O Direito E A Psicologia Jurídica

Publicado em: 25/03/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 3,680 |

Primeiramente os advogados, são sempre o Juiz da causa, são reconhecidos como o "instrumento do direito", bem como, os Promotores de Justiça, que lidam a todo o momento com os conflitos individuais e sociais, no entanto, juntos, colaboram com a missão de resolver os conflitos existentes.

Se pensarmos nas infinitas questões familiares:separação, divórcio, guarda e adoção, bem como, raiva, ciúme, medo de perder o bem amado, ódio, retaliação, sindrome da alienação parental (SAP) daí, logo veremos o manancial de problemas emocionais.

Todavia, podemos pensar primeiramente no Direito penal, (art.121 á 123 CP) começando pelos crimes e suas motivações, sendo que, todo o crime é o resultado grave de alteração de comportamento humano, ou seja, da conduta. Ex.Homícido, Parricídio, Matricídio, Infanticídio etc.

E o que dizer dos delitos sexuais? nas personalidades pervesas pedofílias, nos crimes perpetrados por sádicos e masoquistas, por todos os lados, sempre veremos o mundo jurídico informando questões psicológicas.

Continuando, o que dizer da mulher violentada ou agredida, ás vezes dentro do próprio lar. De modo, que toda a família sofre, e sempre na frente dos filhos. Do réu, alcoolista ou usuário de drogas, que deliberadamente recorrem a tais substâncias, para cometerem seus crimes, e aqueles outros que o cometem por defeito da mente e personalidade.

Entretanto, tudo mostra o quanto a enciclopédia jurídica é também uma enciclopédia de Psicologia, ou seja, são duas discíplinas que nascem com os mesmos objetivos, e compartem os mesmos objetos de estudos o homem e seu comportamento. Ambas, estão destinadas a servir o homem e promover um mundo melhor.

Portanto, a Psicologia é fundamental para o direito, bem como, essencial a Justiça, assim, não é mais preciso recorrermos aos argumentos, para mostrarmos que uma dos grandes erros judiciais decorre da falta de conhecimento da Psicologia Jurídica.

                 

Pesquisas Bibliográficas:

Trindade_Prof.Jorge. PSICOLOGIA_Instituto. www.jorgetrindade.com.br/ www.sbpj.org

DOETZER_Lidiane Roehrig;PSICOLOGIA_Forense I; Curitiba:2002

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/doutrina-artigos/o-direito-e-a-psicologia-juridica-2046679.html

    Palavras-chave do artigo:

    psicologia violencia direito justica

    Comentar sobre o artigo

    A violência na escola é um tema de grande relevância, inserindo no processo educacional. Muito se tem abordado sobre o referido assunto e muitas pesquisas foram direcionadas nesse campo. Partindo desse pressuposto, passa-se a estudar pessoas, idéias e atitudes que interferem na motivação e aprendizagem. Para a realização deste trabalho analisa-se a violência como um fator que interfere na aprendizagem e o papel da família, do Estado, da escola e do educador frente a essa problemática.

    Por: Maria José Esmeraldo Roliml Educaçãol 19/11/2008 lAcessos: 16,077 lComentário: 9
    Sérgio Henrique Pereira

    Este trabalho é um manifesto quanto à essência dos Direitos Humanos para se entender a Constituição Federal de 1988. O assunto é abordado sem a pretensão de esgotá-lo, mas resumir, de forma que a leitura possa ser atrativa a todos e, desta maneira, alcançar o entendimento ao que seja os Direitos Humanos e as garantias fundamentais da pessoa humana num Estado Democrático de Direito.

    Por: Sérgio Henrique Pereiral Direito> Legislaçãol 23/01/2014 lAcessos: 20

    Segundo estimativas no mundo toda a violência está entre as principais causas de morte do mundo todo. No entanto, embora os números sejam preocupantes, há uma quantidade de pesquisa incipiente no tocante a violência que é um fenômeno progressivo e que muitas vezes se manifesta no começo do namoro entre os jovens casais que se escolhem para seguir um caminho juntos e desenvolverem um relacionamento afetivo-sexual.

    Por: Thiago de Almeidal Psicologia&Auto-Ajudal 23/01/2009 lAcessos: 25,210 lComentário: 8

    O desafio colocado aos seres vivos em tempos de padrões sustentáveis de produção e consumo empurra o sistema educacional e os meios de controle social para um possível abismo: os limites do planeta sem uma gestão consciente e um compartilhamento racional de seus riscos poderá ampliar os padrões de todas as espécies de violência.

    Por: Gianno Nepomucenol Direito> Doutrinal 07/06/2013 lAcessos: 68

    Objetivo refletir sobre o direito à educação na infância e adolescência e sua interdependência com a estrutura familiar e a educação escolar. É na Escola que crianças e adolescentes se incluem ou se excluem no mundo da cidadania. A sociedade atual passa por mudanças drásticas com famílias desestruturadas e conseqüentemente gerando filhos muitas vezes problemáticos.

    Por: elisabeta da costa saltonl Direito> Legislaçãol 09/06/2011 lAcessos: 514

    Independentemente de cursos, diplomas e títulos, assim como de nacionalidades, credos e posições sociais ou de outros qualificativos, o ser humano consciente, que não pense na prevenção contra a violência e o crime, nem se predisponha, direta ou indiretamente e por todas as maneiras possíveis, a exemplificar em favor da paz pública e privada, é um espírito eticamente enfermo, que precisa de auxílio para curar-se do medo e da insegurança"(Bismael Moraes)

    Por: Joilson José da Silval Direito> Doutrinal 12/06/2009 lAcessos: 4,488

    O artigo, resultado de pesquisa bibliográfica, destaca o assédio moral no trabalho, a ação do agente ativo e as conseqüências do comportamento sobre o trabalhador, com ênfase para as questões psicológicas de ambos os agentes. Aborda ainda a prática do assédio moral, na qual a vítima se vê por repetidas vezes submetida a situações constrangedoras e humilhantes, isolada e ridicularizada perante terceiros, durante a jornada de trabalho e dentro da própria empresa, gerando sequelas negativas não ape

    Por: Charline Rennerl Direitol 25/11/2009 lAcessos: 3,703
    MARIA DAS GRAÇAS TELES MARTINS

    A violência sexual contra crianças e adolescentes resultam de um fenômeno complexo levando em consideração o contexto histórico, econômico, cultural e político. Alunos do Colégio Liceu Paraibano (PB), entrevistam uma profissional da área da psicologia e educação sobre o assunto. Conclui-se que o trauma do abuso sexual pode afetar o desenvolvimento de crianças e adolescentes, uma vez que desenvolvem severos problemas emocionais, relacionais com prejuízos físicos, psicológicos e psiquiátricos.

    Por: MARIA DAS GRAÇAS TELES MARTINSl Educação> Ciêncial 02/12/2010 lAcessos: 3,976
    Gisele Leite

    A autora traça resumidamente acerca da história da Criminologia, seus principais representantes, escolas e influências nas ciências criminais

    Por: Gisele Leitel Direito> Doutrinal 23/03/2011 lAcessos: 698

    Diretor do Sindispge alerta que, em momento de campanha, todos os candidatos fazem diversas promessas sem a possibilidade de cumprir se eleitos forem

    Por: Sindispgel Direito> Doutrinal 25/09/2014

    O presente artigo tem o escopo de, em breves linhas, analisar as relações entre padrastos/madrastas e seus enteados e fazer um estudo sobre a convivência destes com os estigmas culturais e com a necessidade de conciliação entre famílias que se desconstituíram e em seguida foram reconstituídas. Trata-se de uma verificação deste novo formato familiar formalmente reconhecido pela carta magna vigente, e da convivência que se faz necessária a partir de sua existência. O intuito é esclarecer que, embo

    Por: ana karolinal Direito> Doutrinal 23/09/2014

    O presente artigo tem o escopo de, em breves linhas, estudar o que são e como se formam as famílias reconstituídas, a relação de convivência e o estabelecimento do parentesco decorrente de vínculos de afeto nas referidas famílias. Trata-se de uma verificação deste novo formato familiar formalmente reconhecido pela carta magna vigente, e da convivência que se faz necessária a partir de sua existência. O intuito é esclarecer que, a constituição Federal de 1988 passou a reconhecer essa nova forma d

    Por: ana karolinal Direito> Doutrinal 23/09/2014
    SERGIO FRANCISCO FURQUIM

    Temos que enfrentar sem medo só assim este excesso de poder por parte destas pessoas que acha que pode tudo vai acabar, mas só vai acabar se nós não acovardarmos e sim enfrentar com determinação sem medo de represália.

    Por: SERGIO FRANCISCO FURQUIMl Direito> Doutrinal 21/09/2014

    Não raras vezes, os sócios das pessoas jurídicas de responsabilidade limitada a utilizam para obter vantagens pecuniárias mediante fraude, abuso de poder ou violação à Lei ou ao contrato social, graças à autonomia que o atual Código Civil lhes conferiu.

    Por: Rafael Rossi Morescol Direito> Doutrinal 18/09/2014 lAcessos: 16
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    SUMÁRIO 1. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRIGAÇÕES. 2. OBRIGACOES DE MEIO. 3. OBRIGACAO DE RESULTADO. 4. CONCLUSAO. 5. REFERENCIAS

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    SUMÁRIO. 1 TEORIA DA IMPREVISÃO. 1.1. CONCEITO. 1.2. REQUISITOS. 2 TEORIA DA SUPERVENIENCIA. 2.1. CONCEITO E REQUISITOS. 3 CONCLUSÃO. 4 REFERENCIAS

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    Sumário. 1. INTRODUÇÃO. 2. RAZAO DA EXISTENCIA DOS TITULOS DE CREDITO. 3. CARACTERISTICAS DOS TITULOS . 4. SAQUE OU EMISSAO, ACEITE, AVAL E ENDOSSO.5. IMPOSSIBILIDADE TECNICA DE INCLUSAO EM DOCUMENTOS ASSINADOS DIGITALMENTE. 6. CONCLUSAO E CRITICA

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014
    Raquel Nazário

    O presente artigo, tem por objetivo abordar um tema bastante relevante na questões processuais ligadas as famílias, ou seja, veremos como a Psicologia Jurídica tem contribuido para dirimir tais conflitos, ora, existentes no âmbito jurídico.

    Por: Raquel Nazáriol Direito> Doutrinal 17/02/2011 lAcessos: 205
    Raquel Nazário

    Em 06 de Novembro de 2008, entrou em vigor a Lei 11.804/08, com o objetivo de disciplinar a grave lacuna, ora existente no Direito de Família, ou seja, a inexistência de regulamentação dos alimentos gravídicos, percebidos pela gestante, ao longo da gravidez.

    Por: Raquel Nazáriol Direito> Legislaçãol 06/01/2011 lAcessos: 253
    Raquel Nazário

    O objetivo principal desse trabalho, é o aprimoraramento dos conhecimentos á respeito de um tema, pelo qual, faz parte do nosso dia a dia, o Princípio da Boa – Fé. Dessa forma, poderemos compreender, como este princípio tem contribuído para que á sua efetivação seja plena no âmbito jurídico.

    Por: Raquel Nazáriol Direito> Doutrinal 13/06/2010 lAcessos: 201
    Raquel Nazário

    O presente trabalho tem por objetivo examinar a teoria de Fábio Ulhoa Coelho em relação ás questões centrais de Estabelecimento Empresarial.

    Por: Raquel Nazáriol Direito> Doutrinal 13/06/2010 lAcessos: 12,969
    Raquel Nazário

    Este trabalho tem por objetivo abordar a violência contra as mulheres, até quando os agressores ficarão impunes? Faz-se necessário que toda a população reconheça que a violência contra a mulher não somente é um atentado aos Direitos Humanos, como um obstáculo ao desenvolvimento e á consolidação plena da Democracia no Brasil.

    Por: Raquel Nazáriol Direito> Legislaçãol 12/03/2010 lAcessos: 734
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast