A Inclusão Do Deficiente No Âmbito Escolar

Publicado em: 23/11/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 1,044 |

Para que haja uma educação inclusiva é necessário que aceite as diferenças e não apenas uma simples colocação em sala de aula. Essa inclusão significa provisão de oportunidades a todos os estudantes, incluindo aqueles com deficiência severa, para que eles recebam serviços, suplementares de auxilio e apoio, em classes adequadas a sua idade, a fim de prepara – los para a vida produtiva como membros plenos da sociedade.

Todos os defensores da melhoria das escolas para melhorar atender as diferentes necessidades dos alunos devem unir-se e reconhecer os princípios e que as boas escolas são boas escolas, para todos os alunos e então agir com base nesse princípio.

Com tendência internacional no final do século XX, a proposta inclusiva era a meta a ser perseguida por todos aqueles comprometidos com a educação. Entre tanto, a vaidade de sua implementação depende de um amplo processo de sensibilização e conscientização acerca da aceitação das pessoas com necessidades especiais, na vida social da compreensão de seu direito á cidadania plena.

A inclusão é um processo pelo qual a sociedade se adapta para poder incluir em seus sistemas sociais gerais.

Os conceitos de inclusão são aplicáveis á todos, onde todos se sintam reconhecidos, valorizados e respeitos onde o potencial para a adaptação á realidade é inato ao individuo, independente das características e peculiaridade de cada pessoa não somente as estratégicas de ensino devem ser designadas e as áreas curriculares determinadas para corresponder a uma ampla variedade de diferenças entre crianças.

Na rede de ensino regular tem sido preocupação entre profissionais da área. As necessidades educacionais especiais nos que apresentam deficiências que vem diferenciar da demanda de determinados, alunos com relação aos demais colegas.

        Exigem da comunidade escolar indiscriminadamente, acesso á aprendizagem, ao conhecimento e a disponibilidade no ambiente educacional, nesse sentido deve-se adequar á proposta curricular, a serem desencadeadas na definição de objetivos, no intuito de favorecer a aprendizagem do aluno portador de necessidade especial.

        Na perspectiva de assegurar á todos uma educação com qualidade e equidade, constituem grande desafio, quanto á realidade presente no nosso contexto aponta uma numerosa parcela de excluídos do sistema educacional sem possibilidades de acesso á escolarização, apesar dos esforços empreendidos para universalização do ensino.

Entretanto, enfrentar esse desafio é essencial para entender á expectativa democrática.

        No entanto a atual situação em que se encontram os sistemas educacionais revela dificuldades para atender ás necessidades especiais dos alunos na escola regular principalmente dos que apresentam superdotação, deficiências ou condutas típicas de síndromes.

 A flexibilidade e a dinamicidade de currículo regular possam não ser suficientes para superar as restrições do sistema em compensar as limitações reais desses alunos.

     

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/a-inclusao-do-deficiente-no-ambito-escolar-1495147.html

    Palavras-chave do artigo:

    inclusao

    ,

    realidade

    ,

    adaptacao

    Comentar sobre o artigo

    O presente trabalho aborda um assunto de estrema importância para o avanço dos direitos educacionais garantidos na Constituição Brasileira, quando se entende que a educação é direito de todos. Em um breve histórico, que versa sobre o contexto no qual fizeram parte as pessoas com deficiência rumo ao processo de inclusão na educação superior, buscaremos apresentar os avanços relacionados à inclusão dos mesmos, como também as atenções voltadas para esse público de discente.

    Por: Duanne Granjal Educação> Ensino Superiorl 21/07/2011 lAcessos: 567
    Natália de Souza Cardoso

    O artigo abordou como tema "a inclusão de crianças com síndrome de Down na educação física, com o propósito de mostrar à sociedade de que essas crianças são capazes de participar das aulas de educação física, apesar de todos os problemas que enfrentam no decorrer de sua vida.

    Por: Natália de Souza Cardosol Educação> Educação Infantill 22/08/2011 lAcessos: 1,606
    noeli flor

    Este trabalho apresenta como questão, a importância da inclusão escolar principalmente, para o desenvolvimento não dos alunos nas dos professores também. A partir de uma educação ampliada do meio em que vivem que tem como características a igualdade de todos na sociedade, tanto cultural e como social, para desenvolver e promover a inclusão de alunos.

    Por: noeli florl Educação> Educação Infantill 09/10/2012 lAcessos: 181

    O presente artigo tem por objetivo de promover reflexões sobre a prática educativa vivenciada diariamente neste contexto possibilitando ao educador desenvolver um olhar critico sobre sua atuação e os resultados de suas ações, referente a Inclusão Nas Séries Iniciais.

    Por: Edlene Maria da Silval Educação> Educação Infantill 08/11/2011 lAcessos: 816

    Esta pesquisa teve como objetivo investigar a experiência de inclusão escolar de uma criança com deficiência física. Partindo do processo histórico de construção das políticas públicas voltadas às necessidades educacionais especiais, problematizou-se o modo de formulação e implementação das políticas de inclusão, atentando para a necessidade de compreender sua efetivação concreta. Partindo de uma perspectiva fenomenológica, a pesquisa recorreu à reconstrução biográfica do processo de inclusão.

    Por: Flainyl Educação> Educação Infantill 09/01/2014 lAcessos: 77

    O artigo Inclusão: Uma sociedade para todos relata, conceitos, significados, perspectivas e experiência vivenciada na escola regular com a inclusão de alunos portadores de deficiência. A pesquisa procurou descrever as dificuldades e os avanços obtidos ao longo dos anos, além de mudanças ocorridas no comportamento de pessoas que freqüentam o espaço escolar, mudança nas nomenclaturas e opiniões de alguns profissionais da área de educação.

    Por: Silvana Brandão Costa Andradel Educação> Ensino Superiorl 19/05/2012 lAcessos: 792
    Inez Kwiecinski

    A inclusão ou integração de crianças com necessidades educacionais especiais na rede regular de ensino é uma realidade imposta por várias diretrizes de políticas educacionais, porém ainda persistem muitas dúvidas e impasses sobre como deve ser o processo de escolarização desses alunos. Os portadores da Síndrome de Down são crianças que merecem especial atenção, a educação dessas crianças é um processo complexo e requer adaptações e, muitas vezes o uso de recursos especiais.

    Por: Inez Kwiecinskil Educação> Educação Infantill 25/01/2011 lAcessos: 4,360 lComentário: 1
    Alessandro Neves de Araujo

    A palavra inclusão vem sendo colocada e usada muito atualmente, em todos os sentidos, principalmente na educação. Existem discussões dos educadores quanto ao termo e significado da inclusão, pois o desafio está nos projetos colocados em teoria e que deverão passar para a pratica, no qual todos os seres humanos usufruir os mesmos direitos.

    Por: Alessandro Neves de Araujol Educação> Ciêncial 06/10/2011 lAcessos: 409
    Alessandro Neves de Araujo

    Esse estudo teve como objetivo verificar se na educação física escolar há uma proposta de inclusão. A análise dos resultados teve como base a metodologia análise descritiva. Como resultado, verificamos que há sim inclusão na educação física escolar, Os professores possuem o conhecimento teórico sobre essa possibilidade, mas não a efetivam, e justificam que a falta de materiais apropriados e espaços físicos desfavorecem a educação física escolar como uma modalidade inclusiva.

    Por: Alessandro Neves de Araujol Educação> Educação Infantill 28/07/2011 lAcessos: 692

    São inúmeros, mas iremos apontar os que consideramos como mais importantes: 1 – A qualidade de ensino em uma escola técnica (Etec) é considerada excelente. 2 – As Etec´s contam com equipes de Professores e Coordenadores muito bem preparadas e comuma estrutura completa de salas, laboratórios e equipamentos de última geração.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 17/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O aluno especial tem algumas necessidade de auto realização igual aos demais alunos, assim como ele precisa ter sua autoestima valorizada para contribuir na definição de suas habilidades intelectuais, a interação social com a comunidade escola lhe dará segurança, o apoio dos pais e fundamental nesse processo.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 11/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    Cérebro é o órgão onde se forma a cognição, o órgão mais organizado do corpo humano. Portando a cognição pode emergir no cérebro e nele acontece dinâmicas evolutivas que permitem ao ser humano revelar-se como um ser auto-eco-organizador, para isso e necessário o envolvimento das funções bio-psico-sociais ou bioantropologicas.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 08/09/2014
    Formacerta.pt

    Este artigo informa sobre o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, uma formação frequentemente procurada (e essencial) por indivíduos que querem entrar no mercado de formação profissional.

    Por: Formacerta.ptl Educaçãol 08/09/2014

    O presente texto aborda sobre Saúde em Educação, como incentivo entre desenvolvimento social, psicológico, cultural e saúde educacional. Pois o artigo preocupa-se e questiona-se sobre a formação de crianças e adolescentes e a saúde pública escolar.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O presente texto possui uma abordagem reflexiva simples e ao mesmo tempo um foco informativo sobre as três áreas de "ciências" Psicopedagogia, Psicologia Transpessoal e Educação, numa prespectiva relacionada á Educação de maneira prática e explicativa.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O objetivo deste estudo foi verificar como a mídia influencia o desenvolvimento moral da criança, quando da sua exposição nos meios de comunicação a partir de uma denúncia não verídica de violência sexual em uma escola infantil do município de Vila Velha, Espírito Santo. Trata de um estudo descritivo, desenvolvido na Unidade Municipal de Educação Infantil "José Silvério Machado", Jardim Marilândia, Vila Velha, ES. Participaram do estudo 10 professores.

    Por: ADRIANA CHAGAS MEIRELES ZURLOl Educaçãol 28/08/2014 lAcessos: 16

    O objetivo deste estudo foi contribuir para o entendimento de quais são os fatores que determinam o sucesso escolar de alunos dos meios populares, por meio da percepção dos educadores. Trata de um estudo descritivo, quantitativo e qualitativo. O instrumento de coleta dos dados foi um questionário estruturado com perguntas objetivas e subjetivas As perguntas objetivas se relacionam a identidade dos professores e vivência no ambiente escolar. As subjetivas buscam conhecer quais os fatores que poss

    Por: SANDRA MARIA TEIXEIRA GRADIMl Educaçãol 28/08/2014

    O desenvolvimento do ser humano está ligada a sobrevivência, período inicial da vida, provocando mudanças que prosseguem na contínua transformação e interação da vida com o meio.

    Por: Jane Maria de Campos Proençal Educaçãol 23/11/2009 lAcessos: 3,756

    A conscientização de profissionais da Educação de criar condições pedagógicas e suportes onde permitam aos alunos com deficiência o acesso e permanência escolar.

    Por: Jane Maria de Campos Proençal Educaçãol 23/11/2009 lAcessos: 4,622 lComentário: 1
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast