A Lei Seca No Brasil

Publicado em: 19/07/2008 |Comentário: 25 | Acessos: 30,867 |

Acho muito engraçado que no Brasil em vez de se pensar em educar e regular, os legisladores trabalham somente para criar leis sem sentido, como a lei seca nas estradas.

O mais engraçado mesmo, é que antes as polícias, apesar dos limites já altamente restritivos, não se via blitz nas estradas somente para verificar se as pessoas estão acima do limite... não mesmo... e o pior, antes, as polícias rodoviárias, estaduais e municipais, também não estavam equipadas como estão hoje.

O verdadeiro problema
Acho que os legisladores pensam somente em mostrar trabalho, mesmo que criando leis sem sentido, leis que visam somente cercear os direitos do cidadão em vez de ensinar. A cultura do Brasil ainda está muito ligada a dos antigos senhores de engenho, aquela cultura escravista, onde eles é que definiam o que devíamos fazer e até o que poderíamos ser como pessoa. Hoje, os senhores estão no poder como legisladores e estão agindo igualmente.


Polícias às moscas
O Brasil é um país super interessante, onde se fala em segurança pública, saúde e educação, sem prover recursos para equipar e pagar esses aparelhos públicos. As polícias tem poucos veículos, poucas áreas e um efetivo menor ainda... tão inferior, que quando os polícias vão enfrentar bandidos, eles são surpreendidos por metralhadoras, rifles e até bazucas e granadas, ou seja... os policiais são feridos e alguns morrem, mas se um bandido fica ferido, a mídia faz um caso doido que até os coitados dos policiais são excluídos da força...

A solução
Os legisladores deveriam pensar mais no que eles pregam, ou seja, criar ou complementar leis para prover recursos e melhor equipamentos para a segurança, saúde e educação, que ficarem preocupados em criar leis sem sentido e uso... como a lei da Internet, da Lei Seca e a lei da TV Paga... cada coisa mais doida... que não trará ou trás benefícios para os brasileiros, talvez, somente para alguns pequenos grupos.

O que podemos fazer?
Os políticos que tanto fazem, são colocados lá por nós... pessoas comuns que quando vamos as urnas, votamos no mais sorridente ou que fez os melhores discursos. Hoje nos tempos da Internet, temos condições de pesquisar sobre a vida de cada um e com isso, ter uma visão melhor sobre o caráter, bem como as habilidades do futuro legislador ou administrador público.

Podemos também nos unir e nos tornar candidatos... e com isso fazer a diferença que tanto reclamamos e desejamos.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 76 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/a-lei-seca-no-brasil-490567.html

    Palavras-chave do artigo:

    lei seca

    ,

    legislacao

    ,

    bafometro

    Comentar sobre o artigo

    Tales Diego de Menezes

    Diferente dos outros artigos já escritos por mim, este possui condão tão somente de tecer breves comentários à inacabável polêmica que a Lei Seca deixa transparecer. Acredito que, como eu, os leitores devem estar cansados de clicar em artigos – ou colunas – que falem da Lei Seca, mas que, a fundo, ainda deixam dúvidas quanto às questões mais interessantes. Por exemplo: Recusando-me ao uso do bafômetro, automaticamente estarei infringindo a Lei, em seus liames administrativos? Ou então: Na blitz convencional, o agente de transito pode me obrigar a assinar auto de infração, se eu me recusar aos testes? E basta-o querer me impor à sanção administrativa, não sendo necessário qualquer outro tipo de abordagem?

    Por: Tales Diego de Menezesl Direito> Legislaçãol 31/07/2009 lAcessos: 796 lComentário: 1

    Reflexão sobre a constitucionalidade da lei seca brasileira, norteada pelo embate dos princípios constitucionais da não auto-incriminação e do direito à vida e à segurança.

    Por: Rui da Costa de Albuquerque Vieiral Direito> Legislaçãol 20/11/2008 lAcessos: 8,901
    HKS Sound

    Veja os cuidados que você deve ter com a nova lei seca. Entenda as penalidades que ela aplica sobre o motorista e como ela surgiu, além de compreender melhor como ela é fundamentada.

    Por: HKS Soundl Notícias & Sociedade> Cotidianol 21/02/2013 lAcessos: 57

    Nunca uma lei causou tanta polêmica no Brasil, como a lei seca. Até a pena de morte não provocou esse cisma tão indolente, que no pensamento da população, é mais uma maneira estrábica de vazar os bolsos combalidos dos habitantes do controverso país. Os malefícios das drogas lícitas e ilícitas deveriam ser ‘venturas ensinadas’ nas escolas, principalmente quando se sabe que um percentual muito grande da população, ingere tipos diferentes de bebidas alcoólicas e normalmente os filhos convivendo co

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Polítical 05/07/2008 lAcessos: 15,283 lComentário: 1

    No ano em que o número de flagrados pela lei seca na capital paulista deve dobrar, a legislação vai ficar mais rígida, com multa ampliada, e não vai adiantar recusar o bafômetro - até vídeos e testemunho policial serão aceitos como prova.

    Por: revistacobertural Press Releasel 13/12/2012 lAcessos: 15

    Atualmente, sob a justificativa de resolver problemas prementes de nossa sociedade, estão surgindo alguns diplomas legislativos elaborados sob a égide da emoção que, ao que tudo indica, querem derrubar conquistas jurídicas construídas duramente ao longo da história. Entre elas está a nova Lei 11.705 de 19 de junho de 2008, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), em vigor desde 20 de junho do mesmo ano.

    Por: Jorge André Irion Jobiml Direitol 31/05/2009 lAcessos: 1,703

    Com as novas disposições do Código de Trânsito Brasileiro acerca da utilização do bafômetro o assunto ganhou destaque na seara trabalhista. Qual a viabilidade da sua aplicação no local de trabalho? Quais os riscos envolvidos e sua utilidade? Com base nestes questionamos segue abaixo algumas considerações sobre o assunto.

    Por: HELIO CARLOS FERREIRA FILHOl Direitol 25/05/2009 lAcessos: 2,028

    Lei nº 11.705, de 19 junho de 2008 e da edição do Decreto n.º 6.488/08, do Poder Executivo instalou-se uma polêmica doutrinária acerca dos elementos de prova admitidos para a materialização da infração de embriaguez ao volante e concomitantemente quanto ao novo tipo normativo desse ilícito penal.

    Por: André Luís Luengol Direito> Doutrinal 15/01/2010 lAcessos: 764

    Considerações acerca do uso de bebida ao volante

    Por: Julio César Cardosol Turismo e Viageml 23/12/2010 lAcessos: 79

    O índice de percepção da corrupção (Corruption Perception Index) indica que o Brasil ocupa a 69ª posição, atrás de países como Ruanda, Namíbia e Cabo Verde. Nenhuma surpresa, portanto, a escalada de escândalos de corrupção. Mas um elemento relativamente novo – ao menos no Brasil – passou a permear os episódios.

    Por: Central Pressl Notícias & Sociedade> Cotidianol 16/12/2014
    Larissa Lourenço

    As tilápias chegam ao Ceará no ano de 1971, servindo como fonte de alimentação nos contingentes mais afetados pelas estiagens, suprindo a carência de proteína animal e reduzindo o risco da fome. O aumento no consumo de peixes tem crescido progressivamente por se tratar de um alimento que permite a variedade de cardápios, além de ser muito rico em proteínas, aumentando a qualidade da alimentação familiar. O consumo de tilápias foi bastante estimulado devido sua grande oferta nos açudes cearenses.

    Por: Larissa Lourençol Notícias & Sociedade> Cotidianol 08/12/2014
    JUNIOR OMNI

    ___________________________________________ O NATAL SE APROXIMA, MAS... . VOCÊ CONHECE JESUS? O QUE VOCÊ SABE SOBRE ELE? . . Talvez você responda que conhece Jesus, porque no Natal, muita gente enfeita suas casas com presépios, onde um "MENINO" se encontra deitado numa manjedoura, na estrebaria, junto com alguns animais. Mas, É SÓ ISSO QUE VOCÊ SABE ACERCA DELE? . . Preste ATENÇÃO, pois vou lhe explicar QUEM É JESUS CRISTO! .

    Por: JUNIOR OMNIl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/12/2014

    A tecnologia RFID está sendo empregada em pulseiras de identificação como forma de garantir a segurança dos usuários e gerar maior praticidade.

    Por: jukeboxl Notícias & Sociedade> Cotidianol 27/11/2014
    Ana

    Não sou apenas a favor da maioridade penal. Sou a favor de que, qualquer criança e adolescente – independente da idade – pague pelo crime cometido, principalmente aqueles que atentem contra a vida de outros. Porque o ECA e a galerinha dos Direitos Humanos só servem para proteger bandido. Que tomem eles a responsabilidade e deixem a sociedade viver em um lugar mais seguro e digno.

    Por: Anal Notícias & Sociedade> Cotidianol 26/11/2014

    É muito comum visualizar telas de proteção, instaladas em apartamentos geralmente onde vivem crianças e animais, uma maneira de evitar acidentes.Na hora de ver os prós e contras da tela, fica logo perceptível que um produto bem aceito pelos pais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Cotidianol 18/11/2014

    E no final das contas, tudo acaba girando em torno do mesmo motivo: a insegurança nas grandes cidades brasileiras, que só tem aumentado nos últimos anos. É por causa dela que uma boa parte da economia brasileira só faz crescer. E muitos de vocês ainda podem estar se perguntando: mas que parte da economia brasileira é essa que só tem feito crescer nos últimos anos?

    Por: 3xcelerl Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/11/2014
    Miriam de Sales

    Uma breve reflexão sobre a corrupção no mundo e,especialmente, no nosso país.A verdade é que todos os partidos têm um projeto de poder;talvez o PT que começou sob a bandeira da ética,tenha resvalado um pouco nos seus valores ,afim de construir um "reich de mil anos",ou seja construir um projeto de poder cujo objetivo fosse socializar a nação,fortalecendo a classe média e tirando milhares da linha de pobreza.Para isto precisava de recursos e tirava das grandes empresas....

    Por: Miriam de Salesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 10/11/2014

    Se eu disser que a sua voz tem poder, por favor, acredite. A sua voz tem o poder de mudar a sua atitude. Somente ela que te move... não digo a sua voz interior e sim a sua voz falada.

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 24/01/2009 lAcessos: 1,519 lComentário: 1

    Acho que você não tem a idéia de quanto complicado, demorado e principalmente quantas pessoas são necessárias para produzir aquele jornal que compramos por R$ 1,00, damos uma folheada e jogamos no lixo.

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Negócios> Gestãol 24/01/2009 lAcessos: 4,202 lComentário: 7

    Sempre que olhamos para as estrelas, sempre nos perguntamos... será que estamos sós? Vemos milhares de estrelas e sabemos que algumas são na realidade galáxias, que mesmo distantes bilhões de anos luz, elas estão lá... com suas bilhões de estrelas... então, a grande pergunta... será que tem alguém, em algum planeja olhada para cá agora? Fazendo a mesma pergunta?

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Tecnologia> Tecnologiasl 24/01/2009 lAcessos: 218

    O julgamento, condenação e a execução do ex-ditador do Iraque tem gerado muitas discussões, principalmente depois do vídeo não autorizado. As discussões, tem caminhado para conclusões e muitos problemas, principalmente o oriente médio.

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Notícias & Sociedade> Polítical 24/01/2009 lAcessos: 1,086

    Depois de assistir parte do filme a Ilha do Dr. Moreau, cheguei a conclusão que de fato, ainda não deixamos de ser animais... continuamos tendo atitudes animalescas apesar de toda a tecnologia e evolução cultural.

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 24/01/2009 lAcessos: 499

    Você conseguiria imaginar uma empresa multinacional, multilingue, multibilionária, conseguir imprimir algum tipo de atendimento individual?

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Negócios> Atendimento ao Clientel 24/01/2009 lAcessos: 473

    O mercado não tem dó... se você não vai lá, o concorrente vai e pronto... é a verdadeira lei da selva, ou você é caça ou caçador, o que você escolhe?

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Negócios> Gestãol 24/01/2009 lAcessos: 641

    Não existe mercado pequeno ao ponto impedir a coexistência de algum concorrente. Não existe mercado, sem a possibilidade de comparação. Na realidade, não existe mais o seu mercado e sim, um mercado único global, onde algum interessado pelos seus produtos, poderá entrar no Google, pesquisar e encontrar dezenas, senão, milhares de concorrentes seus, com preços, portifólios e vantagens muitas vezes superiores as suas.

    Por: Ruben Zevallos Jr.l Negócios> Gestãol 24/01/2009 lAcessos: 734

    Comments on this article

    0
    Jaime Mantelli 08/08/2011
    Caro Ruben Revallos Jr,
    Você perdeu uma grande oportunidade de mostrar que és especilista em alguma outra coisa. Em comportamento humano, segurança e políticas públicas, mostrastes que nada entendes. Procure ver pela ótica dos sensatos. Você não está conseguindo diferenciar o direito de cada um de nós beber o que quizer, na hora adequada, com as regras de segurança no trânsito, políticos e políticas públicas. Procure conhecer alguma estatística de mortes e feridos por motoristas que consumiram álcool e depois procure raciocinar sobre essa lógica. Você falou em educar? Pesquise sobre acidentes e verás que os mais graves são provocados por pessoas bem estudadas e ricas. Educar como? Educar quem? Entendo que a melhor educação começa por você não cultuar desvairados bebedores.
    Gosto da lei seca por que não me impede de beber. Somende mostra que é burrice dirigir sob os efeitos do álcool. Estar imune de charopões também é um grande benefício da lei.
    0
    RAIL 21/01/2010
    POIS É SENHORES, SOU UM SENHOR DE 63 ANOS DE IDADE E OS MÉDICOS DIZEM QUE, PARA PESSOAS NA MINHA IDADE, UM COPO DE VINHO É SAUDÁVEL (UM COPO, NÃO UM GARRAFÃO). AÍ EU PEGO MINHA ESPOSA, COLOCO ELA NA GARUPA DA MINHA MOTO, VOU A UM RESTAURANTE, JANTO BEM E PARA ACOMPANHAR NA JANTA, TOMAMOS UMA GARRAFA DE "LAMBRUSCO MÉDICI". TERMINO A JANTA, PEGO A MOTO E NO RETORNO PARA MINHA CASA, SOU PARADO NUM COMANDO DA POLÍCIA E, DEPOIS DE ASSOPRAR O TAL DE BAFÔMETRO, VOU PARAR NA CADEIA POR TER TOMADO, COM MINHA ESPOSA, UMA GARRAFA DE VINHO, OU SEJA APROXIMADAMENTE DOIS COPOS. NÃO É UM EXAGÊRO. ENQUANTO ISSO O MACONHEIRO, O COCAINEIRO, O CRAKEIRO E OUTROS EIROS, PASSAM PELO MESMO COMANDO E VÃO EMBORA, RINDO DE QUEM FOI PÊGO POR TOMAR DOIS COPOS DE VINHO. A LEI É IDIOTA, QUEM ELABOROU A LEI É IDIOTA E QUEM APROVOU A LEI TAMBÉM É IDIOTA. NA MINHA OPINIÃO O CIDADÃO QUE FOR SURPREENDIDO DIRIGINDO REALMENTE EM ALTO ESTADO DE EMBRIAGUÊS, DEVE SER PUNIDO COM MULTA ALTA E TER SUA CARTEIRA SUSPENSA POR UM BOM TEMPO. SE PROVOCAR ALGUM ACIDENTE APENAS CAUSANDO DANOS MATERIAIS, UMA PEQUENA CADEIA. SE PROCAR ACIDENTE COM VÍTIMA COM LESÕES CORPORAIS, UMA GRANDE CADEIA. SE CAUSAR UM ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL, CADEIA PARA O RESTO DA VIDA. GARANTO QUE O CIDADÃO IRIA PENSAR MUITO ANTES DE SAIR DIRIGINDO COM A CARA CHEIA DE CACHAÇA.
    1
    gabriella 19/12/2009
    Na minha opinião vocÊ deveria falar mais sobre o que é mesmo lei seca no Brasil e não o que vocÊ acha. Deve ser mostrada a realidade não seu pensamento.
    -1
    ingrid 02/12/2009
    multas e transito acidentes sao pereigoss agente,tenque tomar cuidadoss a republica pode fazer multas a todos eu tenho muito medo,de anda de carro ja fui multada no transito estava tudo sertinho mas me multaram ai fui de ônibus para casa tome cuidados as pistas perigosas eu nao gosto de anda de nada nao vo a pista perigosa tomem cuidados com pistas perigosastome muito cuidado deipos fala que eu nao aviseii lei seca
    1
    BLUES BOY 01/12/2009
    vc deve ser mó pé de canda como dizem os paulistas rs rs
    essa de que eu consigo dirigir mesmo depois de tomar umas e outras é pura sorte!
    a maior parte dos acidentes envolvendo veículos o motorista ingeriu álcool!
    se o motorista que estiver com o seu carro na estrada estiver alterado e morrer sozinho
    td bem, mas eles sempre envolvem famílias inocentes. e muitas vezes somente estas tem vítimas fatais!
    quer beber na balada? volta de taxi para casa
    0
    keylla ccf 28/11/2009
    seu artigo está sem fundamento,e a lei seca troxe beneficios sim,antes de escrever um artigo veja bem o qual é seu objetivo e sustente muito bem seus argumentos...e não ofenda as autoridades...tenho certeza que eles tem motivos suficientes para criar e por em vigor essas leis que você acha que são absurdas...
    0
    Ana 18/09/2009
    Sou a favor da Lei Seca,pois se a unica maneira de educar o brasileiro for atraves de leis, que seja...Ruben,vejo acidentes constantemente por falta de responsabilidade de motoristas e o pior que eles nao colocam só sua vida em risco,a nossa tambem...gostei do que vc escreveu,menos sobre a lei seca...acho que vc deveria repensar mas sobre o assunto. Abraços!
    -1
    isa 15/08/2009
    isto é uma porra palhaçada,lei seca é uma droga....
    4
    Beth 06/08/2009
    Educação? No Brasil? Se educação valesse não precisaríamos de nenhuma lei.Nem de estatutos de idoso, criança, indios etc.Quem não gosta de obedecer é que se sente incomodado com as leis.Vocês que bebem, farreiam, façam isso em suas casas e vá para cama dormir.Muitas vidas já se encontram na sepultura pelos atos perversos e inconsequentes dos "beberrões".Acoxe Lula!Acoxem legisladores! Lugar de bêbado é na cama.Não nas ruas tirando a vida de pessoas inocentes.Cadeia e multa alta neles.
    Recentemente a filha de uma grande amigo foi atingida por um beberrão e quase perdeu a vida.Sobreviveu, mas perdeu uma perna, e possivelmente ficará paraplégica, pois a coluna e a medula óssea foram esmagadas.Ficou em coma 10 dias.Fez várias cirurgias, teve parada cardíaca.O sofrimnento e os danos da jovem fisioterapeuta de apenas 25 anos.Tem dinheiro, indenização que pague toda essa desgraça?
    Seja você vítima da sua farra, das suas bebedices.Beba em casa e durma! Se acordar vivo (a) agradeça a Deus.
    Que venham mais leis, mais rigor para estes irresponsáveis e inconsequentes.
    0
    Kaliane 23/07/2009
    Na minha opinião você deveria pesquisar mais sobre o assunto pois todos os argumentos apresentados são totalmente sem nexo,não é esse "lixo" de informação que vai convencer alguém.
    0
    Ruben Zevallos Jr. 20/06/2009
    Guilherme e Pâmela, como comentei, a lei não muda a cultura do beber. A lei pune somente aqueles que forem pegos em Blitz e/ou algum policial de trânsito para e pede a verificação e/ou no caso de acidentes. A lei por sí só não protege ou força as pessoas pararem de beber... muitos deixam de beber, mas como podemos ver, mesmo assim, muitas pessoas saem pelas ruas embriagados, não somente com algum valor pouco acima do da lei.

    Acho que todos viram algumas reportagens na Globo, onde mostram pessoas que mesmo sabendo que podem ser presos, perder a carteira, ter o veículo apreendido etc... saem embriagados... e vão continuar até serem pegas ou sofrerem algum acidente.

    Só lembrando, antes dessa lei, o valor já era super baixo... acho que a maioria das pessoas acham que antes dela, nada existia... mas a quantidade era baixa e o suficiente para prender alguém que tivesse bebido 2 doses de whisky e/ou 3 a 4 cervejas.

    Acidentes acontecem, mas as pessoas estão pensando que o problema é somente devido a bebida, mas, muitos acidentes são causados por diversos motivos, que vão de imprudência até defeitos mecânicos.

    O que falta no Brasil é educação... precisamos acabar com a cultura de que só se diverte quem bebe... e se diverte mais, quem bebe mais... vejo muito isso no interior, onde sair para encher a cara é programa social.
    0
    pamela 18/06/2009
    AchOo ÓtimOO essa lei, poiis está cada vez mais aumentando o indice de morte
    no nosso país por causa de acidentes por causa do alcoolismo.

    vamos ver se assim diminui, ou até msm nãoO ter mais acidentes por causa do alcool.
    1
    Guilherme 17/06/2009
    As pessoas concordam com Ruben...
    APENAS UM EXEMPLO
    Quem tem filhos, se um dia você estiver passeando com seu filho, NA CALÇADA e um ''CIDADÃO'' alcolizado, atropelar, passar por cima dele, e você ali assistindo a tudo... a caro cidadão ou melhor PAI... VOCÊ VAI QUERER É MATAR ESSE CARA !!!
    Será que todos não teriam que ter a capacidade de saber a hora de parar de encher o CÚ de cana. PELO AMOR DE DEUS !!!
    É POR ISO QUE NÃO VAMOS PRA FRENTE NUNCA...
    -1
    Ruben Zevallos Jr. 26/04/2009
    Lendo hoje uma matéria no Correio Brasiliense, onde o jornal explica exatamente o que comentei, a lei por sí só não mudou os hábitos das pessoas e o que são campanhas educativas...
    -2
    Ruben Zevallos Jr. 23/04/2009
    Aos comentários,

    Realmente nunca perdi alguém próximo devido a bebida, mas digo que, já dirigi alcolizado... e já soube de amigos, que totalmente bêbados sem bater ou fazer besteiras... por anos... poderiam sofrer algo? Claro... não sofreram por sorte.

    Digo e afirmo, que no início dessa lei, encontrava Blitz em todos os cantos, em Brasília, em São Paulo e até em São Luís do Maranhão, coisa que antes não tinha visto...

    Hoje, ando por ai... sem qualquer tipo de preocupação... não bebo e não faço por que não gosto, mas não vejo mais Blitz... raramente se vê algo, as vezes nas saídas boates ou festas...

    Como comentei... a lei antes permitia níveis pouco mais elevados, mas o que está coagindo as pessoas é o fato de encontrar uma blitz por perto e por íncrivel que pareça, todas tem bafômetro.

    O números... baixaram? Claro... agora a polícia quer cobrar multa e está equipada para isso...

    Agora se isso resolveu? Talvez para pessoas que em alguma vez bebe algo mais... mas os bêbados de plantão que conheço, continuam dirigindo ai... completamente alcoolizadas, com um esquema de avisos, que sabem onde tem ou não tem Blitz... e se vão cometer algum acidente, somente Deus sabe... e não estão preocupados com a Lei.

    O que o Brasil precisa é de mais educação... leis punitivas só fazem a sociedade se revoltar, hoje o estado legisla a seu favor, só vejo leis que favorecem o estado ou aos políticos, mas poucas vem ao meu benefício...

    É gostoso ver discussão sobre temas, principalmente este...
    -2
    Raixender Lopes 22/04/2009
    ah muito e muitos anos de vida os habitantes da Vila Matilde da Conceição eram os macacos e hoje em dia só moram a sua vó,suas primas e tias. Bjo me liga 0800 1414 5000
    :*
    -1
    reisim 16/04/2009
    infelizmente devido a irresponsabilidade de alguns outros tabem levam a pior , esa lei foi bem criada sim , mas não vai ser isso que vai acabar com os acidentes de transito ,pois ainda existem motoristas que mesmo com a lei não estão dando a minima e continuma dirijindo apos beber , o que deve ser feito não e so o aumento da fiscalização , mas tabem um propgrama para eduacar desde cedo os futuros motoristas , pois nada melhor do que uma boa educação e um pouco de consiencia para saber que alccol e direção não combinam.
    -3
    Carol 11/04/2009
    soh discordoo uma coisa "em criar leis sem sentido e uso... como a da Lei Seca"...nao acho essa lei sem sentidoo...se as pessoas tivesse mais conciencia com certeza nao seria preciso
    -4
    bahia 11/03/2009
    acho que essa merda de lei so exite por que nosso país é´o país da impunidade o que as pessoas tem que saber é que nen todos que bebe é um criminoso.
    -2
    marcilio 24/01/2009
    Concordo com o Ruben,as lei não resolvem,só recebem o valor cobrado,o que realmente resolve é a educação. Quando se fala em educação,não é como se pensa e se ve na televisão,é começar desde os primeiros anos na escola,ensinando os motoristas do futuro não só a dirigir mas a respeitar as faixas de pedestres e as leis em geral.
    -1
    caroline cruz 14/12/2008
    Pra mim vc é um mauricinho que nao se preocupa com a sociedade, afinal acredito que o senhor nunca perdeu nenhum familiar em estradas ou rodovias devido à irresponsabilidade de pessoas alcoolizadas sem controle do carro.
    1
    Otavio Henrique 14/10/2008
    Lázaro, concordo com seu comentário, muito bem colocado. Realmente a lei já existia, apenas a tolerância foi reduzida, o que é absolutamente justificável, quando o assunto é a vida humanda.
    Leis não são a solução para nenhum problema da sociedade, mas ajudam na mudança de comportamento das pessoas.
    Não entendo por que tanta polêmica e resistência das pessoas.
    -3
    Joana 26/09/2008
    bom faz muito sentido
    -3
    Ruben Zevallos Jr. 12/09/2008
    Lázaro,

    O que fez as estatísticas baixarem, não foi a lei, porque ela já existia, mas com nívels pouco acima dos atuais... o que REALMENTE mudou, é que para cobrar multas, os governos injetaram dinheiro para a compra dos bafômetros, bem como a instalação de blitz só para isso... se tivessem feito o mesmo antes, isto é, grana para os bafômetros e as blitz, certamente não teriamos tantos acidentes.

    É um grande equivoco imaginar que somente leis resolvem os problemas no Brasil... as leis devem existir, mas como guia não como estão sendo criadas no Brasil.
    3
    Lázaro Amorim 08/09/2008
    Sei que é cômodo criticar, mas peço licença para pontuar algumas discordâncias, conforme os argumentos abaixo.

    A chamada Lei Seca nas estradas de forma alguma é sem sentido. Seu objetivo foi atacar uma das causas principais de acidentes automobilísticos. Ademais, campanhas educativas não têm mostrado o mesmo efeito.

    Não existe polícia rodoviária municipal, mas apenas federal e as estaduais.

    A Lei Seca cerceia não a liberdade individual, mas a irresponsabilidade de alguns que põem em risco a vida de muitos.

    Essa lei até demorou a aparecer. Infelizmente, o nosso povo não é consciente, e precisou vir uma lei que proíba uma conduta que deveria partir do cidadão.

    São muitas as vantagens da lei, e as estatísticas estão aí para comprovar: reduziu pela metade o número de acidentes e, entre os acidentes que foram observados, diminuiu-se a gravidade das lesões das pessoas envolvidas. Os acidentes provocados por embriaguez ao volante sempre foi uma chaga na história do nosso País, e chegavam a matar por ano mais gente do que em muitas guerras sangrentas (como no Iraque, por ex.).

    Outra conseqüência da adoção dessa lei, além da economia de vidas, foi a redução nos gastos do SUS, pois, com menos vítimas, sobra dinheiro para equipar mais hospitais e postos de saúde, além de sobrar esparadrapo e material cirúrgico.

    A cultura brasileira evoluiu bastante desde a fase dos engenhos, e uma lei que discipline comportamentos, estabelecendo limites e punições para quem desrespeite esses limites, nada mais é do que algo republicano. A lei seca se assemelha à lei penal: lá não está dito que é proibido matar, mas apenas diz que, se isso acontecer, o sujeito pode pegar uma pena então prevista.

    O que as pessoas normalmente esquecem é que, entre o interesse do indivíduo e o da sociedade, deve sempre prevalecer os interesses da coletividade. Pensar o contrário seria pregar a irresponsabilidade...

    A parte final do artigo dispensa comentários. Não há nexo com a proposta inicial, e não oferece um fecho inteligível.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast