Prova virtual: do intangível ao material

Publicado em: 29/08/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 39 |

A internet e suas ferramentas, como redes sociais, sites de relacionamentos, chats etc., ampliaram o meio de busca de prova, no Direito como um todo, mais especificamente no Direito de Família, principalmente no que se refere à capacidade de pagar alimentos e as questões dos relacionamentos extraconjugais que afetam o dever de fidelidade previsto no Código Civil.

Na maioria das vezes, é por meio do computador ou do aparelho celular que se descobre a existência de um terceiro (a) e o fim da relação, cuja "morte" já fora anunciada, mas da qual fugia-se peremptoriamente do funeral.

As grandes questões postas pelo Direito virtual são a consecução e a garantia de qualidade da prova face a velocidade surpreendente com a qual conteúdos aparecem e somem das telas de computadores e dos meios virtuais. Efetivamente, em razão do sigilo das comunicações, a prova no meio virtual necessita de alguns cuidados.

Primeiramente, deve-se verificar, sempre, a questão do compartilhamento das informações. Excluídas as hipóteses de restrições de acesso, salvo melhor entendimento, todas as informações na rede são públicas e, portanto, passíveis de ser veiculadas. Por uma questão de boa técnica jurídica, usa-se acompanhar a impressão, de cópia em CD do conteúdo digital, nos mesmos moldes do previsto no art. 365, inciso VI, parágrafo 1º,  do Código de Processo Civil.

Havendo restrição de acesso, a parte deve socorrer-se do poder do Juízo de requisitar o conteúdo a quem quer que o detenha.

Em segundo lugar, principalmente nas questões relativas ao casamento e a partilha de bens, melhor servido processualmente fica o cônjuge que mantém um backup atualizado dos documentos relativos aos bens e ao caixa familiar, com o rateio de despesas e as fontes que propiciam o custeio das mesmas. Se casamento é contrato - e certamente o é - havendo filhos, é inegável a existência de contabilidade.

Igualmente, é lícito a qualquer uma das partes levar o endereço digital, o notebook, tablet ou o aparelho celular até um Serviço Notarial, onde, por meio da leitura do que lhe é apresentado, o Tabelião de Notas lavrará uma Ata Notarial informando o conteúdo e certificará a veracidade. Assim, poderá fazer prova da capacidade econômica, de adultério, da existência de fotos comprometedores e, até mesmo, de situações relacionados ao trabalho/emprego do ex-querido/a, sempre importantes na hora de majorar os alimentos dos rebentos.

Importantíssimo no que tange ao constrangimento de criança, conhecido como bulling, e até mesmo à prática de dano entre colegas de trabalho e/ou funcionários/superiores - que levam à indenização por dano moral, as redes sociais têm fornecido provas cabais que vêm fundamentando sentenças. Podem, inclusive, por meio de perícia, complementar os livros de ponto, no que tange à comprovação de horas extras, em razão do funcionamento dos endereços IP, no Direito do Trabalho.

A lei 12.551, sancionada pela Presidente da República no final do ano anterior, deverá ampliar esse alcance, uma vez que prevê, no recebimento e-mail respondido ou ligação de celular fora do expediente, a possibilidade de configurar hora extra. Na prática, o texto da lei determina que o uso dessas ferramentas, para fins corporativos, corresponderia a uma ordem dada pelos empregadores.

Dessa forma, a prova digital vem, efetivamente, contribuindo em todos os ramos do Direito. Se a prova é imprescindível à melhor estratégia processual, a digital deve anteceder a busca de um advogado. Deve, inclusive, fazer parte da noção de mundo do indivíduo precavido na preservação e na defesa de seus interesses, pois materializa o que antes era intangível.

Isabel Cochlar, advogada

isabel@cochlar.com.br

www.cochlar.com.br/

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/doutrina-artigos/prova-virtual-do-intangivel-ao-material-6154271.html

    Palavras-chave do artigo:

    internet

    ,

    redes de relacionamento

    ,

    prova

    Comentar sobre o artigo

    Este Artigo tem o objetivo de demonstrar a necessidade de se promover uma exclusão dos delitos contra os direitos autorais cometidos através da rede mundial de computadores do âmbito do Direito Penal no ordenamento jurídico brasileiro, devido às inconveniências e injustiças que possam eventualmente surgir se tais delitos cometidos pela internet forem sancionados na seara criminal.

    Por: Maykon de Britol Direitol 05/03/2011 lAcessos: 462

    Especialista afirma que o relacionamento à moda antiga ainda é preferido entre os parceiros

    Por: Aliah Percepção Comunicaçãol Relacionamentos> Relações Amorosasl 25/05/2011 lAcessos: 218
    GENIVALDO PEREIRA DA ROCHA

    Este texto apresenta uma breve discussão acerca do internetês, linguagem que se firma cada dia mais entre os usuários da rede de computadores. Mostra que esta forma de escrita não pode ser considerada uma ameaça à Língua Portuguesa, mas apenas ser empregada numa situação específica.

    Por: GENIVALDO PEREIRA DA ROCHAl Educação> Ensino Superiorl 16/05/2012 lAcessos: 225
    Sandra Turchi

    Com as recentes mudanças nas leis eleitorais que liberaram o uso de internet e redes sociais nas campanhas, já é possível acompanhar mudanças no cenário político, mesmo não sendo possível fazer propaganda paga na web. Encerramos 2009 com aproximadamente 70 milhões de pessoas tendo acesso à web, em suas residências, em Lan Houses, Cyber Cafés, escolas, trabalho, entre outros locais, embora apenas 38% deles acessem diariamente.

    Por: Sandra Turchil Marketing e Publicidadel 30/05/2010 lAcessos: 162
    Lucileide Matos

    A psicóloga e professora Lucileide Matos, com doutorado e mestrado em Clinical Counseling nos EUA, de Orlando, lembra que a traição é um tema presente em toda a história da sociedade. Hoje, a maioria das traições acontece com a ajuda do telefone celular e, principalmente, do computador. Trocou-se o bilhete pelo text message, a carta pelo e-mail, o recado verbal pelo telefonema. Lucileide explica que conhecer pessoas e se envolver sentimentalmente com elas, através do fácil acesso à internet.

    Por: Lucileide Matosl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 11/02/2011 lAcessos: 1,114
    Nelson B. Sousa

    Decisões que estão sendo debatidas nos tribunais estão gerando jurisprudência a respeito de assuntos que antes achávamos banais. Cuidados devem ser tomados pelos Administradores. Fiquem atentos. Procurem cada vez mais informações. Isso com certeza fará a diferença entre profissionais.

    Por: Nelson B. Sousal Notícias & Sociedadel 21/11/2008 lAcessos: 5,558

    Resumo: O presente artigo intitulado "JOGOS ELETRÔNICOS: Um fenômeno sócio-cultural no mundo moderno" tem por objetivo abordar como os jogos eletrônicos influenciam no modo de vida do jogadores e como eles se firmaram como cultura, relatando seus benefícios e malefícios e como servem para a formação da personalidade.

    Por: Günther de Sousa Freirel Tecnologia> Jogosl 23/06/2011 lAcessos: 159
    Dr.Markus Hofrichter

    Se você pretende ser um vencedor no mundo dos negócios, preste atenção neste ponto. Ele é uma espécie de pré-requisito para todos os demais. É tão importante que você deve fazer dele uma questão de honra.

    Por: Dr.Markus Hofrichterl Negócios> Pequenas Empresasl 21/12/2010 lAcessos: 1,780
    Meio News RJ

    Mesmo com milhões de novos usuários a cada dia, é cedo para dizer se o Google+ já tem o sucesso garantido. O Facebook é a referência e o desafio.

    Por: Meio News RJl Internet> Marketing na Internetl 25/07/2011 lAcessos: 31

    Mais de 16 (dezesseis) anos depois da promulgação da Lei 9.605/98, que sepultou qualquer dúvida acerca da possibilidade de imputação penal à pessoa jurídica no âmbito formal, intensas críticas doutrinárias ainda são feitas ao instituto. Este artigo pretende analisar a razoabilidade destas críticas, principalmente à luz da atual realidade de criminalidade de crimes relacionados com as pessoas coletivas a ser combatida.

    Por: Ana Lídia Soares Vasconcelol Direito> Doutrinal 26/03/2014
    Isabel Cochlar

    "Casais aptos a adoção e devidamente inscritos na fila nacional, que concordam em receber uma criança com guarda provisória, amargam meses e meses de espera"

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 24/03/2014

    Especialista destaca que a empresa é a responsável por oferecer condições de trabalho adequadas a todos os trabalhadores, individual ou coletivamente

    Por: Eduardo Gastaudl Direito> Doutrinal 18/03/2014

    INTRODUÇÃO. 1. Adoção. 1.1. Considerações históricas sobre o instituto da adoção. 1.2. Conceito e características do instituto. 1.3. Tratamento dado ao instituto da adoção pelas leis brasileiras. 1.4. Requisitos, espécies e características da adoção. 1.5. Princípios. 2. Afetividade. 3. Analisando a decisão judicial. Conclusão. Este artigo tem por fim discutir os fundamentos que alicerçam decisão judicial inovadora que, com base no melhor interesse da criança, julgou procedente a adoção unilatera

    Por: SILHIA VASCONCELOSl Direito> Doutrinal 22/02/2014 lAcessos: 25

    Trata-se de assunto relativo a dificuldade do comerciante apresentar defesa em face de autuações do inmetro

    Por: Antonio Carlos Pazl Direito> Doutrinal 19/02/2014 lAcessos: 21

    OCORRENDO O VENCIMENTO ANTECIPADO DO CONTRATO SURGE PARA O CREDOR A PRETENSÃO DE COBRANÇA. CABE A ELE EXIGIR DE PRONTO A INTEGRALIDADE DA DÍVIDA, MITIGANDO O PRÓPRIO PREJUÍZO, POIS TEM O DEVER DE BOA-FÉ CONTRATUAL.

    Por: HELEN CRISTINA CRUZl Direito> Doutrinal 18/02/2014 lAcessos: 45
    ANA KARLA FONTELES CAVALCANTI

    O presente artigo trata da possibilidade de recalcular judicialmente os valores para uma nova aposentadoria, favorecendo o aposentado que ainda continua contribuindo para o INSS.

    Por: ANA KARLA FONTELES CAVALCANTIl Direito> Doutrinal 09/02/2014 lAcessos: 20

    Diretor do Sindispge questiona: o Plano de Carreira dos Servidores (Lei n. 13.380/2010), que visa a valorização do quadro de serviços auxiliares da Casa, surge como um entrave: como aplicar uma lei que faz justamente o oposto do que a filosofia do gabinete da PGE prega?

    Por: Sindispgel Direito> Doutrinal 08/02/2014
    Isabel Cochlar

    "Casais aptos a adoção e devidamente inscritos na fila nacional, que concordam em receber uma criança com guarda provisória, amargam meses e meses de espera"

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 24/03/2014
    Isabel Cochlar

    "Fato social sem precedentes no mundo, a informação, sem filtros, transmitida pela população e para a população fez acordar o gigante"

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 01/07/2013 lAcessos: 14
    Isabel Cochlar

    Especialista informa que a Lei 12.737 que tipifica crimes da internet omite a responsabilidade dos depositários originais dos dados violados

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 09/04/2013 lAcessos: 22
    Isabel Cochlar

    Advogada adverte a falha do poder público na tragédia ocorrida em Santa Maria, no RS

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 30/01/2013 lAcessos: 32
    Isabel Cochlar

    Advogada e mãe faz advertência sobre o aumento e abuso de casos de Bullyng nos arredores do ambiente escolar

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 29/12/2012 lAcessos: 15
    Isabel Cochlar

    Jurisprudência autoriza a exoneração ou a redução dos alimentos pagos, independentemente da alteração no binômio capacidade/necessidade

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 19/11/2012 lAcessos: 49
    Isabel Cochlar

    A advogada adverte sobre a necessidade do cadastramento de usuários pelos provedores e transmissores e a responsabilização solidária dos mesmos em caso de descumprimento desse dever.

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 10/10/2012 lAcessos: 33
    Isabel Cochlar

    Advogada explica sobre o abandono afetivo e a indenização por dano moral

    Por: Isabel Cochlarl Direito> Doutrinal 18/09/2012 lAcessos: 116
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast