Macumba Sincretismo Ou Religião?

Publicado em: 21/04/2009 |Comentário: 4 | Acessos: 8,094 |

MACUMBA



Muitas pessoas pensam que falar em macumba é coisa do outro mundo. Alguns dos mais renomados dicionários afirmam que a macumba é um sincretismo religioso. Palavra que tem derivação da quimbanda ma'kôba, sua sinonímia aqui na terra brasilis representa a designação genérica dos cultos sincréticos afro-brasileiros derivados de práticas religiosas e divindades de povos bantos, influenciadas pelo candomblé e com elementos ameríndios, do catolicismo, do espiritismo, do ocultismo. O ritual desses cultos nada mais é do que uma representação de nossos antepassados que aqui vieram como escravos. Denominação atribuída à quimbanda pelos seguidores da umbanda da chamada linha branca. Pode ser também a designação de um antigo instrumento de percussão, espécie de reco-reco, de origem africana, e que produz um som rascante. Na quimbanda sua sinonímia apresenta poucos diferenciais em relação à macumba. A quimbanda origina-se do quicongo que é uma espécie de linha negra da umbanda, considerada seu lado maléfico; macumba.

O ritual desse culto é muito forte e continua até os dias atuais pelo esforço conjunto de seus adeptos, que mantém a tradição religiosa banta numa vertente considerada feiticeira, mesclada a elementos populares do espiritismo e do catolicismo, e que cultuam entidades de feição ameríndia, outras nagôs, mas especificamente os Exus. Os adeptos da quimbanda são chamados ou conhecidos como curandeirros, adivinhos e exorcistas. Queríamos deixar bem claro que nada temos contra estes rituais, pois não podemos interferir na crença alheia, mas uma coisa precisa ser colocada em pratos limpos. Eles usam o nome Espiritismo para fortalecer seus cultos, visto que o Espiritismo surgiu em 1857 em Lyon na França com Allan Kardec. A macumba é um sincretismo de origem afro-brasileira, amalgamando elementos de várias religiões indígenas brasileiras e do cristianismo. Por exemplo, os macumbeiros substituíram os nomes dos santos da igreja pelos da mitologia africana. Vejamos dois exemplos; o nosso irmão maior Jesus é chamado de Oxalá, e a Maria é Iemanjá; e assim sucessivamente. Existem catimbozeiros conterrâneos de Idi Amim Dada, eles praticam o ocultismo em Uganda na África, como também a Pomba - gira que é conhecida como a eterna companheira o malandro Zé Pelintra, um famoso cabôco do Candomblé.



Certa vez recebemos um e-mail de um senhor de nome Thiago, criticando nossa matéria sobre Umbanda e Macumba publicada no site Artigonal afirmando que o escritor epigrafado, nada sabia e que na realidade o neófito é ele. Macumba e Umbanda, Quimbanda no duro representam a mesma linha de tradições, conhecimentos e rituais. Baseado nas afirmações desse senhor e de outra crítica de nome Virgínia, resolvi escrever somente o título Macumba. Outros estudiosos sobre cultos dizem com certa braveza o que se pode entender por Macumba, no Brasil é uma significação ou mescla de rituais africanos, espíritas e católicos. Não foram os descendentes africanos os principais responsáveis pela difusão e pela propagação da Macumba no Brasil. A principal responsável foi a Igreja Católica Apóstata Romana, a traidora de Cristo. Estas palavras não são nossas, pois como afirmamos antes, o uso da ética nos ensinamentos religiosos é primordial e não acusamos A e nem B. Mas o que, afinal de contas, é a Macumba? Impossível termos uma visão detalhada sobre a Macumba, a Umbanda e o Candomblé, a não ser que partamos no sentido da origem destes rituais. A Religião Yorubá - Esta tem sido a religião de povos que vivem no oeste africano, mais precisamente na Nigéria e em Benim. Tem-se caracterizado, há séculos, como um conjunto de práticas e de rituais que visam adorar a natureza e reverenciar os ancestrais.



A religião Yorubá é essencialmente politeísta, pois adoram e servem a falsos deuses a quem chamam de Orixás. Na concepção nigeriana de adoração, prestam cultos a entidades as quais, segundo acreditam, manifestam-se em uma relação com a natureza. Tais entidades (espíritos) possuem personalidade, e dentre os mais conhecidos estão Ogun, Oxóssi, Obatalá, Iemanjá, Xangô, Oxum, Oiá, Orulá e Babalu Aiê. Vejamos a crítica de nossa irmã Virgínia a nossa maneira enunciada anteriormente: “Bem se vê que o autor do artigo nada sabe sobre o que vem a ser a Religião de Umbanda, ou se omite, querendo denegrir uma religião de amor, fraternidade e caridade. Nas verdadeiras casas de Umbanda, aquelas que honram o nome que tem nada se cobram por consulta alguma, não se faz "trabalho"... E usar o termo "macumba", como algo pejorativo, é realmente uma afronta a quem estuda a religiosidade afro-brasileira. Sugiro que estude mais antes de colocar palavras tão infundadas sobre a Umbanda, religião brasileira centenária”. As afirmativas da irmã não coadunam com o que afirmam os estudiosos do sincretismo africano ou afro-brasileiro.


Já o irmão Thiago diz o seguinte: “Ao Autor deste "Artigo", Primeiramente informo que perdeste oportunidade de ficar quieto. O termo "macumba", além de pejorativo, nada mais é do que uma espécie de árvore, e sabemos que você usou estes termos para agredir. Se quer ser respeitado, por favor, respeite as pessoas. Pelo que vi você é cearense. Seria legal alguém vir aqui e te discriminar pelo fato de ser NORDESTINO? Seria legal alguém usar aqueles termos, tais como "cabeça-chata", "Paraíba", entre outros de menor calão? Já pensou se eu achasse que seus conterrâneos são os grandes responsáveis pela favelização maciça do Sudeste, e sua conseqüente criminalidade? Se não quer ser vítima do preconceito, por favor, dê-se ao respeito e não seja HIPÓCRITA! Demais disso, você age igualzinho a maioria dos espíritas: aquele complexo de superioridade intelectual, moral e espiritual. Vocês são superiores em quê? Em arrogância e hipocrisia, só se for. Fui espírita por mais de seis anos, e me afastei deste meio de falsidade. Vocês vivem de doações também, não seja omisso quanto a isto, e se algumas casas cobram pelas consultas, certamente o fazem porque precisam manter-se também. Estas casas não recebem ajuda de ninguém, e, os zeladores, em sua maioria, precisam se dedicar quase que exclusivamente aos trabalhos mediúnicos. Já os espíritas não precisam se dedicar a atividade religiosa o tempo todo. Se contar que em casas de culto afro-brasileiros muitos trabalhos de feitiçaria são desfeitos. Eu nunca soube de um trabalho desses em casas espíritas.



Isso sem contar que as sessões mediúnicas do espiritismo são totalmente antidemocráticas. Qual critério vocês usam para saber se pessoa X tem ou não um problema a ser resolvido? Eu sei a resposta: panelinha, pena, sensação de autopromoção perante os outros irmãos etc. Sei disso porque fui espírita. Além do mais, vocês são tão caridosos que "idolatram" um racista da pior espécie, chamado Allan Kardec, não é? Se acha que estou mentindo, leia Isto e tire suas conclusões: "O progresso não foi, pois, uniforme em toda a espécie humana; as raças mais inteligentes naturalmente progrediram mais que as outras, sem contar que os Espíritos, recentemente nascidos na vida espiritual, vindo a se encarnar sobre a Terra desde que chegaram a primeiro lugar, tornam mais sensíveis a diferença do progresso (sic!). Com efeito, seria impossível atribuir a mesma antiguidade de criação aos selvagens que mal se distinguem dos macacos, que aos chineses, e ainda menos aos europeus civilizados" (Allan Kardec, A Gênese, ed. cit. p. 187). ISSO É O QUE VOCÊ CHAMA DE CARIDADE? AFINAL, QUEM SÃO VOCÊS, MEROS MORTAIS, IMPERFEITOS, PARA CRITICAREM E JULGAREM AS PESSOAS? SEJA MENOS SOBERBO, HIPÓCRITA, E PROCURE O CAMINHO DO BEM! Lamentável saber que existem muitas pessoas como você espalhadas pelo mundo. Sem mais.

Companheiros o que podemos dizer diante de tais acusações: nada a comentar, pois os arrogantes serão julgados pelo altíssimo e nosso amigo se quisesse mostrar conhecimentos teria usado outros termos e não nos agredindo desta forma. Cada um dá o que tem. Aqui vai uma citação da nossa matéria criticada pelos dois: “A Umbanda ou Macumba é prática religiosa dos negros africanos bantos que, juntamente com os sudaneses, foram trazidos para o Brasil, com escravos. “Existindo entre os negros bantos, segundo alguns historiadores, o culto aos antepassados, ou a crença na existência da alma dos mortos, os negros brasileiros fundiram esse culto com as praticas do Catolicismo e do mediunismo, assimilando-o ao seu ritual supersticioso, daí nascendo então o culto banto-ameríndio da ‘Umbanda”. Todos os macumbeiros e umbandistas e outras ramificações se dizem Espíritas, mas não o são. Eles na dura realidade são apenas espiritualistas. Ressalte-se que todo Espírita é espiritualista, mas nem todo espiritualista é espírita. Para reforçar, fortalecer suas tradições eles nas suas entidades colocam: “Sociedade Espírita de Umbanda”, termo totalmente inadequado, pois de espíritas eles não têm nada.



Existe um, porém nisto tudo, todo serviço executado por umbandista ou macumbeiro são remunerados e uma consulta sai em média por R$ 50, enquanto o espírita tem como lema a Caridade (daí de graça aquilo que recebestes de graça). O site intellectus mostra muito bem certas nuanças sobre a Macumba e resposta de modo correto aos críticos da seita em alusão. Não há relação entre a etnia, raça negro-africana com as antigas tradições satânicas da religião Yorubá. Qualquer forma de racismo ou de preconceito étnico está completa e totalmente fora de questão. O mal que Satanás conseguiu fazer penetrar na América por intermédio de sacerdotes Yorubás não é melhor do que o mal que tem sido espalhado pela Índia, por parte dos sacerdotes Hindus, não é diferente dos danos espirituais causados pelos mestres budistas da China, não é diferente dos padres e teólogos católicos que conduzem multidões ao Inferno e nem tampouco diferente das desgraças difundidas pelos sacerdotes do Islamismo do falso profeta Maomé. Aqui insiro uma das palavras do grande Mestre Jesus quando agonizava na cruz: “Pai perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem”. Andreza (06:33, 21.04.2009)outra crítica diz o seguinte: vc com certeza nao faz ideia do que é a umbanda e se, realmente tivesse estudado saberia o que significa macumba.

Só pra te dar uma maozinha no seu esclarecimeto na umbanda ou vc tem uma conduta perfeita ou você está fora. para se desenvolver você precisa estudar muito, nao é uma religião de ignorantes como você deve pensar. como todo kardecista deve pensar que sabe tudo, na umbanda nunca se sabe todo o aprendizado é constante inclusive nos momentos de caridade. é uma religiao baseada na igualdade,fraternidade, e evoluçao do espirito pela caridade. muito mais complexa e profunda do que pessoas que nunca tiveram real acesso imaginam. entao, aí vai uma dica, fale sobre o que você realmente conhece.Nao seja como outros que se dizem espiritas e só ficam lendo sobre o kardecismo e acham que sabem alguma coisa de umbanda, mais respeito por favor.Quem acha que sabe de tudo, nunca estará pronto para aprender nada.Macumba é uma espécie de árvore que existe na Àfrica. mas com certeza você vai me encher de "qualidades" e me chamar de ignorante etc.mas nao me importo, poque sei que estou no caminho certo na busca por uma evoluçao nesse planeta e pelo aperfeçoamento. Se quiser, continue com suas ideias erradas e preconceituosas sobre essa religiao linda, complexa e que surgiu antes mesmo do catolicismo. merece muito mais respeito.

Pensem Nisso!



ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI E ALOMERCE

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 13 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/macumba-sincretismo-ou-religiao-878544.html

    Palavras-chave do artigo:

    sincretismo cultos politeismo

    Comentar sobre o artigo

    Dentre os muitos escândalos surgidos no governo do Partido dos trabalhadores (PT), desde sua inserção na presidência da República, que os escândalos não param, pois assim que se chega ao fim uma investigação, começa outra. Mensalão, Propinoduto, Petrolão, BNDES e vem mais um o Eletrolão. São tantos escândalos que a Polícia Federal não terá condições de averiguar todos, visto que a demora em apontar nomes pode ser considerado o ponto fraco das investigações

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 19/02/2015

    Dizem alguns historiadores que uma grande maioria das festas cristãs tem um cunho pagão. Quem faz as afirmações baseia nas tradições dos povos antigos, pois os rituais eram mágicos religiosos e os religiosos usavam essa artimanha para controlar certos e determinados fatores que poderiam representar reveses em suas vidas. Com o passar do tempo tudo muda, no entanto, os desvios foram se sucedendo e nos dia de hoje esses rituais aparecem muito deturpados, nas mais diversas festividades cristãs.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    Segundo o dito popular amor de carnaval desaparece na fumaça. É igual a dor de cabeça, quando tomamos um comprimido, ela normalmente passa. Na vida tudo passa e o tempo se encarrega disso. Ao assistirmos os belos desfiles de carnaval pelo Brasil afora, denotamos que momentos de prazer se misturam a momentos dolorosos. Enquanto nosso País passa por momentos difíceis, o povo se esbalda, enche o papo de cachaça, cerveja e outras bebidas malfazejas.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015
    Evaní Dias Paes Landim

    O presente artigo aponta para a reflexão do gênero feminino no romance de maturidade de Machado de Assis,Dom Casmurro.De início é interessante destacar a Revolução Francesa como mola precursora para se repensar o papel da mulher no século XIX.Dentro dessa perspectiva, discorreremos sobre a forma abusiva do sexismo masculino e a diminuição do feminino. analisaremos a personagem Capitu, criada com intenções específicas, concentra em si a dissimulação e críticas sociais que o autor abordava.

    Por: Evaní Dias Paes Landiml Literatura> Crônicasl 16/02/2015

    A palavra cidadania é a qualidade ou estado de cidadão. Já cidadão é o indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado, ou no desempenho de seus deveres para com este. Habitante de uma cidade, indivíduo, sujeito, homem, mas naturalmente um hominal de conduta ilibada. Cidadão do mundo é o homem que põe os interesses da humanidade acima da pátria; cidadão do Universo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 14/02/2015
    Ellie Rocha

    Artigo escrito no ensino médio a cerca a necessidade da leitura para a existência de um futuro utópico onde todos sentiriam prazer ao receber conhecimento e onde a leitura seria a principal maneira de lazer

    Por: Ellie Rochal Literatura> Crônicasl 13/02/2015

    Meu amigo você continua a não me entender. Você afirma que foram criados todos esses órgãos, mas os mesmos não funcionam. Por que o chefão da quadrilha (O Barba está solto?) não teve coragem de dar um depoimento para amenizar a situação dos seus companheiros de partido. Ficou ausente o tempo todo. O que adianta criar órgãos que os próprios petistas não obedecem? Eu nada tenho contra ou a favor do governo Fernando Henrique.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 10/02/2015

    Queremos mostrar a realidade dos nossos governos, visto que em pleno século XXI, ainda temos profissionais da mídia que fogem a sua destinação legal, que é o compromisso com a verdade, e passam a integrar a "imprensa marrom", com um único intento de ganhar dinheiro, que no linguajar da radiofusão nomina-se de "jabá".

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 29/01/2015

    Numa esplendorosa noite de lua cheia, vislumbrei o céu estrelado que nos convidava para uma bela noitada de amor. Olhei para o belo e delicado semblante de meu amor, pisquei os olhos, mas ela sem entender de que se tratava perguntou-me em tom suave, o que eu estaria almejando. Pensei em dizer-lhe que desejaria unir nossos corações naquela noite de luar convidativa para uma sessão de afagos e carinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 19/02/2015

    Dentre os muitos escândalos surgidos no governo do Partido dos trabalhadores (PT), desde sua inserção na presidência da República, que os escândalos não param, pois assim que se chega ao fim uma investigação, começa outra. Mensalão, Propinoduto, Petrolão, BNDES e vem mais um o Eletrolão. São tantos escândalos que a Polícia Federal não terá condições de averiguar todos, visto que a demora em apontar nomes pode ser considerado o ponto fraco das investigações

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 19/02/2015

    Dizem alguns historiadores que uma grande maioria das festas cristãs tem um cunho pagão. Quem faz as afirmações baseia nas tradições dos povos antigos, pois os rituais eram mágicos religiosos e os religiosos usavam essa artimanha para controlar certos e determinados fatores que poderiam representar reveses em suas vidas. Com o passar do tempo tudo muda, no entanto, os desvios foram se sucedendo e nos dia de hoje esses rituais aparecem muito deturpados, nas mais diversas festividades cristãs.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    Segundo o dito popular amor de carnaval desaparece na fumaça. É igual a dor de cabeça, quando tomamos um comprimido, ela normalmente passa. Na vida tudo passa e o tempo se encarrega disso. Ao assistirmos os belos desfiles de carnaval pelo Brasil afora, denotamos que momentos de prazer se misturam a momentos dolorosos. Enquanto nosso País passa por momentos difíceis, o povo se esbalda, enche o papo de cachaça, cerveja e outras bebidas malfazejas.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    A palavra cidadania é a qualidade ou estado de cidadão. Já cidadão é o indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado, ou no desempenho de seus deveres para com este. Habitante de uma cidade, indivíduo, sujeito, homem, mas naturalmente um hominal de conduta ilibada. Cidadão do mundo é o homem que põe os interesses da humanidade acima da pátria; cidadão do Universo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 14/02/2015

    Meu amigo você continua a não me entender. Você afirma que foram criados todos esses órgãos, mas os mesmos não funcionam. Por que o chefão da quadrilha (O Barba está solto?) não teve coragem de dar um depoimento para amenizar a situação dos seus companheiros de partido. Ficou ausente o tempo todo. O que adianta criar órgãos que os próprios petistas não obedecem? Eu nada tenho contra ou a favor do governo Fernando Henrique.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 10/02/2015

    O poder da palavra está na força do coração. A palavra simboliza a educação, a ética e a sabedoria… O poder da palavra está na vida e na dedicação. A palavra fortalece o poder e a sua força não negaria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/02/2015

    Na minha vida compartilhei alegrias e tristezas, assim como nos céus brilham as estrelas, umas mais cintilantes, outras menos. Nos jardins brilham as flores e as rosas vertem perfumes, umas mais outras menos, mas são nos menores frascos que encontramos os melhores perfumes. Ouvi alguém afirmar: "No céu escolhi uma estrela de uma bela constelação, no jardim escolhi uma flor, para ser o meu grande amor e embelezar o meu coração".

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 04/02/2015

    Comments on this article

    0
    barbara 08/06/2011
    axu amacumba nmto interessante
    0
    ANTONIO PAIVA RODRIGUES 04/10/2010
    MINHA OPINIÃO
    MINHA AMIGA EU NUNCA FUI CONTRA RELIGIÃO ALGUMA, VISTO QUE JESUS NÃO CRIOU NENHUMA DELAS, MAS A UMBANDA PROCUROU SE FORTALECER NO CRISTIANISMO E NO ESPIRITISMO, QUE SÓ FOI CRIADO EM 1857 COM ALLAN KARDEC. CREIO QUE ESSA MATÉRIA QUE VOCÊ COLOCOU AQUI É DE MINHA AUTORIA, SE NÃO FOR É PLÁGIO, POIS ESTÁ DE ACORDO COM MEUS PENSAMENTOS E COM QUE ESCREVO. O FORTALECIMENTO DA UMBANDA ATRAVÉS DA IGREJA CATÓLICA FOI OCASIONADO PELA PROIBIÇÃO DA MESMA, POIS ERA PODEROSA E NÃO ACITAVA OUTRO CREDO NO BRASIL. DAÍ A PERSEGUIÇÃO CONTRA AS RELIGIÕES AFRAS. AS RAÍZES DA UMBANDA É MUITO PROLIXA, REDUNDANTE E DIFUSA, NO ENTANTO MINHA AMIGA - QUERO QUE SAIBAS QUE ELA FOI CRIADA EM 1908 PELO MÉDIUM (INTERMEDIÁRIO) ZÉLIO FERNANDINHO DE MORAES, SOB A INFLUÊNCIA DE CABOCLOS DAS SETE ENCRUZILHADAS.
    A DATA NÃO É MUITO DISTANTE E DARIA PARA A SUA RELIGIÃO TER ASSIMILADO O DEUS PAI TODO PODEROSO COMO SER SUPREMO E CAUSA PRIMEIRA DE TODAS AS COISAS E NÃO NOMINAR JESUS CRISTO DE OXALÁ, POIS NA ÉPOCA QUANDO NOS REFERÍAMOS AO SENHOR JÁ FALÁVAMOS A LÍNGUA MÃE. NÓS VIVEMOS NO BRASIL E NÃO NA ÁFRICA. SABEMOS QUE A IGREJA CATÓLICA CRIOU MUITOS MITOS E UMA INFINIDADE DE DOGMAS. PRETOS VELHOS, CABCLOS, EXUS, ORIXÁS NÃO É LINGUAGEM NOSSA, SE ASSIM FOSSE A BÍBLIA NÃO TERIA SIDA TRADUZIDA PARA O PORTUGUÊS E A PRIMEIRA SÓ APORTOU AQUI PELOS IDOS DE 1920. ZÉLIO A NOMINOU DE UMBANDA. MAIS UM RELIGIÃO CRIADO POR UM SER IMPERFEITO, O HOMEM, CRIADO TAMBÉM SIMPLES E "IGNORANTE".
    O ESPIRITISMO AINDA HOJE É DISCRIMINADO POR NOSSOS IRMÃOS CRISTÃOS, POIS PENSAM QUE TRABALHAMOS COM BRUXARIAS E ADVINHAÇÕES. O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO NÓS ESTUDAMOS; LUCAS, MATHEUS, MARCOS E JOÃO QUE FAZ PARTE DO NOVO TESTAMENTO. NO ANO DE 1945, JOSÉ ÁLVARES PESSOA DIRIGENTE DE UMA DAS SETE CASAS DE UMBANDA FUNDADAS PELO CABOCLO DAS SETE ENCRUZILHADAS, OBTEVE JUNTO AO CONGRESSO NACIONAL A LEGALIZAÇÃO DA PRÁTICA DA UMBANDA. ENCRUZILHADA QUER DIZER LUGAR ONDE SE CRUZAM AS ESTRADAS OU CAMINHOS; AMBÍVIO, ENCRUZADA, CRUZAMENTO, RASTEIRA SEGUNDO AO CORTA-CAPIM, MAS QUE SE COMPLETA COM UM PÉ DANDO CALÇO NO ADVERSÁRIO, ATRAPALHAÇÃO, SITUAÇÃO EMBARAÇOSA. (FONTE: DICIONÁRIO AAURÉLIO).
    A DOUTRINA ESPÍRITA SURGIU EM 1857, NO BERÇO DA CIVILIZAÇÃO, A FRANÇA, COMO IRIA KARDEC CONDENAR O QUE NÃO CONHECIA? FIQUE SABENDO QUE ALGUMAS TENDAS NÃO SEGUIAM O RECOMENDADO PELO FUNDADOR DA SUA RELIGIÃO, POR ISSO PASSARAM-SE A SE CHAMAR DEUMBANDISTAS PARA FUGIREM DA PERSEGUIÇÃO POLICIAL. TALVEZ SEJA ESSE MOTIVO PELO POUCO CRESCIMENTO QUE TEVE EM RELAÇÃO À MACUMBA. SE USAREM NOMINAÇÕES COM O NOME DE UMBANDA NÃO ME CABE CULPA.
    UMBANDA DE CABOCLO, UMBANDOMBLÉ, UMBANDA TRAÇADA, UMBANDA ESOTÉRICA, UMBANDA INICIÁTICA, UMBANDA POPULAR, ONDE SE FORTALECEU O SINCRETISMO COM A JUNÇÃO DOS ORIXÁS AFRICANOS COM OS SANTOS CATÓICOS. MESMO ASSIM, ISSO NÃO TIRA PEDAÇO DE NINGUÉM. COMO PESSOA INTELIGENTE QUE ÉS SERIA ATÉ DESNECESSÁRIO FALAR DESSAS NOMENCLATURAS, MAS MESMO ASSIM VOU CITÁ-LAS. EXU-SANTO ANTÔNIO NO RJ, CHAMADO DE BARÁ NO RS. OGUM-SÃO JORGE OU SANTO ANTONIO NA BAHIA, IANSÃ- SANTA BÁRBARA, OBALUAÊ- SÃO LÁZARO, OXALÁ-JESUS CRISTO, OLORUM-DEUSSUPREMO, OBÁ-SANTA JOANA D'ARC OU SANTA RITA DE CÁSSIA. TEM OUTRAS NOMINAÇÕES. ZAMBI, TUPÃ TAMBÉM CORRESPONDEM A DEUS. ALIÁS, TEMOS QUE LOUVAR PELA CRENÇA NA IMORTALIDADE DA ALMA E A CRENÇA NA REENCARNAÇÃO, POIS É UMA CRENÇA MAIS ANTIGA QUE A RESSIRREIÇÃO. PALAVRA MUDADA NO CONCÍLIO DE CONSTANTINOPLA II. SOBRE O MEDIUNISMO NÃO É INERENTE A NENHUMA RELIGIÃO E SIM AO HOMEM. A ÁGUA COM FONTE DE ENERGIA É UNIVERSAL, IEMANJÁ E NANÃ SE ASSEMELHA A OXÓSSI E OSSAIN, ÁGUA DOCE E SALGADA. OS ORIXÁS NÃO SÃO ORIGINÁRIOS DA UMBANDA AS TRIBAS AFRICANAS TINHAM SEUS ORIXÁS.
    AGRADEÇAM AO PAÍS QUE TEMOS, POIS AQUI VOCÊS FORMARAM O GRANDE PANTEÃO DO CAMDOBLÉ, A NAÇÃO IORUBÁ. O QUE "CONDENAMOS" É O USO DAS PALAVRAS RAINHA, GUERREIRO, FEITICEIROS, REI, PÓIS JESUS NUNCA ACEITOU ESSA SINONÍMIA, POIS SÓ QUERIA SER CHAMADO DE MESTRE. NÃO QUERIA ME PROLONGAR E ATÉ PEDIR DESCULPAS POR TER ESCRITO EM CAIXA ALTA. A UMBANDA MESMO SEM QUE MUITOS NÃO ACEITEM NÃO DEIXARÁ DE SER UMA JUNÇÃO DE ELEMENTOS AFRICANOS, INDIGENAS, CATOLICISMO. PARABÉNS POR SEREM PESSOAS PACÍFICAS E CONTINUEM PREGANDO O QUE É BOM. AMOR, CARIDADE, FRATERNIDADE E FÉ. INTEGRAM A UMBANDA NOMES COMO ZELADOR, DIRIGENTE, BABÁ, MESTRE, NORMALMENTE FORMADORES DE TERREIRO E GIRAS.
    OS ATABAQUEIROS, OS CORIMBAS, OS CAMBONAS FAZEM PARTE DOS TRABALHOS UMBANDISTA COM CHEFIA DE UMA SACERDOTE OU SACERDOTIZA. PRETOS VELHOS, BOIADEIROS, MINEIROS, MARINHEIROS, CRIANÇAS, CABOCLOS CIGANOS, ORIENTAIS, XAMÃS, EXUS E BAHIANOS SÃO INCORPORADOS NAS SESSÕES MEDIÚNICAS. PASSE E DESCARREGO EXISTEM. O DESCARREGO DEVE SER UMA SESSÃO DE DESOBSESSÃO. EXISTEM NA UMBANDA REGRAS BÁSICAS COMO EM OUTRAS RELIGIÕES. SÓ QUERIA SABER DE VOCÊ PORQUE ALGUNS UMBANDISTAS USAM AS OBRAS DA CODIFICAÇÃO ESPÍRITA? O SACRIFICIO DE ANIMAIS É CORRETO? POLEMIZAR TAMBÉM É CORRETO? USAR BEBIDAS ALCOÓLICAS É CORRETO? O FUMO É CORRETO? USAR ROUPAS BRANCAS, PRETAS, VERMELHAS NÃO SERIA RITUAL? E AMARRAR OS CABELOS, USAR COCARES? OS XAMÃS NÃO SÃO BEM VISTOS PELAS RELIGIÕES CRISTÃS, MAS NÃO ME COMPETE O JULGAMENTO.
    ESTIMADA FICA AQUI O MEU AGRADECIMENTO POR TER ME ENVIADO ESSE E-MAIL. VEJA COMO SÃO AS COISAS, LEIA A BÍBLIA AVE-MARIA EM DEUTERONÔMIO DE 14 EM DIANTE QUE O TRADUTOR EXPLICITA O NOME ESPIRITISMO, COMO SE ESSA NOMENCLATURA NEM FOI CRIADA POR KARDEC E SIM POR ANDREW JACKSON DAVIS QUE DIZIA A 4 ANOS DE SER CRIANO A DOUTRINA DOS ESPÍRITOS QUE IRIA SURGIR UMA DOUTRINA QUE IRIA REVOLUCIONAR O MUNDO E FALOU O NOME ESPIRITISMO. FICA COM JESUS E QUE DEUS NOS ABENÇOE. celpaiva@oi.com.br
    0
    estelani 30/09/2010
    as veses pensso que tem auquem falando comigo na minha mente e eu só pensso em enxu
    0
    Tina 25/07/2009
    Bom, com meus amigos umbandistas, lí o artigo e descordei.
    Chega de rotulagem e classificação!!! Quem está em uma religião ou filosofia, é porque alí encontrou a sua própria verdade, é onde se torna útil na caridade, no amor, na evolução. A religiaõ que serve pra uns, não serve pra outros.
    É notório que uns e outros tendem a rotular esse ou aquele ato, mas será que o senhor de fato se utiliza das práticas caridosas aprendidas na religião que escolheu?
    Acho que não é o dono da verdade e muito menos o Kardecismo a religião perfeita. Por isso antes de rotular ou criticar, faça uma introspecção a você mesmo e veja se é perfeito?!! Caso negativo verás que é apenas um pobre mortal, de espírito pobre que não chegou a evolução suficiente para ter humildade e reconhecer que sua verdade não é soberana, assim cmo a minha ou de qualquer outro religioso, mas a umbanda é a minha verdade, é onde me encontrei, lá apredí a ser mais caridosa, mais humilde, mais humana.
    Siga o conselho de outros, estude todas as religiões, obtenha muito conhecimento, escute mais antes de sair arrogantemente falando "verdades" que não conhece!!
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast