Resenha Crítica do Filme "O Corte"

Publicado em: 05/06/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 2,647 |

 

GRAVAS, Costa. O Corte. Bélgica/ França/ Espanha, Pandora Filmes, 2005. Duração: 122 min.

O filme mostra a vida de um engenheiro chamado Bruno Darvert uma pessoa bem sucedida que vive muito bem com sua família e tem um ótimo emprego numa fábrica de papel, ate que essa instabilidade é comprometida quando ele é surpreendido com sua demissão após 15 anos de muita dedicação. Este filme de Costa Gravas é excelente pois nos traz reflexões bastante lúcida a respeito do modelo econômico atual, pois esse filme nada mais é que uma crítica ao sistema capitalista. Na conjuntura atual em que estamos vivendo a atitude que o personagem Bruno Darvert estabeleceu neste filme é comum nesta sociedade burguesa, pois o desemprego é uma porta estabelecida por milhares de pessoas de atitudes imprevisíveis, por que se partirmos da análise de como funciona a dinâmica de classes nesta sociedade capitalista é preciso vender a força de trabalho para suprir as necessidades básicas fisiológicas, o capital precisa de força de trabalho para manter esse sistema que gera em torno do lucro e nos precisamos trabalhar para sobreviver. Sendo assim, o desemprego afeta a auto-estima de um indivíduo e causa um efeito desagregador na família. Nesse modelo de produção capitalista o desemprego é algo de aplicação indispensável nas relações sociais, sendo isso uma estratégia do capital para manter a ordem social vigente, quanto maior é o desenvolvimento das forças produtivas mais miséria se reproduz. E com isso podemos evidenciar o esquecimento por parte daquele que é tido como o mantenedor da sociedade que visa o bem comum de todos que, na sua verdadeira essência sua atual função é manter a ordem vigente. Pura demagogia. O que se tem é um Estado retraído que atende somente a classe dominante que justamente para dar respostas a essa classe isola e exclui tudo o que lhe faz mal. E essa retração do Estado deve-se a idéia neoliberal que impõe que ele seja mínimo e o mercado é quem controle as relações sociais e as relações de produção. Fica perceptível nesse filme que por mais que as pessoas sejam qualificadas, cultas e competentes não há mercado de trabalho para todos e é isso que explica a competição atual, o sistema capitalista é tão contraditório que quanto mais ele se desenvolve pior se torna a vida da classe trabalhadora, ou seja, aumenta a intensificação do trabalho. O que aconteceu com o Bruno Darvert nada mais é que uma estratégia do capital, no qual o exército industrial de reserva, que significa uma enorme fila de desempregados esperando por uma oportunidade de trabalho, faça com que o trabalho seja cada vez mais árduo e intensificado, precarizando as condições de trabalho, ressaltando que isso só se faz possível pela alienação que a classe trabalhadora vive, no qual este sistema capitalista impõe que as pessoas sejam egoístas e individualistas. Portanto o filme "O Corte" nos faz refletir essa triste realidade que infelizmente faz parte do nosso cotidiano, pessoas que perdem seus empregos e se submetem a situações desumanas para poder sobreviver, e que não recebem a mínima assistência do Estado e que muitas vezes nos tornamos cegos por não querer enxergar essa dura realidade, que a cada vez mais se agrava, sendo pela falta de emprego que estas pessoas passam fome e são tratadas como bicho sem nenhum respeito por elas. No qual nossa sociedade que visa apenas o lucro, o poder e o status, não se preocupa com a dignidade humana. O problema dessas pessoas não esta marcada pela falta de competência e qualificação como passam a mídia, e sim pelo um sistema burguês corrupto que usa como estratégia a falta de políticas públicas efetivas que possa assegurar ao cidadão uma vida digna. E o trazendo o exemplo da vida de Bruno Darvert para nosso cotidiano, é que as pessoas não indagam à ordem vigente por que não sabem a sua verdadeira essência, pois são alienadas, por isso dar-se a necessidade de nossa categoria se firmar com os movimentos sociais e esclarecer seus direitos para que a classe trabalhadora se fortaleça e passe a indagar e lutar por uma sociedade justa e igualitária, para que assim esse processo de luta se consolide e se estabeleça a buscada transformação da ordem vigente, ou seja, a emancipação humana que em minha concepção é algo possível.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 9 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/resenha-critica-do-filme-o-corte-2553579.html

    Palavras-chave do artigo:

    sistema capitalista

    ,

    o filme o corte

    ,

    servico social

    Comentar sobre o artigo

    Wellington Antonio Doninelli Pereira

    Uma narrativa sem capítulos ou parágrafos, o resultado das frequencias cerebrais das pessoas biochipadas estarem sobrepostas por frequencias de inteligênica artificial, um fenômeno novo, desconhecido dos modernistas, que experimentaram todas as formas de discurso, exceto o DIRETO DISCURSO LIVRE, porque naquela época as pessoas não tinham o cérebro hackeado por micro-ondas.

    Por: Wellington Antonio Doninelli Pereiral Literatural 19/04/2009 lAcessos: 649 lComentário: 3

    O presente trabalho teve como objetivo analisar a natureza educativa do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) do município de Massapê no tocante as suas contribuições para o acesso à cidadania de seus participantes. O percurso metodológico deste trabalho utilizou a abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Os resultados obtidos apontaram a existência de proposta educativa planejada e executada de forma bem diversificada.

    Por: Carlos Justinol Educação> Ensino Superiorl 02/05/2011 lAcessos: 5,541 lComentário: 2

    Muitos empresários estão percebendo que melhorar a qualidade de vida de seus funcionários e de suas famílias torna a empresa mais saudável, competitiva e produtiva. Essa é a principal função da QVT (Qualidade de Vida Total), baseada em dois aspectos importantes: o bem-estar do trabalhador e a eficácia organizacional . Um programa adequado de QVT busca uma organização mais humanizada e proporciona condições de desenvolvimento pessoal.

    Por: Marcelo P. Basilel Saúde e Bem Estar> Medicinal 05/08/2014 lAcessos: 37

    A realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil prometia muito mais do que um espetáculo dentro de campo, com a presença dos maiores jogadores do mundo. A expectativa para a realização do segundo Mundial no país também estava concentrada em um grande impulso para a economia e geração de capital com o aumento do turismo em todas as regiões, o desenvolvimento do próprio esporte, além da realização de diversas obras para melhoria da infraestrutura, pelo menos, nas doze cidades-sedes.

    Por: Adriano Bezerral Notícias & Sociedade> Cotidianol 19/02/2015

    Com certeza, você ouviu falar dele. A participação do motoboy e ator, Douglas, de 29 anos, no Big Brother Brasil (BBB) durou apenas duas semanas, mas deu muito que falar. Ao sai do BBB, o motoboy afirmou que seu maior problema foi ter sido "verdadeiro demais"...

    Por: Adriano Bezerral Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/02/2015

    Os tempos modernos andam turbulentos. A epidemia do desemprego ataca todos os países, inclusive os ricos, sobretudo na Europa. Os avanços da ciência nos deram mais vida: o brasileiro atualmente vive em média 71 anos, contra apenas 33 anos em 1900.

    Por: Central Pressl Notícias & Sociedade> Cotidianol 10/02/2015
    Angélica Silva

    Para a maioria das pessoas, "ser produtivo" significa terminar um projeto da faculdade, entregar o relatório para o chefe, ir à academia ou fazer uma faxina geral na casa. Na verdade, uma grande parte de ser "produtivo" é dizer aos outros o quão produtivo você é.

    Por: Angélica Silval Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/01/2015

    Entenda todo o processo de autorização do concurso público do INSS. Essa autorização tem sido objeto de muita polêmica, por isso resolvemos esclarecer tudo sobre ela.

    Por: Guilhermel Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/01/2015 lAcessos: 19

    Em 1915 uma seca devastadora castigou sem piedade o brasileiro inclusive o povo nordestino, os mais velhos contam que naquele ano foi uma época de muito sofrimento

    Por: Erandirl Notícias & Sociedade> Cotidianol 06/01/2015 lAcessos: 19

    "É necessário que eu diminua e o Cristo cresça." (João Batista - João, 3:30). Eis algumas respostas à indagação proposta: Antídoto de muitos males, formadora de novos hábitos, indicadora eficaz do encontro consigo mesmo. Ressarcimento perante a consciência, fornalha renovadora das densas energias de culpa

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015

    Mais que em outros tempos, o orbe tem desenganado e tornado mais difícil à vida hominal. Numa sociedade egoísta, desumana e competitiva por excelência, massificante e indiferente, tornamo-nos quase sempre embrutecidos, pessimistas e passamos a achar natural o egoísmo, o egocentrismo e o "cada um para si" e Deus para todos, como se a responsabilidade, a altivez e a ética não fossem atribuições de cada um. O homem tem seus atributos, suas ações benéficas ou maléficas, independente ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/01/2015
    Letícia dos Anjos

    Antes de culpabilizar o indivíduo, devemos conhecer primeiramente o meio em que ele vive, e principalmente a dinâmica da sociedade vigente, para não reproduzir-mos análises superficiais, que acabam corriqueiramente "criminalizando a pobreza".

    Por: Letícia dos Anjosl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 21/02/2012 lAcessos: 112
    Letícia dos Anjos

    Esta resenha tem como objetivo analisar criticamente o filme Estamira e suas implicações na conjuntura atual em que concerne a sociedade burguesa.

    Por: Letícia dos Anjosl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 08/06/2010 lAcessos: 9,015 lComentário: 3
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast