Crise De Valores

Publicado em: 16/04/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 8,742 |

     

Alguns afirmam que desde 1929 o mundo não se deparava com uma crise de tamanha proporção e alcance. O colapso financeiro que testemunhamos nos últimos meses não teve, ao contrário do que muitos podem afirmar, seu início no sistema hipotecário americano. O problema foi gerado no que chamo de “papéis dos valores” e onde deveríamos aplicá-los.
Os valores fazem parte de um sistema antigo e muito sensível. São aplicados de geração em geração juntamente com a moral, a ética e os princípios. Fazem parte de quem somos e pautam nossas atitudes. A escola, a família e instituições administram este fundo precioso. Infelizmente, quando falhamos, os resultados são imprevisíveis e potencialmente negativos. Na ausência de valores, pessoas podem, por exemplo, fazer empréstimos hipotecários, se aproveitarem da baixa de juros e fazerem transações bancárias utilizando como aval a própria hipoteca e simplesmente não serem capazes de honrar suas dívidas. Déjà vú... Tal estratégia não é danosa somente àqueles que não adquiriram os valores certos durante sua infância e adolescência. Ela se espalha como um vírus no mundo globalizado e mesmo quem não se envolveu acaba sendo prejudicado. Em tempo de crise financeira, quebra de bancos, ameaça de inflação me pergunto onde as instituições responsáveis por repassar tais valores falharam. O ambiente perfeito para a proliferação de predadores financeiros é aquele onde não há a prática e troca de valores. Alguns se reúnem, ironicamente, na bolsa de valores. Muitas vezes anônimos ou sob a efígie do capitalismo subjugam e destroem sistemas inteiros desvalorizando o real significado da palavra que se origina do latim "valore", qualidade de quem tem força; qualidade pela qual determinada pessoa ou coisa é estimável em maior ou menor grau; mérito ou merecimento.
No entanto o que nos move e nos credencia como seres humanos é nossa capacidade de regeneração moral. Acredito que a base para tal restabelecimento, é primeiramente a familiar, depois as instituições de ensino e por fim a instituição social. Acreditando na elevação dos valores morais e nas práticas éticas, estas instituições não podem se eximir de buscar constantemente novos investimentos para que tais valores sejam aprendidos e aplicados. Quando juntamos nossas empresas, minha sócia e eu tínhamos esta preocupação pautando todas as etapas da construção do grupo M2A. Apesar de inicialmente focarmos na capacitação profissional, coaching, mentoring e idiomas para executivos e empresários não nos desviamos daquilo que viria a ser nosso lema “Deixar um legado”. E como fazer isto? Precisaríamos investir na base. Surge então uma vertente para adolescentes e formandos universitários. Assim ampliamos nossa proposta de atuação para um investimento tão importante quanto a capacitação profissional: o desenvolvimento do cidadão e seus valores. Esperamos com esta conduta, contribuir e persistir com a idéia de que não precisamos nos tornar predadores de mercado para captação de valores financeiros que por sua vez sustentarão nossas famílias e o nosso grupo. O que necessitamos é ter a certeza de que estamos aviando a formação dos valores no desenvolvimento humano. Quando aplicamos nesta bolsa de valores, ninguém perde!


Aida Adnan Sad Qaddomi
Sócia Diretora da English Log, empresa do Grupo M2A - Desenvolvimento Humano e Capacitação Profissional

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/crise-de-valores-869927.html

    Palavras-chave do artigo:

    crise

    ,

    valores

    ,

    mercado financeiro

    Comentar sobre o artigo

    Hoje e o dia D para a França, que deve emitir dívida nas piores condições desde 1990. O diferencial de juros com a Alemanha está em níveis recordes e a sérias preocupações sobre a manutenção da AAA.

    Por: Manuell Finanças> Investimentosl 17/11/2011 lAcessos: 36
    Eng. Jorge Paulino

    O desconhecimento das crises mundiais e a evolução das sociedades e do capital nos diversos aspectos, começando a partir da publicação do livro “A Riqueza das Nações” de Adam Smith, são fundamentais para o entendimento do papel Estado, das sociedades capitalistas e socialistas, nos sucessivos períodos de instabilidade financeira, principalmente devido às políticas sociais, conflitos religiosos e guerras. Hoje a Governança Corporativa, surgi como a necessidade de integrar os sistemas de gestão, aos controles de processos e procedimentos das empresas, criando um conjunto eficiente de mecanismos, assegurando a credibilidade da gestão e permitindo um equilíbrio de forças entre os gestores e os (shareholders) acionistas e os Stakeholders (públicos de interesse), clientes, funcionários, fornecedores, comunidade, entre outros, para quanto uma nova crise se apresentar, a transparência das ações evitem um colapso mais devastador.

    Por: Eng. Jorge Paulinol Educaçãol 05/10/2009 lAcessos: 640 lComentário: 1

    O presente trabalho procura analisar a estrutura de capital e seus reflexos nos resultados da empresa, mostrando razões para utilizar capital próprio ou de terceiros num determinado empreendimento, mesmo em tempos de crise financeira como o que estamos vivendo. Diante da crise, pessoas e empresas têm que buscar saídas criativas e inovadoras que nem sempre são pensadas ou buscadas em tempos de afluência. Em tempos de crise, empresas e pessoas empreendem mudanças que não teriam coragem de fazer e

    Por: ALAELSON CRUZ DOS SANTOSl Finanças> Créditol 24/09/2009 lAcessos: 2,238

    ADESG (ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA) - “A CRISE ECONÔMICA MUNDIAL E SEUS REFLEXOS NO BRASIL” “– Palestra realizada em 20/11/2008 – PALESTRANTE: Mauro Benevides Filho - Secretário da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ). A explanação do Secretario da Fazenda do Estado do Ceará (SEFAZ) era uma das mais esperadas, visto que com a crise que impulsionou o mundo globalizado, queríamos ficar cientes da situação do Brasil, e principalmente do estado em que nascemos e aprendemos

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 24/11/2008 lAcessos: 675

    Pegando carona na discussão da MP 574, duas emendas dos parlamentares trazem proposta para que seja reaberto o prazo para adesão do REFIS DA CRISE até 31/12/2012, podendo incluir dívidas tributárias vencidas até 31/12/2011.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 19/07/2012 lAcessos: 285

    No atual cenário econômico, muitas vezes as empresas para se manterem competitivas no mercado, necessitam do aporte de capital advindo de terceiros para subsidiar suas atividades operacionais e, proporcionar a maximização do lucro, com base em um bom gerenciamento de seus recursos. Neste contexto, o presente artigo tem o objetivo de identificar quais produtos e serviços financeiros são mais utilizados pelas empresas e como ocorre o relacionamento destas com as instituições bancárias. Foi realiza

    Por: Diego Ceriolil Finanças> Créditol 18/11/2010 lAcessos: 4,193
    Welinton dos Santos

    O cenário econômico da economia internacional, mostra claro que o efeito da crise está aumentando na Europa, Japão e EUA, o Brasil está sendo uma exceção.

    Por: Welinton dos Santosl Negócios> Administraçãol 19/02/2009 lAcessos: 454
    Marizete Furbino

    Em meio a este período “negro” no mundo dos negócios, onde nos deparamos com o turbilhão nas bolsas de valores, com o disparar do dólar, e vivenciando um momento recheado de demasiada incerteza, é exatamente diante dos efeitos negativos da crise norte-americana que devemos considerar importante repensar nossa postura diante deste cenário. Pode-se dizer que o que irá determinar se vamos nos submergir, ou se acabamos de submergir ou se emergimos e ressurgimos das cinzas, será nossa atitude.

    Por: Marizete Furbinol Negócios> Administraçãol 12/01/2009 lAcessos: 1,010

    A internet já explodiu como a mídia mais revolucionária desde o surgimento da televisão. Negócios, relacionamentos, lazer e educação são alguns dos maiores benefícios proporcionados pela web a empresas e pessoas.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Educação> Educação Onlinel 10/10/2008 lAcessos: 502

    Apesar de o Governo ter armado estratégia para barrar a aprovação foi noticiado que a Câmara Federal aprovou a reabertura do REFIS DA CRISE, enviando o texto para apreciação do Senado Federal.

    Por: roberto rodrigues de moraisl Direito> Direito Tributáriol 04/11/2012 lAcessos: 114

    Esta investigação teve como propósito o estudo sobre o dilema da teoria social, por meio de pesquisas bibliográficas e documental, com base nos artigos científicos de Dalbosco (2010), Carvalho (2013), Lília (2009), Morigi (2004), Netto (2012 e Maia in Connell (2009). Assim, este trabalho abordou sobre os dilemas que implicam a teoria social nas questões de definição do método que é um dos problemas centrais e polêmicos da teoria social, sua relação entre o estado de natureza e o estado social e

    Por: Carla Anne Marques Fariasl Educaçãol 28/09/2014

    RESUMO Este trabalho tece um dialogo sobre o dilema da teoria social, filosofia política, crise da teoria social, o problema do método e da ordem social e o problema da modernidade. Para dar inicio a essa pesquisa houve uma busca exaustiva a livros e revistas para uma leitura do tema abordado em seguida uma pesquisa nos sites da internet. E a leitura da apostila recomendada para embasamento do assunto abordado, na qual contem seis capítulos.

    Por: estelal Educaçãol 26/09/2014

    Os motivos para fazer um curso técnico são tantos que é difícil de entender o quando jovens concluintes do ensino médio não começam suas carreiras profissionais por este ponto de partida.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 19/09/2014

    São inúmeros, mas iremos apontar os que consideramos como mais importantes: 1 – A qualidade de ensino em uma escola técnica (Etec) é considerada excelente. 2 – As Etec´s contam com equipes de Professores e Coordenadores muito bem preparadas e comuma estrutura completa de salas, laboratórios e equipamentos de última geração.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 17/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O aluno especial tem algumas necessidade de auto realização igual aos demais alunos, assim como ele precisa ter sua autoestima valorizada para contribuir na definição de suas habilidades intelectuais, a interação social com a comunidade escola lhe dará segurança, o apoio dos pais e fundamental nesse processo.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 11/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    Cérebro é o órgão onde se forma a cognição, o órgão mais organizado do corpo humano. Portando a cognição pode emergir no cérebro e nele acontece dinâmicas evolutivas que permitem ao ser humano revelar-se como um ser auto-eco-organizador, para isso e necessário o envolvimento das funções bio-psico-sociais ou bioantropologicas.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 08/09/2014 lAcessos: 11
    Formacerta.pt

    Este artigo informa sobre o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, uma formação frequentemente procurada (e essencial) por indivíduos que querem entrar no mercado de formação profissional.

    Por: Formacerta.ptl Educaçãol 08/09/2014

    O presente texto aborda sobre Saúde em Educação, como incentivo entre desenvolvimento social, psicológico, cultural e saúde educacional. Pois o artigo preocupa-se e questiona-se sobre a formação de crianças e adolescentes e a saúde pública escolar.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014 lAcessos: 11

    Estamos protagonizando papéis de vilões quando permitimos que a discussão sobre a qualidade da educação no país esteja apenas no palco da vontade das instituições públicas. Reprovados ano após ano na Prova e Provinha Brasil, Saeb, Pisa, Enem, Ideb... O que fazer? Como reagir?

    Por: Aida Qaddomil Educação> Educação Infantill 23/11/2012 lAcessos: 53

    Este artigo propõe uma reflexão sobre a importância de se introduzir o processo de internalização e a utilização dos sistemas simbólicos propostos por Vygotsky na aquisição de uma LE. O papel do professor em face a este novo paradigma e uma profunda análise da nova relação que se constrói a partir desta transformação em sala de aula.

    Por: Aida Qaddomil Educação> Línguasl 20/06/2011 lAcessos: 167

    Estamos no século XXI e a nossa legislação ainda não foi capaz de regulamentar normas práticas para inserir o ensino brasileiro na vanguarda da aquisição do bilinguismo como forma de projetar a cultura e a economia brasileiras. Ainda cabe à cada escola lidar individualmente com esta problemática, a partir da análise regional e economica de seus alunos. Enquanto isso, em Camelot, as escolas particulares encontraram um novo filão para agregar mais valorização à suas marcas.

    Por: Aida Qaddomil Educação> Línguasl 06/12/2010 lAcessos: 277
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast