Penhora de salário do executado

Publicado em: 13/09/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 161 |

PENHORA DE SALÁRIO DO EXECUTADO


Penhora de salário do executado para o fim de garantir a satisfação de verbas salariais do credor trabalhista, também de natureza alimentar.


Geralmente a execução trabalhista se processa em face de ex-empregador que, deixando de quitar verbas de natureza alimentar, é condenado pela Justiça do Trabalho.


Essa execução é realizada sem a necessidade de perscrutar a natureza da verba que será afetada para a quitação da dívida, porquanto o empregador, em princípio, recebe os lucros de sua atividade e não salário.


O problema instala-se quando é chamado a solver dívida trabalhista ao tempo em que já não mais conta com os lucros da atividade produtiva (nem com bens acumulados) - inclusive no caso de desconsideração da personalidade jurídica da sociedade , passando a viver de salário, ou, ainda, quando o devedor é empregador doméstico. Nesses casos, defrontado com delicada e complexa situação, poderá o juiz da execução determinar a afetação do salário do executado - revestido de caráter alimentar - para solver a dívida do exeqüente, de natureza também alimentar ?


Se é certo que a impenhorabilidade do salário percebido pelo executado é decorrência da aplicação prática dos princípios da dignidade da pessoa humana, do valor social do trabalho e da justiça social, não menos certo é que a incidência desses princípios são também assentados em relação às verbas reconhecidas judicialmente ao credor trabalhista.


Trata-se de indiscutível colisão entre princípios, sendo prevalente a possibilidade da penhora se de fato tiver por objetivo a satisfação de parcelas decorrentes de contrato de emprego e, assim sendo, com natureza alimentícia.


Trata-se do meio mais benigno para a solução do impasse.


Com efeito, permite a observância mais completa dos princípios de proteção em conflito, que visam a garantir um mínimo necessário à sobrevivência digna tanto do credor, quanto do devedor.


É necessária a restrição a um direito fundamental para o atendimento a outro direito fundamental de idêntica importância, situação que aponta para a presença do subprincípio da necessidade, elemento indispensável ao exame da proporcionalidade.


Outrossim, o meio utilizado para a restrição do direito fundamental de o devedor ter uma sobrevivência digna, é plenamente adequado ao fim pretendido, qual seja, o de proteção àquele mesmo direito fundamental que tem o credor, o que mostra a presença do subprincípio da adequação.


Por fim, a proporcionalidade em sentido estrito, que se mostra presente pelo inequívoco equilíbrio entre os valores e bens em ponderação, fazendo-se presente clara proporção entre a limitação de um direito fundamental para a garantia do respeito a um outro direito fundamental, de igual importância.


Não há duvida, então,


"que não há mais espaço para a aplicação praticamente mecânica do art. 649, IV, do CPC, devendo ser feito o exame do caso concreto, tendo bem presente as agruras do trabalhador/credor/necessitado, pena de desrespeito ao direito que lhe foi reconhecido, o que pode representar uma agressão à própria Constituição Federal e a princípios a ela muito caros" .

 

CONTINUE LENDO EM: PENHORA DE SALÁRIO DO EXECUTADO

WWW.BUENOECOSTANZE.ADV.BR

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/direito-artigos/penhora-de-salario-do-executado-5214791.html

    Palavras-chave do artigo:

    penhora

    ,

    salario

    ,

    executado

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo objetiva expor de forma esmiuçada, sem a pretensão, todavia, de exaurir o tema, a forma como doutrina e jurisprudência vêm enfrentando o regramento processual da impenhorabilidade absoluta na execução de valores oriundos da prestação de trabalho do devedor, estampada no artigo 649, inciso IV do CPC.

    Por: Josildo Muniz de Oliveiral Direito> Doutrinal 18/07/2013 lAcessos: 503

    O presente trabalho se propõe a realizar uma análise sobre o instituto jurídico da penhora realizado através da rede mundial de computadores à luz de princípios constitucionais e infraconstitucionais, visando uma perspectiva diferenciada a respeito do enfrentamento deste fenômeno no que se refere ao capital de giro das empresas.

