Ética Começa Em Casa

Publicado em: 04/06/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 3,146 |

Em algum momento da História da nossa cultura ocidental, mudamos o rumo da nossa educação ética, familiar e social, que era essencialmente dada em casa, no seio da família, delegando-a às escolas, à educação escolar. Com isso, os nossos parâmetros, os nossos referenciais, foram também mudando, e de tal forma, que hoje tornamo-nos reféns dos acontecimentos, das opiniões, dos modismos e da própria sociedade, na educação dos nossos filhos. E ainda com isso, assumimos declarada e expressamente os conceitos do relativismo de valores, isentando-nos da responsabilidade de distinguir o bem do mal, o certo do errado, o falso do verdadeiro, o justo do injusto. Com as modernas concepções, os conceitos éticos fundamentais perderam o sentido e a força que possuíam, constituindo meras referências do passado.

O tempo passou - a História registra mais de dois séculos - sobre essa mudança, e hoje, cidadãos da moderna civilização ocidental, industrial, científica e tecnologicamente adiantada, encontramo-nos num impasse: ou buscamos novos valores éticos, alicerçados em princípios éticos fundamentais da vida humana e construímos uma nova Ética, que possa ser ensinada em casa, na família, primeiro, ou perdê-nos-emos nos conflitos e embates morais, nas angústias e ansiedades de uma sociedade materialista, na depressão de uma existência sem o fim último, no desespero de uma existência vazia.

Precisamos de uma nova Ética, que, resguardando o que sempre foi e será verdade, que são os valores espirituais que existem independentemente de nós, possa ser ensinada em casa, na família, às crianças desde a mais tenra idade, constituindo princípios que nortearão as suas vidas em todas as situações e caminhos, dando-lhes as bases para uma existência digna, produtiva, feliz, com segurança, firmeza, paz.

Essa nova Ética pode mudar o sentido da educação escolar, que deixará de ser apenas uma preparação para o exercício de uma profissão integrada ao mercado, para ser um caminho de desenvolvimento da personalidade integral do aluno, tornando-o apto ao desempenho de uma atividade profissional, mas com ética, com humanismo, colocando-a também em toda a sua vida.

Na busca dessa nova Ética, que se fundamenta no valor do Ser Humano, como pessoa, com direitos e deveres, sendo essencialmente bom, mas necessitando ser educado, reeducado, e direcionado para o Bem, precisamos assumir a responsabilidade dessa tarefa na família, não delegando às escolas o trabalho que nos cabe realizar.

É importante que possamos fazer a revisão de nossos conceitos atuais, e buscar tudo o que de bom e verdadeiro a Filosofia, a Ciência, as Artes, a História, a Sociologia, a Psicologia, etc, e mesmo as Religiões sérias, e os Pensamentos dos Grandes Mestres nos ensinaram e legaram, para que, sem fugir das responsabilidades, fiquemos mais atentos a tudo o que nos acontece com a nossa família, nossos filhos, cônjuges, irmãos, avós, etc, para, no que nos for possível, indicar a solução ética que se faz necessária.

Ética, só pode fazer o bem e ser verdade. Não se consegue imaginá-la causando dano, ou sofrimento ou impondo idéias e situações contrárias à dignidade do Ser Humano.

Conhecemos muitos princípios éticos, mas, não raras vezes, abstêmo-nos de expô-los por temer a opinião e a reação de outras pessoas, e até mesmo de uma criança. E aí, receosos, deixamos de educar. E, não educando, cometemos um grave erro. Pois nenhuma escola poderá suprir o vazio de uma educação sem os princípios éticos da base familiar. Devemos, pelo contrário, fornecer à escola de nossos filhos, os princípios éticos que nutrem e dirigem a nossa vida, para que, com o exemplo e a colaboração, possamos também participar do desenvolvimento da consciência do bem não só dos nossos filhos, mas de todos os outros alunos. E, em assim fazendo, estaremos ainda participando e colaborando na construção de uma sociedade com mais justiça e paz.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/etica-comeca-em-casa-954242.html

    Palavras-chave do artigo:

    etica

    ,

    familia

    ,

    lideranca

    Comentar sobre o artigo

    Falar de ética e dizer que o respeito é o mais importante em uma sociedade analisado de forma macro onde seus direitos e deveres são em algum ponto ameaçados. A Ética nas profissões propõe uma melhor convivência em grupo sendo respeitados os princípios alheios e considerados seus valores pessoais que são intrinsecamente ligados a sua moral, ser ético em vendas é fazer com que as necessidades alheias sejam supridas e que sua opinião não traga transtorno ou inconveniência ao cliente.

    Por: Alexandro G. de Oliveiral Negócios> Atendimento ao Clientel 24/08/2010 lAcessos: 5,203
    Ari Lopes

    Empresas sem ética, ou que praticam uma ética apenas de fachada fazem qualquer coisa para atingirem seus objetivos, sendo o lucro a qualquer custo o principal deles. Um segundo grupo é formado pelos funcionários e eles quanto menos ética tiverem, mais precisarão de códigos de conduta, auditorias frequentes e monitoração permanente.

    Por: Ari Lopesl Negócios> Gestãol 04/08/2011 lAcessos: 182
    Múcio Morais

    A Juventude tanto quanto a maturidade não podem ser vistas de maneira extrema como virtudes ou defeitos utilizadas de forma extremada como critério, inclusive de liderança. Ser jovem ou maduro, de certa forma, não qualifica ou desqualifica alguém para uma determinada função, salvo se as habilidades e competências necessárias forem radicalmente caracterizadas numa ou noutra condição.

    Por: Múcio Moraisl Carreira> Recursos Humanosl 30/08/2009 lAcessos: 957
    Edson De Paula

    Artigo que originou a palestra sobre futebol e liderança "Torcendo por você" de Edson De Paula

    Por: Edson De Paulal Esporte> Futeboll 17/12/2009 lAcessos: 361
    Julianna Antunes

    O conflito de valores pessoas x valores corporativos e o quanto isso influencia no relacionamento com os clientes e da sustentabilidade de uma empresa

    Por: Julianna Antunesl Negócios> Administraçãol 15/09/2009 lAcessos: 821

    A pontualidade britânica não se fez presente ontem no QCG (Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Ceará) onde se realiza o Ciclo Preparatório de política e Estratégia da ADESG. Alegando problemas particulares o palestrante deu início a sua palestra às 19.30 h. Alguns assuntos foram tratados durante a exposição de Hélio Leitão, tais como: modelamento da justiça, o exercício pleno do cidadão e a ousadia dos advogados.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Polítical 21/11/2008 lAcessos: 834
    Tom Coelho

    Veja um ensaio abordando 15 importantes competências para o sucesso profissional e pessoal.

    Por: Tom Coelhol Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/12/2012 lAcessos: 116
    Rildo G. Lopes

    Os meus maiores problemas começavam quando eu tinha que externar estes conceitos para fora de minha área de comando, porque eu entendia que vender não era uma tarefa somente da área comercial, mas de toda a empresa e então esbarrava sempre em alguém que resistia estes conceitos.

    Por: Rildo G. Lopesl Negócios> Administraçãol 21/02/2010 lAcessos: 299

    O sindicalismo em Anicuns, passou por diversas fases, inicialmente, era voltado para atendimento aos trabalhadores rurais que necessitavam de auxilio para montagem de processos de aposentadoria, depois o atendimento aos trabalhadores assalariados de grandes propriedades rurais, já nos anos 90 e seguintes a atenção das lideranças voltaram para atendimento de assalariados da área canavieira. Quanto as lideranças, muitas diversidades de pensamento fizeram que o Sindicato não conseguisse um avanço continuo, a dificuldade da maioria das lideranças da assimilar o avanço do capitalismo, e também os avanços e retrocessos no espaço agrário regional fizeram a entidade enfrentar idas e vindas convivendo com momentos de conquistas e também de derrotas, o nosso alerta é para que essa entidade continue representando os trabalhadores, mesmo sabendo que nem sempre se consegue ser vencedores.

    Por: RIBEIRO, J. Carlos.l Notícias & Sociedade> Polítical 24/11/2008 lAcessos: 1,542 lComentário: 1
    Angélica Silva

    Para a maioria das pessoas, "ser produtivo" significa terminar um projeto da faculdade, entregar o relatório para o chefe, ir à academia ou fazer uma faxina geral na casa. Na verdade, uma grande parte de ser "produtivo" é dizer aos outros o quão produtivo você é.

    Por: Angélica Silval Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/01/2015

    Entenda todo o processo de autorização do concurso público do INSS. Essa autorização tem sido objeto de muita polêmica, por isso resolvemos esclarecer tudo sobre ela.

    Por: Guilhermel Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/01/2015

    Em 1915 uma seca devastadora castigou sem piedade o brasileiro inclusive o povo nordestino, os mais velhos contam que naquele ano foi uma época de muito sofrimento

    Por: Erandirl Notícias & Sociedade> Cotidianol 06/01/2015

    "É necessário que eu diminua e o Cristo cresça." (João Batista - João, 3:30). Eis algumas respostas à indagação proposta: Antídoto de muitos males, formadora de novos hábitos, indicadora eficaz do encontro consigo mesmo. Ressarcimento perante a consciência, fornalha renovadora das densas energias de culpa

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Mais que em outros tempos, o orbe tem desenganado e tornado mais difícil à vida hominal. Numa sociedade egoísta, desumana e competitiva por excelência, massificante e indiferente, tornamo-nos quase sempre embrutecidos, pessimistas e passamos a achar natural o egoísmo, o egocentrismo e o "cada um para si" e Deus para todos, como se a responsabilidade, a altivez e a ética não fossem atribuições de cada um. O homem tem seus atributos, suas ações benéficas ou maléficas, independente ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Por um caminho estreito sem proteção e com muitos pedregulhos, ansiávamos por uma diretriz, por uma matriz, por um azimute que nos posicionássemos mais tranquilos, e fora de perigo. Estávamos sem lenço e sem documento num lugar esquisito, tenebroso, assombroso que nos fazia arrepiar quando algo começava a piar. Folhas secas ao sabor do vento se misturavam a folhagem do local, os pirilampos com sua luz genial davam um tom especial ao local.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 04/01/2015

    Somos botões viçosos de espinheiros fortuitos não nascemos com destino gratuito, precisamos regar adubar e melhorar, nosso jardim, nosso coração, enfim de rosas, papoulas e jasmins. Precisamos nos livrar do egoísmo e conter a intolerância, pois somos normais, além de hominais somos normais, mas a nossa imperfeição pode nos levar a caminhos tortuosos em verdadeiros desalinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015

    Podemos dizer que o amor é o combustível das almas. Estamos sempre em busca do alimento espiritual condizivel com a nossa formação, origem, geração e constituição. Na medida em que o tempo passa, apesar dos apetrechos legais colocados a disposição do hominal, ele não tem crescido o esperado em termos de comportamento. Se ainda não sabemos ou não aprendemos a amar é porque não nos desenvolvemos o bastante para alcançarmos o objetivo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015

    Podemos ser felizes todos os dias. Para isto, devemos descobrir o nosso verdadeiro EU, e, como verdadeiros cristãos, nos ligarmos a Jesus Cristo todos os dias, não somente no Natal.

    Por: Mariangela Campos Machadol Notícias & Sociedade> Cotidianol 16/12/2011 lAcessos: 62

    O perigo da infantilização e a menoridade de adultos

    Por: Mariangela Campos Machadol Notícias & Sociedade> Polítical 25/02/2011 lAcessos: 639

    Comments on this article

    0
    aline 12/04/2011
    quero uma casa de 3 quartos
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast