Tribunal Arbitral - Parceria Independente - Montagem Em Todo Territorio Nacional

Publicado em: 15/06/2009 |Comentário: 16 | Acessos: 5,520 |

O TJAMB - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ARBITRAL E MEDIAÇÃO DO BRASIL – Região Sudeste é uma entidade regularmente constituída conforme as Leis vigentes para atuar como JUIZADO ARBITRAL, em litígios envolvendo bens patrimoniais disponíveis, nas áreas comercial, trabalhista, bancária, imobiliária e contratos em geral, promovendo a aproximação das partes no sentido de concretizar acordos estabelecendo uma nova relação bilateral. Dispensamos todos os esforços para solucionar o litígio através da Mediação, Conciliação ou Arbitragem, com a decisão constituindo Titulo Executivo Judicial.

É uma modalidade alternativa de justiça mais moderna, dinâmica, sigilosa e de baixo custo, e que pode ser utilizada em todo o território nacional e até em questões internacionais.

Interessa a você para usar em algum litígio ainda não solucionado ou usar como profissional remunerado (Mediador ou Árbitro). Conheça um pouco mais desta alternativa que já é largamente utilizada nos países da Europa e em muitas cidades brasileiras.

O TJAMB está implantando Instituições Arbitrais independentes para outras cidades em todo o território nacional onde ainda não existe a justiça arbitral. Por se tratar de uma atividade que está em franca expansão e ter grande procura por parte das pessoas físicas e jurídicas, estamos buscando entidades ou profissionais interessados em constituir uma unidade de um Tribunal Arbitral nestas cidades. Pois é um mercado em crescente desenvolvimento e com imenso potencial no Brasil e no exterior.

O TJAMB é uma entidade para jurisdicional com conhecimento, tecnologia e experiência em mediar conflitos. É uma grande oportunidade para sua entidade ou você se tornar parceiro desta equipe formada por profissionais com larga vivência nesta área e proprietário de sua própria Instituição Arbitral.

Hoje, mais do que nunca, a justiça estatal se encontra saturada, não mais comportando a grande sobrecarga de processos que diariamente lhe é enviada. Com isto, aumenta a sua já tão conhecida lentidão, chegando a uma quase paralisação.

Por isto, a mediação e arbitragem vem ajudar a desafogar a justiça pública. E todos saem beneficiados: o poder judiciário que pode trabalhar sem tanta sobrecarga. Os advogados por verem processos de seus clientes sendo resolvidos e, assim, poder receber em menor tempo, seus justos honorários. As partes envolvidas no processo por verem a justiça sendo feita. O mediador ou árbitro (juiz Arbitral), por ter mais uma oportunidade de prestar um serviço de cidadania e de forma remunerada.

Os nossos profissionais estão preparados para instalar em sua cidade, uma Câmara Arbitral (Tribunal), levando toda a experiência já adquirida pelo TJAMB e dando o suporte necessário aos parceiros. Em resumo, seria:

01 – Orientar na escolha do local, instalações, equipamentos e tudo que é necessário para o perfeito funcionamento de um Tribunal Arbitral conforme prevê a Lei Federal nº 9.307/96.

02 - Capacitar as pessoas que iriam atuar, tanto na parte administrativa e burocrática, quanto na parte judicial.

03 – Fornecer e elaborar todos os modelos de documentos interno e externo de trabalho, como também documentos para os registros dos Tribunais Arbitrais nos órgãos competentes e  os documentos para atuação dos mediadores, conciliadores ou árbitros.

Se você acha que tem o perfil adequado e interesse em atuar nesta área, junte um grupo de no mínimo 03 pessoas em sua cidade para receber o Curso de Capacitação de Mediadores e Árbitros e a constituição de sua Instituição Arbitral. Com o grupo formado nós iremos até sua cidade para capacitando-os a atuar como mediadores, conciliadores ou árbitros.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/direito-artigos/tribunal-arbitral-parceria-independente-montagem-em-todo-territorio-nacional-973484.html

    Palavras-chave do artigo:

    juiz arbitral

    ,

    tribunal arbitral

    Comentar sobre o artigo

    Luiz Paulo Costa

    O Juizado Arbitral (Tribunal Arbitral), tem como principal objetivo Oferecer uma nova opção de escolha para o Acesso à Justiça (Arbitragem), compromentendo-se em propiciar maior agilidade para os processos com total confidencialidade e custos significativamente menores que os da Justiça Comum, Sem deixar de lado uma seriedade, o respeito ea imparcialidade para ambas as partes em acordo com a Lei Federal de n º 9.307/96.

    Por: Luiz Paulo Costal Direito> Legislaçãol 08/05/2010 lAcessos: 1,088
    Marcello Fernandes Leal

    O presente artigo tem apenas por intuito traças breves linhas sobre o instituto da arbitragem, principalmente quanto ao seu tratamento do ordenamento jurídico pátrio. Analisamos os principais tópicos trazidos pela Lei n.º 9.307, de 1996, que versa sobre o tema no Brasil, nos apoiando na mais autorizada doutrina que tratou sobre o tema. Buscou-se trazer à luz esse importante instituto jurídico como mecanismo para dirimir conflitos, ainda insipiente no Brasil.

    Por: Marcello Fernandes Leall Direito> Doutrinal 09/07/2009 lAcessos: 5,312 lComentário: 1
    Marcello Fernandes Leal

    O presente artigo tem por intenção traçar breves comentários sobre a aplicação do instituto de ordem pública como parâmetro que serve à proteção do ordenamento jurídico nacional quando da recepção nesse de sentença arbitrais estrangeiras.

    Por: Marcello Fernandes Leall Direitol 09/07/2009 lAcessos: 1,789
    Luís Otávio de Aguir Watanabe

    Na era da instrumentalidade processual, a Lei de arbitragem é um novo veículo de produção de justiça social. Trata-se aqui do fenômeno da incidência da lei de arbitragem, bem assim como da convenção de arbitragem.

    Por: Luís Otávio de Aguir Watanabel Direito> Legislaçãol 15/02/2011 lAcessos: 127

    CABIMENTO DE AÇÃO RESCISÓRIA NA SENTENÇA ARBITRAL RESUMO O presente artigo trata a respeito da sentença arbitral no ordenamento jurídico brasileiro no que tange à solução de conflito e de contrapartida, verificar se a mesma está sujeita ou não a recursos. Além de orientar a população em geral sobre esta opção de solução de litígios nesta nova modalidade que trata a Lei 9.307/96 sobre a arbitragem. Em linhas gerais, o autor destaca de forma breve uma tendência mundial de solução de conflitos de i

    Por: Alexander de Assis Nunesl Direito> Doutrinal 01/11/2013 lAcessos: 160
    EVILAZIO RIBEIRO

    histórico do instituto do duplo grau de jurisdição notou-se que o homem ao exercer o direito subjetivo de ação, ainda que de forma rudimentar, com o fim de buscar a prestação jurisdicional devida pela reparação da lesão sofrida, almeja obter uma sentença favorável.

    Por: EVILAZIO RIBEIROl Ciências> Biologial 05/11/2010 lAcessos: 381
    Juiz Arbitral

    LEI 9.307/96 COM COMENTÁRIOS EM CADA UM DOS SEUS 44 ARTIGOS, DISPOSTOS EM 7 CAPITULOS: Capítulo I - disposições Gerais; Capítulo II - da convenção de Arbitragem e seus efeitos; Capítulo III - dos Árbitros; Capítulo IV - do procedimento arbitral; Capítulo V - da sentença arbitral; Capítulo VI - do reconhecimento e execução de sentenças arbitrais estrangeiras; Capítulo VII - disposições finais. CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL CÓDIGO CIVIL E PENAL CÓDIGO DE ÉTICA

    Por: Juiz Arbitrall Direitol 21/06/2009 lAcessos: 2,106 lComentário: 1

    Para facilitar a resolução de sentenças, sem utilização do judiciário, é que foram criadas alternativas extrajudiciais, como a Arbitragem, a fim de agilizar negociações entre as partes envolvidas

    Por: Isabel Tourinhol Notícias & Sociedade> Cotidianol 19/11/2010 lAcessos: 141
    Juiz Arbitral

    BASEADO NA LEI FEDERAL 9.307/96 Modelos de: ATAS; PETIÇÕES; CONVOCAÇÕES/NOTIFICAÇÕES; SENTENÇAS ARBITRAIS; CLÁUSULAS COMPROMISSORIA; TERMOS DE COMPROMISSOS; COMPROMISSOS ARBITRAIS; E OUTROS MODELOS DE DOCUMENTOS

    Por: Juiz Arbitrall Direitol 23/07/2009 lAcessos: 5,518 lComentário: 12

    Estudo sobre o instituto da Barriga de Aluguel como prática frequente em vários países com o objetivo de averiguar como o direito brasileiro e o direito comparado solucionam os conflitos decorrentes dessa prática, bem como demonstrar algumas questões éticas que surgem nos conflitos dela decorrentes, principalmente quanto ao aspecto oneroso que, por muitas vezes, está presente nesse tipo de relação. Busca entender, ainda, o papel da bioética e do biodireito nesses conflitos.

    Por: Marília Oliveira Martinsl Direitol 17/09/2014

    Escritórios de advocacia são como qualquer empresa de qualquer setor: devem ser organizados para poder funcionar da melhor maneira possível e só fluir, gerando bons frutos disso e, é claro, lucro para os associados que exercem sua advocacia no local.

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 16/09/2014

    Para fazer parte da advocacia brasileira, isto é, ser um advogado e poder exercer sua função um indivíduo deve possuir bacharel em Direito e ter conseguido aprovação no Exame de Ordem e ser regularmente inscrito na OAB, a Ordem dos Advogados do Brasil.

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 08/09/2014

    No processo existente de Recuperação Extrajudicial podemos contar com um tipo de instituto que propicia o que seria uma nova solução. Através dela os devedores acabam negociando de forma direta com todos os credores, e ainda o Plano de recuperação determinado o que vai para a justiça apenas para que possa ser algo homologado.

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 08/09/2014 lAcessos: 16

    Os problemas judiciais podem acontecer em qualquer segmento, como podemos perceber, a justiça influência em praticamente tudo dentro do nosso país, porém em boa parte dos casos, a mesma influência de forma negativa, na maioria das vezes tirando a oportunidade de trabalhadores ou até mesmo de empresários que estavam fazendo seu trabalho dentro da lei, mas que devido a leis mal feitas ou até mesmo pela falta de uma lei correta, acaba paralisando a atuação de uma empresa. O grande problema da paral

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 05/09/2014
    RFF Associados

    Em face dos constrangimentos orçamentais existentes foi, recentemente, aprovado em Conselho de Ministros a segunda proposta de alteração à Lei que aprovou o Orçamento de Estado para o ano de 2014.

    Por: RFF Associadosl Direitol 04/09/2014
    RFF Associados

    No passado dia 27 de Agosto de 2014 entrou em vigor a Lei n.º 61/2014, que aprovou o regime especial aplicável aos activos por impostos diferidos. Tal como a denominação indicia, o novo regime aplica-se aos activos por impostos diferidos que tenham resultado da não dedução de gastos e variações patrimoniais negativas com perdas por imparidade em créditos e com benefícios pós-emprego ou a longo prazo de empregados.

    Por: RFF Associadosl Direitol 04/09/2014

    Infelizmente, algo que podemos verificar com uma determinada facilidade nos dias de hoje, é o fato de que há uma grande quantidade de pessoas que podem ser declaradas judicialmente como insolventes, ou seja, que não tem condições de pagar pelas dívidas que realizou no decorrer de sua vida sem que isto influencia ou até mesmo prejudique as suas necessidades básicas. Sendo assim, claro, acaba por ser necessário que esta situação seja solucionada, e principalmente evitada. Então vamos entender agor

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 28/08/2014
    Juiz Arbitral

    BASEADO NA LEI FEDERAL 9.307/96 Modelos de: ATAS; PETIÇÕES; CONVOCAÇÕES/NOTIFICAÇÕES; SENTENÇAS ARBITRAIS; CLÁUSULAS COMPROMISSORIA; TERMOS DE COMPROMISSOS; COMPROMISSOS ARBITRAIS; E OUTROS MODELOS DE DOCUMENTOS

    Por: Juiz Arbitrall Direitol 23/07/2009 lAcessos: 5,518 lComentário: 12
    Juiz Arbitral

    LEI 9.307/96 COM COMENTÁRIOS EM CADA UM DOS SEUS 44 ARTIGOS, DISPOSTOS EM 7 CAPITULOS: Capítulo I - disposições Gerais; Capítulo II - da convenção de Arbitragem e seus efeitos; Capítulo III - dos Árbitros; Capítulo IV - do procedimento arbitral; Capítulo V - da sentença arbitral; Capítulo VI - do reconhecimento e execução de sentenças arbitrais estrangeiras; Capítulo VII - disposições finais. CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL CÓDIGO CIVIL E PENAL CÓDIGO DE ÉTICA

    Por: Juiz Arbitrall Direitol 21/06/2009 lAcessos: 2,106 lComentário: 1

    Comments on this article

    0
    celsotera 14/11/2011
    O Juizado
    Arbitral Constitui um Centro de Arbitragem institucionalizado, pelo
    Ministério da Justiça, Tendo sido criado para resolver litígios Através
    das técnicas e de um conjunto de procedimentos de Mediação, Conciliação
    ou de Arbitragem.
    0
    celsoluiz 14/11/2011
    A
    Instituição regulamentada e constituída conforme as Leis vigentes para
    atuar como JUIZADO ARBITRAL, em litígios envolvendo bens patrimoniais
    disponíveis, que terá por finalidade promover a solução de controvérsias
    existentes entre pessoas físicas e/ou jurídicas, com uma modalidade
    alternativa de justiça mais moderna, dinâmica, sigilosa e de baixo gusto.
    0
    maria andrade 01/08/2011
    Boa noite Luiz, ja disponho de uma equipe pronta para iniciar os trabalhos, gostaria de poder contar contigo para montar um tribunal arbitral, antes porém, precisamos de orientações in loco de sua equipe, pois temos duvida qto o melhor local.Favor entrar em contato conosco pelo e-mail supra.
    att.
    Maria Andrade
    1
    Luiz Paulo Costa 15/06/2011
    Prezado Artur Moraes, me add no luizpaulo_@msn.com ou tribunalarbitral@msn.com que esclarecerei todas as suas duvidas. Ou caso queira acesso o site: www.juizadoarbitral.webs.com ,la encontrará 4 apostilas neste seguimento (apostilas de: Capacitação, Tecnicas, constituição de tribunais arbitrais e modelos de documentos para trabalho em arbitragem) No site verá seus conteudos e valores.
    0
    Artur Moraes 14/06/2011
    Bom Dia,
    Preclaros e doutos amigos, sou bacharel em direito e com influencia na minha comunidade temos inumeros casos de pequenas empresas, comerciantes e comsumidores e ja tendo ouvido e de pouco conhecimento quanto a camara arbitral, gostaria de maior esclarecimento e dos parametros para abrir uma camara arbitral em Pirituba.

    Grato

    Artur
    1
    Luiz Paulo 23/02/2011
    Qualquer duvida referente a constituição de tribunal arbitral, favor mande por e-mail: luizpaulo_@msn.com - juizarbitral@msn.com - tribunalarbitral@msn.com - camaraarbitral@msn.com, terei o prazer em responder todas as perguntas e duvidas.
    0
    VERA RODRIGUES PROTTI 21/02/2011
    SOU ESTUDANTE DE DIREITO, 3º ANO NA CIDADE DE RIBEIRÃO PRETO - SP.ESTOU INTERESSANDA EM SABER COMO MONTAR UMA CÂMARA DE ARBITRAGEM.GOSTEI MUITO DESSE MECANISMO ALTERNATIVO POUCO DIVULGADO, MAS QUE NO MEU ENTENDER É A JUSTIÇA DO SÉCULO 21.
    2
    Juiz Arbitral 04/01/2011
    Com esse grupo de 03 pessoas da para iniciar sua instituição arbitral, e o custo para toda a criação e elaboração dos documentos fica em torno de 15 mil reais. Para maiores informações me mande um e-mail para juizarbitral@msn.com ou luizpaulo_@msn.com
    1
    jorge pereira da silva 04/01/2011
    pretendo montar uma instituição arbitral. tenho o grupo de três pessoas. qual o custo total para realização desta instituição ser efefivamente montada no rio de janeiro, mangaratiba.
    1
    Juiz Arbitral 15/10/2010
    A todos interessados em constituir Tribunais Arbitrais, tenho no site: www.juizadoarbitral.webs.com apostilas proprias, onde tem todos os documentos e ensina passo a passo. No mesmo site tenho outras apostilas no mesmo segmento.
    1
    Claudia 15/10/2010
    Gostaria de saber como se monta a Câmara, quais são os procedimentos? Consiste em uma empresa privada, associação? Como funciona?
    Muito Obrigada
    2
    Ana 06/07/2010
    Gostaria de saber quais são os tramites para a constituição de um Tribunal Arbitral. Vocês poderia me informar? Grata
    1
    JOSE BENTO FALCÃO 14/05/2010
    GOSTARIA DE RECEBER TODAS INFORMAÇÕES, TUDO SOBRE ARBITRAGEM, TUDO DE NOVO QUE NÃO E DIVULGAGA OBRIGADO PELA ATENÇÃO.
    4
    Luiz Paulo Costa 16/11/2009
    Me informe seus e-mails para que sejam enviados os tramites para a Constituição de Tribunal Arbitral.
    0
    june 13/11/2009
    Epa, é tudo que eu precisava, a mto estou querendo me informar acerca da implantação de uma corte. Por onde começa? Registro do contrato (cnpj)? Qdo algum membro s edesliga e outro entra, qual o procedimento? Cópias de doc utilizados, cadastros de emp, doc utilizados nas consciliações, etc vcs os têm? poderiam nos mandar para apreciação? Sou Cap da PMGO e tenho mta curiosidade neste assunto. Obrigada, Deus os abençoem.
    0
    Deusarino de Melo 01/11/2009
    Li, apreciei e venho solicitar a vocês que me tornem conhecedor de suas notícias eou boletins, pois, pélo conteúdo que aprciei é, em verdade, de grande valia, seu auxílio e, certamente, as portas de meu escritório, além do meu e-mail e telefones, estarão sempre ao seu inteiro dispor. Grato por uma resposta, Deusarino de Melo
    Endereço: Travessa Dom Romero, 47 Messejana, Fortaleza-CE CEP: 60.873-834
    telefones: 0xx85 8838-6161 e 3274-3289
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast