Propriedade Resolúvel

Publicado em: 22/06/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 1,273 |

 

1.Conceito

 

Anteriormente prevista no código cível de 1916, em seu artigo 647 e 648, sua previsão foi mantida no código civil de 2002 no artigo 1.359 e 1.360 é aplicável à bens móveis e imóveis.

Trata-se de modalidade de propriedade que traz em seu titulo, uma expressa declaração de vontade que cria uma condição ou termo, onde sua satisfação ou advento resolverá a propriedade em favor de um beneficiário, extinguindo não só a propriedade, mas todos os direitos reais sobre ela pendentes como se nunca houvessem existido.

 

2.Natureza jurídica

 

A propriedade tem como uma de suas características mais importantes a perpetuidade, e apesar de não ser absoluta em face do interesse público, se desfigura completamente pelo termo ou condição agregado à seu título, uma exceção à regra do direito real.

A condição e o termo são disciplinas da parte geral do Código Civil, e a eles não foi conferido o efeito retroativo "ex tunc", diferentemente da maneira que se encontra aplicados nesta matéria, por outro lado muito se assemelha à matéria que trata dos negócios jurídicos, também constantes da parte geral do mesmo código.

Podemos concluir que se trata de uma exceção às características de permanência e constância do direito de propriedade, muito se aproximando dos negócios jurídicos tratando-se de uma modalidade especial de domínio.

 

3.Efeitos

 

Como em todo negocio jurídico, não basta que a condição conste do termo de aquisição da propriedade, mas esta também deverá se amoldar ao art. 104, II do código civil, cuidando de que o objeto seja lícito, possível, determinado ou determinável.

Uma vez operada a condição ou termo, a propriedade é transferida ao beneficiário ou em caso de silêncio do título, retornará ao antigo proprietário, ambos com efeitos "ex tunc", retroagindo à data da aquisição pelo proprietário resolúvel.

Esta modalidade de propriedade confere ao seu titular a possibilidade de exercer todos os direitos sobre a propriedade enquanto esta não se resolver, seja usar, gozar, fruir e reaver, a menos que conste alguma restrição no título.

Destarte, tratando-se de bens imóveis, terceiros não poderão alegar ignorância sobre tal condição ou termo no momento em que for objeto de negócio jurídico, pois, com a mesma sorte das demais modalidades de direitos reais, esta também deverá ser levada à registro imobiliário.

O artigo 1360 do código civil trata da possibilidade da propriedade se resolver por condições alheias às previstas no título, com a evicção ou desapropriação, por exemplo. Neste caso o adquirente obterá a propriedade livre da condição ou termo, restando ao beneficiário, promover ação pessoal e não mais real contra o proprietário resolúvel, gerando efeitos "ex nunc", sem efeitos passados.

 

4.Do Direito expectativo e do Direito eventual

 

O beneficiário nada mais é que um proprietário diferido, titular de um direito eventual, que não pode ser confundido com uma expectativa de direito, pois este direito poderá nunca ocorrer. A este, a lei não confere qualquer ação, uma vez que ainda não existe direito a ser defendido.

Porém, pela ocasião da satisfação da condição ou advento do termo, terá o direito de ser compensado por perdas e danos causados por má-fé, culpa grave ou desídia do proprietário resolúvel, sendo a má-fé a causa do dever de indenizar em qualquer situação (art.187 C.C.), não havendo motivos para se excluir desta matéria.

Contudo, o proprietário diferido, ao ver a propriedade se deteriorar ou desaparecer por dolo do atual proprietário, poderá se valer dos princípios que regem o abuso de direito, podendo exigir caução ou qualquer outra medida acautelatória.

 

 

Referências bibliográficas

VENOSA, Silvio de Salvo, Direito Civil V: Direitos Reais - 9ª Ed. – São Paulo – Atlas, 2009

DINIZ, Maria Helena, Curso de Direito Civil Brasileiro: Direito das Coisas – 23ª Ed. – São Paulo – Saraiva, 2008

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/doutrina-artigos/propriedade-resoluvel-2699405.html

    Palavras-chave do artigo:

    propriedade

    ,

    condicao

    ,

    termo

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo trata da Propriedade Resolúvel,seu conceito e aplicação de forma pratica, bem como sua controvérsia Natureza Jurídica e formas de resolução,abrangendo possíveis efeitos e direitos de terceiros.

    Por: Ana Claudia Vicentel Direito> Doutrinal 21/06/2010 lAcessos: 9,969

    O propósito desse texto é perpassar o atributo da perpetuidade da propriedade, bem como na evidência de que o direito de propriedade não mais pode ser visualizado, sob a ótica constitucional e das diretrizes que regem o atual Código Civil, em especial o princípio da operabilidade, como um direito pleno, intangível, independentemente de fatores externos que possam enfraquecê-lo, posto que sofre uma gama de fatores que podem revogar tal direito.

    Por: rogeriol Direito> Doutrinal 29/11/2010 lAcessos: 851
    Claudiana Andrioli

    Esse artigo trata-se primeiramente de propriedade,para que assim seja exposto os principais temas sobre a propriedade ficuciária.

    Por: Claudiana Andriolil Direitol 10/11/2010 lAcessos: 3,616

    Apresentar definições suscintas sobre os principais termos contábeis e financeiros à luz da nova Legislação Contábil Brasileira, baseada na Lei 6.404/1976, com as alterações advindas das Lei 11.638/2007 e 11.941/2009.

    Por: LUIZ ROBERTO NASCIMENTOl Negócios> Gestãol 23/08/2010 lAcessos: 6,351 lComentário: 1

    Renúncia e abandono são formas de perda da propriedade, realizadas de forma unilateral pelo proprietário do bem.

    Por: MARIANA MARIN NAKADl Direito> Doutrinal 10/06/2011 lAcessos: 1,408

    Uma breve abordagem sobre uma das modalidades de Intervenção do Estado na Propriedade Privada que passa desapercebida, contudo é uma das mais gravosas na vida da pessoas, como se comprova pela jurisprudência.

    Por: Jadilson Albuquerquel Direito> Doutrinal 29/06/2012 lAcessos: 395
    Claudia Forlin

    O estudo teve como objetivo identificar o conhecimento técnico e científico que as enfermeiras da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) detêm sobre os efeitos maléficos que o oxigênio pode acarretar, e suas conseqüências se não for administrado adequadamente ao Recém-nascido pré-termo (RNPT).

    Por: Claudia Forlinl Saúde e Bem Estar> Medicinal 04/04/2011 lAcessos: 2,201

    Trata o artigo do terceiro interessado na cessão fiduciária de direitos sobre coisas móveis, bem como títulos de crédito.

    Por: Ana Paula Rossil Direito> Doutrinal 06/10/2013 lAcessos: 43
    Agnaldo Fernandes Silva

    O Sistema de produçaõ Familiar no município de Medicilândia no Pará, tem reduzido bastante nos últimos anos, isso tem preocupado bastante a população do município. Na medida em que a redução na produção agrícola aumenta, a importação também aumenta, e isso não é bom para a região, já que as riquezas não contribui mais com o município, considerando ainda que os produtos importado são caríssimos.

    Por: Agnaldo Fernandes Silval Educação> Ensino Superiorl 20/03/2011 lAcessos: 541 lComentário: 1
    André Silva Barroso

    As empresas não são mais vistas somente como agentes de produção, com o intuito único de auferir lucro dentro de suas atividades, sem se preocuparem com seus colaboradores. Durante as últimas décadas, os colaboradores são tratados como peças fundamentais nas organizações empresariais. A Lei N.º 11.101/2005 prioriza a recuperação sobre a liquidação, devendo ser aplicada a liquidação somente nos casos em que a empresa seja inviável, sendo isso a consagração do Princípio da Preservação da Empresa.

    Por: André Silva Barrosol Direito> Doutrinal 24/02/2015

    O presente artigo versa sobre os crimes hediondos e também àqueles equiparados a hediondos, como o tráfico ilícito de entorpecentes, o terrorismo e o crime de tortura. Para uma melhor análise do tema, será abordada a lei nº 8072/90, abordando todos os seus artigos, em especial o artigo primeiro, do qual trazemos comentários de todos os seus incisos que nos apresentam todos os crimes constantes no rol legal.

    Por: Antônio Faustino Moural Direito> Doutrinal 23/02/2015

    O presente artigo tem por objetivo demonstrar a mediação como uma alternativa para a resolução dos conflitos, apresentando suas vantagens em comparação a um processo judicial. A metodologia utilizada no artigo teve por base um estudo descritivo-analítico, desenvolvido através de pesquisa bibliográfica. Concluiu-se que a apropriação das formas em tela pelo Poder Judiciário é influenciada pela utilização do discurso da ideologia da harmonia para o convencimento das pessoas.

    Por: antonia karinyl Direito> Doutrinal 21/02/2015

    O referido artigo visa mencionar algumas noções sobre as Obrigações no campo Civilista.

    Por: kellylisitaPeresl Direito> Doutrinal 18/02/2015

    Para um entendimento global do procedimento cível, é indispensável que o jurista tenha conhecimento dos atos processuais que formam a sua estrutura. Assunto cobrado na maioria dos concursos públicos hodiernos, os atos processuais possuem importância substancial para aqueles que pretendem entender o processo como um todo. Assim, o presente artigo visa desobscurecer o conhecimento dos leitores acerca das comunicações realizadas entre os juízos, fragmento basilar dos atos processuais.

    Por: Maria Isabell Direito> Doutrinal 16/02/2015

    O povo brasileiro vive em uma sociedade democrática, caracterizada por tudo que é tipo de trabalhadores, sejam eles formados por grupos majoritários ou não. E esses trabalhadores precisam de proteção.

    Por: Gleidson Mateus de Melol Direito> Doutrinal 14/02/2015
    Rodolfo Augusto Schmit

    Este artigo exporá as peculiaridades concernentes à advocacia como obrigação de meio, ou seja, aquela que não detém previsão de resultados, bem como abordará acerca da Justiça, tudo sob o manto dos Doutos ensinamentos do Mestre Ruy Barbosa.

    Por: Rodolfo Augusto Schmitl Direito> Doutrinal 13/02/2015

    Esse estudo possui como objetivo analisar todas as modificações que a Lei de Licitações poderá sofrer com o término do projeto já aprovado para sua modernização, elencando todos os pontos positivos que tal modernização irá trazer, com intuito de coibir os vícios e crimes praticados por gestores mal intencionados e corruptos.

    Por: Herculles Oliveira Pintol Direito> Doutrinal 10/02/2015

    Este trabalho tem como objetivo apresentar os crimes comuns e específicos (econômicos) contra o sistema previdenciário nacional.

    Por: Alexandre Loureiro Barreiral Direito> Legislaçãol 12/06/2011 lAcessos: 674

    Este artigo é uma apresentação do que é o ato de testar e suas características.

    Por: Alexandre Loureiro Barreiral Direito> Legislaçãol 29/11/2010 lAcessos: 245
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast