Alfa-Hidroxiácidos (AHA) R3 factor

11/07/2011 • Por • 1,141 Acessos

Os AHAs são utilizados desde os tempos mais remotos. Acredita-se que o segredo da beleza e da pele incríveis de Cleópatra eram os banhos de leite azedo e leite de cabra estragado. Se for verdade faz muito sentido porque o leite estragado tem uma concentração altíssima de ácido lático, que tem propriedades esfoliantes e faz uma espécie de peeling natural.

O ácido lático é um hidroxiácido natural. A maioria dos hidroxiácidos naturais são extraídos de frutas, como o ácido málico e o mandélico que vêm da maça e o ácido glicólico (o mais usado e conhecido) que vem da cana-de-açúcar.

Mesmo sendo conhecidas e usadas desde a antiguidade, a formulação, concentração e acidez corretas para dar o máximo resultado em beleza e rejuvenescimento só foram descobertos há poucas décadas e fizeram uma verdadeira revolução na indústria cosmética.

A concentração deles no produto é o grande segredo. Se tiver de menos, não surte muito efeito, mas se tiver demais pode queimar e manchar a pele para sempre. Por isso existe uma legislação específica que regulamenta isso.

Normalmente esteticistas podem usar até 30% em solução tamponada e dermatologistas podem usar de 50% a 70% em solução não tamponada. Mas isso porque ele é um especialista e preparou aquela solução especificamente para a pele do paciente.

Eu lembro na adolescência, nos milhares de tratamentos para acne que fiz que o dermatologista me prescreveu uma solução de ácido glicólico. Mas tinha que ser feita na farmácia de manipulação. Era sob medida pra minha pele e não me causava mal. A empregada se meteu a passar na pele um dia e ficou toda ardida e vermelha.

Atualmente existem no mercado brasileiro 2 produtos fantásticos antienvelhecimentos a base de alfa-hidroxiácidos. Um deles tem uma concentração menor dos ácidos, mas também hidrata e nutre a pele. O outro tem a máxima concentração permitida de alfa-hidroxiácidos e é muito forte. Extremamente útil em manchas mais difíceis de sair, mas precisa ser usado com cuidado. 

Como eles atuam

Quando existem carências nutricionais ou desvios metabólicos, os lipídios que fazem a ligação entre as células queratinadas da epiderme acabam prendendo demais essas células e elas não conseguem se desprender quando morrem. Isso faz um efeito como se fosse um "entupimento" da pele.

Muita gente pensa que os alfa-hidroxiácidos são simplesmente agentes químicos de esfoliação. Mais do que isso, eles se combinam aos lipídios estruturais da epiderme, criando mais espaço e afrouxando suas ligações. Com isso as células mortas que estavam presas entre as camadas se soltam. Isso acelera a renovação, melhora a nutrição e a hidratação da pele.

O qual o resultado disso tudo?

Os efeitos combinados de tudo que os AHAs fazem na sua pele incluem:
- Redução e até eliminação de rugas finas
- Redução sensível de rugas de expressão mais profundas
- Grande estímulo à produção de colágeno novo
- Redução gradual e até eliminação de acnes (espinhas e cravos)

Segundo um dos mais famosos dermatologistas do mundo, todas as pessoas com mais de 20 anos de idade precisam de esfoliação para contrabalançar a redução da velocidade da renovação celular.

 Quem quiser conhecer mais escreva para contato.lojabemestar@gmail.com ou entre na loja: www.bemestarflp.com.br

Perfil do Autor

Vanusia

Emprendedora, esposa, amiga... Busco pessoas que tenham garra e fé inabaláveis e que queiram uma vida melhor.