio, b) dinâmico, a Contabilidade estuda, controla, expõe e analisa as modificações ocorridas no patrimônio, em razão das atividades desempenhadas na sua gestão.

 

        Por tanto se pode afirmar que existem vários sentidos para o termo "Patrimônio". Pode ser o conjunto de bens, direito e obrigações de uma Entidade; ou pode ser o conjunto de bem de ima coletividade.

                       CONCLUSÃO

 

          O estudo da Contabilidade Comercial é muito importante para o contabilista que pretende atuar no ramo da Contabilidade, pois fornece o máximo de informações possíveis no que diz respeito a uma empresa em geral onde se tem uma visão ampla de seus bens, direitos e obrigações, assim como também pode identificar os  aspectos positivos e negativos do Patrimônio.

          Conclui-se nesta pesquisa que a Contabilidade Comercial tem como objetivo principal analisar as atividades contábeis de uma empresa e as modificações ocorridas em seu Patrimônio, podendo assim tomar posicionamentos seguros em futuros investimentos e ter a responsabilidade de  tomar decisões para o sucesso da empresa.

          Este artigo não é uma obra plenamente acabada e concluída, onde o mesmo pode ser enriquecido com outros olhares e questionamentos, espera-se que o mesmo sirva como fonte de pesquisa para professores, alunos e pesquisadores que estudam ao princípios norteadores  da Contabilidade.

 

           REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

FRANCO,H. Contabilidade Comercial. São Paulo: Editora Atlas, 1980.

 

MARION, Sérgio de. Contabilidade Comercial. 8° ed. São Paulo. Editora Atlas,2009.

 

RIBEIRO, O. M. Contabilidade de custos fácil. 5°.ed. São Paulo: Editora Saraiva, 1997.

 

 

Perfil do Autor

Francisca Mayara O. dos Santos

Estudante de Ciências Contábeis do 7° Semestre