Aposentadoria tem que ser preparada com antecedencia

Publicado em: 29/08/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 147 |

Muitos aguardam a proximidade do cumprimento do tempo de contribuição para procurar o INSS ou começar a pesquisar sobre o assunto e muitas vezes começam a receber o benefício meses após a data prevista ou até com um valor menor do que teria direito. É comum no processo de requerimento da aposentadoria haver problemas devido as regras internas da previdência, que normalmente não se tem conhecimento. Se tais problemas tiverem de acontecer, eles acontecerão mesmo com a assistência de um profissional, se for feito de última hora.

Trabalhamos por décadas, contribuindo para ter o tão esperado benefício e quando chega o momento de requerermos, podemos fazê-lo sem necessidade de contratação de advogado ou despachante, a não ser que não se queira disponibilizar tempo para pesquisas e algumas visitas ao posto da previdência ou não se importe em ter mais algumas despesas com profissionais. Porém, em ambos os casos, o processo deve se iniciar com antecedência.

Pesquisa no Portal da Previdência, organização de todos os documentos trabalhista, ou seja, carteiras de trabalho, recibos de pagamentos e termos de quitações, sempre contemporâneos aos fatos, são o mínimo para iniciar o processo.

Atualmente o INSS possui uma base de dados, Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), onde são registradas todas as informações referentes aos registros empregatícios dos contribuintes, tais como: razão social das empresas e salários. Esta base de dados atualmente não está atualizada e ainda faltam muitos dados, principalmente aos registros mais antigos. Com o aperfeiçoamento da inclusão de dados neste sistema, futuramente será muito fácil, o segurado terá que apenas se identificar para requerer os direitos.

Como o sistema não chegou a este ponto ainda, temos que tomar alguns cuidados. O valor do benefício é estipulado de acordo com alguns critérios da Lei, como expectativa de vida e a media de 80% dos maiores salários de julho de 1994 para cá. Como em muitos casos o CNIS não está completo, faltando lançamentos, é necessário ficarmos atentos, pois poderá prejudicar o valor do benefício e temos que corrigir durante o processo de requerimento do benefício, ou melhor, antes, pois teremos que apresentar documentos, que poderá levar algum tempo para conseguir e consequentemente atrasar o primeiro pagamento.

Podemos ter acesso ao CNIS, pela internet, no site do Ministério da Previdência e Assistência Social, Portal da Previdência Social, no link "Extrato de Informações Previdenciárias", através de uma senha que pode ser conseguida em qualquer agência da Previdência e na falta de acesso a internet, diretamente na agência.

De posse das informações, o segurado irá conferir os lançamentos ou a falta de algum, para providenciar a correção. A retificação ou inclusão de dados é realizada na Agência da Previdência, com apresentação de provas que podem ser carteira, profissional, recibos de pagamento, extratos analítico de FGTS, e outras conforme for o caso.

Estando o CNIS atualizado, o requerimentos da aposentadoria será um processo simples, somente com apresentação das Carteiras de Trabalho.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/desigualdades-sociais-artigos/aposentadoria-tem-que-ser-preparada-com-antecedencia-3153671.html

    Palavras-chave do artigo:

    cnis

    ,

    aposentadoria

    ,

    contribuicao

    Comentar sobre o artigo

    APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO – REGRA PARA CONTAGEM DO TEMPO TRABALHADO EM CONDIÇÕES ESPECIAIS. Para ter direito à aposentadoria integral ou proporcional, é necessário também o cumprimento do período de carência, que corresponde ao número mínimo de contribuições mensais indispensáveis para que o segurado faça jus ao benefício. Os inscritos a partir de 25 de julho de 1991 devem ter, pelo menos, 180 contribuições mensais. Os filiados antes dessa data têm de seguir a tabela progressiva.

    Por: Joaquim Rodrigues da Silveiral Direito> Doutrinal 01/03/2011 lAcessos: 1,802

    A aposentadoria das pessoas com deficiência, constatou-se que a legislação em relação às pessoas com deficiência vem sofrendo constantes alterações e adequações necessárias, e que a consciência das pessoas com relação à deficiência gradativamente vai se modificando, de modo que se verifica como é possível o tratamento igual entre os seres humanos, evitando-se qualquer discriminação. Outrossim, são avaliados os graus de deficiência previstos em lei, a sabe

    Por: Edson Leandro da Silval Direito> Legislaçãol 27/10/2014 lAcessos: 31

    NÃO HÁ DESONERAÇÃO, apenas alteração do regime tributário, substituindo o criado por Getúlio Vargas ainda na década de 30 do século passado pela incidência dos percentuais específicos sobre o faturamento de cada setor envolvido nas mudanças ocorridas na atual década do século XXI.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 11/08/2013 lAcessos: 40

    Conforme noticiado recentemente que "o governo estuda a viabilidade de fazer uma desoneração ampla da folha de pagamentos para toda a economia. A estratégia implicaria a implantação de um novo modelo tributário, diferente do que começou a ser adotado este ano e que beneficia apenas alguns setores da indústria.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 19/08/2012 lAcessos: 104
    Carlos Alberto Lopes

    Os atestados médicos têm o objetivo de justificar e/ou abonar as faltas do empregado ao serviço em decorrência de incapacidade para o trabalho motivada por doença ou acidente do trabalho.

    Por: Carlos Alberto Lopesl Direito> Legislaçãol 06/06/2009 lAcessos: 225,576 lComentário: 118

    solidariedade como tema de pessoas que atuam na área de Tecnologias da Informação - TICs e Telecomunicações

    Por: nelson takayanagil Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 28/11/2014 lAcessos: 34
    JUNIOR OMNI

    Quantos jovens tiveram os seus sonhos "ASSASSINADOS" na guerra? Quantas mulheres perderam os seus esposos? Quantas jovens não se casaram com a pessoa amada, que morreu nas guerras? Quantas noivas ficaram "VIÚVAS" antes mesmo de se casarem? - - - Quantos filhos ficaram órfãos de pai e mãe, POR CAUSA DAS GUERRAS? Quantos filhos cresceram com "PROBLEMAS PSICOLÓGICOS" por causa da ausência de seu pai, ou de sua mãe? Quantas vidas jogadas na lata do lixo, por causa dos "LÍDERES MUNDIAIS" que decreta

    Por: JUNIOR OMNIl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 19/11/2014
    Davi Santos

    Em busca do equilibrio A vida como ela é, já dizia o famoso escritor, Nelson Rodriguês, ou a vida é bela do filme de Roberto Benigni, Durante a Segunda Guerra Mundial na Itália, o judeu Guido, me vem o desejo de falar de algo que abrange a vida e o ser no que ele é, autêntico, ou hipócrita,honesto ou desonesto,forte ou fraco,onde ele vem a pensar nele criatura, como ser que pensa e executa, vive ou deixa a vida o levar, basicamente ele para e diz : O que realmente o equilíbra.

    Por: Davi Santosl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 18/11/2014

    Diariamente passo por um ser humano triste, sozinho que mendiga numa grande e bonita rua da cidade, que dorme a chuva. Será feliz?

    Por: arminda moraisl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 12/11/2014
    Mariana Chaves

    De forma subliminar estamos vivendo em uma guerra de aparências, não importa o que você realmente é como pessoa, e sim o que você parece ou faz.

    Por: Mariana Chavesl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 07/11/2014 lAcessos: 13
    Luiz Otavio D. Pinheiro

    Texto denúncia, recebido por e-mail sobre a ação do PT e da PETRALHADA. Imperdível. Divulgue, pense no Brasil.

    Por: Luiz Otavio D. Pinheirol Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 24/09/2014 lAcessos: 16

    O trabalho em questão vai retratar a importância de determinadas políticas públicas que asseguram os direitos dos cidadãos de nosso país, conforme a Constituição de 1988 que diz "São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição".

    Por: RENATA SOUZAl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 20/09/2014 lAcessos: 17
    Carla Jacques

    O TEXTO FAZ UMA ANÁLISE CRÍTICA ACERCA DA QUESTÃO DO RACISMO, À LUZ DA IDEOLOGIA DO BRANQUEAMENTO, DISCUTINDO O CASO RELACIONADO AO GOLEIRO ARANHA (VEICULADO NA MÍDIA) E UM OUTRO CASO DE UM BAIRRO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO PAÍS QUE É INTITULADO POR ALGUNS MORADORES COM O SEGUINTE VULGO: "PLANETA DOS MACACOS".

    Por: Carla Jacquesl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 15/09/2014 lAcessos: 31
    José Carlos M. de Siqueira

    Informações sobre tempo de contribuição para aposentadoria.

    Por: José Carlos M. de Siqueiral Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 17/09/2010 lAcessos: 1,410
    José Carlos M. de Siqueira

    Uma vida contribuindo para o INSS pode ser uma grande decepção no momento de dar entrada na aposentadoria.

    Por: José Carlos M. de Siqueiral Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 29/08/2010 lAcessos: 310
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast