A IMPORTÂNCIA DA LEITURA E ESCRITA NA SOCIEDADE

Publicado em: 11/11/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 2,846 |

INTRODUÇÃO

O professor muitas vezes se depara com grupos bastante heterogêneos. Daí vem à necessidade de um período de treinamento, a fim de preparar a criança social, emocional, física e mentalmente para que adquira a prontidão necessária para a alfabetização. É importante explorar ao máximo a linguagem oral dos alunos, através de conversa informal. Segundo CAGLIARI afirma que:

A escrita é uma atividade nova para a criança, e por isso mesmo requer um tratamento especial na alfabetização. Espera que a criança no final do ano da alfabetização saiba escrever e não que saiba escrever tudo e com correção absoluta. Esse é um ponto importante e que relega a um plano secundário a preocupação com a ortografia. (2003, p.96)

CAGLIARI (1998) informa que é importante perguntar a criança o que quer dizer o que ela está escrevendo, pois assim poder acompanhar o seu desenvolvimento. Mesmo que a criança desenhe algumas letras agrupadas de forma aleatória ela já possui uma idéia do que seja escrita. Porém, a criança não procura copiar, mas representar o que ela imagina que seja a escrita.

É necessário que as escolas permitam que as crianças tenham liberdade de perguntar, errar, comparar e corrigir, sendo que alguns métodos em suas atividades são tão extensos em particularidades preparatórios, e que não sobra tempo e nem espaço para as crianças desenvolver em suas hipóteses sobre a escrita.

Quando a criança começa a conhecer as letras, é importante que a professora ensine todas as letras do alfabeto e não passe o semestre todo trabalhando apenas algumas letras.

No entanto, na primeira escrita da criança, cabe ao professor começar a ensinar as relações entre letras e sons, é interessante escrever palavras no quadro para exemplificar os fatos que comenta. Fazer com que as crianças copiem do quadro para o professor perceber como a criança está desenvolvida. Percebe - se que alguns alunos copiam e outros não, pois professor deve ficar atento a todos os detalhes, porque essas informações o ajudarão a saber quais conhecimentos, os alunos têm a respeito dos aspectos da escrita.

Segundo GARCIA (1996), a criança que aprende o conteúdo da aprendizagem tem de estar articulado ao universo de sentidos de sua realidade. Sendo que no processo de alfabetização é fundamental a construção de espaços onde a criança seja capaz de entender através da linguagem escrita.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Diante da aprendizagem da leitura e da escrita é importante que a criança se sinta encorajada a utilizar a escrita como veículo para expressão e conhecimento, mesmo que ainda não domine o código convencional, pois é escrevendo que a criança vai construindo conhecimento sobre a escrita.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização sem o bá – bé – bí – bó – bú. 1ª ed. São Paulo: Scipione, 1998.

GARCIA, Regina Leite. A formação da professora alfabetizada: Reflexões sobre a prática. São Paulo: Cortez, 1996.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/a-importancia-da-leitura-e-escrita-na-sociedade-3651428.html

    Palavras-chave do artigo:

    palavras chave leitura

    ,

    visao

    ,

    imaginacao

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo tem como objetivo discutir sobre a forma como a leitura é iniciada com crianças em Escola de Educação Infantil, ressaltando a importância de uma prática educativa que conceba a leitura como um ato Prazeroso e não como uma obrigação.

    Por: ALEANDRA XAVIER DO NASCIMENTOl Educação> Educação Infantill 25/11/2014

    Através da leitura testamos nossos próprios valores e experiências com os outros, a leitura é um dos principais instrumentos para que o individuo construa seu conhecimento e aprenda a exercer cidadania, daí a importância de despertar o prazer pela leitura nas crianças das séries iniciais. Esse trabalho deve ser feito em conjunto, pais crianças e professores. cada um destes tem um papel fundamental na construção desse novo leitor.

    Por: Aurilene f. barros rodriguesl Educação> Educação Infantill 24/11/2011 lAcessos: 8,244
    Hellen Bessa de Oliveira

    Este trabalho tem como objetivo apresentar uma leitura sobre como está sendo tratada a questão da sexualidade na escola.

    Por: Hellen Bessa de Oliveiral Educação> Educação Infantill 28/05/2013 lAcessos: 140
    eva maria silva oliveira

    O fascínio das crianças pelas histórias de fadas, príncipes e princesas, bruxas, magos, madrastas, duendes e animais que voam, até os adultos sentem o encantamento que os contos oferecem e nem sempre sabem explicar o porquê. Mas, acreditam que a Literatura Infantil auxilia na compreensão do mundo e desenvolve a leitura e a escrita.

    Por: eva maria silva oliveiral Educação> Educação Infantill 28/11/2014
    Evilasio Ferreira de Sousa

    Aprender a ler o mundo é uma prática fundamental, a leitura e a escrita e uma pratica que contribui para a formação de cidadãos capazes de enfrentar a dominação econômica,social,cultural. Quando começamos a organizar os conhecimentos adquiridos, a partir das situações que a realidade impõe então estamos procedendo à leitura; A linguagem tem como objetivo principal a comunicação sendo socialmente construída e transmitida culturalmente. Portanto, o sentido da palavra instaura-se no contexto, apar

    Por: Evilasio Ferreira de Sousal Educação> Educação Infantill 18/10/2011 lAcessos: 2,757
    Mathias Gonzalez

    O filósofo inglês Disraeli disse: “A imaginação governa o mundo”. E até certo ponto para governar as relações pessoais. Sem ela, até mesmo a regra única não se aplica. Jamais poderemos tratar os outros como queremos ser tratados, a menos que tenhamos imaginação suficiente para ficarmos no lugar deles.

    Por: Mathias Gonzalezl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 18/01/2009 lAcessos: 3,845 lComentário: 1

    Este artigo traz algumas discussões reflexivas sobre as linguagens da arte na infância, com ênfase nos aspectos conceituais e metodológicos. A arte na Educação infantil tem papel fundamental na construção de um indivíduo crítico, fornecendo-lhe experiências que o ajude a refletir, desenvolver valores, sentimentos, emoções e uma visão questionadora do mundo que o cerca.

    Por: Darci Martinsl Educação> Educação Infantill 04/10/2012 lAcessos: 293

    Baseada na literatura dramática, pode servir como um grande mecanismo no processo de interpretação, favorecendo a leitura das "entrelinhas" de forma mais efetiva e interessante. Esse recurso utiliza mecanismos focados no movimento, na dança criativa, nos gestos e na expressão corporal, que independem de materiais e ferramentas, apenas do corpo, da vitalidade humana, da mente e da criatividade. Pode-se conhecer e interpretar contos literários ou poesia através da dança.

    Por: Aline de Oliveira Limal Arte& Entretenimento> Artel 22/04/2014 lAcessos: 23

    A presente monografia vem demonstrar que o brinquedo e a brincadeira na pré-escola é de um aspecto muito importante na interação da criança com o adulto, com o outro. E a brincadeira em grupo serve para socializar crianças e a compreensão de regras. Elas aprendem a lidar com os sentimentos, interagir, resolver conflitos e desenvolver a imaginação e criatividade para resolver problemas. E, portanto, contra este pensamento que buscamos e é de fundamental importância que professores tenham conhe.

    Por: João do Rozario Limal Educação> Educação Onlinel 01/06/2008 lAcessos: 126,457 lComentário: 14

    Com o advento da globalização, a educação é tida como o maior recurso de que se dispõe para enfrentar essa nova estruturação mundial. Objetiva-se evidenciar a importância dos alunos encontrarem na escola não só evidências de seu próprio mundo, mas também aparato capaz de os "cunharem" para uma participação social plena e não "fatiada", como sugere o estudo por disciplinas. Jovens e adultos, público cada vez mais informatizado, exige que as disciplinas deixem de ser apresentadas de forma isolada.

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    A expressão artística faz parte da história humana desde os tempos mais remotos. Sendo assim, a Arte é um dos modos de conhecimento ao qual os estudantes devem também ter acesso, assumindo-se como sujeitos capazes de apreciação estética e criação artística, articuladas aos processos e mediações da cultura contemporânea. Diante das mudanças pelas quais o ensino-aprendizagem de Arte passou, vê-se a necessidade de discorrer a respeito da presença desta disciplina no currículo escolar, revendo sua i

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    Sabe-se que a educação é responsável pela formação do aluno enquanto cidadão, de maneira a prepará-lo para a vida em sociedade, para que saiba atuar criticamente nesse meio. Assim, a escola inclusiva busca complementar a formação do aluno por meio das relações de convivência, uma vez que conviver com o diferente é parte desse processo de formação, até porque, como já mencionamos, é na escola que o aluno desenvolve seus aspectos cognitivos, motores e psicológicos.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    As revela à existência de ações políticas e sociais que possam concretizar e promover a efetividade da inclusão social da pessoa com necessidade educacional especial. Vejo que a sociedade deve compreender como se dá o processo de ensino-aprendizagem da criança com Síndrome de Down na Educação Básica, as dificuldades enfrentadas e as possibilidades e mecanismos de reconhecimento e aceitação dessas limitaçõ

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    No processo de inclusão a escola propõe a conviver com o "diferente", aceitá-lo, auxiliá-lo, e muitas vezes aprender algo com essas crianças. Entretanto para oferecer uma inclusão verdadeira é preciso entender as particularidades das crianças, mediar a socialização de forma que todos trabalham para o aprendizado de cada uma delas, em benefício de todos. Pretendo contribuir com as discussões éticas e educacionais que envolvem a formação da criança Down por meio da educação.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    A educação escolar é um dos contextos em que a criança aprende e desenvolve-se nos aspectos cognitivos, emocional e social. Por isso a necessidade de incluir a criança com necessidades especiais na escola, pois atender a todos é parte do processo educativo, por isso a diversidade cultural e outras questões sociais precisam ser vivenciadas também em sala de aula.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    Apresento algumas características que identificam a criança Down, o conceito de Educação Inclusiva e Educação básica, e da diversidade na educação. Relacionam-se aspectos positivos da inclusão da criança Down na Educação Básica e como deve acontecer essa inclusão, enumerando as dificuldades no processo de inclusão da criança Down na Educação Básica. Conceitua-se a Síndrome de Down e sua identificação, bem como o tratamento e a motivação para inserir a criança com deficiência na Educação Básica.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    O estudo realizado teve como foco principal compreender os avanços no processo de construção do conhecimento dos alunos de uma turma de 3º ano, através dos jogos matemáticos, priorizando, desse modo, a ludicidade no ensino. A pesquisa foi desenvolvida durante o estágio realizado pela acadêmica e pesquisadora junto a uma turma de 3º ano.

    Por: Luziane Da Silva Costal Educaçãol 15/12/2014 lAcessos: 11

    RESUMO: Este artigo observa-se, o esforço, a capacitação e o desempenho que o professor deverá ter, para que haja crescimento tanto pessoal quanto profissional: assim, espera-se do professor de Educação Especial algo mais.

    Por: edileuzal Educaçãol 11/11/2010 lAcessos: 455

    RESUMO: Este artigo relata que o ato de avaliar importa coleta, análise e síntese dos dados que configuram o objeto da avaliação, acrescido de uma atribuição de valor ou qualidade, que se processa a partir da comparação da configuração do objeto avaliado com um determinado padrão de qualidade previamente estabelecido para aquele tipo de objeto. O valor ou qualidade atribuído ao objeto conduzem a uma tomada de posição a seu favor ou contra ele.

    Por: edileuzal Literatural 11/11/2010 lAcessos: 755
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast