Desenvolvimento E Aprendizagem Na Escola: Aspectos Culturais

Publicado em: 23/11/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 3,784 |
O ser humano realiza aprendizagens de natureza diversas durante toda sua vida. O que o ser humano aprende está primeiramente ligado à sua sobrevivência e da espécie, o que inclui tanto o desenvolvimento biológico como culturais. Há várias realizações de ordem primordialmente biológica que ocorre nos primeiros anos de vida, envolvendo  o movimento e a percepção. Outros dizem respeito ao desenvolvimento dos sistemas simbólicos, sendo que o desenvolvimento da linguagem é maior de idade relevância neste período inicial da vida humana. A aprendizagem dos símbolos provoca modificações estruturais importante no funcionamento psíquico.

 

O desenvolvimento prossegue pela contínua transformação resultante da sua interação com o meio. O ser humano tem um potencial, uma multiplicidade de caminhos de desenvolvimento é função do meio em que ela nasce das práticas culturais e as possibilidades de acesso a informações existentes em seu contexto. 

 

Esta colocação tem duas implicações importantes para a educação na escola: uma é que a experiência escolar insere em um processo contínuo de desenvolvimento do sujeito que se iniciou antes de sua entrada na escola.

 

Todas as experiências ganham significados quando articuladas ao processo global de desenvolvimento. 

 

Pedagogicamente temos, um fato inegável: cabe sempre ao professor introduzir elementos novos para o educando. Ele tem a função social e política de expandir os campos possíveis de conhecimento. Isso será feito com base na experiência cultural, no desenvolvimento biológico e na experiência da historicidade da escola, pilares do processo desenvolvimento da criança na escola. É importante que não se perca de vista que o indivíduo é único, e que sua experiencia na escola não deve ser considerado isolada de sua ação de ser social inserido em um contexto cultural específico.

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/desenvolvimento-e-aprendizagem-na-escola-aspectos-culturais-1495283.html

    Palavras-chave do artigo:

    conhecimento

    ,

    crianca

    ,

    cultura

    Comentar sobre o artigo

    O artigo propõe uma reflexão sobre o uso do conceito de cultura como manutenção de certos costumes e hábitos e inferiorização de outros, diferenciando o que é ou não verdadeiro, o que é bom e o que é mau, o que deve ou não ser valorizado. Após a reflexão teórica pretende-se possibilitar a conscientização o valor das diferentes expressões culturais, reconhecendo que não há formas culturais melhores ou piores, mas diferentes. Deste modo, espera-se que o educador paute sua prática com respeito às d

    Por: Bruno Carrascol Educaçãol 21/02/2013 lAcessos: 112
    Tony Teófilo

    As experiências no campo da cultura que possuem características voltadas para a intervenção social de grupos e indivíduos não são matérias interessantes para a imprensa tradicional, conforme foi constatado por esta pesquisa realizada na Bahia a partir das publicações do Jornal A Tarde, o de maior circulação no estado, em uma análise entre os anos 2008 e 2009 com o tema da cultura.

    Por: Tony Teófilol Notícias & Sociedade> Polítical 11/04/2010 lAcessos: 914

    Contém uma análise de como a sociedade e seus diversos atores envolvidos estão lidando e se adaptando aos novos modelos de negócios advindos da era da internet, envolvendo diferentes áreas de conhecimento, como políticas, direito e tecnologia, dentre outras, com novas formas de remuneração e em que medida essas relações contribuem efetivamente para o progresso da sociedade e para uma melhoria de qualidade de vida do cidadão.

    Por: Marise Mentzingenl Internetl 26/10/2010 lAcessos: 429

    Ressaltamos a importância dos conhecimentos pedagógicos para o professor da básica para efetivar uma ação pedagógica competente, reflexiva e inovadora. Diante do contexto atual, torna-se urgente rever as propostas de formação inicial dos professores, transformando-as num saber-fazer permanente.

    Por: Zeila Miranda Ferreiral Educação> Ensino Superiorl 19/11/2010 lAcessos: 5,566 lComentário: 1

    Jogos Online para Crianças - Uma ótima forma de Entretenimento Infantil são os Jogos Online, além de serem divertidos os Jogos Online são educativos e estimulantes, veja mais sobre o jogo online e criança.

    Por: Gabi Batistal Arte& Entretenimentol 05/08/2010 lAcessos: 305 lComentário: 1
    Marineide Pinheiro dos Santos

    É importante considerar que, a respeito da divisão pedagógica da lei entre os conceitos mais restritos da criança e do adolescente, o principio da norma que busca a proteção de pessoa em formação nos leva a atribuição de pessoa em formação nos leva atribuir a condição especial,é também nesta fase que pode trazer frutos para toda uma sociedade.

    Por: Marineide Pinheiro dos Santosl Educação> Educação Infantill 17/05/2011 lAcessos: 2,696
    Marcos Paterra

    A cultura digital tem crescida de forma desenfreada nos últimos 40 anos, e acaba causando alguns problemas para as gerações que dela surgem.

    Por: Marcos Paterral Religião & Esoterismo> Religiãol 05/05/2010 lAcessos: 676 lComentário: 1

    RESUMO O artigo aqui apresentado tem como objetivo, descrever, relatar, discutir a importância das lutas como forma pedagógica possível na cultura e na formação social de estudantes. Identificamos que as lutas se fazem presente e pode se manifesta de varias formas: o ato de se sentir oprimido, acuado, fome, injustiçado, sosobrevivência, defesa, conquista. Mudanças se fazem através de elaboração de metodologias inovadoras, pois a pratica das lutas atua como válvula de escape.

    Por: jose pinto da silval Educação> Educação Infantill 08/04/2010 lAcessos: 607
    Inez Kwiecinski

    O tema escolhido para realizar este trabalho de graduação é sobre "O desenvolvimento da criança através do brincar". A escolha deste tema surgiu da necessidade de estudarmos como se dá o desenvolvimento da criança através do brincar e através dos tempos. Analisar jogos, brincadeiras e brinquedos infantis não apenas como simples entretenimento para as crianças, mas também, como atividades lúdicas que possibilitam a aprendizagem e o desenvolvimento destas crianças em suas várias habilidades.

    Por: Inez Kwiecinskil Educação> Educação Infantill 25/01/2011 lAcessos: 15,848 lComentário: 1
    Vanessa Cristina

    : Esse artigo discute a brincadeira dentro do contexto da educação infantil com foco na aprendizagem do educando. A apropriação dos saberes está ligada ao trabalho realizado com jogos, mediação do educador e interações sociais para que os desenvolvimentos das competências individuais, coletivas, cognitivas e emocionais aconteçam, a fim de que o jogo seja mais um colaborador na aquisição do conhecimento, pois brincar é coisa séria.

    Por: Vanessa Cristinal Educação> Educação Infantill 14/10/2011 lAcessos: 1,649
    Erineia nascimento da Silva

    O lúdico proveniente da palavra latina "ludus" que significa jogos. Que segundo DANTAS, 1988, representa liberdade para brincar livremente, gratuitamente, prazerosamente. Tornando a brincadeira uma expressão máxima do lúdico, desde da antiga Roma e Grécia em períodos remotos da civilização ocidental utilizava os brinquedos na educação com base nas idéias de Platão e Aristóteles.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 28/10/2014
    Sebastiana Braga

    A formação profissional não consiste apenas em ouvir palestra ou fazer determinados cursos. Pelo contrario, ela é um processo continuo e progressivo, onde através da aprendizagem se acumula conhecimento e este por sua vez vai sendo transformado em práticas bem sucedidas. Dessa forma deve ser pensado numa multiplicidade de saberes que através de um projeto para formação continuada que se complemente e que aborde um tema central a todas as áreas no intuito do melhoramento do ensino aprendizagem.

    Por: Sebastiana Bragal Educaçãol 27/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Sei o quanto. Tudo isso não significa nada. Apesar da interminável beleza dos universos. Contínuos. Sei do insignificado das coisas. Do delírio dos deuses. Das franquezas das razões não lógicas. A metafísica não indutiva.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educaçãol 25/10/2014
    Amanda Souza Machado

    Este trabalho é uma continuação das discussões, pesquisas e reflexões ocorridas durante a elaboração do artigo científico sobre como os educadores exploram as fantasias das crianças, produzidas a partir dos programas de televisão. O artigo propõe-se a apresentar as influências da TV no imaginário das crianças e qual é o papel dos educadores neste momento.

    Por: Amanda Souza Machadol Educaçãol 23/10/2014

    O presente artigo é um estudo bibliográfico que tem como objetivo principal abordar conceitos educacionais e metodologias desenvolvidas em sala de aula usando o lúdico como alternativa de metodologia. O trabalho justifica-se pela necessidade de se entender e adequar a aprendizagem às atuais demandas da educação é necessário conhecer alguns caminhos já percorridos pelo ensino e que se levam a uma redefinição dos objetivos, conteúdo e metodológicos.

    Por: Graciele de Miranda Oliveiral Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 14
    Alinne do Rosário Brito

    O artigo busca pesquisar e relatar o que é o Programa Mesa Brasil SESC e dialogar com as ações do Governo do Estado do Amapá para que a segurança alimentar seja implementada atendendo as leis nacionais e as respectivas atuações das politicas públicas que o regem quanto a tentativa de diminuição da miséria na cidade de Macapá.

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 17
    Tania R. Steinke

    Promover a valorização da formação continuada dos docentes e coordenadores pedagógicos que atuam no Ensino Médio das escolas públicas.

    Por: Tania R. Steinkel Educaçãol 19/10/2014

    Este artigo analisa de forma breve a teoria das Representações sociais, realizada por alguns estudiosos que contribuíram para a o avanço das representações sociais, bem como, os teóricos que tinham como base as investigações de como as pessoas transformam os conhecimentos científicos em conhecimento de senso comum na década de 60, e também a forma como adota a perspectiva comunicativa "genética" na apreensão do conhecimento veiculado a dinâmica do cotidiano.

    Por: Elizabeth Almeida dos Santosl Educaçãol 14/10/2014 lAcessos: 12

    A conscientização de profissionais da Educação de criar condições pedagógicas e suportes onde permitam aos alunos com deficiência o acesso e permanência escolar.

    Por: Jane Maria de Campos Proençal Educaçãol 23/11/2009 lAcessos: 4,644 lComentário: 1

    A escola num todo não está preparada para atendimento da Pessoa com deficiência, portanto realizar capacitações beneficiará o professor para uma realidade educacional inclusa.

    Por: Jane Maria de Campos Proençal Educaçãol 23/11/2009 lAcessos: 1,051
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast