Alta Habilidade

Publicado em: 02/02/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 1,102 |

ALTA HABILIDADE

 

O aluno com alta habilidade tem necessidades educacionais especiais. Apresenta, em comparação com a maioria das pessoas, significativas diferenças intelectuais, necessitando de recursos especializados para desenvolver plenamente o seu potencial.

 

A proposta pedagógica da escola que tem alunos altamente capazes deve orientar a operacionalização do currículo como um recurso para promover o desenvolvimento e a aprendizagem destes alunos. Assim, a atitude favorável da escola para diversificar e flexibilizar o processo de ensino e de aprendizagem vem atender às diferenças individuais dos alunos.

 

A priorização de recursos para atender alunos com alta habilidade é justificada pela identificação destes. O que faz necessário a adoção de um currículo aberto e propostas curriculares diversificadas e, também, a necessidade de incluir professores especializados, serviços de apoio, como sala de recurso e outros.

 

Nessa medida, é importante que se realize a adaptação de currículo para torná-lo apropriado às peculiaridades dos alunos com necessidades educacionais especiais, tornando-o dinâmico, alterável, possível de ampliação, a fim de que atenda realmente a todos os educandos.

 

Portanto, está mais do que na hora das escolas se prepararem para receber, e de fato, educar não só indivíduos como também as diferentes formas de aprendizagem que cada indivíduo traz dentro de si.

 

É reconhecendo e identificando as diferenças, bem como as dificuldades, que realmente exercemos o papel de educador.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/alta-habilidade-751892.html

    Palavras-chave do artigo:

    alta habilidade escola educador

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo apresenta um estudo bibliográfico sobre as Altas habilidades Superdotação O tema ainda é pouco discutido, especialmente pelos mitos que impedem os educadores de perceber com mais clareza os alunos que se enquadram nestas características. Muitas são as concepções divergentes sobre um mesmo perfil, iniciando pela própria denominação utilizada.

    Por: Iracilda Gabriell Educação> Ensino Superiorl 05/05/2014 lAcessos: 51
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Ao se referir as pessoas com Altas Habilidades logo é ressaltado a questão da diferença, sendo comum o posicionamento em relação ao diferente, baseando em valores e expectativas normativas determinadas pelo grupo social do qual se faz parte.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 15/02/2010 lAcessos: 1,846
    Inez Kwiecinski

    O objetivo deste artigo é reunir informações sobre o conceito e as concepções das altas habilidades, uma vez que tais concepções e conceitos sobre altas habilidades/superdotação são de suma importância, sobretudo quando se admite que qualquer prática educativa deve sempre partir de um referencial teórico. Superdotação é um conceito ainda em estudo, sabemos, porém que, este conceito serve para expressar alto nível de inteligência e indica desenvolvimento acelerado das funções cerebrais.

    Por: Inez Kwiecinskil Educação> Educação Infantill 18/08/2011 lAcessos: 1,211
    Flavio Andrade

    É impressionante como o mundo pode parecer pequeno se formos considerar quantas pessoas possuem ou possuíam um QI acima de 180. A Terra, esse nosso famoso planeta, constituinte de humanos, mais ou menos cerca de 6,8 bilhões de pessoas.

    Por: Flavio Andradel Educação> Ciêncial 24/07/2010 lAcessos: 656
    Flavio Andrade

    Após o acompanhamento do filme “Gênio Indomável”, pretendo demonstrar particularmente, através de uma reflexão, como o docente deve se preparar para enfrentar os desafios do processo educacional de crianças e adolescentes portadores de habilidades especiais ou altas habilidades (superdotados), como se comportam e como devem ser tratados pelo professor de maneira que possam juntos obter êxito em suas atividades.

    Por: Flavio Andradel Educaçãol 24/02/2010 lAcessos: 2,849
    Orleine R. Alcântara

    Este artigo tem como objetivo principal apresentar o educar pela pesquisa como uma abordagem para o desenvolvimento de educando com altas habilidades/superdotação. O educar pela pesquisa visa inovar a prática em sala de aula. Tal inovação se caracteriza pela motivação e incentivo dos educandos, por parte dos educadores, pelo gosto e necessidade da pesquisa em sala de aula.

    Por: Orleine R. Alcântaral Educação> Ciêncial 16/04/2010 lAcessos: 1,482 lComentário: 2
    Rosana  Vidal

    Este artigo apresenta algumas considerações sobre o processo de inclusão, elaboradas a partir dos relatos de professores e de instituições que trabalham com alunos com necessidades educacionais especiais incluídos em classes regulares nas instituições de ensino da rede pública e privada. Apresenta a narrativa dos professores que atuam com crianças com necessidades especiais e não possuem formação em Educação Especial e de professores que possuem especialização na área, assim como o parecer das instituições de ensino e o sentimento dos pais e ou responsáveis deste alunado. O estudo também proporciona a visão da evolução da educação especial no Brasil de 1996 a 2006.

    Por: Rosana Vidall Educaçãol 25/06/2009 lAcessos: 46,841 lComentário: 4

    Mesmo a sociedade jogando toda a responsabilidade para a escola ela é sim a grande mentora da inclusão, pois, é na escola que essa criança se sentira igual aos outros, haverá a socialização e vendo as outras crianças, sentiram vontade de se superarem a cada dia, pois serão motivadas pelo próprio ambiente escolar.

    Por: Cátia Martins Bernardes Lenzil Educaçãol 24/08/2014
    GUTEMBERG MARTINS DE SALES

    Demonstra-se a necessidade do desenvolvimento do raciocínio lógico, que como em outros setores apresenta-se como pauta constante em discussões nacionais. Analisaram-se questões do conhecimento na escola, do ponto de vista de alguns de seus fundamentos epistemológicos e políticos, de modo a subsidiar a educação e os educadores na reflexão sobre o sentido social concreto do que fazem, o conhecimento é fruto do saber dentro da educação, e a matemática de de suma importância para o mundo social.

    Por: GUTEMBERG MARTINS DE SALESl Educação> Ensino Superiorl 16/01/2013 lAcessos: 401
    Erineia nascimento da Silva

    Cérebro é o órgão onde se forma a cognição, o órgão mais organizado do corpo humano. Portando a cognição pode emergir no cérebro e nele acontece dinâmicas evolutivas que permitem ao ser humano revelar-se como um ser auto-eco-organizador, para isso e necessário o envolvimento das funções bio-psico-sociais ou bioantropologicas.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 08/09/2014
    Formacerta.pt

    Este artigo informa sobre o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, uma formação frequentemente procurada (e essencial) por indivíduos que querem entrar no mercado de formação profissional.

    Por: Formacerta.ptl Educaçãol 08/09/2014

    O presente texto aborda sobre Saúde em Educação, como incentivo entre desenvolvimento social, psicológico, cultural e saúde educacional. Pois o artigo preocupa-se e questiona-se sobre a formação de crianças e adolescentes e a saúde pública escolar.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O presente texto possui uma abordagem reflexiva simples e ao mesmo tempo um foco informativo sobre as três áreas de "ciências" Psicopedagogia, Psicologia Transpessoal e Educação, numa prespectiva relacionada á Educação de maneira prática e explicativa.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O objetivo deste estudo foi verificar como a mídia influencia o desenvolvimento moral da criança, quando da sua exposição nos meios de comunicação a partir de uma denúncia não verídica de violência sexual em uma escola infantil do município de Vila Velha, Espírito Santo. Trata de um estudo descritivo, desenvolvido na Unidade Municipal de Educação Infantil "José Silvério Machado", Jardim Marilândia, Vila Velha, ES. Participaram do estudo 10 professores.

    Por: ADRIANA CHAGAS MEIRELES ZURLOl Educaçãol 28/08/2014

    O objetivo deste estudo foi contribuir para o entendimento de quais são os fatores que determinam o sucesso escolar de alunos dos meios populares, por meio da percepção dos educadores. Trata de um estudo descritivo, quantitativo e qualitativo. O instrumento de coleta dos dados foi um questionário estruturado com perguntas objetivas e subjetivas As perguntas objetivas se relacionam a identidade dos professores e vivência no ambiente escolar. As subjetivas buscam conhecer quais os fatores que poss

    Por: SANDRA MARIA TEIXEIRA GRADIMl Educaçãol 28/08/2014

    O objetivo deste artigo é relatar a experiência de participação no projeto de psicologia escolar, denominado Mundo Imaginário, que ocorreu entre maio e junho de 2013. A proposta de intervenção em Psicologia Escolar/Educacional envolveu basicamente a aplicação de atividades para as crianças que fazem parte do preparatório para o primeiro ano do ensino fundamental, em uma escola filantrópica de Teresina-Pi, a partir de demandas relatadas e observadas pelos professores de tais turmas.

    Por: Daniel Soaresl Educaçãol 26/08/2014
    Profª Bia Senday

    Os períodos da educação brasileira, desde o jesuítico até a atualidade., de forma resumida e direta.

    Por: Profª Bia Sendayl Educaçãol 25/08/2014

    A casa desempenha um papel muito importante na comunidade Kalunga, pois é na casa que esse povo sempre se reúne. Na cozinha, junto ao fogão de barro, as mulheres preparam a comida. Por ser caro o custeio do fogão à gás e difícil o transporte é que o fogão à lenha prevalece. Enquanto isso, os homens contam “causos”, riem e se distraem fumando um cigarro de palha ou bebendo uma dose de pinga para abrir o apetite.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 1,004

    A comunidade do Vão de Almas, apesar de dispersa em suas roças, tem forma de organização semelhante: vivem da agricultura de subsistência. As principais culturas no vão de almas são mandioca, milho e arroz. Suas principais atividades econômicas são produção de farinha e de mandioca. Os que possuem melhores condições criam bois, vacas e bezerros nas pastagens próximas.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 840

    Investigar as formas de apropriação do espaço geográfico ocupado pelos Kalungas, mapeando algumas diferenças de gênero, tem por finalidade compreender a geografia econômica e a geografia social.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 1,247 lComentário: 1

    Todos aqueles negros que ocuparam os vãos da Serra da Contenda na Chapada dos Veadeiros tinham um pedaço de terra e todos os membros da família podiam usar essa terra em comum, dividindo a produção. Na concepção deste povo, a terra era apenas um lugar para morar. Essas terras eram deles, pois tinham sido doadas ou adquiridas por um antepassado comum.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 636

    Dos inúmeros quilombos formados e destruídos, sabe-se que apenas um resistiu à força da insensatez e do tempo. Kalunga é o nome da comunidade remanescente de quilombo situada no Estado de Goiás, desde o período colonial, nos municípios de Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás, ocupando uma área que constitui-se numa das maiores comunidades do país.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 2,346 lComentário: 1

    A escravidão existia na África desde tempos desconhecidos. Era uma realidade institucional, não somente exercida na prática, mas sancionada pelas leis e pelos costumes.Portanto, os antepassados dos kalungas não eram povos que desconheciam este regime.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 1,243

    Outra forma bastante interessante é trabalhar modalidades de texto através do conhecimento de mundo do aluno. Explicar a tipologia textual usando casos que estão na mídia, como o caso Isabela Nardoni.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educação> Línguasl 02/02/2009 lAcessos: 8,571 lComentário: 2

    A avaliação da aprendizagem deve ter como um de seus propósitos subsidiar a prática dos professores, oferecendo diagnósticos significativos para a definição e a redefinição do trabalho escolar, podendo corrigir os rumos do processo educativo em curso.

    Por: Leda Arminda Machado Barrosl Educaçãol 02/02/2009 lAcessos: 1,300

    Comments on this article

    0
    angelina 29/08/2009
    nenhum
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast