Vantagem E Desvantagem Do Testamento Publico

Publicado em: 03/11/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 1,644 |

Temos varias formas de fazer um testamento em nosso ordenamento jurídico.

O Testamento Publico é uma delas  .Ele é publico ,porque é um documento que tem registro publico , e elaborado e registrado em um tabelião de notas .O beneficio de ser publico é a segurança , porque é feito por alguem que detem de fé publica .E também porque , se for perdido ou extraviado , é possivel extrair-se uma segunda via, uma vez que consta em um registro de orgão publico .É seguro , feito por um delegado do serviço publico .

VANTAGEM  do testamento publico: Por ser publico .Não corre o risco de o testador morrer e não ter a ultima vontade desobedecida .

DESVANTAGEM do testamento publico : Ser publico. Pode ser conhecido de todos , torna acessível a todos , oque pode fomentar a discórdia e a cobiça . 

Ao cego só se permite o testamento publico .Por razão de segurança , para que seja cumprida a sua vontade .O seu testamento será lido , em vóz alta , duas vezes , uma pelo tabelião ou por seu substituto legal , e a outra por uma das testemunhas ,designada pelo testador , fazendo-se de tudo circunstanciada menção no testamento . 

O nosso Código Civil  em seu artgo 1.864diz quais os requisitos essenciais do testamento publico :

I- ser escriro pelo tabelião ou por seu substituto legal em seu liuvro de notas , de acordo com as declarações do testador , podendo este servir-se de minutas, notas ou apontamentos ;

II - lavrado o instrumento , ser lido em voz alta pelo tabelião ao testador e a duas testemunhas , a um só tempo ;ou pelo testador , se o quiser ,na presença destas e do oficial ;

III- ser o instrumento ,em seguida a leitura ,assinado pelo testador ,pelas testemunhas e pelo tabelião .

Paragrafo unico. o testamento publico , pode ser escrito manualmente ou mecanicamente , bem como ser feito pela inserção de declaração de vontadde em partes impressas de livro de notas , desde que rubricadas todas as paginas pelo testador se mais de uma .

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/direito-artigos/vantagem-e-desvantagem-do-testamento-publico-1415623.html

    Palavras-chave do artigo:

    testamento publico

    Comentar sobre o artigo

    O Direito Sucessório Brasileiro, disciplinado pelo Código Civil Brasileiro de 2002, prevê dois tipos de sucessão hereditária que podemos nos deparar quando da abertura da sucessão, qual seja: sucessão legítima e sucessão testamentária, acerca desta, mais especificamente sobre sucessão testamentária na forma pública, que discorremos no presente trabalho.

    Por: Arthur Sarilhol Direito> Doutrinal 28/11/2014 lAcessos: 18

    testamento é a manisfestação de vontade do autor da herança, que dispõe total ou parcial de seu patrimônio após a morte. testamento público é aquele escrito pelo tabelião ou seu substituto legal, no livro de notas, conforme manifestação do testador

    Por: joao flavio de oliveiral Direitol 02/12/2010 lAcessos: 3,822

    O PRESENTE ARTIGO TEM POR FINALIDADE, TRAZER AOS INTERESSADOS NA MATÉRIAS ASPECTOS RELEVANTES A RESPEITO DO TESTAMENTO PÚBLICO, OFERENCENDO NORTE PARA QUEM PRETENDE UTILIZAR DESTE DISPOSITIVO OFERECIDO PELO NOSSO ORDENAMENTO JURÍDICO.

    Por: ALCIDES BELFORT DA SILVAl Direito> Legislaçãol 13/11/2009 lAcessos: 6,191

    Peculiaridades acerca do Testamento na forma pública.

    Por: Nicholas Pereira Carvalhol Direito> Doutrinal 13/06/2010 lAcessos: 1,458
    washington almeida

    Testamento é ato de ultima vontade do individuo. Dentre as varias formas de se testar uma delas é a forma publica feita no cartório de notas oralmente tomada a termo pelo tabelião ou seu substituto.

    Por: washington almeidal Direito> Doutrinal 04/11/2009 lAcessos: 19,046 lComentário: 6

    O Brasil possui 6 tipos de testamento, divididos em dois grupos: Testamento comum a. Público b. Cerrado c. Particular Testamento especial a. Marítimo b. Aeronáutico c. Militar DO TESTAMENTO EM GERAL Art. 1.857. Toda pessoa capaz pode dispor, por testamento, da totalidade dos seus bens, ou de parte deles, para depois de sua morte. § 1o A legítima dos herdeiros necessários não poderá ser incluída no testamento. § 2o São válidas as disposições testamentárias de caráter não patrimonial, ainda q

    Por: Fernando Bartoli de Oliveiral Direito> Legislaçãol 18/11/2014

    O presente artigo tem como objetivo estudar as formas ordinárias de testamento, ambas elencadas no Artigo 1.862 do Código Civil de 2002,

    Por: Marcelo Rodriguesl Direito> Doutrinal 26/11/2014

    QUAIS SÃO E QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DO TESTAMENTOS EM NOSSA LEGISLAÇÃO CIVIL.

    Por: João Luiz Morais de Freitasl Direito> Legislaçãol 15/12/2010 lAcessos: 1,205
    Carolina Cintra Barbosa

    Síntese dos tipos de testamento e seus requisitos

    Por: Carolina Cintra Barbosal Direito> Jurisprudêncial 27/11/2010 lAcessos: 1,355

    Diante do exposto, é possível observar que a adequação das peculiaridades técnicas do meio envolvido às normas jurídicas proporcionará maior confiança na contratação virtual e contribuirá para a evolução das relações contratuais.

    Por: Natália Paz de Lyral Direitol 14/01/2015

    Trata-se, pois, imprescindível a adoção de sistemas de criptografia que garantam a autenticidade, integridade, tempestividade e perenidade do documento. Desta forma, os contratos eletrônicos terão eficácia probatória contra terceiros. No caso de dúvida quanto à autenticidade e integridade, o contrato não será considerado inválido ou inexistente, mas poderá vir a ser comprovado em juízo por qualquer meio de prova admitido.

    Por: Natália Paz de Lyral Direitol 14/01/2015

    A expansão da Internet com propósitos comerciais, impulsionou o desenvolvimento do comércio eletrônico mediante a utilização de contratos eletrônicos. Entretanto, a vulnerabilidade desse novo ambiente de onde são celebrados os contratos eletrônicos gera insegurança entre as partes contratantes.

    Por: Natália Paz de Lyral Direitol 14/01/2015

    A discussão com relação a redução da maioridade penal causa polêmica em alguns setores da sociedade brasileira. Na nossa lei a responsabilidade penal é definida a partir dos dezoito anos de idade. Os que defendem a redução da maioridade penal objetivam considerar penalmente responsáveis os adolescentes menores de dezoito anos, pois consideram que seria essa a solução para a criminalidade.

    Por: Claudia Maria Werner Polidol Direitol 08/01/2015

    A posse é um dos assuntos mais controvertidos na doutrina civilista. Um dos pontos ainda não sedimentados em relação à posse é o reconhecimento de sua função social, assunto este abordado no presente trabalho. Para tamanha pretensão, não se pode prescindir da ligação da posse (autônoma ou causal) com o direito de propriedade, ligação essa que promove o entendimento de que a função social reconhecida em relação à propriedade deve ser também feita em relação à posse.

    Por: MARIANAl Direitol 06/01/2015

    O Direito Penal Econômico é uma matéria jurídica que visa coibir ou punir as condutas ilícitas com um conjunto de regras que tem o escopo de sancionar, com penas próprias, no âmbito das relações econômicas, as ofensas ou perigo aos bens ou interesses juridicamente relevantes. Essa ciência coaduna, perfeitamente, com a corrupção existente no alto escalão da sociedade brasileira, perfazendo com que haja uma diminuição nessa prática prejudicial para os rumos da nação.

    Por: JOSÉ CARLOS MAIA SALIBA IIl Direitol 17/12/2014 lAcessos: 14

    Trata-se do processo informal de modificação da Constituição Federal, a mutação constitucional. Tema que se encontra em evidência, especialmente em decorrência da morosidade do Senado Federal em editar a resolução disciplinada pelo art. 52, X, da CF/1988.

    Por: Josildo Muniz de Oliveiral Direitol 15/12/2014 lAcessos: 21

    Insolvência civil é a situação na qual uma pessoa física contrai uma determinada dívida sem estar devidamente respaldada pelo potencial financeiro de seus bens móveis e imóveis.

    Por: Sayuri Matsuol Direitol 12/12/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast