Os Meios De Comunicação

Publicado em: 19/05/2009 | Acessos: 5,799 |

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

Os meios de comunicação têm novos papéis com a nova tecnologia que está à disposição das empresas radialísticas e televisivas. A comunicação digital já começa dar o ar da sua graça e algumas empresas já aderiram à novidade.  Além de serem dispendiosas as empresas que ainda não dispõem desta tecnologia que se preparem. Façam planejamentos, procurem se adequar com equipamentos de qualidade e profissionais de bom quilate, pois a técnica exige. Mais cedo ou mais tarde quando do lançamento do rádio digital, ela irá mudar a cartilha da imprensa brasileira. São os novos papéis e os novos desafios para os meios de comunicação. O rádio como instrumento popular dará um salto de qualidade. Dizem que a televisão mudou a feição do rádio, mas devido à paixão que a população de menor poder aquisitivo tem pela radiodifusão, ele vai vencendo obstáculos conquistando medalhas de todas as categorias.

Infelizmente os profissionais que fazem do rádio sua sustentação não dão o real valor que o rádio e os ouvintes são uso e fruto de profissionais sem a educação necessária. Os sindicatos patrocinam cursos rápidos para radialistas, mas já existem faculdades preparando profissionais para o duro papel de radialista, o profissional que faz da transmissão da voz seu instrumento de trabalho. O Ministério do Trabalho exige do radialista a ‘Carteira de Trabalho’ registrada no ministério. Pelos menos aqui no estado do Ceará esta carteira não tem o valor que deveria ter, visto que quase a totalidade das emissoras locais aluga espaços, e os profissionais tiram seus sustentos nas publicidades. E a aposentadoria como fica?    Dizem que a globalização modificou a cultura e a revolução tecnológica transformou a cartilha de todos os meios de comunicação de massa. Pode ser até verdadeira a afirmação, mas o que acontece na realidade é que as concessões de funcionamento estão nas mãos de empresários e políticos.

O certo é que os meios de comunicação sempre estiveram inseridos no convívio das populações. As pessoas se reuniam em torno de um livro, de uma mesa de jogos, de bebidas ou de uma tela de cinema para as suas diversões nas horas de folgas.  A velha e surrada radiola faziam as velhas tertúlias, serenatas que culminaram com vários noivados e casamentos. O que temos de novo? Qual é o protagonismo que a mídia adquiriu especialmente o de massa? Do protagonismo vem o protagonista, uma palavra que deriva do grego protagonistés que foi o primeiro ator de drama na Grécia. Deuteragonista e tritagonista, teatro, cinema e televisão. A personagem principal de uma peça teatral, de um filme, de um romance, pessoa que desempenha ou ocupa o primeiro lugar num acontecimento.  Infelizmente temos poucos profissionais de rádio que conquistaram fama e os que se sobressaíram estão esquecidos dos ouvintes de rádio. Para resgatar esta cultura uma Associação de Ouvintes de Rádio foi criada no estado do Ceará (AOUVIR/CE). E tem radialistas fazendo beicinhos, pois acham que estão sendo censurados, mas a função da associação é melhorar a qualidade dos programas apresentados aos ouvintes, pois no momento a baixaria e a pornografia fazem a psicosfera da radiodifusão cearense. Infelizmente.

Encontramos na revista Chasqui em seu número 54 uma pesquisa citada por Eleazar Díaz Rangel, de junho de 1996, pp. 68-69. Façam um estudo do que diz a pesquisa: “A significativa pesquisa realizada pelo ICP/Research. “Em quem os latino-americanos acreditam?”Com relação ao parlamento, a opinião é péssima, apenas 9% dos guatemaltecos e 11% dos equatoriamos confiam no seu. Os venezuelanos e colombianos lhe concedem um pouco mais de crédito (17%). Quanto aos partidos políticos, os mais benevolentes são os mexicanos e os costarriquenhos (27%). Os peruanos e bolivianos têm porcentagens baixíssimas (13%). O mesmo acontece com juízes, sindicatos, polícia, empresários, presidentes e com o sistema político e econômico em geral.

O vazio é preenchido pelas Igrejas que continuam obtendo uma boa pontuação (61% dos latino-americanos acreditam nelas). E os meios de comunicação: dois em cada três cidadãos de nossos países estão convencidos da veracidade do que é dito pela imprensa, rádio e televisão. O que isso significa? No mínimo três novos papéis para os meios de comunicação social. Vale à pena deter-se em cada um deles antes de empreender o caminho urgente para melhorar nossa produção radiofônica. Temos que fazer o mesmo, pois com o advento do rádio digital a emissora de não tiver a estrutura forte e desejada irá parar no caminho da desilusão e do tão doloroso fechamento. Que isto não aconteça e que a superação venha na hora certa para evitarmos uma falência em gênero, número e grau. Trabalho, responsabilidade, empreendimento, esforço, orçamento com capital de giro. É o mínimo para uma emissora de rádio que se preza.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E ALOMERCE

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 20 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/cronicas-artigos/os-meios-de-comunicacao-926127.html

    Palavras-chave do artigo:

    sem estrategia desvio de finalidade digitalidade

    Comentar sobre o artigo

    O povo e a "Propaganda Eleitoral Gratuita" : um tipo de relacionamento muito próximo da indiferença, ou mesmo da rejeição.

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 17/09/2014
    Paulo Azze

    Picardias estudantis ocorridas no Pensionato do Colégio Santo Antônio na capital mineira, nos tempos do antigo científico, destacando-se o uso de baratas para assustar um colega.

    Por: Paulo Azzel Literatura> Crônicasl 15/09/2014
    Odalberto Domingos Casonatto

    Milhares de peregrinos cristãos dirigem-se para Israel, para celebrar o Natal na pequena cidade de Belém. Na Igreja de Santa Catarina, ligada a Basílica da Natividade os cristão que vivem na Palestina e Israel recebem os peregrinos do mundo inteiro. O texto procura descrever o local, os acontecimentos da véspera e noite de Natal em Belém. O lugar é único, as celebrações são emocionantes a participação dos cristão é acolhedora. O texto convida a você se preparar e vivenciar o Natal mais uma vez.

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Literatura> Crônicasl 15/09/2014
    Odalberto Domingos Casonatto

    Nesta semana foi "anunciado a superação em venda dos e-books" em relação aos livros em brochura, nos USA. Nova era se defronta para o mundo dos livros, livrarias, bibliotecas e leitores. Depois do impacto do Computador agora é a facilidade de se dispor de informações e da leitura de livros, revista e jornais etc. nos chamados "tablets". Bem vinda à globalização dos livros.

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Literatura> Crônicasl 15/09/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    No mundo pós tecnologia da informação formar leitores críticos e atuantes na sociedade com capacidade de argumentação clara e concisa. Esse texto é uma forma de esclarecer que nem tudo está perdido e que podemos sim ainda com todos os recursos midiáticos formar jovens leitores e com grande senso critico.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Literatura> Crônicasl 15/09/2014

    Compara o episódio das fraudes na PETROBRÁS com o ataque de Alarico contra o Império Romano.

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 11/09/2014

    Ao meio-dia, como Cinderela à meia-noite, as repetições mudam de aspecto no "jornal da CBN".

    Por: Osorio de Vasconcellosl Literatura> Crônicasl 05/09/2014
    Roberto Velasco

    Neste artigo procuro expor o quanto desenvolvemos nossas vidas em uma velocidade que nos retira a percepção de nós mesmos, e o quanto isto nos afasta da Fonte-Deus. É importante observarmos a vida por prismas mais ampliados, e não tão engessados como aqueles que nos movem individualmente e a sociedade como um todo. Libertar a mente das amarras do pequeno pensar é fundamental para a evolução de nossa sociedade.

    Por: Roberto Velascol Literatura> Crônicasl 02/09/2014

    Por ser uma senhora de pura beleza só posso te enviar parabéns. A beleza está presente em muitas mulheres, no entanto, a beleza espiritual tem muito mais valia e engrandecem as aquinhoadas com esse dom. A beleza interior, aquela que vem do coração, vale mais do que a beleza conseguida através de produtos de beleza ou outros apetrechos para esse fim. Todas as flores do mundo valem menos do que a alegria de ter você a meu lado. Estou junto a ti, mas não por sua beleza externa, corporal ou facial

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 17/09/2014

    Alvitrei com meu amor para nós proclamarmos a felicidade, Explorei grandes atitudes de um ser Cireneico com paz e alegria, A bondade em meu coração seria como um bordão de raridade, Consciencialmente substanciado no amor ao próximo e não na revelia. Contributivo com amor a transmitir reguei tudo sem belicosidade… Deotropismo uma bela palavra que me imantou com imensa simpatia. Dileto amigo ajude-me a ultrapassar o caminho espinhoso com agilidade,

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 12/09/2014

    Encontrei meu amor mesmo com uma ânsia sem medidas. Na luta diária e nos entraves que nos envolvem esqueci que estava só… Nos olhares das pessoas indiscretas o mal se afigura como raios flamejantes. Não permita que o orgulho tome conta do seu ser, pois este mal afeta o amor e, consequentemente o coração. Eu posso afirmar de viva voz que ao te encontrar conheci por acaso, aliás, foi o acaso mais lindo da minha vida. Para se amar verdadeiramente hoje em dia, é preciso que o amor seja provado e sen

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/09/2014

    Antes mesmo do descobrimento do nosso país, ele já era habitado pelos silvícolas. Os estudiosos das civilizações antigas, pesquisadores, arqueólogos chegaram às descobertas pré-históricas, que foram executadas por meio de escavações e análises minuciosas, e, através, desses estudos calcularam que entre os anos 40 mil e 12 mil a.C., já existiam os povos nômades, caçadores e pescadores que usavam utensílios artesanais rudimentares, para as suas sobrevivências.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 25/08/2014

    A vida é virtuosa, a morte traiçoeira, uma traz virtudes, anseios, felicidades, angústias e muita mais. A outra deixa o corpo inerte, a saudade consome e transforma a vida de muitos, e além do mais, se houver cremação sobram somente às cinzas. A vida sempre vencerá a morte, pois somos imortais e nos renovamos, através da reencarnação. Se a morte faz companhia desde o nascituro é porque nossos destinos sempre serão renovados por este ciclo que Deus criou para nós. A carne se putrefaz, mas o ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 13/08/2014

    Ao acessar o ninho de amor com êxtase total… Mostro com melindres meu amor e sensação… O destino que faz o nosso amor se tornar fatal… Reverbero por um dia de amor ardente de excitação.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 12/08/2014

    Nas lições da vida temos muito que aprender, principalmente nas experiências adquiridas onde renasce o esplendor de sementes a sementes. Com a fraternidade nós regamos o saber que no somatório das experiências nasce e cresce com o sabor do conhecimento adquirido. O que somos hoje devemos aos nossos pais. Os pais não são construtores da vida, porém os mediadores dela, plasmando sob a divina diretriz do Senhor. Os pais humanos são os primeiros mentores da criatura. De sua missão amorosa, decorre a

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 12/08/2014

    "Segundo Marco Antônio Villa em seu livro "Década Perdida" – Dez anos de PT (Partido dos Trabalhadores) no poder, estamos vivendo um tempo sombrio, uma época do vale-tudo. Desapareceram os homens públicos. Foram substituídos pelos políticos profissionais. Todos querem enriquecer a qualquer preço. E rapidamente. Não importam os meios. Garantidos pela impunidade, sabem que, se forem apanhados, têm sempre uma banca de advogados, regiamente paga, para livrá-los de alguma condenação. São anos marcado

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 01/08/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast