A Revolta Dos Tenentes

Publicado em: 24/06/2008 |Comentário: 1 | Acessos: 3,373 |

A REVOLTA DOS TENENTES

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-

“A união faz a força, a revolta transtorna e seu potencial é sempre minado por conspirações, onde o algoz é o próprio integrante desta revolta.” (Antonio Paiva Rodrigues).

Era grande o número de pessoas insatisfeitas com o governo exercido pela oligarquia cafeeira no Brasil. Os mais diversos setores sociais, industriais, classe média urbana e as classes trabalhadoras estavam indignados e cada um tinha seus motivos de insatisfação contra os mandatários que na opinião deles, visava exclusivamente o atendimento aos seus próprios interesses. Pelos idos de 1921/ 1930 – O descontentamento aumentou substancialmente. O País foi tomado por revoltas armadas. Os percalços do término da segunda mundial em 1918 surgiram e o orbe passou a viver épocas de transformação e mudanças políticas, sociais e econômicas; surgiram novos países, outros deixaram de existir, algumas ideologias como o comunismo e o capitalismo começaram a dominar e se alastrar no mundo, alterando o modo de viver das pessoas.
A influência foi tamanha que houve interferência nas artes e na literatura, denotando que o mundo queria se libertar das algemas do passado e iniciar uma nova vida, uma nova era. As mudanças eram vistas “a olho nu”, porém, no Brasil predominava a República dos Fazendeiros com a mesma política, modelo ultrapassado conforme afirmações do pessoal esclarecido da época.
A marginalização do povo brasiliano continuava e a utilização de meios corruptos e desonestos era um elo fortíssimo para os poderosos se manterem no poder. As oligarquias cafeeiras, diferente do que acontecia no resto do mundo, eram intransigentes, não aceitavam qualquer tipo de mudança, temendo por em risco os seus interesses. Na década de vinte, um novo grupo se rebelou contra o governo dos fazendeiros. Dessa vez foram os oficiais do Exército, especialmente os de baixa patente, os cadetes, tenentes e capitães que lideraram as chamadas Revoltas Tenentistas. Na concepção “salvacionista”, de que a missão do Exército era salvar o País, esses oficiais não se conformaram como o tipo de governo que havia se instalado no Brasil. Sua revolta aumentava à medida em que a inflação crescia a passos largos. O privilégio que o governo deu às Forças Públicas estaduais, as Polícias Militares, em detrimento ao dele e, acima de tudo, a revolta por serem obrigados a pegar em armas e lutarem em defesa de um governo que condenavam.
Muita revolta, quando em 1922 aconteceram as eleições para escolha do Presidente da República, nos mesmos moldes corruptos da política “Café com leite” que elegia um mineiro, um paulista, um mineiro; assim, de antemão, a população já sabia quem seria o presidente. Dezoito oficiais, que serviam na Escola Militar e no Forte de Copacabana no Estado do Rio de Janeiro, revoltados contra tanta corrupção, resolveram se rebelar, tentando impedir pela força de suas armas que o presidente eleito, o paulista Artur Bernardes, tomasse posse e continuasse o domínio “café com leite”.
Conhecida como A Revolta dos Dezoito do Forte de Copacabana, era mais que um protesto a tudo que havia de corrupto na República dos Fazendeiros. Não tiveram sorte, foram esmagados e apenas dois conseguiram sobreviver. Em 1924 ocorreu uma nova revolta tenentista, só que no Estado de São Paulo. As forças leais ao governo conseguiram dominar a situação e os revoltosos fugiram para o Paraná e Rio Grande do Sul. No Paraná, os oficiais paulistanos se encontraram com um outro grupo rebelde que vinha dos pampas e formaram o movimento chamado Coluna Prestes, liderado pelo capitão Luís Carlos Prestes. Foram dois anos de peregrinação pelo interior do Brasil, tentando convencer a população a ficar contra a República Café com Leite. Neste episódio, os tenentes puderam observar que as injustiças, os sofrimentos e a miséria do povo eram muito maiores do que imaginavam. Assistiram de perto o domínio exercido pelos “Coronéis do Sertão” sobre os sertanejos, opressão que impediam de lutar contra o governo. Sem apoio, sem condições de lutar e vencer, a coluna Prestes foi desfeita.


Antonio Paiva Rodrigues- Militar-Membro da ACI, Alomerce e AOUVIRCE

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 19 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/a-revolta-dos-tenentes-460444.html

    Palavras-chave do artigo:

    revolta

    ,

    militarismo

    ,

    governo

    Comentar sobre o artigo

    Edjar Dias de Vasconcelos

    A introdução do Regime de governo fundamentado nos preceitos da República, sendo naturalmente que a mudança do Antigo Regime para o novo no Brasil não foi realizado pelo caminho da democracia, mas sim por forças militares sendo os dois primeiros Presidentes frutos desse Regime, o marechal Deodoro da Fonseca e o marechal Floriano Peixoto.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 22/08/2014 lAcessos: 12

    O MARKETING DE UM TIME DE FUTEBOL TEM SUAS ORIGENS NA ÉPOCA QUE PASSOU DE UMA MANEIRA MAIS MARCANTE

    Por: MARATl Esporte> Futeboll 04/09/2009 lAcessos: 237

    O índice de percepção da corrupção (Corruption Perception Index) indica que o Brasil ocupa a 69ª posição, atrás de países como Ruanda, Namíbia e Cabo Verde. Nenhuma surpresa, portanto, a escalada de escândalos de corrupção. Mas um elemento relativamente novo – ao menos no Brasil – passou a permear os episódios.

    Por: Central Pressl Notícias & Sociedade> Cotidianol 16/12/2014
    Larissa Lourenço

    As tilápias chegam ao Ceará no ano de 1971, servindo como fonte de alimentação nos contingentes mais afetados pelas estiagens, suprindo a carência de proteína animal e reduzindo o risco da fome. O aumento no consumo de peixes tem crescido progressivamente por se tratar de um alimento que permite a variedade de cardápios, além de ser muito rico em proteínas, aumentando a qualidade da alimentação familiar. O consumo de tilápias foi bastante estimulado devido sua grande oferta nos açudes cearenses.

    Por: Larissa Lourençol Notícias & Sociedade> Cotidianol 08/12/2014
    JUNIOR OMNI

    ___________________________________________ O NATAL SE APROXIMA, MAS... . VOCÊ CONHECE JESUS? O QUE VOCÊ SABE SOBRE ELE? . . Talvez você responda que conhece Jesus, porque no Natal, muita gente enfeita suas casas com presépios, onde um "MENINO" se encontra deitado numa manjedoura, na estrebaria, junto com alguns animais. Mas, É SÓ ISSO QUE VOCÊ SABE ACERCA DELE? . . Preste ATENÇÃO, pois vou lhe explicar QUEM É JESUS CRISTO! .

    Por: JUNIOR OMNIl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/12/2014

    A tecnologia RFID está sendo empregada em pulseiras de identificação como forma de garantir a segurança dos usuários e gerar maior praticidade.

    Por: jukeboxl Notícias & Sociedade> Cotidianol 27/11/2014
    Ana

    Não sou apenas a favor da maioridade penal. Sou a favor de que, qualquer criança e adolescente – independente da idade – pague pelo crime cometido, principalmente aqueles que atentem contra a vida de outros. Porque o ECA e a galerinha dos Direitos Humanos só servem para proteger bandido. Que tomem eles a responsabilidade e deixem a sociedade viver em um lugar mais seguro e digno.

    Por: Anal Notícias & Sociedade> Cotidianol 26/11/2014

    É muito comum visualizar telas de proteção, instaladas em apartamentos geralmente onde vivem crianças e animais, uma maneira de evitar acidentes.Na hora de ver os prós e contras da tela, fica logo perceptível que um produto bem aceito pelos pais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Cotidianol 18/11/2014

    E no final das contas, tudo acaba girando em torno do mesmo motivo: a insegurança nas grandes cidades brasileiras, que só tem aumentado nos últimos anos. É por causa dela que uma boa parte da economia brasileira só faz crescer. E muitos de vocês ainda podem estar se perguntando: mas que parte da economia brasileira é essa que só tem feito crescer nos últimos anos?

    Por: 3xcelerl Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/11/2014
    Miriam de Sales

    Uma breve reflexão sobre a corrupção no mundo e,especialmente, no nosso país.A verdade é que todos os partidos têm um projeto de poder;talvez o PT que começou sob a bandeira da ética,tenha resvalado um pouco nos seus valores ,afim de construir um "reich de mil anos",ou seja construir um projeto de poder cujo objetivo fosse socializar a nação,fortalecendo a classe média e tirando milhares da linha de pobreza.Para isto precisava de recursos e tirava das grandes empresas....

    Por: Miriam de Salesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 10/11/2014

    Nas horas boas da vida, nos bons momentos de felicidades, devemos aproveitar o máximo que possamos, seja no agrado do teu carinho, ou nas lições que aprendemos ao conversar e dialogar. A minha mente está sempre alerta e em profusão, com gastos excessivos de energias que refletem as ideias, que saem do meu coração. Dos meus anos de venturas assimilei ideias geniais, pois da comunhão com a poesia vivem os seres imortais. Já entrei no rol das orgias, imantei melancolias, agora vivo ao compasso dos

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 19/12/2014

    A semente pequenina, frágil tem por dentro, uma força gigantesca. Na terra, rompe a si mesma, expande raízes, vence impedimentos, mostra-se à luz e surge árvore resistente e produtiva. Existe uma semente que surge aparentemente pequena, começa a crescer as raízes e a se espalhar por bolsos, contas bancárias viajam até paraísos fiscais, dão trabalho a Polícia e a Justiça e no final das ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 18/12/2014

    A honestidade é o verdadeiro caminho para independência. O respeito por nós mesmos começa ao compreendermos os sonhos dos ouros, enquanto mantemos o foco direcionado para nossa vida. Quando aprendemos a respeitar os outros passamos a nos respeitar também. O grande escrito Jennifer O' Dell nos ensina que o respeito é primordial para a nossa vida, e também devemos compreender as aspirações de nossos irmãos

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/12/2014

    Um governo que tem a sigla e que supostamente defende os trabalhadores, não lida conforma á razão e nem defende a harmonia de qualquer coisa com o fim a que se destina; não lida com a coerência e nem com a congruidade. A propriedade de dois inteiros cuja diferença é divisível por um terceiro. Propriedade de dois ângulos cuja diferença é de 300 graus. Refere-se a razão; congruente e razoável, acertado e justo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 16/12/2014

    Quer queiram quer não a corrupção é uma droga, um tóxico que traz inúmeros prejuízos para uma nação. A politicagem pode ser considerada um câncer metasteseado, e que se, não for duramente combatido se transformará num mal sem cura, que poderá dizimar os mais miseráveis, os mais sofridos, os mais necessitados, pois são eles os mais prejudicados pela politicagem, daqueles que não saber fazer política. Sempre fazemos alusões à importância da política para qualquer nação, pois é a ciência dos ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Ficçãol 15/12/2014

    Como tem gente pretensiosa sugando o sangue dos brasileiros, e em consequência a riqueza monetária de nosso País. Somos explorados em tudo. No pagamento de impostos, nas contas de energia, água e esgoto, telefone, IPTU, IPVA, multas de transito, taxa de iluminação pública, ICMS, IPI, e muitos outros. É um verdadeiro suga - suga, enquanto larápios travestidos de políticos açambarcam os nossos esforços e levam tudo de roldão. No país dos impostos, se perguntássemos ao cidadão comum...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 12/12/2014

    A presidente Dilma que tanto criticou o programa de seu opositor nas eleições de 2014, Aécio Neves do PSDB, agora quer implantar em seu segundo governo, algumas propostas defendidas em campanha eleitor pelo Senador tucano. Em seu programa eleitoral, Dilma Rousseff mostrou famílias passando fome e atribuía aquele cenário à possibilidade de entregar aos banqueiros um grande poder de decisão sobre a vida das famílias brasileiras. Ao iniciar a montagem do seu novo ministério, especialmente,...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 11/12/2014

    A renovação para o homem é uma medida salutar e de muita importância para a sua evolução. Tanto materialmente como espiritualmente. O homem não deve se assoberbar de ações daninhas, principalmente quando a ética e sua honorabilidade estão em jogo. A ética, o comportamento e os bons princípios levam ao homem a titularização de cidadão. Sinonimizar cidadão não é muito difícil, pois se trata do indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 10/12/2014

    Comments on this article

    0
    ALCINEIA ROCHA 17/05/2010
    EU gostei muito desse sit
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast