Como escrever uma carta argumentativa?

Publicado em: 14/03/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 999 |

A carta argumentativa de reclamação, como o nome sugere, apresenta uma reclamação a respeito de algum problema, enquanto a carta argumentativa de solicitação pede a resolução de um problema. Quando apresenta simultaneamente uma reclamação e uma solicitação, a carta argumentativa é chamada de carta argumentativa de reclamação e de solicitação.

Site Acrobata das Letras

O texto a seguir é uma carta de reclamação, publicada no jornal O Estado de S. Paulo, na seção São Paulo Reclama:   

Nunca antes, neste país...  

Vivendo em um país onde as pessoas parecem não mais se preocupar em cumprir suas obrigações, testemunho, aos 85 anos, que hoje a ética tem pouco valor e obter vantagens a qualquer custo passou a ser regra. Fui surpreendido por uma conta da [ empresa]* [...] cobrando R$ 124,23, por uma ligação para Curitiba, em 21/12, com vencimento em 6/2. Não fizemos tal ligação nem conhecemos ninguém que more lá. Contatei 4 vezes a empresa, sem solução. Na última, o funcionário ameaçou protestar meu nome, se eu não pagar a conta, e que discutiria o ressarcimento após eu pagá-la. Pelo jeito, não são apenas os sequestradores que dão golpes pelo telefone. Não devo e não temo. Me recuso a pagar, já entrei no Procon e peço ajuda ao jornal. A [empresa] responde: "Não identificamos irregularidades na cobrança. Os clientes podem nos contatar no [...] 

( telefonia fixa) e [...] (telefonia móvel). O site do fale conosco é [...]. Ou então devem ir a loja mais próxima."

O leitor comenta: Além de incompetentes e desonestos, são mentirosos. Até hoje dia (18), ninguém me contatou para esclarecer a cobrança descabida. A [empresa] enviou à coluna, no dia 20, resposta igual à enviada no dia 17, ratificando-a. No dia 23, o leitor confirmou que não recebeu telefonemas da empresa e que irá esperar a solução do Procon. Ele também agradeceu à coluna o envio da queixa à empresa.  

*Para preservar a identidade dos interlocutores, suprimimos a identificação do remetente e o nome da empresa.    

Essas cartas são, normalmente, endereçadas a órgãos públicos, como ministérios, secretarias do município, Procon, etc.  Para ser entendido, o remetente de uma carta argumentativa necessita apresentar argumentos convincentes. A carta de reclamação ou de solicitação tem estrutura semelhante à da carta pessoal.   carta+1.jpg 

Para praticar a produção de cartas argumentativas, abaixo coloco uma lista de possíveis temas para serem abordados:

  • Falta de empregos para jovens;
  • Falta de vagas nas escolas públicas;
  • Cotas nas universidades federais;
  • Falta de segurança no bairro;
  • Má qualidade dos transportes coletivos;
  • Alto índice de analfabetismo entre adultos da cidade ou da comunidade;
  • Vagas insuficientes nas universidades públicas;
  • Falta de bibliotecas públicas;
  • Saneamento básico deficiente;
  • Ausência de áreas verdes e de lazer no bairro.

Avalie sua carta argumentativa de reclamação e/ou de solicitação: Observe se a carta apresenta: local e data, vocativo, corpo do texto (assunto), despedida e assinatura; uma reclamação e/ou uma reivindicação; argumentos que expliquem ou fundamentem os motivos da reclamação ou da reivindicação ; linguagem e tratamento de acordo com o gênero e o perfil do(s) interlocutor(es).

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/como-escrever-uma-carta-argumentativa-6503924.html

    Palavras-chave do artigo:

    carta argumentativa

    ,

    como escrever carta argumentativa

    ,

    challis

    Comentar sobre o artigo

    Challis

    Com vestibulares cada vez mais concorridos, é de suma importância que os estudantes se preparem de maneira correta, revisando tudo o que aprenderam nos tempos de escola e resolvendo os vestibulares anteriores. Muitos já "nasceram sabendo escrever", outros, porém, sentem dificuldades na hora de expor e argumentar suas ideias em uma redação. E é justamente esta última, a redação, que é muito valorizada na hora de decidir quem tem condições de ser aprovado ou não nos concursos e vestibulares.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 55

    Depressão é uma doença psiquiátrica, crônica e recorrente, que altera o humor e costuma estar associada com baixa autoestima e culpa, e normalmente traz consigo distúrbios do apetite (comer demais, ou praticamente nada), e de sono (dormir demais, ou quase nada), entretanto um dos aspectos mais nocivos é a falta de perspectivas, um sentimento de ausência de futuro, de impossibilidade de solução dos problemas, que muitas vezes leva até ao suicídio.

    Por: Central Pressl Educaçãol 31/10/2014

    O presente artigo discorre contribuição da literatura infantil no desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança.

    Por: neide figueiredo de souzal Educaçãol 29/10/2014

    Faz-se necessário que a avaliação seja orientada pela lógica da continuidade dos processos de formação.

    Por: neide figueiredo de souzal Educaçãol 29/10/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O lúdico proveniente da palavra latina "ludus" que significa jogos. Que segundo DANTAS, 1988, representa liberdade para brincar livremente, gratuitamente, prazerosamente. Tornando a brincadeira uma expressão máxima do lúdico, desde da antiga Roma e Grécia em períodos remotos da civilização ocidental utilizava os brinquedos na educação com base nas idéias de Platão e Aristóteles.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 28/10/2014
    Sebastiana Braga

    A formação profissional não consiste apenas em ouvir palestra ou fazer determinados cursos. Pelo contrario, ela é um processo continuo e progressivo, onde através da aprendizagem se acumula conhecimento e este por sua vez vai sendo transformado em práticas bem sucedidas. Dessa forma deve ser pensado numa multiplicidade de saberes que através de um projeto para formação continuada que se complemente e que aborde um tema central a todas as áreas no intuito do melhoramento do ensino aprendizagem.

    Por: Sebastiana Bragal Educaçãol 27/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Sei o quanto. Tudo isso não significa nada. Apesar da interminável beleza dos universos. Contínuos. Sei do insignificado das coisas. Do delírio dos deuses. Das franquezas das razões não lógicas. A metafísica não indutiva.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educaçãol 25/10/2014
    Amanda Souza Machado

    Este trabalho é uma continuação das discussões, pesquisas e reflexões ocorridas durante a elaboração do artigo científico sobre como os educadores exploram as fantasias das crianças, produzidas a partir dos programas de televisão. O artigo propõe-se a apresentar as influências da TV no imaginário das crianças e qual é o papel dos educadores neste momento.

    Por: Amanda Souza Machadol Educaçãol 23/10/2014

    O presente artigo é um estudo bibliográfico que tem como objetivo principal abordar conceitos educacionais e metodologias desenvolvidas em sala de aula usando o lúdico como alternativa de metodologia. O trabalho justifica-se pela necessidade de se entender e adequar a aprendizagem às atuais demandas da educação é necessário conhecer alguns caminhos já percorridos pelo ensino e que se levam a uma redefinição dos objetivos, conteúdo e metodológicos.

    Por: Graciele de Miranda Oliveiral Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 14
    Challis

    No mundo em que vivemos, com frequência precisamos nos posicionar de forma crítica sobre certos temas que circulam socialmente. Por exemplo: A diminuição da maioridade penal é uma medida suficiente para conter a violência? Os médicos têm o direito de interromper a vida de um paciente em estado terminal? Os programas de televisão devem sofrer algum tipo de controle?

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 95
    Challis

    A crítica é o gênero textual que tem por finalidade orientar o leitor de um jornal ou revista, estimulando-o ou desestimulando-o a consumir um objeto cultural, isto é, um livro, um filme, uma peça de teatro, um concerto de música clássica, um show de música popular, uma exposição de artes plásticas, etc.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 219
    Challis

    A Literatura é o espelho social de uma época, pois nos mostra a face do artista e também o cenário no qual produziu sua obra, ou seja, a sociedade em que viveu. O estudo da Literatura auxilia-nos a compreender melhor a natureza de nossas ações e sentimentos. As obras de escritores e poetas nos ajudam a entender como nós, seres humanos, temos nos comportado ao longo dos séculos e, a partir do exemplo e da experiência alheios, refletir sobre nosso próprio comportamento.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 205
    Challis

    No Enem - como em todas as modalidades de avaliação - a atividade de produção de texto adquire enorme importância. Os candidatos devem elaborar trabalhos inteligíveis, claros e coerentes que atendam à proposta de um texto dissertativo-argumentativo em prosa, com tema ligado à uma questão de ordem social, científica, cultural ou política, relacionada à realidade brasileira.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 52
    Challis

    Roteiro completo para você se preparar para o Enem! Um roteiro simples que, através de vinte passos, mostra a maneira mais adequada para se preparar para o Enem.

    Por: Challisl Educaçãol 13/03/2013 lAcessos: 30
    Challis

    Com vestibulares cada vez mais concorridos, é de suma importância que os estudantes se preparem de maneira correta, revisando tudo o que aprenderam nos tempos de escola e resolvendo os vestibulares anteriores. Muitos já "nasceram sabendo escrever", outros, porém, sentem dificuldades na hora de expor e argumentar suas ideias em uma redação. E é justamente esta última, a redação, que é muito valorizada na hora de decidir quem tem condições de ser aprovado ou não nos concursos e vestibulares.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 55
    Challis

    Para começar, escolhi postar uma história que escrevi quando tinha 6 anos de idade. Realmente não é nenhuma obra-prima, porém foi um dos meus primeiros escritos. Então, tomei a liberdade de não modificar o original.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 31
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast