Crianças E Idosos

Publicado em: 19/06/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 1,563 |

CRIANÇAS E IDOSOS

Da adolescência a maturidade está os novos desafios que se colocam como interpeladores nas fases de mudança de vida. Muitos estudiosos em psicopedagogia afirmam que estes dois seres são os principais alvos de maus-tratos. Você concordaria com tal posicionamento? Sim ou não?  Falta de profissionais qualificados amplia registro de agressões contra segmentos ou instituições que cuidam e zelam por estas frágeis criaturas. Quem seria mais discriminado em nosso país? O idoso ou a criança? É uma indagação que não quer calar! Ambos têm Códigos de Defesa. O da Infância e do Adolescente e o Código de proteção ao Idoso. Serão citados códigos suficientes para tornar as duas classes felizes? Achamos que não, visto que as diretrizes e os azimutes voltados para o bem dos dois tipos de hominais ainda é tímido e muito pouco ou pouco demais.

Criança na expressão escorreita da palavra é uma derivação latina de creantia, criantia, ser humano de pouca idade, menino ou menina. Há quem chame o ser pequenino de párvula outra palavra de derivação latina parvulu que significa 'pequenino', por via erudita, tolo, pessoa ingênua e infantil. As crianças de peito são aquelas que ainda mamam nos seios de sua mãe. Já o idoso é a pessoa que tem bastante idade, velho, depauperado, mas com o passar do tempo esta nomenclatura se transformou em “melhor idade” ou terceira idade. Vocês concordam que a terceira idade seja a melhor idade do ser humano? Achamos que não.  “A expectativa de vida dos brasileiros está crescendo, entretanto, o País não se preparou para cuidar desse segmento, segundo Jacilda Urquisa. Ela foi à pessoa que apresentou indicação à Mesa Diretora da Alepe, sugestão à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, a criação de um programa gratuito e permanente para capacitar babás e cuidadores de idosos. “Temos em torno de 13 milhões de idosos e as projeções apontam para mais de 30 milhões de pessoas com 60 anos de idade ou mais, em 2025”, destacou. Os profissionais desta área terão empregos garantidos em razão desta estatística da qual não poderemos escapar. É realidade pura.

Alguns dias atrás nós fomos surpreendidos por uma matéria televisiva onde crianças e adolescentes estavam vivendo a custa da prostituição em determinado Estado brasileiro. A matéria teve uma conotação geênica em virtude de uma mãe que adotou um sistema gravíssimo para arrecadar dinheiro, vender suas próprias filhas. “Vender” neste caso seria ceder por tempo indeterminado a filha para a prática do ato sexual a determinada pessoa, bem como satisfazer seus instintos bestiais. Infelizmente, ainda temos que conviver com estas aberrações que partem de adultos inescrupulosos, desumanos não importando o parentesco que a vítima tenha com o aliciador. Jesus em Matheus, 18:10 diz: “Cuidado para não desprezar um desses pequeninos, porque eu vos digo que seus anjos estão continuamente nos Céu, na presença do meu Pai Celeste.” Poderemos inserir aqui nesta matéria a Parábola da ovelha desgarrada quando Jesus nos esclarece com uma pergunta: ‘O que vos parece? Suponhamos que um homem possua cem ovelhas e uma se desgarre. Não deixará - ele as noventa e nove na montanha para ir buscar a ovelha que se extraviou? E eu vos asseguro que, ao encontrá-la sente mais alegria por ela do que pelas noventa e nove que não se extraviaram.

Assim a vontade de vosso Pai Celeste é de que não se perca nem um só destes pequeninos. Com esta lição nós não devemos abandonar jamais uma criança que se perdeu por qualquer motivo, seja por drogas, prostituição ou outras infrações. Devemos usar de todos os métodos para recuperar esta ovelha perdida, mas o que vemos nas ruas das principais da cidade é o inverso. Não existe por parte do governo a preocupação em retirar estes seres pequeninos do antro em que vivem e colocá-los numa creche dado-lhe alimentação e educação. E não é favor, é obrigação. Pois A Carta Magna do País outorga isto, mas certas responsabilidades são empurradas com a barriga. A falta de profissionais qualificados para cuidar de crianças e idosos preocupa a deputada Jacilda Urquisa (PMDB). A parlamentar chamou a atenção para os cuidados na hora de contratar o serviço e citou alguns casos de violência praticados por babás e cuidadores de idosos, a exemplo de uma reportagem apresentada, no último dia 29, nos principais telejornais do País. “As cenas gravadas pela família impressionaram pelo grau de crueldade”, comentou. A matéria mostra uma mulher espancando uma idosa surda, cega e que não fala. Em apartes, os deputados Maviael Cavalcanti (DEM) e Terezinha Nunes (PSDB) também se pronunciaram. “Todas as estradas na Mata Norte estão acabadas”, frisou Cavalcanti. Terezinha criticou a falta de manutenção da BR-232 e registrou o trabalho desenvolvido por uma ONG, em parceria com a Prefeitura de Nazaré da Mata, para cuidar dos maiores de 60 anos.

“O Brasil está se transformando num País de idosos, mas as pessoas não têm paciência com essa parcela da população, lamentou”. Verdade verdadeira a posição destes políticos que mostram lealdade e pureza nos coração. Se todos pensassem assim teríamos um Brasil mais solidário e humano. Quando Jesus nos alertou sobre os pequeninos não esperava de nós somente as medidas providenciais alusivas ao pão e à vestimenta. Não basta colocar comida em bocas miúdas, mas dar o abrigo, o carinho, o amor e a educação. “Amai uns aos outros assim como vos amei”. O que ocorre com crianças se repete com os adultos, os filhos ou dependente para livrar-se da responsabilidade e do trabalho abandonam seus idosos em asilos e nunca mais aparecem por lá. Temos que nos lembrar de que com o trabalho do presente, valendo-nos das conquistas passadas e buscando a fonte superior de idealismo elevado, estamos construindo nosso futuro. “Amor que salva e levanta é a ordem que nos governa, na lide em favor de todos, teremos a vida eterna. (Casimiro Cunha).

O prato de refeição tanto para criança como para o idoso é importante para o desenvolvimento e manutenção da vida, todavia não podemos esquecer “que nem só de pão vive o homem”. A nutrição material é sustentação do corpo, a nutrição espiritual é oportuna para facilitar a reabilitação e trazê-la novamente a uma vida digna. Aqueles que abandonam seus idosos em asilos para não executarem o amor, pois acham que o idoso dar trabalho não está isentos de culpa e se não punidos pela lei dos homens com certeza serão pela Lei Divina. A criança de hoje será o homem do futuro. A criança evangelizada será um adulto que se levanta no rumo da felicidade porvindoura. E o idoso que recebe afeto, carinho e cuidados especiais de seus entes queridos levará consigo energias positivas até o final de sua missão terrena. Devemos zelar tantas pelas crianças e pelos idosos, aliás, devemos zelar por todo ser humano carente de tudo. Se o governo não cumpre sua parte, nós devemos cumprir a nossa. Pensem nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-DA ALOMERCE E DA AOUVIR/CE

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/criancas-e-idosos-982570.html

    Palavras-chave do artigo:

    cuidados respeito direitos

    Comentar sobre o artigo

    Independente de qual deficiência física a pessoa possui, raça, cor, religião, sexo ou poder aquisitivo; há uma grande necessidade de melhorias em locais públicos ou privados para os portadores de necessidades especiais.Na área da saúde não é diferente faltam recursos e equipamentos adaptados para melhor atendê-los e profissionais qualificados.

    Por: lilian cristinal Educação> Ensino Superiorl 09/05/2013 lAcessos: 56

    A Convenção é baseada em 4 princípios fundamentais: não discriminação; ações que levam em conta o melhor interesse da criança; direito à vida, à sobrevivência e ao desenvolvimento; respeito pelas opiniões da criança, de acordo com a idade e maturidade. Esses princípios orientam as ações de todos os interessados, inclusive das próprias crianças, na realização de seus direitos.

    Por: Gisele Corbellinil Direitol 09/05/2012 lAcessos: 307

    Diante de uma infinidade de direitos fundamentais estabelecidos pela Constituição Federal de 1988, o Brasil atravessa um de seus melhores momentos econômicos e sociais, porém, ainda não está no ponto ideal, muitos ajustes ainda devem ser feitos em diversas áreas. Um dos direitos fundamentais mais priorizados pela nova Lei Suprema foi o direito social à saúde. Foram positivados uma série de artigos voltados a proteção e defesa da saúde pública.

    Por: Samuel Augusto Beurenl Direito> Doutrinal 04/04/2012 lAcessos: 500

    O presente estudo visa apresentar a tutela jurídica garantida no Brasil ao acusado durante a persecução criminal. É analisado o Princípio Constitucional da não culpabilidade (ou presunção de inocência); bem como o direito à honra, intimidade e vida privada; e, ainda, a garantia do direito à imagem. Tais direitos são importantes na medida em que asseguram um procedimento justo àqueles que respondem criminalmente por seus atos, antes da prolação da sentença penal.

    Por: Jéssica Duque Cambuyl Direito> Doutrinal 07/06/2014 lAcessos: 25
    Sérgio Henrique Pereira

    Este trabalho é um manifesto quanto à essência dos Direitos Humanos para se entender a Constituição Federal de 1988. O assunto é abordado sem a pretensão de esgotá-lo, mas resumir, de forma que a leitura possa ser atrativa a todos e, desta maneira, alcançar o entendimento ao que seja os Direitos Humanos e as garantias fundamentais da pessoa humana num Estado Democrático de Direito.

    Por: Sérgio Henrique Pereiral Direito> Legislaçãol 23/01/2014 lAcessos: 27
    ANGÉLICA NUNES LOPES CRUVINEL

    O presente trabalho procura constatar a existência ou não de maus-tratos nos touros de rodeios, levando em consideração o cumprimento das legislações pátrias sobre o tema e seu paralelo com a realidade. Para a apresentação da prática do rodeio utilizou-se pesquisa de campo, com questionário, com questões abertas, registradas em vídeos produzidos pela própria autora, tendo como objetivo principal apresentar informações pertinentes ao referido assunto e levar ao conhecimento social a realidade.

    Por: ANGÉLICA NUNES LOPES CRUVINELl Direito> Legislaçãol 03/07/2010 lAcessos: 788 lComentário: 4
    Fábio Araújo de Holanda Souza

    Este trabalho tem por finalidade discorrer sobre os direitos da pessoa com deficiência, fazendo encômios sobre a legislação atual.

    Por: Fábio Araújo de Holanda Souzal Direitol 24/08/2009 lAcessos: 11,274 lComentário: 15

    Diferentes momentos históricos dos direitos sociais ocorreram em decorrência de fatores como: o processo de industrialização, o crescimento populacional e, principalmente, devido às disparidades sociais, eis que o descaso com a classe operária gerou muitas reivindicações, que obrigaram o Estado a realizar/buscar uma melhor justiça social. Em nossa Constituição Federal de 1988, o art. 6 prevê os direitos sociais, que visam proporcionar melhores condições de vida aos hipossuficientes.

    Por: Mônica Laís Hornl Direitol 22/06/2014 lAcessos: 66

    O presente artigo versa sobre o direito à saúde no Brasil. Inicialmente será feito uma explanação da saúde junto ao (SUS) o qual tornará possível um melhor entendimento de um direito que está garantido na nossa Constituição Federal. Para tanto será feito uma breve abordagem da história da saúde no Brasil, e implementações das políticas públicas para garantia de direito à saúde. Por fim será feito uma analise da Lei nº 8.080/90 e as políticas de saúde junt

    Por: Vitoria Dantas Silval Direitol 14/08/2014

    Este estudo tratará do direito à saúde como direito fundamental encartado na Constituição Federal de 1988, por ser dever do Estado o fornecimento dos diversos meios para garantir a saúde da população de forma ampla, o trabalho tratará do direito à saúde, seu conceito histórico, a saúde como direito fundamental, a Lei 8.080/90, bem como a reserva do possível como garantia de cumprimento do preceito constitucional.

    Por: Mateus Blumel Direitol 23/09/2011 lAcessos: 370

    O ensinamento propiciado pela vitória do PT não se encontra no discurso da Presidenta reeleita, mas no cotejo desse discurso com a fala do Ministro Gilberto Carvalho.

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 30/10/2014

    Uma das palavras mais badaladas nesse período eleitoral foi democracia. Passaram um pano na politicagem, esqueceram os desmandos, as falcatruas, o mensalão, o valerioduto, o propinoduto e o petrolão. Acusaram a "Revista Veja" de ter denunciado antecipadamente os escândalos da Petrobras, afirmando os aficionados de Dilma e Lula e sua quadrilha de que a mídia imprensa agiu de má fé

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 27/10/2014
    José Guimarães

    Crônica sobre um homem que ficou sem poder andar e precisou usar muletas para se locomover. História de um doente necessitado de muletas.

    Por: José Guimarãesl Literatura> Crônicasl 27/10/2014

    Uma combinação da crua realidade de Serra Leoa com a miragem cinematográfica do diretor Akira Kurosawa, e sobrando alguns estilhaços para as eleições presidenciais de 2014.

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 24/10/2014

    Numa decisão política, a ética, as boas propostas deveriam ser o ponto alto da democracia, mas nos parece que todos os candidatos a cargos eletivos trocaram a política pela politicagem. A dúvida para alguns é real na hora da votação, mas vá a urna dizer qual o Brasil que você deseja. É bom frisar que os próximos quatro anos dependem do seu e dos nossos votos. É seu, é nosso direito querermos um país melhor mais democrático, onde haja disciplina, hierarquia e amor à pátria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 23/10/2014

    O calidoscópio das eleições presidenciais de 2014 mostra hoje que tudo será decidido por gratidão, ou frustração. O papel decisivo do eleitor classe "C".

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 22/10/2014

    Carta a Dona Dilma Rousseff, mui digna Presidenta do Brasil e candidata a reeleição, pedindo que suspenda a propaganda "Ai, Minas Gerais, quem conhece o Aécio não vota jamais..."

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 17/10/2014

    Quando nos referimos à política, devemos fazer um paralelo, uma comparação entre duas palavras, política e politicagem. São sinonímias contraditas e que refletem diferenciais hercúleos, do que seja a verdade em sua plenitude. Sabemos, de antemão, que existe uma variedade enorme de políticas, desde a comercial, passando pela familiar e indo até a política monetária. Política é ciência, é arte, é a ciência dos fenômenos referentes ao Estado (ciência política).

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 15/10/2014

    Afigurando os alicerces psicológicos com ambiência, sem amesquinhar os desejos e as interações sedimentadas no bem, no bem-estar e no desenvolvimento mitológico, nós seres humanos devemos albergar o amor ao próximo como ensinou o grande Mestre Jesus, o Cristo. Não devemos nos levar pelos excessos para não sofrermos atos anatomopatológicos e com saúde e sem anomalias, possamos alcançar o sucesso. Diante da bondade de Deus, o nosso Espírito engrandece com Jesus, discriminado pelos fariseus.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 29/10/2014

    Uma das palavras mais badaladas nesse período eleitoral foi democracia. Passaram um pano na politicagem, esqueceram os desmandos, as falcatruas, o mensalão, o valerioduto, o propinoduto e o petrolão. Acusaram a "Revista Veja" de ter denunciado antecipadamente os escândalos da Petrobras, afirmando os aficionados de Dilma e Lula e sua quadrilha de que a mídia imprensa agiu de má fé

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 27/10/2014

    Numa decisão política, a ética, as boas propostas deveriam ser o ponto alto da democracia, mas nos parece que todos os candidatos a cargos eletivos trocaram a política pela politicagem. A dúvida para alguns é real na hora da votação, mas vá a urna dizer qual o Brasil que você deseja. É bom frisar que os próximos quatro anos dependem do seu e dos nossos votos. É seu, é nosso direito querermos um país melhor mais democrático, onde haja disciplina, hierarquia e amor à pátria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 23/10/2014

    Assenta tua cabeça no meu ombro, descansa e relembra os momentos felizes que passamos. Esta assertiva faz parte da nossa vida, de nossos sentimentos e do rol de realizações, que planejamos para o futuro. Muitas vezes rememoramos com pensamentos diluidores, com ações um pouco cavilosas, sem descortinar a harmonia do concerto, que traçamos para o teatro da nossa existência. Deter, impedir de avançar nossos momentos de amor, não são medidas contributivas para a felicidade que reina em nossos coraçõ

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 20/10/2014

    Quando nos referimos à política, devemos fazer um paralelo, uma comparação entre duas palavras, política e politicagem. São sinonímias contraditas e que refletem diferenciais hercúleos, do que seja a verdade em sua plenitude. Sabemos, de antemão, que existe uma variedade enorme de políticas, desde a comercial, passando pela familiar e indo até a política monetária. Política é ciência, é arte, é a ciência dos fenômenos referentes ao Estado (ciência política).

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 15/10/2014

    A política brasileira além de ferver virou um inferno. Um inferno com muitos diabos que não têm medo da cruz. Deus, o nosso Pai morreu e Jesus não estão mais em seus corações. A caridade, a fraternidade e os bons princípios não foram sublimados, e sim exterminados juntamente com a ética. No coração do brasileiro só resta esperança, as forças já estão combalidas, vítimas de uma politicagem escarnecida. O encanto do Brasil antigo evaporou-se diante das aberrações e das corrupções eleitorais.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatural 13/10/2014

    A felicidade imanta o meu ser, entro em êxtase vibracional, no entanto, meu ego se altera para todo mundo ver, o meu corpo se altera meio descomunal. Quando um grande amor amadurece, os tremores constantemente se alternam o corpo não resiste e a rosa não floresce, o íntimo se refina e, os desejos jornadeiam. O imã do amor me aconchega delicioso, o carinho e o afago do meu amor se transformam, a minha amada transborda em carinho astucioso e uma entrega sem pudor nos delicia e ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/10/2014

    Podemos afirmar que, muitas vezes, a verdade é mais interessante que a ficção. O Ciclo Cósmico pela qual a humanidade vem passando, ou pelo desenvolvimento intelectual do hominal, leva a um interesse maior pela vida do Grande Mestre, ou Grande Redentor, Jesus do que em qualquer outro período desde o início de cristianismo. Nunca na história humana, Cristo foi tão estudado, pesquisado por estudantes de psicologia, misticismo, metafísicas e ocultismo com sentido minucioso e analítico. Nesse estudo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/10/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast