Resenha Crítica do Filme "O Corte"

Publicado em: 05/06/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 2,631 |

 

GRAVAS, Costa. O Corte. Bélgica/ França/ Espanha, Pandora Filmes, 2005. Duração: 122 min.

O filme mostra a vida de um engenheiro chamado Bruno Darvert uma pessoa bem sucedida que vive muito bem com sua família e tem um ótimo emprego numa fábrica de papel, ate que essa instabilidade é comprometida quando ele é surpreendido com sua demissão após 15 anos de muita dedicação. Este filme de Costa Gravas é excelente pois nos traz reflexões bastante lúcida a respeito do modelo econômico atual, pois esse filme nada mais é que uma crítica ao sistema capitalista. Na conjuntura atual em que estamos vivendo a atitude que o personagem Bruno Darvert estabeleceu neste filme é comum nesta sociedade burguesa, pois o desemprego é uma porta estabelecida por milhares de pessoas de atitudes imprevisíveis, por que se partirmos da análise de como funciona a dinâmica de classes nesta sociedade capitalista é preciso vender a força de trabalho para suprir as necessidades básicas fisiológicas, o capital precisa de força de trabalho para manter esse sistema que gera em torno do lucro e nos precisamos trabalhar para sobreviver. Sendo assim, o desemprego afeta a auto-estima de um indivíduo e causa um efeito desagregador na família. Nesse modelo de produção capitalista o desemprego é algo de aplicação indispensável nas relações sociais, sendo isso uma estratégia do capital para manter a ordem social vigente, quanto maior é o desenvolvimento das forças produtivas mais miséria se reproduz. E com isso podemos evidenciar o esquecimento por parte daquele que é tido como o mantenedor da sociedade que visa o bem comum de todos que, na sua verdadeira essência sua atual função é manter a ordem vigente. Pura demagogia. O que se tem é um Estado retraído que atende somente a classe dominante que justamente para dar respostas a essa classe isola e exclui tudo o que lhe faz mal. E essa retração do Estado deve-se a idéia neoliberal que impõe que ele seja mínimo e o mercado é quem controle as relações sociais e as relações de produção. Fica perceptível nesse filme que por mais que as pessoas sejam qualificadas, cultas e competentes não há mercado de trabalho para todos e é isso que explica a competição atual, o sistema capitalista é tão contraditório que quanto mais ele se desenvolve pior se torna a vida da classe trabalhadora, ou seja, aumenta a intensificação do trabalho. O que aconteceu com o Bruno Darvert nada mais é que uma estratégia do capital, no qual o exército industrial de reserva, que significa uma enorme fila de desempregados esperando por uma oportunidade de trabalho, faça com que o trabalho seja cada vez mais árduo e intensificado, precarizando as condições de trabalho, ressaltando que isso só se faz possível pela alienação que a classe trabalhadora vive, no qual este sistema capitalista impõe que as pessoas sejam egoístas e individualistas. Portanto o filme "O Corte" nos faz refletir essa triste realidade que infelizmente faz parte do nosso cotidiano, pessoas que perdem seus empregos e se submetem a situações desumanas para poder sobreviver, e que não recebem a mínima assistência do Estado e que muitas vezes nos tornamos cegos por não querer enxergar essa dura realidade, que a cada vez mais se agrava, sendo pela falta de emprego que estas pessoas passam fome e são tratadas como bicho sem nenhum respeito por elas. No qual nossa sociedade que visa apenas o lucro, o poder e o status, não se preocupa com a dignidade humana. O problema dessas pessoas não esta marcada pela falta de competência e qualificação como passam a mídia, e sim pelo um sistema burguês corrupto que usa como estratégia a falta de políticas públicas efetivas que possa assegurar ao cidadão uma vida digna. E o trazendo o exemplo da vida de Bruno Darvert para nosso cotidiano, é que as pessoas não indagam à ordem vigente por que não sabem a sua verdadeira essência, pois são alienadas, por isso dar-se a necessidade de nossa categoria se firmar com os movimentos sociais e esclarecer seus direitos para que a classe trabalhadora se fortaleça e passe a indagar e lutar por uma sociedade justa e igualitária, para que assim esse processo de luta se consolide e se estabeleça a buscada transformação da ordem vigente, ou seja, a emancipação humana que em minha concepção é algo possível.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 9 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cotidiano-artigos/resenha-critica-do-filme-o-corte-2553579.html

    Palavras-chave do artigo:

    sistema capitalista

    ,

    o filme o corte

    ,

    servico social

    Comentar sobre o artigo

    Wellington Antonio Doninelli Pereira

    Uma narrativa sem capítulos ou parágrafos, o resultado das frequencias cerebrais das pessoas biochipadas estarem sobrepostas por frequencias de inteligênica artificial, um fenômeno novo, desconhecido dos modernistas, que experimentaram todas as formas de discurso, exceto o DIRETO DISCURSO LIVRE, porque naquela época as pessoas não tinham o cérebro hackeado por micro-ondas.

    Por: Wellington Antonio Doninelli Pereiral Literatural 19/04/2009 lAcessos: 645 lComentário: 3

    O presente trabalho teve como objetivo analisar a natureza educativa do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) do município de Massapê no tocante as suas contribuições para o acesso à cidadania de seus participantes. O percurso metodológico deste trabalho utilizou a abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Os resultados obtidos apontaram a existência de proposta educativa planejada e executada de forma bem diversificada.

    Por: Carlos Justinol Educação> Ensino Superiorl 02/05/2011 lAcessos: 5,493 lComentário: 2

    Muitos empresários estão percebendo que melhorar a qualidade de vida de seus funcionários e de suas famílias torna a empresa mais saudável, competitiva e produtiva. Essa é a principal função da QVT (Qualidade de Vida Total), baseada em dois aspectos importantes: o bem-estar do trabalhador e a eficácia organizacional . Um programa adequado de QVT busca uma organização mais humanizada e proporciona condições de desenvolvimento pessoal.

    Por: Marcelo P. Basilel Saúde e Bem Estar> Medicinal 05/08/2014 lAcessos: 30

    O índice de percepção da corrupção (Corruption Perception Index) indica que o Brasil ocupa a 69ª posição, atrás de países como Ruanda, Namíbia e Cabo Verde. Nenhuma surpresa, portanto, a escalada de escândalos de corrupção. Mas um elemento relativamente novo – ao menos no Brasil – passou a permear os episódios.

    Por: Central Pressl Notícias & Sociedade> Cotidianol 16/12/2014
    Larissa Lourenço

    As tilápias chegam ao Ceará no ano de 1971, servindo como fonte de alimentação nos contingentes mais afetados pelas estiagens, suprindo a carência de proteína animal e reduzindo o risco da fome. O aumento no consumo de peixes tem crescido progressivamente por se tratar de um alimento que permite a variedade de cardápios, além de ser muito rico em proteínas, aumentando a qualidade da alimentação familiar. O consumo de tilápias foi bastante estimulado devido sua grande oferta nos açudes cearenses.

    Por: Larissa Lourençol Notícias & Sociedade> Cotidianol 08/12/2014
    JUNIOR OMNI

    ___________________________________________ O NATAL SE APROXIMA, MAS... . VOCÊ CONHECE JESUS? O QUE VOCÊ SABE SOBRE ELE? . . Talvez você responda que conhece Jesus, porque no Natal, muita gente enfeita suas casas com presépios, onde um "MENINO" se encontra deitado numa manjedoura, na estrebaria, junto com alguns animais. Mas, É SÓ ISSO QUE VOCÊ SABE ACERCA DELE? . . Preste ATENÇÃO, pois vou lhe explicar QUEM É JESUS CRISTO! .

    Por: JUNIOR OMNIl Notícias & Sociedade> Cotidianol 05/12/2014

    A tecnologia RFID está sendo empregada em pulseiras de identificação como forma de garantir a segurança dos usuários e gerar maior praticidade.

    Por: jukeboxl Notícias & Sociedade> Cotidianol 27/11/2014
    Ana

    Não sou apenas a favor da maioridade penal. Sou a favor de que, qualquer criança e adolescente – independente da idade – pague pelo crime cometido, principalmente aqueles que atentem contra a vida de outros. Porque o ECA e a galerinha dos Direitos Humanos só servem para proteger bandido. Que tomem eles a responsabilidade e deixem a sociedade viver em um lugar mais seguro e digno.

    Por: Anal Notícias & Sociedade> Cotidianol 26/11/2014

    É muito comum visualizar telas de proteção, instaladas em apartamentos geralmente onde vivem crianças e animais, uma maneira de evitar acidentes.Na hora de ver os prós e contras da tela, fica logo perceptível que um produto bem aceito pelos pais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Cotidianol 18/11/2014

    E no final das contas, tudo acaba girando em torno do mesmo motivo: a insegurança nas grandes cidades brasileiras, que só tem aumentado nos últimos anos. É por causa dela que uma boa parte da economia brasileira só faz crescer. E muitos de vocês ainda podem estar se perguntando: mas que parte da economia brasileira é essa que só tem feito crescer nos últimos anos?

    Por: 3xcelerl Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/11/2014
    Miriam de Sales

    Uma breve reflexão sobre a corrupção no mundo e,especialmente, no nosso país.A verdade é que todos os partidos têm um projeto de poder;talvez o PT que começou sob a bandeira da ética,tenha resvalado um pouco nos seus valores ,afim de construir um "reich de mil anos",ou seja construir um projeto de poder cujo objetivo fosse socializar a nação,fortalecendo a classe média e tirando milhares da linha de pobreza.Para isto precisava de recursos e tirava das grandes empresas....

    Por: Miriam de Salesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 10/11/2014
    Letícia dos Anjos

    Antes de culpabilizar o indivíduo, devemos conhecer primeiramente o meio em que ele vive, e principalmente a dinâmica da sociedade vigente, para não reproduzir-mos análises superficiais, que acabam corriqueiramente "criminalizando a pobreza".

    Por: Letícia dos Anjosl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 21/02/2012 lAcessos: 107
    Letícia dos Anjos

    Esta resenha tem como objetivo analisar criticamente o filme Estamira e suas implicações na conjuntura atual em que concerne a sociedade burguesa.

    Por: Letícia dos Anjosl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 08/06/2010 lAcessos: 8,958 lComentário: 3
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast