A contribuição da didática na EJA

18/11/2011 • Por • 660 Acessos

Introdução

O trabalho de inclusão tão presente na modalidade EJA, e por termos uma diversidade muito grande na nossa comunidade do conhecimento, as velhas ações em sala de aula, requerem uma nova forma de pensar a escola e a educação. Cabe salientar aqui uma citação de Funck,que nos demonstra a importância da educação  e proporciona aos educadores uma reflexão em relação as suas praticas.

Que a educação seja o processo através do qual o individuo toma a história em suas próprias mãos, a fim de mudar o rumo da mesma. Como? Acreditando no educando, na sua capacidade de aprender, descobrir, criar soluções, desafiar, enfrentar, propor, escolher e assumir as conseqüências de uma escolha [...]. Estamos avaliando as nossas ações?O nosso fazer pedagógico, o qual se tem a responsabilidade de proporcionar aos educando mecanismos para a sua formação enquanto cidadãos estão presentes?

São reflexões que devem ser constantes, principalmente nas praticas educativas que envolvem os educandos da modalidade EJA. O aproveitamento pedagógico que os mesmos necessitam esta na transformação de nossas ações. Encontramos ainda profissionais da educação que normalmente ficam restrito á leitura, resumo e respostas ás questões propostas. A conseqüência desde tipo de prática leva ao desinteresse do educandoem sala. Outrofator é que o nosso trabalho dentro de sala requer um tempo pedagógico condensado, pois temos que ministrar o conteúdo dado em um ano em apenas três meses. Isso tornar-se a relação educador - educando um compromisso ético.Vamos ter como colaboradora a didática com elemento construtivo do processo de ensino aprendizagem.Pois a mesma, é segundo Libâneo(2002)

Uma ponte mediadora entre a teoria e a prática docente. E ela que interliga as bases teóricas à ação prática, evitando o espontaneísmo e fornece. Portanto é a didática que fundamenta a ação docente; é através da didática que a teoria e a prática se consolidam de forma viável e eficaz, pois ela se ocupa do processode ensino nas várias dimensões, não se restringindo à educação escolar, mas investiga e orienta a formação do educador na sua totalidade moldando uma práxis educativa sólida.

Na modalidade EJA, contamos com uma didática diferenciada e aliada as especificidades de cada um, pois a mesma está interligada com a metodologia que o educador usa em suas ações para buscar o conhecimento prévio do aluno o transformá-lo junto com o cientifico algo significativo para o mesmo. Portanto ela tem a função de instrumentalizar o educador, no sentido de que estes busquem ações inovadoras para situações com as quais defrontam.

A prática educativa (didática), na modalidade EJA envolve principalmente um trabalho através de diálogos, pois os mesmos facilitam a mediação do conhecimento e a transposição didática que o professor precisa fazer.

Partindo desta perspectiva, o profissional da educação precisa estar atento, as particularidades deste educando, pois o mesmo é agente ativo do seu processo de aprendizagem, sendo capazes de construir, reconstruir e apropriarem criticamente dos conhecimentos.

As ações pedagógicas devem estar imbuídas principalmente com o respeito em relação ao conhecimento prévio desse educando. É necessário impulsionar o desenvolvimento cognitivo, ético e social desses sujeitos histórico. O educador Celso Antunes, reforça dizendo.

(...) Somente se aprende quando o novo que chega se associa ao antigo que a mete guarda, e desta maneira nenhum aluno é tabula rasa, mente vazia. As muitas coisas que sabe, das novelas assistidas, das conversas que participa, dos saberes anteriores que guarda, das emoções registradas, são as ancoras de sua mente onde se amarrarão os novos saberes apresentados.

Considerações finais

A didática auxilia os professores de modo que possa atuar diante das situações práticas de ensino. A mesma proporciona mecanismos interligados às metodologias, no intuito de propiciar ao educador estratégias para a transformação da teoria em pratica, ou seja, o que chamamos de transposição didática. O profissional da educação usa-se da didática ( a sua forma de trabalhar) para mediar e transmitir o conhecimento.

Referencias bibliográficas:

FUCK, Irene Terezinha. Alfabetização de Adultos. Relato de uma experiência construtivista. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1994.

educadores uma reflexão em relação as suas praticas.

Que a educação seja o processo através do qual o individuo toma a história em suas próprias mãos, a fim de mudar o rumo da mesma. Como? Acreditando no educando, na sua capacidade de aprender, descobrir, criar soluções, desafiar, enfrentar, propor, escolher e assumir as conseqüências de uma escolha [...]. Estamos avaliando as nossas ações?O nosso fazer pedagógico, o qual se tem a responsabilidade de proporcionar aos educando mecanismos para a sua formação enquanto cidadãos estão presentes?

Perfil do Autor

Jaqueline Rampazzo

Edite Maria Sanches Viana- Graduada em Matemática, Pós Matemática Pura-Univag Jaqueline de Sá Rampazzo Sanches Graduada em História e...