    Por: Renilton Emanoel Cerqueira Pereira Filhol Direitol 18/05/2009 lAcessos: 2,572

    A penhora on line no processo do trabalho como forma eficaz e garantida de obtenção do crédito por parte do credor. O bloqueio de dinheiro nas contas do executado é um procedimento realizado pelo juiz, economizando tempo e custos do processo, dando maior agilidade às ações, satisfazendo o credor. O objetivo da penhora on line é garantir o pagamento da dívida através do bloqueio de valores, sem prejudicar o devedor.

    Por: Cristine Elisa Jungesl Direito> Doutrinal 16/11/2011 lAcessos: 515
    Mauricio Flank Ejchel

    Metas da Justiça do Trabalho para o ano 2012, numero de ações, quantidade de julgamentos, execução, arrecadação, estrutura e perspectivas do judiciário do trabalho

    Por: Mauricio Flank Ejchell Direitol 19/10/2012 lAcessos: 94

    1. EXECUÇÃO PARA A ENTREGA DE COISA CERTA: Ao despachar a inicial o juiz citará o devedor da execução, e o intimará a entregar a coisa em 10 dias ou embargar em 15 dias; ele poderá fixar multa (astreintes) caso o devedor não cumpra a obrigação dentro do prazo legal. O devedor poderá: I – manter-se inerte, devendo pagar multa se esta houver sido fixada; II – entregar a coisa, caso em que será extinta a execução; III – depositar o bem em juízo e opor embargos. (obs. Pela lei 11.382 não é mais obri

    Por: Fernando Bartoli de Oliveiral Direito> Doutrinal 25/11/2014

    Este trabalho teve por escopo fazer um breve resumo sobre a obra do mestre Alexandre Freitas Câmara, intitulada como " Juizados Especiais Cíveis Estaduais e Federais - Capítulo I a IX.

    Por: RODRIGO BARBOSA DE OLIVEIRAl Direito> Doutrinal 27/11/2008 lAcessos: 10,925

    Diante do grande crescimento econômico, surge muitas duvidas, sobre a possibilidade de penhoras e bens que podem sofrer com essa medida judicial.

    Por: costanzel Direitol 03/09/2011 lAcessos: 121
    Gisele Leite

    Considerações didáticas sobre a instauração de falência Considerações sobre a instauração de falência em face da recente legislação brasileira.

    Por: Gisele Leitel Educaçãol 14/02/2010 lAcessos: 1,061

    O presente trabalho analisará os preceitos que versam acerca da improbidade processual presentes em nosso Código de Processo Civil. Assim, abordar-se-ão os principais artigos do Código de Processo Civil que tratam sobre a má-fé processual e os atos atentatórios à dignidade da justiça, analisando-se cada inciso dos referidos preceitos.

    Por: Sabrinel Direito> Legislaçãol 06/04/2011 lAcessos: 2,568

    Os abusos contra o consumidor em nosso país tem crescido muito nos últimos anos, e com esse problema cada vez mais evidente além dos muito resultados interessantes para o consumidor que corajosamente resolve reivindicar o respeito à sua moral, nossos tribunais tem finalmente começado a reconhecer a importância da reparação financeira da ofensa moral.

    Por: Bento Jr Advogadosl Direitol 10/04/2015

    Os bancos e financeiras estão informando através de um Cadastro Ilegal, o SCR – Sistema de Informação de Crédito do Banco Central do Brasil (Sisbacen).

    Por: Bento Jr Advogadosl Direitol 07/04/2015

    E eis que a novela do caso Cesare Battisti, que se acreditava terminada, acaba de ganhar um novo capítulo. Poupado da sua extradição para a Itália em 2010 por decisão do governo brasileiro, o italiano se vê agora confrontado com possibilidade de ser deportado, como determinou a recente decisão da juíza federal titular da 20a Vara do Distrito Federal. O italiano chegou a ser preso nesta quinta-feira para fins de deportação mas foi solto algumas horas depois, diante da concessão de habeas corpus p

    Por: Central Pressl Direitol 06/04/2015

    Existe um modalidade de buscar dinheiro sem precisar recorrer a bancos e demais instituições financeiras, pouco conhecido mas em franca expansão o investidor em empreendimentos, aporta valores na modalidade conhecida com Capital Empreendedor ou Capital de Risco, Venture Capital.

    Por: Bento Jr Advogadosl Direitol 02/04/2015 lAcessos: 15

    A Lei 11.441/07 facilitou a vida do cidadão e desburocratizou o procedimento de inventário ao permitir a realização desse ato em cartório, por meio de escritura pública, de forma rápida, simples e segura. Atenção: Mesmo que a pessoa tenha falecido antes da Lei 11.441/07, também é possível fazer o inventário por escritura pública, se preenchidos os requisitos da lei. http://www.valerioadvogados.com.br/noticia/inventario-extrajudicial.html

    Por: Valério Advogadosl Direitol 31/03/2015 lAcessos: 11

    A 5ª turma do TST deu provimento ao recurso do trabalhador em face do tratamento isonômico.

    Por: Bento Jr Advogadosl Direitol 31/03/2015

    No Brasil, a questão da defesa dos direitos do consumidor começou a ser discutida no início dos anos 70, com a criação das primeiras associações civis e entidades governamentais voltadas para esse fim (Ex: Conselho de Defesa do Consumidor – CONDECON, Associação de Proteção ao Consumidor – APC, etc.). Mas foi somente em 1988, com a promulgação da Constituição Federal, que estabeleceu como dever do Estado promover a defesa do consumidor e um prazo para a elaboração de um Código para esse fim.

    Por: Tiago Morlinl Direitol 27/03/2015 lAcessos: 24

    O presente estudo traz uma abordagem acerca do instituto de inquérito policial, sendo ele procedimento administrativo que busca apurar autoria e materialidade de infração penal. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada por meio de método dedutivo e de procedimento técnico bibliográfico e documental.Busca-se inserir o inquérito policial no condão constitucional analisando este instituto à luz dos princípios do contraditório e da ampla defesa, garantidos pela Constituição Federal de 1988. Adema

    Por: Jussana Gabrieli Machadol Direitol 25/03/2015 lAcessos: 37

    A quebra de caixa é uma verba ou adicional, com a finalidade única de cobrir os riscos assumidos pelo trabalhador, que manipula constantemente com valores pecuniários, ou seja dinheiro.

    Por: costanzel Direitol 28/09/2011 lAcessos: 1,043

    Muitas pessoas acreditam que só ocorre Bullying no ambiente escolar entre alunos. Salienta-se que o comportamento de quem pratica Bullying é tão destrutivo a auto-estima do ser humano estando presente não só entre as crianças mas sim, principalmente entre homens e mulheres em seu ambiente de labor. O Bullying no local de

    Por: costanzel Direitol 16/09/2011 lAcessos: 386

    Cumpre esclarecer que é um ato comum de funcionários maltratar ou agredir animais em seu estabelecimento onde é comum inúmeras reclamações junto aos órgão de defesa do consumidor (PROCON).

    Por: costanzel Direitol 16/09/2011 lAcessos: 175

    Desde 1999 existe um projeto de lei, que está parado na Câmara dos Deputados, que considera algumas atitudes praticadas por usuários da Rede Mundial de Computadores, a Internet, como crimes que podem ser punidos com prisão de um mês até seis anos.

    Por: costanzel Internetl 15/09/2011 lAcessos: 145

    De acordo com as regras da nossa língua portuguesa, palavras terminadas em "nte" não tem variação de gênero: Atacante, Estudante, Gerente, PRESIDENTE... Porém, desde 1872 a palavra "Presidenta" existe na língua portuguesa e consta nos dicionários:

    Por: costanzel Direitol 15/09/2011 lAcessos: 106

    A preocupação com maus-tratos aos animais já era no seculo XV, o debate polêmico dos direitos dos mesmos introduzido pelo filósofo Ramon Bogéa, e dado continuidade no século XVII, pelo filósofo francês René Descartes e ainda por Aristóteles no século IV A.C., que debatia que os animais tinham alma.

    Por: costanzel Direitol 15/09/2011 lAcessos: 217

    É necessário saber que com fundamento em nossa Constituição Federal, todos tem direito a exercer uma profissão, onde é assegurado a todos acima de toda e qualquer discriminação o deficiente.

    Por: costanzel Direito> Legislaçãol 14/09/2011 lAcessos: 154

    Considera-se empregado doméstico aquele maior de 18 (dezoito) anos que presta serviços de natureza contínua (ininterrupta), onde sua atividade não gere lucro a pessoa ou à família contratante (Art. 1º da Lei 5.859 de 11/12/1972). Assim, o traço diferenciador do emprego doméstico é o caráter não-econômico da atividade exercida no âmbito residencial do empregador.

    Por: costanzel Direitol 14/09/2011 lAcessos: 406
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast