Quando a mulher pode pedir pensão para si?

Publicado em: 18/09/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 48 |

Afinal a mulher pode ingressar judicialmente para pedir pensão para si? Logicamente que sim, mas quais são as hipóteses que poderão ter seu pedido deferido e como entende o judiciário sobre esse tema? Vejamos:

Sabemos as regras para os filhos poderem pedir pensão tanto para o ente paterno quanto para o ente materno. Uma mulher pode pedir pensão para si, independentemente até da existência de filhos na relação amorosa. Isso ocorre quando essa deixou de trabalhar em sua idade mediana, na qual poderia ser facilmente aceita pelo mercado de trabalho, para ser uma dona de casa para o mario que labora nesse tempo.

Há poucos anos atrás era muito comum ver o homem sair para trabalhar enquanto a mulher ficava em casa cuidando da casa e/ou dos filhos juntamente. Ao ficar em casa, não diferindo se com a exigência do marido ou não, deixou de construir uma carreira, logo não seria justo que ao atingir a terceira idade, fosse abandonada pelo marido para que agora viesse a custear seu sustento.


Assim, a pensão alimentícia surge como remédio jurídico para atender a necessidade dessa mulher que não pode custear sua vestimenta, alimentação, moradia e saúde, sozinha. Entende o judiciário que se o ex-marido continua tendo o mesmo padrão de vida quando casado ou até melhor, deverá oferecer a mesma oportunidade para sua ex-mulher ou ex-companheira.

Logicamente é exigido dessa requerente que venha comprovar, judicialmente, que além de não conseguir prover do sustento ora explicado, ainda o marido possui tal possibilidade de lhe oferecer tal qualidade de vida. Ingressando assim em juízo com testemunhas e/ou documentos para que seu pedido se transforme em dinheiro, valor pecuniário, a receber mensalmente. Outra exigência é que essa união/casamento tenha-se perpetuado durante um bom tempo, espaço temporal esse suficiente para que haja o entendimento de que essa mulher teria aberto mão de uma profissão e carreira em favor do casal.

O valor deverá ser requerido pela Autora, e o cálculo da pensão alimentícia poderá ser arbitrado pelo magistrado de acordo com a necessidade versus possibilidade do réu.

Outros casos em que mulheres pedem pensão ao ex-marido/companheiro não possuem entendimento tão consolidado como os exemplos citados, logo são de maior complexidade para apreciação e deferimento do magistrado.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/doutrina-artigos/quando-a-mulher-pode-pedir-pensao-para-si-6764218.html

    Palavras-chave do artigo:

    mulher

    ,

    pedir

    ,

    pensao

    Comentar sobre o artigo

    25 de NOVEMBRO: DIA INTERNACIONAL PELA ERRADICAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER QUANTO MAIS INFORMAÇÕES POSSÍVEIS A POPULAÇÃO TENHA ACESSO, AUMENTAM AS TENTATIVAS ASSERTIVAS.

    Por: KRIS AGLAEl Relacionamentos> Relações Amorosasl 24/01/2012 lAcessos: 85
    Dr. Adriano Martins Pinheiro

    Corriqueiramente, recebemos muitos questionamentos acerca da conhecida "pensão alimentícia". Esta é uma ação que merece atenção, pois, muitas vezes, cumula outras ações como exame comprobatório de paternidade; separação; divórcio, divisão de bens, guarda de filho(s) e até prisão civil. E não é só; avós podem ser obrigados a prestarem alimentos aos netos; netos aos avós; pais aos filhos, filhos aos pais e, apesar de parecer incomum, mulher ao homem (casados ou não etc).

    Por: Dr. Adriano Martins Pinheirol Direito> Doutrinal 25/12/2009 lAcessos: 1,445
    Dr. Adriano Martins Pinheiro

    Tratamos temas a respeito de aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria proporcional, aposentadoria especial e pensão por morte. Todos, separados por tópicos a fim de facilitar a consulta, conforme o interesse.

    Por: Dr. Adriano Martins Pinheirol Direitol 23/07/2009 lAcessos: 4,082 lComentário: 10

    Militares que ingressaram nos quadros das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), antecedentes ao ano de 2001 podem pedir suspensão do desconto obrigatório de 1,5% referentes à pensão militar, caso não tenham renunciado expressamente em data prevista pela MP 2215-10.

    Por: ro2chal Direito> Doutrinal 31/03/2011 lAcessos: 3,477
    jacques veloso

    Caso julgado no TJDFT garantiu um ano de pensão à mulher de 33 anos. Especialista da Veloso de Melo Advogados explica a decisão

    Por: jacques velosol Direito> Legislaçãol 14/11/2012 lAcessos: 44
    Sonia Sanches

    Com o fim de uma união, além de ter que lidar com questões pessoais, devemos nos preocupar com assuntos formais mas que são de extrema importância, como a pensão alimentícia. Neste caso quem tem direito? Somente os filhos menores, a ex-esposa também tem direito?

    Por: Sonia Sanchesl Direitol 16/11/2012 lAcessos: 59
    Claudia Souza

    Quando pensamos que já vimos de tudo, que chegamos ao fundo do poço, descobrimos que ainda existe um abismo à nossa frente.

    Por: Claudia Souzal Notícias & Sociedadel 08/07/2010 lAcessos: 220
    Dr. Adriano Martins Pinheiro

    O interessado busca no Judiciário o reconhecimento da união estável, para que este possa ter reconhecido também outros direitos, como, por exemplo, a partilha dos bens do casal ou pensão alimentícia e direitos havidos após a morte do companheiro (inventários). Geralmente, nestas ações também se discutem guarda dos filhos e pensão de caráter previdenciário a ser paga pelo INSS.

    Por: Dr. Adriano Martins Pinheirol Direito> Doutrinal 05/03/2010 lAcessos: 2,941

    O presente artigo tem o escopo de avaliar o instituto dos Alimentos com fulcro no Novo Código Civil Brasileiro de 2.002 no que tange a abordagem de seu conceito, quais são as espécies decorrentes de classificações doutrinárias, arrolando suas peculiaridades, destacando-se a competência legal na obrigação de prestá-los.

    Por: Danielly Ferlinl Direito> Doutrinal 05/01/2011 lAcessos: 7,227 lComentário: 3

    Diretor do Sindispge alerta que, em momento de campanha, todos os candidatos fazem diversas promessas sem a possibilidade de cumprir se eleitos forem

    Por: Sindispgel Direito> Doutrinal 25/09/2014

    O presente artigo tem o escopo de, em breves linhas, analisar as relações entre padrastos/madrastas e seus enteados e fazer um estudo sobre a convivência destes com os estigmas culturais e com a necessidade de conciliação entre famílias que se desconstituíram e em seguida foram reconstituídas. Trata-se de uma verificação deste novo formato familiar formalmente reconhecido pela carta magna vigente, e da convivência que se faz necessária a partir de sua existência. O intuito é esclarecer que, embo

    Por: ana karolinal Direito> Doutrinal 23/09/2014

    O presente artigo tem o escopo de, em breves linhas, estudar o que são e como se formam as famílias reconstituídas, a relação de convivência e o estabelecimento do parentesco decorrente de vínculos de afeto nas referidas famílias. Trata-se de uma verificação deste novo formato familiar formalmente reconhecido pela carta magna vigente, e da convivência que se faz necessária a partir de sua existência. O intuito é esclarecer que, a constituição Federal de 1988 passou a reconhecer essa nova forma d

    Por: ana karolinal Direito> Doutrinal 23/09/2014
    SERGIO FRANCISCO FURQUIM

    Temos que enfrentar sem medo só assim este excesso de poder por parte destas pessoas que acha que pode tudo vai acabar, mas só vai acabar se nós não acovardarmos e sim enfrentar com determinação sem medo de represália.

    Por: SERGIO FRANCISCO FURQUIMl Direito> Doutrinal 21/09/2014

    Não raras vezes, os sócios das pessoas jurídicas de responsabilidade limitada a utilizam para obter vantagens pecuniárias mediante fraude, abuso de poder ou violação à Lei ou ao contrato social, graças à autonomia que o atual Código Civil lhes conferiu.

    Por: Rafael Rossi Morescol Direito> Doutrinal 18/09/2014 lAcessos: 16
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    SUMÁRIO 1. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRIGAÇÕES. 2. OBRIGACOES DE MEIO. 3. OBRIGACAO DE RESULTADO. 4. CONCLUSAO. 5. REFERENCIAS

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    SUMÁRIO. 1 TEORIA DA IMPREVISÃO. 1.1. CONCEITO. 1.2. REQUISITOS. 2 TEORIA DA SUPERVENIENCIA. 2.1. CONCEITO E REQUISITOS. 3 CONCLUSÃO. 4 REFERENCIAS

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014
    Rafael Antonio Pinto Ribeiro

    Sumário. 1. INTRODUÇÃO. 2. RAZAO DA EXISTENCIA DOS TITULOS DE CREDITO. 3. CARACTERISTICAS DOS TITULOS . 4. SAQUE OU EMISSAO, ACEITE, AVAL E ENDOSSO.5. IMPOSSIBILIDADE TECNICA DE INCLUSAO EM DOCUMENTOS ASSINADOS DIGITALMENTE. 6. CONCLUSAO E CRITICA

    Por: Rafael Antonio Pinto Ribeirol Direito> Doutrinal 14/09/2014

    Estabilidade financeira não está associada ao tamanho do salário, mas na forma como você administra o que você ganha, nesse artigo iremos ajudá-lo a administrar bem a suas finanças pessoais. Assim veremos os mandamentos do planejamento financeiro.

    Por: Rick Bragal Finanças> Finanças Pessoaisl 10/02/2014 lAcessos: 33

    Todos os dias acontecem inúmeros acidentes de trânsito, atropelamentos, colisões, acidentes com carros, ônibus, caminhões etc. Você sabia que existe um seguro, o dpvat que cobre todos esses brasileiros?

    Por: Rick Bragal Finanças> Segurol 23/01/2014 lAcessos: 15

    Toda família tem um sonho. O sonho da minha família sempre foi fazer uma grande viagem de férias, um cruzeiro fantástico. À primeira vista, esse sonho parecia distante, caro demais. Mas fazendo as contas, percebemos que era possível chegar lá.

    Por: Rick Bragal Finanças> Finanças Pessoaisl 14/01/2014 lAcessos: 19

    Nesse artigo iremos discutir técnicas para comprar terrenos baratos, independentemente da região e localização no território brasileiro, uma vez que as manobras de busca e negociação que serão apresentadas são universais e muito efetivas para conseguir concretizar ótimas aquisições e investimentos sólidos em imóveis de grande potencial de valorização.

    Por: Rick Bragal Finanças> Investimentosl 23/09/2013 lAcessos: 53

    Comprar um carro, um computador, uma nova roupa, uma viagem, um curso, tudo isso é comum no dia a dia atual, mas a compra de um imóvel para a imensa maioria das pessoas é algo muito mais sério, pois se trata de um bem Imóvel, algo que não se pode levar de um lado para outro, algo que normalmente dura mais do que nós mesmos e que muitas vezes se torna objeto de sucessão.

    Por: Rick Bragal Finanças> Investimentosl 07/09/2013 lAcessos: 13

    O SBT aposta nesse ano de 2013 na nova jornada de grande sucesso dos anos 90, As Chiquititas, escrita por Íris Abravanel com grande elenco mirim de atores "new face" porém de grande talento. Nesse artigo vamos contar sobre a vida pessoal e profissional de cada um dos atores dessa novela que é a grande promessa de produção da Equipe Silvio Santos de televisão brasileira.

    Por: Rick Bragal Arte& Entretenimento> Cinema e TVl 23/07/2013 lAcessos: 26

    Você está entre a maioria das mulheres que não têm a capacidade de ser capaz de fazer um homem te querer, realmente? Você quer saber por que algumas mulheres comuns conseguem atrair muitos homens? Você sabe que você é uma mulher atraente, mas você simplesmente não parece ter o que é preciso para manter um homem ou fazê-lo te querer de verdade?

    Por: Rick Bragal Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 07/06/2013 lAcessos: 81

    Se você acha que usar roupas reveladoras ou dar a um homem o look de 'vem cá' vai deixá-lo preso a você, é hora de repensar. Roupas que chamam a atenção, penteados da moda, ou maneirismos abertamente sexuais tem realmente nada a ver com a atração de um homem ou até obter um homem viciado em você. Por mais estranho que possa parecer, é a maneira como você se comporta e sua beleza interior que pode fazer um homem "realmente" se interessar em você na medida em que o prende emocionalmente

    Por: Rick Bragal Beleza> Modal 07/06/2013 lAcessos: 18
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast