Crise De Valores

Publicado em: 16/04/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 8,745 |

     

Alguns afirmam que desde 1929 o mundo não se deparava com uma crise de tamanha proporção e alcance. O colapso financeiro que testemunhamos nos últimos meses não teve, ao contrário do que muitos podem afirmar, seu início no sistema hipotecário americano. O problema foi gerado no que chamo de “papéis dos valores” e onde deveríamos aplicá-los.
Os valores fazem parte de um sistema antigo e muito sensível. São aplicados de geração em geração juntamente com a moral, a ética e os princípios. Fazem parte de quem somos e pautam nossas atitudes. A escola, a família e instituições administram este fundo precioso. Infelizmente, quando falhamos, os resultados são imprevisíveis e potencialmente negativos. Na ausência de valores, pessoas podem, por exemplo, fazer empréstimos hipotecários, se aproveitarem da baixa de juros e fazerem transações bancárias utilizando como aval a própria hipoteca e simplesmente não serem capazes de honrar suas dívidas. Déjà vú... Tal estratégia não é danosa somente àqueles que não adquiriram os valores certos durante sua infância e adolescência. Ela se espalha como um vírus no mundo globalizado e mesmo quem não se envolveu acaba sendo prejudicado. Em tempo de crise financeira, quebra de bancos, ameaça de inflação me pergunto onde as instituições responsáveis por repassar tais valores falharam. O ambiente perfeito para a proliferação de predadores financeiros é aquele onde não há a prática e troca de valores. Alguns se reúnem, ironicamente, na bolsa de valores. Muitas vezes anônimos ou sob a efígie do capitalismo subjugam e destroem sistemas inteiros desvalorizando o real significado da palavra que se origina do latim "valore", qualidade de quem tem força; qualidade pela qual determinada pessoa ou coisa é estimável em maior ou menor grau; mérito ou merecimento.
No entanto o que nos move e nos credencia como seres humanos é nossa capacidade de regeneração moral. Acredito que a base para tal restabelecimento, é primeiramente a familiar, depois as instituições de ensino e por fim a instituição social. Acreditando na elevação dos valores morais e nas práticas éticas, estas instituições não podem se eximir de buscar constantemente novos investimentos para que tais valores sejam aprendidos e aplicados. Quando juntamos nossas empresas, minha sócia e eu tínhamos esta preocupação pautando todas as etapas da construção do grupo M2A. Apesar de inicialmente focarmos na capacitação profissional, coaching, mentoring e idiomas para executivos e empresários não nos desviamos daquilo que viria a ser nosso lema “Deixar um legado”. E como fazer isto? Precisaríamos investir na base. Surge então uma vertente para adolescentes e formandos universitários. Assim ampliamos nossa proposta de atuação para um investimento tão importante quanto a capacitação profissional: o desenvolvimento do cidadão e seus valores. Esperamos com esta conduta, contribuir e persistir com a idéia de que não precisamos nos tornar predadores de mercado para captação de valores financeiros que por sua vez sustentarão nossas famílias e o nosso grupo. O que necessitamos é ter a certeza de que estamos aviando a formação dos valores no desenvolvimento humano. Quando aplicamos nesta bolsa de valores, ninguém perde!


Aida Adnan Sad Qaddomi
Sócia Diretora da English Log, empresa do Grupo M2A - Desenvolvimento Humano e Capacitação Profissional

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/crise-de-valores-869927.html

    Palavras-chave do artigo:

    crise

    ,

    valores

    ,

    mercado financeiro

    Comentar sobre o artigo

    Hoje e o dia D para a França, que deve emitir dívida nas piores condições desde 1990. O diferencial de juros com a Alemanha está em níveis recordes e a sérias preocupações sobre a manutenção da AAA.

    Por: Manuell Finanças> Investimentosl 17/11/2011 lAcessos: 36
    Eng. Jorge Paulino

    O desconhecimento das crises mundiais e a evolução das sociedades e do capital nos diversos aspectos, começando a partir da publicação do livro “A Riqueza das Nações” de Adam Smith, são fundamentais para o entendimento do papel Estado, das sociedades capitalistas e socialistas, nos sucessivos períodos de instabilidade financeira, principalmente devido às políticas sociais, conflitos religiosos e guerras. Hoje a Governança Corporativa, surgi como a necessidade de integrar os sistemas de gestão, aos controles de processos e procedimentos das empresas, criando um conjunto eficiente de mecanismos, assegurando a credibilidade da gestão e permitindo um equilíbrio de forças entre os gestores e os (shareholders) acionistas e os Stakeholders (públicos de interesse), clientes, funcionários, fornecedores, comunidade, entre outros, para quanto uma nova crise se apresentar, a transparência das ações evitem um colapso mais devastador.

    Por: Eng. Jorge Paulinol Educaçãol 05/10/2009 lAcessos: 642 lComentário: 1

    O presente trabalho procura analisar a estrutura de capital e seus reflexos nos resultados da empresa, mostrando razões para utilizar capital próprio ou de terceiros num determinado empreendimento, mesmo em tempos de crise financeira como o que estamos vivendo. Diante da crise, pessoas e empresas têm que buscar saídas criativas e inovadoras que nem sempre são pensadas ou buscadas em tempos de afluência. Em tempos de crise, empresas e pessoas empreendem mudanças que não teriam coragem de fazer e

    Por: ALAELSON CRUZ DOS SANTOSl Finanças> Créditol 24/09/2009 lAcessos: 2,241

    ADESG (ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA) - “A CRISE ECONÔMICA MUNDIAL E SEUS REFLEXOS NO BRASIL” “– Palestra realizada em 20/11/2008 – PALESTRANTE: Mauro Benevides Filho - Secretário da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ). A explanação do Secretario da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ) era uma das mais esperadas, visto que com a crise que impulsionou o mundo globalizado, queríamos ficar cientes da situação do Brasil, e principalmente do estado em que nascemos e aprendemos

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 24/11/2008 lAcessos: 678

    Pegando carona na discussão da MP 574, duas emendas dos parlamentares trazem proposta para que seja reaberto o prazo para adesão do REFIS DA CRISE até 31/12/2012, podendo incluir dívidas tributárias vencidas até 31/12/2011.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 19/07/2012 lAcessos: 287

    No atual cenário econômico, muitas vezes as empresas para se manterem competitivas no mercado, necessitam do aporte de capital advindo de terceiros para subsidiar suas atividades operacionais e, proporcionar a maximização do lucro, com base em um bom gerenciamento de seus recursos. Neste contexto, o presente artigo tem o objetivo de identificar quais produtos e serviços financeiros são mais utilizados pelas empresas e como ocorre o relacionamento destas com as instituições bancárias. Foi realiza

    Por: Diego Ceriolil Finanças> Créditol 18/11/2010 lAcessos: 4,319
    Welinton dos Santos

    O cenário econômico da economia internacional, mostra claro que o efeito da crise está aumentando na Europa, Japão e EUA, o Brasil está sendo uma exceção.

    Por: Welinton dos Santosl Negócios> Administraçãol 19/02/2009 lAcessos: 457
    Marizete Furbino

    Em meio a este período “negro” no mundo dos negócios, onde nos deparamos com o turbilhão nas bolsas de valores, com o disparar do dólar, e vivenciando um momento recheado de demasiada incerteza, é exatamente diante dos efeitos negativos da crise norte-americana que devemos considerar importante repensar nossa postura diante deste cenário. Pode-se dizer que o que irá determinar se vamos nos submergir, ou se acabamos de submergir ou se emergimos e ressurgimos das cinzas, será nossa atitude.

    Por: Marizete Furbinol Negócios> Administraçãol 12/01/2009 lAcessos: 1,013

    A internet já explodiu como a mídia mais revolucionária desde o surgimento da televisão. Negócios, relacionamentos, lazer e educação são alguns dos maiores benefícios proporcionados pela web a empresas e pessoas.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Educação> Educação Onlinel 10/10/2008 lAcessos: 504

    Apesar de o Governo ter armado estratégia para barrar a aprovação foi noticiado que a Câmara Federal aprovou a reabertura do REFIS DA CRISE, enviando o texto para apreciação do Senado Federal.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 04/11/2012 lAcessos: 117

    Depressão é uma doença psiquiátrica, crônica e recorrente, que altera o humor e costuma estar associada com baixa autoestima e culpa, e normalmente traz consigo distúrbios do apetite (comer demais, ou praticamente nada), e de sono (dormir demais, ou quase nada), entretanto um dos aspectos mais nocivos é a falta de perspectivas, um sentimento de ausência de futuro, de impossibilidade de solução dos problemas, que muitas vezes leva até ao suicídio.

    Por: Central Pressl Educaçãol 31/10/2014

    O presente artigo discorre contribuição da literatura infantil no desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança.

    Por: neide figueiredo de souzal Educaçãol 29/10/2014

    Faz-se necessário que a avaliação seja orientada pela lógica da continuidade dos processos de formação.

    Por: neide figueiredo de souzal Educaçãol 29/10/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O lúdico proveniente da palavra latina "ludus" que significa jogos. Que segundo DANTAS, 1988, representa liberdade para brincar livremente, gratuitamente, prazerosamente. Tornando a brincadeira uma expressão máxima do lúdico, desde da antiga Roma e Grécia em períodos remotos da civilização ocidental utilizava os brinquedos na educação com base nas idéias de Platão e Aristóteles.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 28/10/2014
    Sebastiana Braga

    A formação profissional não consiste apenas em ouvir palestra ou fazer determinados cursos. Pelo contrario, ela é um processo continuo e progressivo, onde através da aprendizagem se acumula conhecimento e este por sua vez vai sendo transformado em práticas bem sucedidas. Dessa forma deve ser pensado numa multiplicidade de saberes que através de um projeto para formação continuada que se complemente e que aborde um tema central a todas as áreas no intuito do melhoramento do ensino aprendizagem.

    Por: Sebastiana Bragal Educaçãol 27/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Sei o quanto. Tudo isso não significa nada. Apesar da interminável beleza dos universos. Contínuos. Sei do insignificado das coisas. Do delírio dos deuses. Das franquezas das razões não lógicas. A metafísica não indutiva.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educaçãol 25/10/2014
    Amanda Souza Machado

    Este trabalho é uma continuação das discussões, pesquisas e reflexões ocorridas durante a elaboração do artigo científico sobre como os educadores exploram as fantasias das crianças, produzidas a partir dos programas de televisão. O artigo propõe-se a apresentar as influências da TV no imaginário das crianças e qual é o papel dos educadores neste momento.

    Por: Amanda Souza Machadol Educaçãol 23/10/2014

    O presente artigo é um estudo bibliográfico que tem como objetivo principal abordar conceitos educacionais e metodologias desenvolvidas em sala de aula usando o lúdico como alternativa de metodologia. O trabalho justifica-se pela necessidade de se entender e adequar a aprendizagem às atuais demandas da educação é necessário conhecer alguns caminhos já percorridos pelo ensino e que se levam a uma redefinição dos objetivos, conteúdo e metodológicos.

    Por: Graciele de Miranda Oliveiral Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 14

    Estamos protagonizando papéis de vilões quando permitimos que a discussão sobre a qualidade da educação no país esteja apenas no palco da vontade das instituições públicas. Reprovados ano após ano na Prova e Provinha Brasil, Saeb, Pisa, Enem, Ideb... O que fazer? Como reagir?

    Por: Aida Qaddomil Educação> Educação Infantill 23/11/2012 lAcessos: 58

    Este artigo propõe uma reflexão sobre a importância de se introduzir o processo de internalização e a utilização dos sistemas simbólicos propostos por Vygotsky na aquisição de uma LE. O papel do professor em face a este novo paradigma e uma profunda análise da nova relação que se constrói a partir desta transformação em sala de aula.

    Por: Aida Qaddomil Educação> Línguasl 20/06/2011 lAcessos: 168

    Estamos no século XXI e a nossa legislação ainda não foi capaz de regulamentar normas práticas para inserir o ensino brasileiro na vanguarda da aquisição do bilinguismo como forma de projetar a cultura e a economia brasileiras. Ainda cabe à cada escola lidar individualmente com esta problemática, a partir da análise regional e economica de seus alunos. Enquanto isso, em Camelot, as escolas particulares encontraram um novo filão para agregar mais valorização à suas marcas.

    Por: Aida Qaddomil Educação> Línguasl 06/12/2010 lAcessos: 279
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast