A Contribuição De Arquimedes Para As Ciências Exatas

30/05/2009 • Por • 7,370 Acessos

A CONTRIBUIÇÃO DE ARQUIMEDES PARA AS CIÊNCIAS EXATAS

Profº Raul Enrique Cuore Cuore

RESUMO

Este trabalho trata da contribuição de Arquimedes para a matemática teórica, física, descobertas para aplicação da ciência na vida diária, no campo militar e de produção.

Palavras-chave: Ciência; Matemática; Pesquisa.

INTRODUÇÃO

Arquimedes (287-212 A.C), nasceu em Siracusa, antiga Magna Grécia e hoje Sicília. Foi um famoso matemático e inventor grego. Escreveu importantes obras sobre matemática, geometria plana e espacial, e mecânica.

Estudou em Alexandria, cidade cultural do Egito Antigo, após esse período voltou a sua região natal onde desenvolveu seus trabalhos e pesquisas nas diversas áreas das ciências exatas.

UM POUCO DA VIDA DE ARQUIMEDES

Arquimedes passou grande parte da sua vida na Sicília, Siracusa e arredores, dedicando-se à pesquisa e aos experimentos.

Depois de um período estudando em Alexandria, cidade considerada como foco do conhecimento onde se reuniam os mais importantes sábios da época, voltou para Siracusa, antiga Magna Grécia, onde viveu pelo resto da sua vida.

Durante a conquista da Sicília pelos Romanos esteve a serviço das autoridades do governo local colocando suas invenções mecânicas a disposição do exército para a defesa de Siracusa.

Entre os vários aparatos militares cuja invenção lhe é atribuída, encontram-se a catapulta e um sistema de espelhos que incendiava embarcações inimigas ao focá-las com os raios do sol. Esta ultima invenção é considerada por muitos como uma lenda, pois já se tentou reproduzir este fato com diversos espelhos planos e esféricos sem sucesso.

Ao redor da vida de Arquimedes existem muitas lendas e até hoje não se sabe, de forma certa, como ele morreu. Uma das varias versões da sua morte é citada no artigo do site Biblioteca Virtual (2007):

“Durante a conquista da Siracusa, na Segunda Guerra Púnica, foi assassinado por um soldado romano que o encontrou desenhando um diagrama matemático na areia. Conta-se que Arquimedes estava tão absorto em suas operações que ofendeu o intruso ao dizer-lhe: “Não desmanche meus diagramas”“.

AS CONTRIBUIÇÕES DE ARQUIMEDES PARA A MATEMÁTICA E FÍSICA

Arquimedes contribuiu para a matemática através dos seus estudos sobre matemática pura e calculo integral. Destacou-se também na geometria estudando áreas e volumes de figuras sólidas curvas e sobre as áreas de figuras planas.

Na Física Arquimedes também realizou estudos importantes. Em mecânica, definiu a lei da alavanca e é considerado o inventor da polia composta. Durante a sua permanência no Egito, inventou o “parafuso sem fim” para elevar o nível da água, porém é conhecido principalmente por ter enunciado a lei da hidrostática, o chamado Principio de Arquimedes.

Felizmente muitas das suas obras sobre matemática e mecânica foram preservadas, entre elas o Tratado dos Corpos Flutuantes, Arenario e Sobre o Equilíbrio dos Planos.

CONCLUSÃO

Arquimedes alem de ser um matemático e inventor genial, estava muito a frente da sua época. Dedicou-se até o ultimo momento da sua vida à pesquisa e estudo da ciência matemática.

Não é por acaso que o seu nome encontra-se junto aos dos grandes matemáticos que passaram por diversas épocas da historia da humanidade.

Muitos bons exemplos podem-se tirar desses homens que fizeram a historia da matemática. Principalmente para nós, que como Professores, temos o dever de transmitir o conhecimento adquirido durante muitos séculos às futuras gerações.

REFERÊNCIAS

BIBLIOTECA VIRTUAL. Arquimedes. Disponível em: <http://www.bibliotecavirtual.com.br>. Acesso em: 30 set. 2007.

Perfil do Autor

Profº Raul Cuore

Professor de Matemática e Fisica na Rede Particular de Campo Grande - MS. Graduado em Matemática, Pós-Graduando em Eduacação Matemática.