A Internet E Seus Efeitos Sobre As Empresas De Turismo E Viagens

07/10/2008 • Por • 4,603 Acessos

Nos últimos tempos, o crescimento tecnológico e o interesse da sociedade pela tecnologia, vêm desenvolvendo a cada dia em expansão no turismo, como exemplo a Internet que opera em tempo real. Este novo conceito em negócios transformou-se em uma ferramenta importante e indispensável, oferecendo aos consumidores subsídios para a escolha de seus próprios roteiros turísticos, de férias ou negócios, que representam investimento de tempo e financeiro, muitas vezes sem precisar passar pela ajuda de um agente de viagem. 

A globalização ampliou estratégias para identificar, desenvolver e comercializar o turismo por operadoras turísticas, empresas de transporte aéreo e de pequenas e médias empresas ligadas ao turismo.

O crescimento explosivo da Internet é considerado um fenômeno revolucionário em computação e telecomunicações, e está constantemente se expandindo à medida que mais empresas e outras organizações e seus usuários aderem a esta rede mundial de supervia de informações.

A globalização é acelerada pelo avanço dos meios de comunicação, com a interatividade fez o mundo ficar menor. Ao invés de se mandar uma carta, torcer que seja entregue em seu destino e esperar muito tempo por uma reposta, hoje se envia um e-mail, onde a resposta é imediata. Para fazer uma pesquisa, consulta-se um CD-ROM ou um web site (MARÍN, 2004).

A Internet chegou ao Brasil em 1989, porém o acesso era restrito a professores, estudantes e funcionários de universidades e instituições de pesquisa. Em adição, instituições governamentais e privadas também obtiveram acesso devido a colaborações acadêmicas e atividades não-comerciais. Somente em 1995 a Internet foi liberada para uso comercial da rede no Brasil, originando os primeiros provedores de acesso no país.

Segundo Organização das Nações Unidas - ONU (2007), o Brasil é o sexto maior usuário de Internet no mundo em termos de total de população que acessa a rede, são 39 milhões de pessoas usuárias de rede de computadores no país.

No ramo do turismo, a Internet tem sido uma plataforma fundamental para a rápida expansão de serviços de informação, aplicações comerciais, promoção e webmarketing, incluindo sistemas colaborativos, intranet e comércio eletrônico. As empresas que atuam no trade turístico buscam se adaptar às novas tecnologias, pois com a globalização, a concorrência passa a ser mundial e o cliente cada vez mais perto do fornecedor.

Conforme dados publicados pela Associação Brasileira de Agentes de Viagens - ABAV (2007) "em 2005 o número de internautas nos sites de viagem e turismo aumentou 93%. No primeiro semestre de 2006 o turismo teve 42,12% da audiência no Brasil, sendo o tema de maior procura na web".

Diante da perspectiva, ter um site de uma empresa na web nos dias de hoje já se tornou obrigatório, já não é mais um custo para o empresário, mas sim, um investimento.

A Internet é uma ótima ferramenta de divulgação e marketing, mas ter um site não basta. Este deve agregar valores para o negócio, nem que seja disponibilizando informações básicas sobre a empresa, que são de extrema importância no mercado.

A imagem de uma empresa de turismo na Internet é um meio para criar oportunidades, divulgar produtos e serviços, informaçoes sobre destino, vistos, relacionar-se com clientes e futuros clientes, chamar a atenção do usuário e causar boa impressão em segundos, é o que marca a empresa na web.

A atualização tecnológica é de grande importância para empresas turisticas, pois melhora a eficiência e a eficácia operacional, facilita processos, oferece informações e aumenta a agilidade do setor. É necessário que a Internetseja utilizada aproveitando todos os seus recursos, como instrumento para agregar valor e gerar economia para o turismo.

Perfil do Autor

PRISCILA PIRES DE MELO

Bacharel em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Vale do Itajai - UNIVALI Sao Jose - Santa Catarina.