Por que os idosos são tão desrespeitados?

Publicado em: 26/03/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 303 |

Os idosos em nosso país não são tratados como deveriam ser. Com muita facilidade se encontram exemplos de discriminação, desrespeito e falta de educação com as pessoas mais velhas, notadamente com aquelas que possuem idades mais avançadas. Os conhecimentos, a experiência e a inteligência são ignorados e a diminuição do vigor físico é realçada no meio da sociedade e até mesmo nos meios familiares. O que deve ser feito para que os idosos sejam respeitados no seu cotidiano? É necessária mais fiscalização e punição aos desrespeitos aos direitos dos idosos? Os familiares devem ser punidos por não cuidar bem de seus idosos?

Evidentemente que quando os anos vão chegando, a partir de uma certa idade, a força física, a saúde e a postura vão diminuindo. Isso faz com que a pessoa passe a ter menos condições de realizar atividades ou ações cotidianas com a mesma desenvoltura de antes. Ocorre também que na maioria das pessoas com idade mais avançada aparecem doenças que as deixam ainda mais debilitadas. Aí é que os cuidados e a atenção devem ser maiores. Nesse momento, a família, o Estado e a sociedade devem amparar com todo o carinho possível.

Infelizmente, não é isso que é verificado na prática. Exemplos de desrespeitos aos idosos são inumeráveis. Mau atendimento nos postos de saúde e hospitais, desrespeitos por parte de motoristas de ônibus, desrespeitos nas filas dos estabelecimentos bancários e de outros tipos de serviços, estacionamento em vagas para idosos e uma infinidade de outros exemplos de falta de respeito àqueles que tanto fizeram por nós e por nosso país com o seu trabalho. Este último tipo de falta de respeito ao idoso ocorre em todos os lugares e em todos os tipos de estabelecimentos. É só ficar próximo á vagas destinadas a idosos. Quase sempre se observa as vagas ocupadas, mas quase nunca por idosos. A fiscalização é rara e ineficiente. Na cidade de São Paulo, no período de um ano foram aplicadas 24.300 multas por estacionar em vagas destinadas a idosos.

Em 2003 foi aprovado o Instituto do Idoso, por meio da Lei 10741/2003 que institucionalizou e determinou as obrigações e os deveres da sociedade, dos poderes público e privado e da família para com as pessoas idosas. Entre muitas outras coisas, o Instituto do Idoso estabelece que as pessoas com mais de 60 anos tem direito á saúde, ao bem estar, ao lazer e a serem tratadas com toda dignidade e respeito possível sejam em órgãos públicos ou privados ou na própria família. Essa mesma lei estabelece também que o idoso deve ser atendido com a mais absoluta prioridade, independente de onde seja. Será que esses e os outros preceitos dessa lei são respeitados? Todos nós sabemos que não.

A fiscalização ao cumprimento do Instituto do Idoso é absolutamente prioritária. Não se pode admitir que as pessoas em sua idade mais avançada tenham seus direitos roubados. Pessoas que não respeitam os idosos podem ser consideradas como marginais, como bandidas, e devem ser punidas como tais. As famílias, o Estado, as empresas e a sociedade devem tratar as pessoas idosas com o máximo respeito, prioridade e gratidão por tudo que fizeram quando tinham o seu vigor na plenitude. Uma pessoa séria não xinga, maltrata ou rouba um direito de uma pessoa idosa. Vamos amar, respeitar e ajudar as pessoas idosas.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/por-que-os-idosos-sao-tao-desrespeitados-4480401.html

    Palavras-chave do artigo:

    vida

    ,

    amor

    ,

    respeito

    Comentar sobre o artigo

    Welinton dos Santos

    Na tapeçaria dos sonhos, no lar dos valentes, concentramos em fatos do passado ou no futuro imaginário e esquecemos de viver o momento mais importante da vida que é o AGORA.

    Por: Welinton dos Santosl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 03/09/2009 lAcessos: 124
    Gislaine Becker

    ...Não adianta buscar existências em outras terras ou tentar imaginar que podemos habitar outros planetas. Nossa existência aqui é única e atualmente (ou sempre) estamos de passagem e nunca nos veremos outras vezes, fisicamente falando...

    Por: Gislaine Beckerl Educação> Ensino Superiorl 31/08/2010 lAcessos: 105
    Francisco Ferreira

    Estabeleça a partir de hoje uma conexão produtiva em alinhamento com a Energia Universal. Para isso, você precisa carregar suas baterias com a energia do entusiasmo. Adicione paixão à sua vida, por tudo o que você é e pelo que faz. Isso cria vibrações altamente poderosas que fazem com que a sua consciência entre em sintonia com a Energia Cósmica Criadora.

    Por: Francisco Ferreiral Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 25/01/2011 lAcessos: 411
    patricia fraguas

    Reflexões sobre a VIDA A ilusão, a alegria, o fascínio, o calor, a dor, o medo, a tristeza, o amor, o rancor, as mágoas...Tudo se entrelaça num emaranhado que costumamos chamar de VIDA. A vida em si é feita de todos esses sentimentos e muito mais. Somos a soma do tudo e do nada. Nascemos, vivemos e morremos...Ou simplesmente passamos ? O que é a vida para cada um ??? Muitos pensadores, poetas, escritores, filósofos já se fizeram essa pergunta inúmeras vezes e cada um descobriu suas verdades a respeito desse mistério que costumamos chamar de VIDA. Mas, e nós simples mortais será que já nos fizemos essa pergunta ? E ser a fizemos, quais foras as repostas obtidas ? Você já se perguntou o que é a sua VIDA ?

    Por: patricia fraguasl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 29/10/2009 lAcessos: 291

    Em muitas pesquisas realizadas, a maioria dos seus participantes revela que a intimidade com outros seres humanos é, isoladamente, o aspecto mais gratificante da vida. E qual é o prognóstico do mecanismo de casamento que a despeito dos seus inúmeros modelos, percursos e de, por vezes, estar desacreditado, freqüentemente esteve relacionado ao amor, ao menos para a sociedade ocidental? Será que o amor e os estados a ele relacionados, como a paixão, por exemplo, sempre foram tão valorizados?

    Por: Thiago de Almeidal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 10/06/2008 lAcessos: 28,974 lComentário: 1

    Este artigo aborda pontos concernentes ao crime passional, no que tange aos componentes que permeiam a seara delituosa e permitem categorizá-lo no intento de analisar o contexto punitivo em decorrência da evolução sóciocultural.

    Por: Danielly Ferlinl Direito> Doutrinal 20/07/2010 lAcessos: 2,964 lComentário: 1
    José VIRGÍLIO Dias de Sousa

    O texto fala da luta imaginária para encontar a pessoa ideal, a busca do amor, a vontade de expor a verdade dos sentimentos e o medo da exposição desses sentimentos. Os caminhos para se encontrar um amor sério, verdaeiro, o medo e as consequências de não falarmos abertamente aquilo que setimos.

    Por: José VIRGÍLIO Dias de Sousal Literatura> Ficçãol 30/01/2010 lAcessos: 391

    amar alguém, em primeira análise, significa reconhecer uma pessoa como fonte real ou potencial para a própria felicidade. Contudo, ao que parece, cada pessoa sabe exatamente como está sentindo seu amor, ou lamentando a falta dele, se regozijando ou sofrendo com ele, explicando que tipo de amor é o seu, reclamando reciprocidade, exigindo cumplicidade ou ocultando o amor proibido. Será mesmo?

    Por: Thiago de Almeidal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 10/06/2008 lAcessos: 4,786 lComentário: 2
    ADILSON MOTTA

    A escola exerce a função de educar e "lapidar" cada aluno, preparando-os para o convívio social. "Educar é ser um artesão da personalidade, um poeta da inteligência...". Preocupada em preparar não apenas, bons alunos críticos capazes de fazerem uso de todo conhecimento cientifico, e sim verdadeiros cidadãos ativos a serem agentes transformadores de modo a tornar a sociedade mais humanizada. Assim a escola "Benedicto Monteiro" cumpre seu papel social e adota em seu currículo escolar o "ensino de

    Por: ADILSON MOTTAl Relacionamentosl 28/03/2012 lAcessos: 2,934
    Welinton dos Santos

    A ignorância é a nossa maior batalha. Buscar a fonte do AMOR, da alegria e das conquistas pessoais é como publicar o livro de sua própria vida.

    Por: Welinton dos Santosl Psicologia&Auto-Ajudal 18/02/2010 lAcessos: 190
    Angélica Silva

    Para a maioria das pessoas, "ser produtivo" significa terminar um projeto da faculdade, entregar o relatório para o chefe, ir à academia ou fazer uma faxina geral na casa. Na verdade, uma grande parte de ser "produtivo" é dizer aos outros o quão produtivo você é.

    Por: Angélica Silval Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/01/2015

    Entenda todo o processo de autorização do concurso público do INSS. Essa autorização tem sido objeto de muita polêmica, por isso resolvemos esclarecer tudo sobre ela.

    Por: Guilhermel Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/01/2015

    Em 1915 uma seca devastadora castigou sem piedade o brasileiro inclusive o povo nordestino, os mais velhos contam que naquele ano foi uma época de muito sofrimento

    Por: Erandirl Notícias & Sociedade> Cotidianol 06/01/2015

    "É necessário que eu diminua e o Cristo cresça." (João Batista - João, 3:30). Eis algumas respostas à indagação proposta: Antídoto de muitos males, formadora de novos hábitos, indicadora eficaz do encontro consigo mesmo. Ressarcimento perante a consciência, fornalha renovadora das densas energias de culpa

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Mais que em outros tempos, o orbe tem desenganado e tornado mais difícil à vida hominal. Numa sociedade egoísta, desumana e competitiva por excelência, massificante e indiferente, tornamo-nos quase sempre embrutecidos, pessimistas e passamos a achar natural o egoísmo, o egocentrismo e o "cada um para si" e Deus para todos, como se a responsabilidade, a altivez e a ética não fossem atribuições de cada um. O homem tem seus atributos, suas ações benéficas ou maléficas, independente ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Por um caminho estreito sem proteção e com muitos pedregulhos, ansiávamos por uma diretriz, por uma matriz, por um azimute que nos posicionássemos mais tranquilos, e fora de perigo. Estávamos sem lenço e sem documento num lugar esquisito, tenebroso, assombroso que nos fazia arrepiar quando algo começava a piar. Folhas secas ao sabor do vento se misturavam a folhagem do local, os pirilampos com sua luz genial davam um tom especial ao local.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 04/01/2015

    Somos botões viçosos de espinheiros fortuitos não nascemos com destino gratuito, precisamos regar adubar e melhorar, nosso jardim, nosso coração, enfim de rosas, papoulas e jasmins. Precisamos nos livrar do egoísmo e conter a intolerância, pois somos normais, além de hominais somos normais, mas a nossa imperfeição pode nos levar a caminhos tortuosos em verdadeiros desalinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015

    Podemos dizer que o amor é o combustível das almas. Estamos sempre em busca do alimento espiritual condizivel com a nossa formação, origem, geração e constituição. Na medida em que o tempo passa, apesar dos apetrechos legais colocados a disposição do hominal, ele não tem crescido o esperado em termos de comportamento. Se ainda não sabemos ou não aprendemos a amar é porque não nos desenvolvemos o bastante para alcançarmos o objetivo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/01/2015
    Francisco Castro

    A vida das pessoas pode ser caracterizada por meio de vários aspectos, cada um exercendo a sua função de proporcionar para cada pessoa um viver mais feliz, mais alegre, mais saudável, mais digno e o menos vulnerável possível.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 28/01/2012 lAcessos: 74
    Francisco Castro

    A moradia constitui-se como a principal condição para que uma pessoa possa desfrutar de bem estar, de tranqüilidade, paz e privacidade.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 27/12/2011 lAcessos: 102
    Francisco Castro

    A economia, as pessoas e a própria vida das pessoas estão repletas de números. Tudo se mede por meio de números. Assim, se a pessoa é mais pobre ou mais rica e descrita por meio do valor da renda ou da riqueza que se mede com números.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 17/12/2011 lAcessos: 91
    Francisco Castro

    Os investimentos públicos, os incentivos fiscais, as facilitações e a desburocratização devem ser focados no ser humano. É necessário que todas essas ações tenham como objetivos primordiais facilitar as pessoas poderem viver melhor. Os resultados de medidas como o PIB, entre muitos outros, devem espelhar a vida das pessoas.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 14/12/2011 lAcessos: 40
    Francisco Castro

    Será que está perto do prefeito ou dos secretários compensa os custos administrativos e políticos de um município? Será que não seria mais eficiente ter menos municípios e os recursos deixados de ser gastos com a estrutura do poder municipal ser investidos nos atendimentos às necessidades da população?

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Polítical 09/12/2011 lAcessos: 62
    Francisco Castro

    Desde há muito tempo que o povo brasileiro, principalmente os mais pobres e mais carentes, sofre por falta de atendimento nas suas demandas mais elementares, tais como alimentação, educação, saneamento e muito outros. O sofrimento dessas pessoas é indescritível, só não é maior porque elas são acostumadas a sofrerem privações dos mais diferentes tipos e humilhações que passam a fazer parte do cotidiano.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 03/12/2011 lAcessos: 53
    Francisco Castro

    O Brasil tem remuneração do trabalho em termos do PIB igual, superior ou inferior ao praticado pelos principais países do mundo? No Brasil, a participação da remuneração do trabalho em relação ao PIB tem aumentado ou diminuído ao longo do tempo?

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 27/11/2011 lAcessos: 81
    Francisco Castro

    O ano de 2009 foi cruel para a grande maioria dos países, o Brasil não ficou imune, mas muitas nações padeceram muito mais do que o povo brasileiro. Isso, evidentemente, não foi virtude somente de um governo, mas de solidez institucional da nossa economia com a utilização de mecanismos adequados que fizeram o Brasil muito mais forte, do ponto de vista econômico, do que vários países considerados ricos, os chamados do primeiro mundo ou desenvolvidos.

    Por: Francisco Castrol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 24/11/2011 lAcessos: 61
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast