É comum Bullying no local de trabalho?

16/09/2011 • Por • 390 Acessos

É comum Bullying no local de trabalho?

 bully-trabalho

Muitas pessoas acreditam que só ocorre Bullying no ambiente escolar entre alunos. Salienta-se que o comportamento de quem pratica Bullying é tão destrutivo a auto-estima do ser humano estando presente não só entre as crianças mas sim, principalmente entre homens e mulheres em seu ambiente de labor.

 O Bullying no local de trabalho é bem semelhante ao que enfrenta as crianças na escola. Ocorre que o Bullying no local de trabalho é um verdadeiro transtorno para o trabalhador.

 A definição de Bullying no ambiente de trabalho é aquele que expõe o trabalhador a um momento de constrangimento fechatório, e principalmente humilhantes, pelo período que está prestando a sua jornada de trabalho.

 Geralmente quem pratica o Bullying são os superiores hierárquicos. É possível observar que os superiores com características de Valentão, praticam o Bullying aos seus subordinados com brincadeiras onde muitas vezes a auto-estima do trabalhador é tão atingida no local de trabalho, que o mesmo desiste do trabalho, em razão de constantemente ter sua dignidade exposta.

 Outrossim, as pessoas que sofrem Bullying no ambiente de trabalho tem as características bastante parecidas com as que sofrem no ambiente escolar.

 Diferente do que acontece em atos de agressão, q muitas vezes não passam de uma atitude única, o Bullying acontece constantemente, criando um padrão taxativo contra a vítima.

 Grande parte das vítimas, sofrem sem se manifestar com medo de perder o emprego, e controversamente a sua própria ideia, acabam por largar o trabalho para dar fim aos constantes abusos.

 Outra característica importante que merece ser tecida algumas considerações, é de que o superior hierárquico, extremamente exigente e severos, exagerando no perfeccionismo, não necessariamente é causadores de Bullying, levando em conta q suas atitudes visam o melhoramento da empresa conseguindo melhores resultados de seus funcionários.

Vale lembrar que a prática do Bullying não ocorre apenas em um ambiente com várias pessoas, expondo obrigatoriamente a ridicularização pública, mas também em situações em que o causador faz individualmente suas agressões verbais no intuito de minimizar o agredido ofendendo e desprezando.

Ainda é importante frisar, que o Bullying no local de trabalho, ma maioria da vezes, é cometida a uma pessoa a qual quem agride tem medo. O agredido, via de regra, passa despercebido por ter seus atos confundidos com criticas costumeiras e pequenos atos.

 As características mais frequentes são normalmente piadas, gritos, isolamento social, xingamento, supervisão excessiva, ridicularização de natureza religiosa, étnica, física ou até mesmo social além de gestos, olhares, risadas, alteração na voz e ameaças.

Quem sofre o Bullying geralmente tem vários campos da sua vida tanto emocional ou física atingida, como por exemplo quando a vitima vai dormir tem dificuldades em razão de se lembrar das agressões sofridas. Outra característica é o alto nível de estres, baixíssima auto-estima, fobias entre outros.

 O Bullying afeta as empresas em vários aspectos sendo primeiro os funcionários não trabalharem em equipe, a baixa produtividade de quem sofre, gastos com processos trabalhistas de perdas e danos, ambiente de trabalho sem qualidade, empregados desmotivados e sem opinião própria, custas com treinamento de novos funcionários, entre outras.

Continue lendo em;

É comum Bullying no local de trabalho?

www.buenoecostanze.adv.br

 

Perfil do Autor

costanze

www.buenoecostanze.adv.br