O Que É Modernidade ?

Publicado em: 02/09/2008 |Comentário: 0 | Acessos: 8,498 |

O termo moderno é bastante difícil para uma única concepção ou entendimento, já que o moderno para uma época pode não ser necessariamente para a outra, mas em todos os aspectos do texto de Lefreve o que mais me chamou a atenção por causa de sua atualidade e pertinência é o conceito de baudelaire que vê o moderno como " O Efêmero, O Fugaz".

Sem dúvida é um conceito muito aplicável a nossa época, onde tudo passa rápido, na rapidez da comunicação, da produção industrial em massa, da globalização e do capitalismo que se auto-consome, verificamos que quase tudo já é produzido com a chamada obsolescência programada, tudo praticamente vira mercadoria e é justamente neste processo que nos é ensinado através da ideologia predominantemente capitalista que tudo que é antigo não serve mais, somente o novo, "o moderno" resolverá nossos problemas, e assim podemos observar várias pessoas buscando possuir a última moda, o último modelo de celular, a última "informação" propagando um consumismo mórbido, e uma competição quase inconsciente, de que é preciso estar sempre a frente dos outros, em uma aquisição febril do "moderno", e é neste processo que lamentavelmente temos vivido não só uma crise do ser e do ter mas uma crise muito mais profunda, que na nova era da imagem é a crise do parecer ser, onde tudo pode ser vendido até a imagem, gerando uma verdadeira reificação do ser humano, que transforma si mesmo em produto vendido a que pagar melhor.

Se faz necessário uma profunda reflexão para entendermos o valor do novo, sem perdermos a visão daquilo que pode ser aproveitado do antigo, só assim neste equilíbrio poderemos sonhar com um novo homem que legitima suas atitudes por suas próprias opiniões, que entende o seu valor enquanto ser em construção e finalmente livre, submetido apenas aos ditames de sua própria consciência reencontrará a si mesmo, como ser que vive como diz Antonio Candido "Em Uma Contemporaneidade de Milênios" e como tal não pode esquecer que é um ser histórico, que se constrói através do processo dialético da ação-refleção-ação na sua inter-relação com a realidade, vivenciado o novo mas sem desprezar o antigo.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 7 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/o-que-e-modernidade-545647.html

    Palavras-chave do artigo:

    tempo

    ,

    efemeridade

    ,

    consciencia

    Comentar sobre o artigo

    Jaconias Dias Rodrigues

    Artigo que aborda a linguagem e a temática da poesia ceciliana. Busca descortinar o místico, abstrato, a musicalidade e transcendência,características marcantes na obra da poetisa.

    Por: Jaconias Dias Rodriguesl Literatura> Poesial 24/08/2014 lAcessos: 46
    Escritorcampos

    Este livro é mais um entre tantos, que tem a missão de informar ao leitor, sobre ver­dades relativas do coti­diano, emanando-lhe bem-estar de consciência.

    Por: Escritorcamposl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 06/05/2010 lAcessos: 308
    Escritorcampos

    NAVEGAR "Navegar é preciso" Não se vive à toa, Como diria "Fernando." "O Boa Pessoa". "Navegar é preciso". Matar o ego é incisivo. - Esperar até quando? Não fique indeciso! O espelho é pobre, Não seja Narciso. A vida é um jogo – jogue. Mas, seja Pessoa, Pois, "navegar é preciso".

    Por: Escritorcamposl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/05/2010 lAcessos: 503

    CDC art. 2º - Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.

    Por: Arnaldo Xavier Jr.l Direito> Doutrinal 26/04/2009 lAcessos: 1,961
    Patricia Cassia Pereira Porto

    Nos dias de hoje, em que tudo nos parece "consumível" e "descartável", incluindo as relações entre as pessoas, significativo torna-se o papel de uma linguagem a favor da narrativa e de um rememorar que ao buscar diferenciadas feições para a construção do conhecimento torna-se também auto-conhecimento. Neste retorno ao que fomos, mesmo sem a exata dimensão do que "temos sido", novas interações comunicativas são criadas, (re)aproximando-nos, religando-nos em novas relações e conexões.

    Por: Patricia Cassia Pereira Portol Educação> Línguasl 23/02/2011 lAcessos: 960
    Escritorcampos

    Pela repercussão que teve o: "O sucesso a cada segundo", achamos de bom alvitre escrever sua seqüência, pela qual, desejamos-lhe agradáveis momentos de refle­xão! Agradecemos à sua honrosa leitura, desejando-lhe todo o sucesso que você esteja anelando... Sucesso!

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 05/05/2010 lAcessos: 487
    Escritorcampos

    Quando os grilhões se quebram e, as portas das prisões se abrem. Todos nós fomos, ou somos prisioneiros do medo que imaginamos Deixe de ser seu próprio escravo, liberte-se dos pensamentos que lhe aprisionam. Deixe de ser seu algoz! Venha para a auto libertação! A Paz interior é a sua grande libertadora. Junte-se a Ela!

    Por: Escritorcamposl Literatura> Crônicasl 06/05/2010 lAcessos: 344
    Escritorcampos

    Ao pretenso profissional de sucesso... em poemas, rimas e poesias, e sem a fobia do dia-a-dia, juntos deixaremos de cismas, aplicando práticas e teorias, e tudo que esteja anexo. Começaremos pelo sorriso, sem causar espanto nem riso. São capítulos de pleno nexo. Desejamos vê-lo nas alturas. Com largo sorriso de sucesso! Dedicamos a você essa escritura. Não fique nessa abertura, pois, terá sucesso com fartura.

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 04/03/2010 lAcessos: 192
    Challis

    A Literatura é o espelho social de uma época, pois nos mostra a face do artista e também o cenário no qual produziu sua obra, ou seja, a sociedade em que viveu. O estudo da Literatura auxilia-nos a compreender melhor a natureza de nossas ações e sentimentos. As obras de escritores e poetas nos ajudam a entender como nós, seres humanos, temos nos comportado ao longo dos séculos e, a partir do exemplo e da experiência alheios, refletir sobre nosso próprio comportamento.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 261
    Angélica Silva

    Para a maioria das pessoas, "ser produtivo" significa terminar um projeto da faculdade, entregar o relatório para o chefe, ir à academia ou fazer uma faxina geral na casa. Na verdade, uma grande parte de ser "produtivo" é dizer aos outros o quão produtivo você é.

    Por: Angélica Silval Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/01/2015

    Entenda todo o processo de autorização do concurso público do INSS. Essa autorização tem sido objeto de muita polêmica, por isso resolvemos esclarecer tudo sobre ela.

    Por: Guilhermel Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/01/2015

    Em 1915 uma seca devastadora castigou sem piedade o brasileiro inclusive o povo nordestino, os mais velhos contam que naquele ano foi uma época de muito sofrimento

    Por: Erandirl Notícias & Sociedade> Cotidianol 06/01/2015

    "É necessário que eu diminua e o Cristo cresça." (João Batista - João, 3:30). Eis algumas respostas à indagação proposta: Antídoto de muitos males, formadora de novos hábitos, indicadora eficaz do encontro consigo mesmo. Ressarcimento perante a consciência, fornalha renovadora das densas energias de culpa

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Mais que em outros tempos, o orbe tem desenganado e tornado mais difícil à vida hominal. Numa sociedade egoísta, desumana e competitiva por excelência, massificante e indiferente, tornamo-nos quase sempre embrutecidos, pessimistas e passamos a achar natural o egoísmo, o egocentrismo e o "cada um para si" e Deus para todos, como se a responsabilidade, a altivez e a ética não fossem atribuições de cada um. O homem tem seus atributos, suas ações benéficas ou maléficas, independente ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Por um caminho estreito sem proteção e com muitos pedregulhos, ansiávamos por uma diretriz, por uma matriz, por um azimute que nos posicionássemos mais tranquilos, e fora de perigo. Estávamos sem lenço e sem documento num lugar esquisito, tenebroso, assombroso que nos fazia arrepiar quando algo começava a piar. Folhas secas ao sabor do vento se misturavam a folhagem do local, os pirilampos com sua luz genial davam um tom especial ao local.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 04/01/2015

    Somos botões viçosos de espinheiros fortuitos não nascemos com destino gratuito, precisamos regar adubar e melhorar, nosso jardim, nosso coração, enfim de rosas, papoulas e jasmins. Precisamos nos livrar do egoísmo e conter a intolerância, pois somos normais, além de hominais somos normais, mas a nossa imperfeição pode nos levar a caminhos tortuosos em verdadeiros desalinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015

    Podemos dizer que o amor é o combustível das almas. Estamos sempre em busca do alimento espiritual condizivel com a nossa formação, origem, geração e constituição. Na medida em que o tempo passa, apesar dos apetrechos legais colocados a disposição do hominal, ele não tem crescido o esperado em termos de comportamento. Se ainda não sabemos ou não aprendemos a amar é porque não nos desenvolvemos o bastante para alcançarmos o objetivo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast