Classificação Dos Alimentos:

Publicado em: 01/12/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 3,035 |

Classificação dos Alimentos:

 

1.      Quanto à natureza:

 

1.1.  Naturais:

   São os que chamamos de alimentos necessários, se restringe a suprir as necessidades primárias da vida. Exemplo: Alimentos como arroz e feijão, vestuário e etc.

 

1.2.  Civil:

   Esses são os alimentos que visam manter o status familiar, sendo ele uma manutenção da condição social de quem precisa de alimentos.

 

 

 

2.      Quanto à causa jurídica:

 

2.1.  Legal:

    Esses são os alimentos fixados na lei, sendo essa regulamentação quanto às pessoas que podem pleitear e aquelas que serão obrigadas a prestar.

    Essa lei é regulamentada pelo Direito de Família.

    Caso o devedor dos alimentos descumpra com a sua obrigação, poderá ser   gerada a sua prisão.

 

2.2.  Voluntário:

   São próprios da vontade das partes, a lei não os cria e não os regula.

 

2.3.   Indenizatório:

   São gerados devido a um ato ilícito praticado por alguém, provenientes da responsabilidade civil. È o dever de indenizar a título de alimentos.

 

 

3.      Quanto a finalidade:

 

3.1.  Provisional:

   São proferidos em sede de liminar, dentro de uma ação cautelar, são indispensáveis aqui as provas dos requisitos das cautelares, são elas: “Fumus boni júris” e “Periculum in mora”.

 

3.2.   Provisórios:

   São fixados em sede de liminar, contudo, dentro de uma ação de alimentos. Tratando-se de decisão interlocutória.

 

3.3.  Definitivo:

   São os alimentos fixados em sentença de mérito, onde é fixado o dever do réu em pagar alimentos.

 

 

 

 

4.      Quanto ao Momento:

 

4.1.  Pretérito:

   Esses alimentos são proibidos no Brasil, pois pleiteiam direitos alimentares anteriores à distribuição da ação.

 

4.2.  Atuais:

   São pleiteados na inicial, com o objetivo de serem fixados em favor do autor. Tem seu término com a fixação dos alimentos futuros dentro da mesma ação.

 

4.3.  Futuros:

   São provenientes da sentença de mérito, possui efeito “ex tunc” em razão dos alimentos atuais e, “ex nunc” em razão das características desses alimentos.

 

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/direito-artigos/classificacao-dos-alimentos-1528563.html

    Palavras-chave do artigo:

    classificacao dos alimentos

    ,

    naturais

    ,

    civis

    Comentar sobre o artigo

    Este trabalho tem por objetivo a apreensão conceitual e das características da relação alimentar na sistemática do Código Civil e propõe uma breve análise do novo panorama de prestação de alimentos que encontrou previsão legal muito recentemente com a edição da Lei 11.804/08 que disciplina os alimentos gravídicos e a forma como ele será exercido.

    Por: rogeriol Direito> Doutrinal 09/06/2011 lAcessos: 1,785

    O presente trabalho trata de detalhar questões pertinentes aos alimentos devidos em Direito de Família.

    Por: Diego Henrique Caniceirol Direito> Doutrinal 06/06/2011 lAcessos: 1,429
    Fábio Araújo de Holanda Souza

    Este trabalho insurge aspectos introdutórios e gerais do Direito de Família com o fito de tornar a leitura desta temática consubstancial aos princípios arraigados na Constituição não obstante suas peculiaridades culturais e eternas evoluções conceituais inerentes aos paradigmas que surge consoante a dinâmica social.

    Por: Fábio Araújo de Holanda Souzal Direito> Doutrinal 18/04/2011 lAcessos: 3,786
    Elizeu Vieira Moreira

    ...reflete filosoficamente e sociologicamente sobre a necessidade de mudanças na gestão do espaço e da espacialidade urbanos, tendo em vista, o atual estado de crise social e ambiental vivenciada nas cidades, notadamente, naquelas cuja infraestrutura de provimento das necessidades está intimamente relacionada ao processo de estratificação social provocado pelo sociometabolismo do capital...

    Por: Elizeu Vieira Moreiral Educação> Ciêncial 27/09/2011 lAcessos: 499
    Antonio Cunha

    Este artigo tem como objetivo geral o reconhecimento da forma como as políticas públicas culturais (ações, programas e projetos culturais) do governo municipal de Curitiba, entre 1970 e 2004, contemplaram a pluralidade étnica da cidade, sob responsabilidade da Fundação Cultural de Curitiba. No contexto urbano da cidade de Curitiba, observa-se a inserção das diversas etnias e multiculturalismo visto que a população curitibana apresenta interfaces étnico-culturais e que as políticas pública

    Por: Antonio Cunhal Notícias & Sociedade> Polítical 10/08/2009 lAcessos: 2,207 lComentário: 1

    A presente pesquisa foi elaborada tendo por objetivo estudar o fenômeno assédio moral nas relações de trabalho educacional em face de sua relevância na sociedade. Desta forma pretende-se conhecer, analisar e compreender este mal que atinge as instituições de ensino, buscando contribuir para o esclarecimento do fenômeno, como preveni-lo e reprimi-lo.

    Por: Arianal Educação> Ensino Superiorl 02/04/2011 lAcessos: 1,259
    Dr. Adriano Martins Pinheiro

    Segundo o artigo 966 do Código Civil: "Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços."

    Por: Dr. Adriano Martins Pinheirol Direito> Doutrinal 20/10/2009 lAcessos: 20,843 lComentário: 1

    Com o término da faculdade, a dúvida entre advocacia privada e concursos se faz muito presente. Mas qual caminho a seguir? Saiba mais!

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 22/10/2014

    Trata-se de um artigo que pretende fornecer breves apontamentos acerca da Escola da Exegese. No início do Século XIX, surgiu a Escola da Exegese em meio ao caos político e social da França revolucionária.

    Por: JOSÉ CARLOS MAIA SALIBA IIl Direitol 21/10/2014

    Sabe o que é advocacia administrativa? Advocacia administrativa é um crime previsto por lei. Saiba mais!

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 13/10/2014

    O artigo em questão trata do direito que a mulher gestante tem de receber alimentos do pai ou do suposto pai da criança. Será falado das possibilidades e das provas para receber os alimentos.

    Por: Janainal Direitol 13/10/2014

    Objetiva-se averiguar o bloco econômico do Mercosul, fundado por meio do Tratado de Assunção de 1991, desde o seu contexto histórico até os moldes atuais, abordando a estrutura e o funcionamento de seus órgãos bem assim a proteção aos direitos sociais e econômicos e os mecanismos de solução de controvérsias, no âmbito do bloco econômico.

    Por: Cristiane Sampaio Diogol Direitol 10/10/2014

    Descubra o que é insolvência civil, suas modalidades e como entrar em situação de insolvência.

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 25/09/2014

    Este trabalho teve como finalidade de estudar a evolução dos direitos dos empregados domésticos e a EC nº 72/2013.

    Por: Cristiane Costa Cotegypel Direitol 20/09/2014

    Estudo sobre o instituto da Barriga de Aluguel como prática frequente em vários países com o objetivo de averiguar como o direito brasileiro e o direito comparado solucionam os conflitos decorrentes dessa prática, bem como demonstrar algumas questões éticas que surgem nos conflitos dela decorrentes, principalmente quanto ao aspecto oneroso que, por muitas vezes, está presente nesse tipo de relação. Busca entender, ainda, o papel da bioética e do biodireito nesses conflitos.

    Por: Marília Oliveira Martinsl Direitol 17/09/2014 lAcessos: 51

    No Brasil há um projeto de lei que tenta regular a união civil de pessoas do mesmo sexo, e mesmo que não se tenha ainda uma lei específica sobre esse asunto, já há jurisprudências a favor e principalmente uma Instrução Normativa INSS/DC nº 25 que estabelece a pensão por morte e com isso também auxílio-reclusão para uniões homoafetivas.

    Por: Mariana Milioni Mil-Homens Arantesl Direitol 01/12/2010 lAcessos: 938

    Testamentos especiais: Artigo 1.886 do Código civil, São testamentos especiais: I - o marítimo; II - o aeronáutico; III - o militar. Codicilo não é testamento, é em resumo a última vontade do testador.

    Por: Mariana Milioni Mil-Homens Arantesl Direitol 10/06/2010 lAcessos: 672

    Da Dissolução da Sociedade e do Vínculo Conjugal O Brasil ingressou nos rol dos países divorcistas, com a Emenda Constitucional 19 de 1977, onde passou a admitir a dissolução do vínculo matrimonial. Art. 1571 do Código Civil. A sociedade conjugal termina: I- pela morte de um dos conjugues; II- pela nulidade ou anulação do casamento; III- pela separação judicial; IV- pelo divorcio.

    Por: Mariana Milioni Mil-Homens Arantesl Direitol 01/12/2009 lAcessos: 1,176
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast