Como escrever uma carta argumentativa?

Publicado em: 14/03/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 1,118 |

A carta argumentativa de reclamação, como o nome sugere, apresenta uma reclamação a respeito de algum problema, enquanto a carta argumentativa de solicitação pede a resolução de um problema. Quando apresenta simultaneamente uma reclamação e uma solicitação, a carta argumentativa é chamada de carta argumentativa de reclamação e de solicitação.

Site Acrobata das Letras

O texto a seguir é uma carta de reclamação, publicada no jornal O Estado de S. Paulo, na seção São Paulo Reclama:   

Nunca antes, neste país...  

Vivendo em um país onde as pessoas parecem não mais se preocupar em cumprir suas obrigações, testemunho, aos 85 anos, que hoje a ética tem pouco valor e obter vantagens a qualquer custo passou a ser regra. Fui surpreendido por uma conta da [ empresa]* [...] cobrando R$ 124,23, por uma ligação para Curitiba, em 21/12, com vencimento em 6/2. Não fizemos tal ligação nem conhecemos ninguém que more lá. Contatei 4 vezes a empresa, sem solução. Na última, o funcionário ameaçou protestar meu nome, se eu não pagar a conta, e que discutiria o ressarcimento após eu pagá-la. Pelo jeito, não são apenas os sequestradores que dão golpes pelo telefone. Não devo e não temo. Me recuso a pagar, já entrei no Procon e peço ajuda ao jornal. A [empresa] responde: "Não identificamos irregularidades na cobrança. Os clientes podem nos contatar no [...] 

( telefonia fixa) e [...] (telefonia móvel). O site do fale conosco é [...]. Ou então devem ir a loja mais próxima."

O leitor comenta: Além de incompetentes e desonestos, são mentirosos. Até hoje dia (18), ninguém me contatou para esclarecer a cobrança descabida. A [empresa] enviou à coluna, no dia 20, resposta igual à enviada no dia 17, ratificando-a. No dia 23, o leitor confirmou que não recebeu telefonemas da empresa e que irá esperar a solução do Procon. Ele também agradeceu à coluna o envio da queixa à empresa.  

*Para preservar a identidade dos interlocutores, suprimimos a identificação do remetente e o nome da empresa.    

Essas cartas são, normalmente, endereçadas a órgãos públicos, como ministérios, secretarias do município, Procon, etc.  Para ser entendido, o remetente de uma carta argumentativa necessita apresentar argumentos convincentes. A carta de reclamação ou de solicitação tem estrutura semelhante à da carta pessoal.   carta+1.jpg 

Para praticar a produção de cartas argumentativas, abaixo coloco uma lista de possíveis temas para serem abordados:

  • Falta de empregos para jovens;
  • Falta de vagas nas escolas públicas;
  • Cotas nas universidades federais;
  • Falta de segurança no bairro;
  • Má qualidade dos transportes coletivos;
  • Alto índice de analfabetismo entre adultos da cidade ou da comunidade;
  • Vagas insuficientes nas universidades públicas;
  • Falta de bibliotecas públicas;
  • Saneamento básico deficiente;
  • Ausência de áreas verdes e de lazer no bairro.

Avalie sua carta argumentativa de reclamação e/ou de solicitação: Observe se a carta apresenta: local e data, vocativo, corpo do texto (assunto), despedida e assinatura; uma reclamação e/ou uma reivindicação; argumentos que expliquem ou fundamentem os motivos da reclamação ou da reivindicação ; linguagem e tratamento de acordo com o gênero e o perfil do(s) interlocutor(es).

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/como-escrever-uma-carta-argumentativa-6503924.html

    Palavras-chave do artigo:

    carta argumentativa

    ,

    como escrever carta argumentativa

    ,

    challis

    Comentar sobre o artigo

    Challis

    Com vestibulares cada vez mais concorridos, é de suma importância que os estudantes se preparem de maneira correta, revisando tudo o que aprenderam nos tempos de escola e resolvendo os vestibulares anteriores. Muitos já "nasceram sabendo escrever", outros, porém, sentem dificuldades na hora de expor e argumentar suas ideias em uma redação. E é justamente esta última, a redação, que é muito valorizada na hora de decidir quem tem condições de ser aprovado ou não nos concursos e vestibulares.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 60

    Com o advento da globalização, a educação é tida como o maior recurso de que se dispõe para enfrentar essa nova estruturação mundial. Objetiva-se evidenciar a importância dos alunos encontrarem na escola não só evidências de seu próprio mundo, mas também aparato capaz de os "cunharem" para uma participação social plena e não "fatiada", como sugere o estudo por disciplinas. Jovens e adultos, público cada vez mais informatizado, exige que as disciplinas deixem de ser apresentadas de forma isolada.

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    A expressão artística faz parte da história humana desde os tempos mais remotos. Sendo assim, a Arte é um dos modos de conhecimento ao qual os estudantes devem também ter acesso, assumindo-se como sujeitos capazes de apreciação estética e criação artística, articuladas aos processos e mediações da cultura contemporânea. Diante das mudanças pelas quais o ensino-aprendizagem de Arte passou, vê-se a necessidade de discorrer a respeito da presença desta disciplina no currículo escolar, revendo sua i

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    Sabe-se que a educação é responsável pela formação do aluno enquanto cidadão, de maneira a prepará-lo para a vida em sociedade, para que saiba atuar criticamente nesse meio. Assim, a escola inclusiva busca complementar a formação do aluno por meio das relações de convivência, uma vez que conviver com o diferente é parte desse processo de formação, até porque, como já mencionamos, é na escola que o aluno desenvolve seus aspectos cognitivos, motores e psicológicos.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    As revela à existência de ações políticas e sociais que possam concretizar e promover a efetividade da inclusão social da pessoa com necessidade educacional especial. Vejo que a sociedade deve compreender como se dá o processo de ensino-aprendizagem da criança com Síndrome de Down na Educação Básica, as dificuldades enfrentadas e as possibilidades e mecanismos de reconhecimento e aceitação dessas limitaçõ

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    No processo de inclusão a escola propõe a conviver com o "diferente", aceitá-lo, auxiliá-lo, e muitas vezes aprender algo com essas crianças. Entretanto para oferecer uma inclusão verdadeira é preciso entender as particularidades das crianças, mediar a socialização de forma que todos trabalham para o aprendizado de cada uma delas, em benefício de todos. Pretendo contribuir com as discussões éticas e educacionais que envolvem a formação da criança Down por meio da educação.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    A educação escolar é um dos contextos em que a criança aprende e desenvolve-se nos aspectos cognitivos, emocional e social. Por isso a necessidade de incluir a criança com necessidades especiais na escola, pois atender a todos é parte do processo educativo, por isso a diversidade cultural e outras questões sociais precisam ser vivenciadas também em sala de aula.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    Apresento algumas características que identificam a criança Down, o conceito de Educação Inclusiva e Educação básica, e da diversidade na educação. Relacionam-se aspectos positivos da inclusão da criança Down na Educação Básica e como deve acontecer essa inclusão, enumerando as dificuldades no processo de inclusão da criança Down na Educação Básica. Conceitua-se a Síndrome de Down e sua identificação, bem como o tratamento e a motivação para inserir a criança com deficiência na Educação Básica.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    O estudo realizado teve como foco principal compreender os avanços no processo de construção do conhecimento dos alunos de uma turma de 3º ano, através dos jogos matemáticos, priorizando, desse modo, a ludicidade no ensino. A pesquisa foi desenvolvida durante o estágio realizado pela acadêmica e pesquisadora junto a uma turma de 3º ano.

    Por: Luziane Da Silva Costal Educaçãol 15/12/2014 lAcessos: 12
    Challis

    No mundo em que vivemos, com frequência precisamos nos posicionar de forma crítica sobre certos temas que circulam socialmente. Por exemplo: A diminuição da maioridade penal é uma medida suficiente para conter a violência? Os médicos têm o direito de interromper a vida de um paciente em estado terminal? Os programas de televisão devem sofrer algum tipo de controle?

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 107
    Challis

    A crítica é o gênero textual que tem por finalidade orientar o leitor de um jornal ou revista, estimulando-o ou desestimulando-o a consumir um objeto cultural, isto é, um livro, um filme, uma peça de teatro, um concerto de música clássica, um show de música popular, uma exposição de artes plásticas, etc.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 268
    Challis

    A Literatura é o espelho social de uma época, pois nos mostra a face do artista e também o cenário no qual produziu sua obra, ou seja, a sociedade em que viveu. O estudo da Literatura auxilia-nos a compreender melhor a natureza de nossas ações e sentimentos. As obras de escritores e poetas nos ajudam a entender como nós, seres humanos, temos nos comportado ao longo dos séculos e, a partir do exemplo e da experiência alheios, refletir sobre nosso próprio comportamento.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 253
    Challis

    No Enem - como em todas as modalidades de avaliação - a atividade de produção de texto adquire enorme importância. Os candidatos devem elaborar trabalhos inteligíveis, claros e coerentes que atendam à proposta de um texto dissertativo-argumentativo em prosa, com tema ligado à uma questão de ordem social, científica, cultural ou política, relacionada à realidade brasileira.

    Por: Challisl Educaçãol 14/03/2013 lAcessos: 60
    Challis

    Roteiro completo para você se preparar para o Enem! Um roteiro simples que, através de vinte passos, mostra a maneira mais adequada para se preparar para o Enem.

    Por: Challisl Educaçãol 13/03/2013 lAcessos: 36
    Challis

    Com vestibulares cada vez mais concorridos, é de suma importância que os estudantes se preparem de maneira correta, revisando tudo o que aprenderam nos tempos de escola e resolvendo os vestibulares anteriores. Muitos já "nasceram sabendo escrever", outros, porém, sentem dificuldades na hora de expor e argumentar suas ideias em uma redação. E é justamente esta última, a redação, que é muito valorizada na hora de decidir quem tem condições de ser aprovado ou não nos concursos e vestibulares.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 60
    Challis

    Para começar, escolhi postar uma história que escrevi quando tinha 6 anos de idade. Realmente não é nenhuma obra-prima, porém foi um dos meus primeiros escritos. Então, tomei a liberdade de não modificar o original.

    Por: Challisl Literatural 31/01/2013 lAcessos: 34
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast